História Friends - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Friends
Exibições 16
Palavras 1.355
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi. Não quero pronunciar mais nada e nem acredito que deva.

Capítulo 28 - BLOS


P.O.V Pedro

9:15

Acordo e olho para os lados sem ver Sam,me levanto aos poucos me acostumando com a claridade.Coloco minha bermuda preta e vou ate o banheiro,faço minhas higienes diarias,desço ate a conha onde encontro Sam tomando um remedio.

-Bom dia amor... Cade a Nike,e o pessoal?

-Ainda estão dormindo.-Ela fala e engole o comprimido junto com a água.

-Pra que isso?-Pergunto me aproximando dela.

-Bom dia e isso é pra você não me ver redondinha daqui a alguns meses.-Ela fala e coloca o copo na pia.

-Prefiro te ver redondinha do que doente.-Saio de perto dela e vou ate o quarto,visto uma blusa branca manga longa e vou ate a porta da frente.

-Onde você vai?-Ela pergunta parando do meu lado.

-Comprar camisinhas,eu sei que essa porra ai não te faz bem.-Ela sorri sem mostrar os dentes e me da um selinho.

-Eu vou estar te esperando.

Saio andando e vou em direção a uma padaria que fica a umas 5 quadras da casa de Nike.Entro e avisto algumas pessoas sentadas tomando seus cafés e um rapaz magro e cabelos  negros no balcão. 

-Bom dia. O que deseja?-Ele me pergunta simpatico e sorridente.

-Eu quero quatro rosquinhas de leite,e 3 reais de pão de queijo.-Digo no mesmo tom simpatico do garoto.

-Só um segundo.-Ele sai e pega meus pedidos mas logo volta.-Aqui,mais alguma coisa?

-Não obrigado...Bryan-Digo seu nome que esta em seu cracha.

-Foi um prazer...?

-Pedro.

-Foi um prazer Pedro.-Ele fala sorridente e saio do local.

Ando mais algumas quadras e passo na farmácia. Entro  olho os tamanhos e pego cinco.Vou ate o caixa e reconheço a atendente.

-Oi Pedro! Como vai?

-Bem...-Tento me lembrar do nome dela mas não consigo.-Qual seu nome? Eu sei que te conheço so não lembro seu nome-digo rindo sem graça.

-E Rachel.Rachel Valentine.-Ela responde sorrindo.

-E um prazer.-Digo e me lembro das camisinhas.-Só vou levar isso mesmo.-Digo as colocando no balcão.

-Tudo bem,vão sair hoje?-Ela pergunta enquanto pega uma sacola.

-Não,hoje pretendo ficar em casa,to muito cansado. Voce trabalha nos sabados?

-Eu só trabalho aqui nos finais de semana,na semana eu sou professora do pré.-Ela me entrega a sacola e eu a pago.

-Nossa,que legal. Você gosta de crianças?

-Muito,sempre penso em ter filhos. E voce?

-A muito tempo sonho em ter uma familia.-digo sorrindo-Ate mais-Digo saindo.

Entro em casa e vejo Sam jogando video-game com William,eles estão jogando mortal Kombat .Por que será que isso não me surpreende? Sam sempre foi assim,meio moleque e sempre ganhava de mim nos jogos.

-Oi pessoal!-Digo entrando e tenho a atenção dos dois agora.

-Oi Tio!-Will Diz ao me ver e me abraça.-O que você trouxe?-Ele pergunta já mexendo nas sacolas.

-Pão.

-E chicletes!-Ele diz ao pegar uma das camisinhas.

Olho para Sam que cai pra trás de tanto rir.

-Não Will..-Digo tentando controlar o riso.-Isso não é chiclete.

-É o que então?-Ele pergunta e eu fico sem palavras.

-Isso e uma coisa de adulto,e quando voce for mais velho vai descobrir o que é.

-Mas eu quero saber agora!-Ele fala inssistindo.

-Olha Will que tal esquecermos essas coisas chatas e irmos tomar café pra outra partida em?-Sam fala e ele concorda com a cabeça e nós três nos dirigimos a cozinha.

Sentamos e Sam prepara o toddy de Will enquanto eu ponho nossos cafés.Nos sentamos e começamos a comer.

-Woow amore Voce trouxe minhas rosquinhas!-Ela diz ja com uma na boca.

-Sei que você adora isso.-Digo bebendo um pouco do meu café.

-Bom dia familia!-Nike diz descendo as escadas e se sentando junto conosco.-Como foi a noite?

-Foi boa...-Sam responde meio sem graça e eu a olho sorrindo.

-Sei... To achando que você passaram a noite brincando de papai e mamãe.-Ela diz naturalmente colocando café em sua xícara.

-Nike!-Sam fala corando e olha para Will que esta sem entender nada. Eu começo a riri como um louco da cara de Sam.

-O que? Foi mesmo!?-Ela pergunta ja rindo.-Eu so tava brincando! Você se entrega muito facil Samanta.-Ela fala tentando parar de rir.

-Nike pelo amor de DEUS-Sam fala ainda envergonhada.

