História Friends - L3ddy - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti
Personagens Lucas "LubaTV", Lucas Olioti
Visualizações 354
Palavras 965
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pela demora pra postar, as coisas andam meio complicadas e corridas na escola... Mas anywyay, mudando de assunto, vi o T3ddy dia 29 na DSX e só queria dizer que ele é muito, muito, muito fofo mesmo❣ Sério, ele é muito atencioso, carinhoso, adorável e lindo pessoalmente ❤ Enfim, boa leitura pessoinhas do meu core 💕

Capítulo 33 - Me Desculpa Por...


T3ddy On

Sinto a cama se movimentando e abro os meus olhos minimamente. Vejo Luba se mexendo e jogando uma de suas pernas sobre mim. Sorrio levemente com a cena.

Estou com os braços ao redor da cintura dele, nossas pernas estão entrelaçadas e nossos rostos estão quase colados de tão próximos. Levo uma das mãos até o rosto de Luba e fico acariciando sua bochecha, quanto me lembro dos acontecimentos da noite passada.

Namorando... Estamos namorando...

Sorrio ainda mais ao me lembrar disso e selo os lábios de Luba cuidadosamente.

Eu sei que foi tudo um desastre. Sei que fiz várias coisas desnecessárias ontem. Sei que fiz o Luba passar vergonha. Mas o que tudo isso importa? Ele agora é meu namorado, isso é o que me deixa mais feliz!

Ai você me pergunta :"Ain, por que não comprou anel?"

Pra que? A gente não vai poder usar na frente dos outros mesmo...

Tirando que era perigoso eu perder o negócio ou o Luba acabar achando antes da hora...

Mas enfim, tirando o pedido de namoro e o fato de Luba ter ficado feliz com tudo, - mesmo sendo um desastre - o que aconteceu depois também foi bom...

Na verdade, a palavra "bom" é pouca coisa para descrever tudo o que aconteceu. Como me senti. Tudo o que senti...

Flashback On

Beijos. Muitos e muitos beijos.

Beijo mais uma vez o ombro de Luba enquanto alguns gemidos baixos e fracos são soltos e continuo com os movimentos.

Me afasto um pouco para poder observar Luba.

Seus cabelos loiros estão bagunçados e molhados por causa do suor. Seus olhos verdes estão entreabertos e parecem estar com uma cor mais viva. Sua boca está levemente aberta e suas bochechas estão um pouco coradas.

Essa é uma das cenas que eu definitivamente preciso guardar na minha memória. Ele está tão... lindo. Ele fica lindo de qualquer jeito, até em momentos como esse.

Luba sorri fraco para mim quando percebe meu olhar sobre ele. Correspondo o sorriso e aproximo mais meu rosto do dele.

"Você é lindo..." - Digo ofegante.

"Você também é lindo" - Ele diz entre alguns gemidos baixos.

Junto nossos lábios e começo um beijo não muito calmo, mas nem tão desesperado, mas um beijo perfeito para o momento.

...

Assim que terminamos o banho, voltamos para a cama para que possamos descansar.

Quando estou quase me deitando, Luba me impede, segurando meu braço sem muita força. Viro o rosto para observá-lo.

"Queria... Queria agradecer..." - Ele diz baixo, praticamente sussurrando.

"Pelo o que?" - Pergunto no mesmo tom e me ajeito na cama, ficando sentado ao lado de Luba. Dou alguns beijos em seu ombro.

"Por fazer isso por mim. Por se esforçar para fazer tudo aquilo. Por tentar fazer dar certo. Por falar aquelas coisas para mim..." - Luba desvia o olhar, abaixando um pouco a cabeça. - "Por fazer eu me sentir importante e amado..."

Mesmo Luba não estando olhando para mim, consigo ver que ele cora levemente. Pego em seu queixo, fazendo com que ele olhe nos meus olhos e sorrio.

"Não precisa agradecer. Você merece tudo isso, ou até mesmo coisa melhor. Eu amo muito você, espero que tudo que eu tenha feito hoje prove isso." - Me aproximo um pouco mais e colo nossos lábios, iniciando um beijo calmo, que se separa após algum tempo.

"Eu amo você" - Luba diz sorrindo largamente enquanto me observa.

"Também amo você" - Digo sorrindo como um idiota e dou um selinho em Luba. O abraço e faço com que ele volte a se deitar na cama.

Flashback Off

Foi uma noite maravilhosa... Acho que foi uma das noites mais íntimas entre nós dois...

Muitos beijos...

Muito amor e carinho envolvidos...

Muitas coisas das quais espero nunca esquecer...

Disse muitos "eu te amo" para Luba, para que assim, ele não duvide que é verdade.

Para que ele se lembre o tempo todo que eu o amo, amo muito.

Já é outro dia e até agora eu e Luba não tivemos aquela conversa da qual ele disse que seria necessária. Eu me sinto um pouco ansioso para saber o que ele vai falar, mas não quero ficar insistindo toda hora para ele dizer o que é, por isso não disse nada assim que deitamos.

Mas mesmo ele não tendo dito nada sobre a conversa, eu sinto que já sei sobre o que se trata...

"Se for falar comigo sobre o namoro, vou ter que fazer o que?" - Penso alto, já que Luba está dormindo mesmo. - "Vou ter que ser sincero, certo? Mas e se eu não souber exatamente o que penso e o que sinto sobre algumas coisas que você me falar...? Sabe, eu só me sinto confuso... E eu não quero que saiba dos meus medos... Um deles é que eu tenho medo que você se afaste de mim por causa dos meus medos ou os ache ridículos..."

Suspiro e continuo acariciando a bochecha de Luba.

"Eu te amo tanto, não quero correr o risco de te perder... Sabe, é complicado. Eu sinto que se falar as coisas que ando guardando para mim, você não vai entender e vai me achar um idiota por me sentir assim... Mas sei que também se não falar, não vai ajudar em nada, pode até mesmo acabar piorando por acabar achando que eu não confio em você... Me desculpa por ser essa confusão... Me desculpa por ter medo... Me desculpa por esconder do mundo o amor que sinto por você... Me desculpa por tornar a sua vida mais difícil. Me desculpa por todos os erros que já cometi contigo..."

Suspiro novamente e beijo a testa do meu namorado. Sussurro um "eu te amo e encosto minha cabeça em seu ombro, voltando a dormir...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...