-Fica calma ai.-Ela fala e para de rir.-E você filho como dormiu?-Ela pergunta olhando para Will.

-Bem! Eu sonhei que nós iamo para a lua e ela era de sorvete de creme!-Ele diz jesticulando.

-Nossa querido que legal! Você escovou os dentes?-Ela pergunta e ele afirma com a cabeça.

-Do jeito que a senhora ensinou.-Ele diz e bebe seu toddy.

Ver como Nike trata Will me faz pensar:Será que eu vou ser um bom pai? E dar a atenção suficiente pro meu filho? Sam eu sei que vai,ela tem um "instinto materno" que me surpreende as vezes,e ela cresceu quase sem ninguem,ela so falava mais com o irmão,que mora com o pai e com a avó. Elas sempre foram bem grudadas,sempre que Sandra a avó de Sam podia,ia visita-la no internato,por que morava em outra cidade e raramente aparecia sozinhas,mas quase sempre as duas se falavam por telefone depois que Sam ganhou seu celular.

Sei de tudo o que ela passou,e sei que será uma mãe maravilhosa...

-Tio Pedro!-Will me tira dos meus pensamento.-Vamos jogar Futebol mais tarde?

-Claro amigo! Vamos passar o dia jogando se voce quiser.-Digo e ele fica animado.

-Vou buscar minha bola!

-Só depois do almoço Will,ainda ta muito sedo pra essas coisas. Melhor irmos fazer seus deveres de casa,pra poder brincar com seu tio atarde.-Ela e o menino murcha

-Mas manhe...-Ele fala dengoso.

-William eu ja falei que só depois do almoço. -Ela diz em um tom serio.

-Ta bom mãe.-Ele fala ainda dengoso e sobe as escadas devagar.

-Nossa como você é dura com ele.-Digo e ela continua seu café.

-não e ser dura Pedro,e mostrar que quem manda e você para ele aprender desde cedo que as coisas não são do jeito dele.

-Mesmo assim nossa mãe nunca fez isso comigo.

-Pedro minha mãe nunca te botou limites voce sempre foi o filhinho da mamãe.-Eu fico sem palavras por saber que realmente fui criado assim.-Agora vamos mudar de assunto logo por que eu ja to de saco cheio.

-Hey eu vi aquela sua amiga hoje a Rachel.-Digo e Sam me olha imediatamente.

-Onde você a viu?

-Agora quando eu fui na farmacia....Por que?

-Nada.O que ela te falou?

-Nada de mais,so disse que trabalha na escola e nos finais de semana na farmacia.

-Só?-Sam me pergunta.

-Sim...Por que você ficou estranha derepente?-Pergunto e ela volta a olhar para sua caneca.

-Por que a Rachel ta dando encima de você desde que voces chegaram seu idiota.-Nike diz isso e se levanta.

-Que? Como assim? Voces so devem estar confundindo as coisas,ela só foi simpatica comigo.

-Por que ela ta doida pra abrir as pernas pra você ir fundo nela-Nike diz gesticulando.

-Caralho por que voce tem que ser tão...

-Realista?-Ela completa.

-Não,eu ia dizer infantil.

-Ua... Mas e o que ela quer Pedro,só voce não ta vendo.-Sam se levanta e derepente cai,eu corro e a levanto seu rosto.

-Sam?!-Ela estava inconsciente,eu a pego no colo e a coloco no sofá.Nike se eproxima e verifica o pulso dela.

-Calma deve ter sido só uma queda de pressão.-Ela afirma.-Levanta as pernas dela.-Ela manda e eu obedeço.Ela abre os braços de Sam e aproxima o rosto de seu nariz.-A respiração ta normal.

-Pedro?-Ela começa a cordar e Nike corre e volta um alcool e algodão.

-Eu to aqui meu amor.-Nike passa o algodão molhado perto do nariz dela,que desperta mais rapido.

-O que aconteceu?-Ela pergunta e tenta ficar de pé mas suas pernas falham mas eu a seguro.

-Acho melhor voces irem ao medico.-Nike disse se sentando no sofá.-Pra saber o que ela tem.

-Eu sei o que ela tem.-Digo seco.-Foi a droga do remedio,sempre deixa ela assim. Mas e minha culpa.

-Que remedio?-Ela pergunta curiosa.

-O anticoncepcional.

-Nossa,aquilo me deixava com dores mas nunca desmaiei,parei de tomar. 

-Eu vou levar ela pro quarto-Digo e Nike concorda com a cabeça.

-Eu vou ao mercado comprar umas coisas pro almoço já volto.

-Ok.-Digo e a pego no colo,como uma noiva. Subo as escadas devagar ea coloco na cama,abro a janela e me sento ao lado dela.

 

 

 


Notas Finais


Então pessoal esse e provavelmente o ultimo cap que vou postar dessa semana,mas talvez eu poste sexta por que amanha e dia de festa e eu sou uma organizadora!!! Por incrivel que pareça.DESCULPA FICOU PEQUENO EU SEI


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...