História Friends - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Bella Thorne, Justin Bieber
Tags Amizade, Bella Thorner, Brigas, Drama, Justin Bieber, Revelaçoes, Romance, Segredos, Suspense
Exibições 21
Palavras 740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá meus amores mil desculpas pela demora.Acho que devo explicações e aqui estou eu.A falta de tempo parece ter me invadido e o bloqueio de criatividade também.Eu peço minhas desculpas e agora que finalmente estou aqui : vamos ao que realmente interessa o capítulo. Boa leitura amores e até as notas finais.Espero que gostem.

Capítulo 10 - Capítulo 10-Pequenas Respostas Grandes Confusões


     Dr.Spencer já havia ido embora.Após examina-la ele havia me informado que tudo não passara de um susto,Molly estava bem.Disse-me também que apesar de não haver algo grave ela precisaria fazer alguns exames e ficar de repouso o restante do dia.

     Lentamente caminhei até a cadeira que estava próxima da cama e me sentei.A casa estava completamente silenciosa,eu havia dispensado todos os empregados.Mandei Maria cancelar todos os compromissos que eu tinha hoje para cuidar de Molly.Ela havia me deixado muito preocupado e minha preocupação só diminuiria se eu ouvisse sua voz dizendo-me que estava bem.


     Molly era tão bonita que eu não me cansaria de olha-la por horas seguidas.A beleza dela não cansava,sempre havia um detalhe novo que chamava atenção.Aproximei meus dedos do seu rosto e toquei suavemente suas bochechas.Sua pele era macia com algodão e suavemente rosada.Possuía lábios carnudos e rosados perfeitamente desenhados.Faço o contorno deles com o dedo imaginando-me beijando aquela boca tão ferozmente.Eu nunca havia desejado uma boca como eu estava desejando a de Molly.Ter uma mulher extremamente linda e gostosa na sua própria cama e não poder fazer absolutamente nada era deprimente.Suspiro fundo e fecho os olhos voltando a acariciar seu rosto com a ponta dos dedos aproveitando para sentir aquela sensação maravilhosa de poder tocar aquela pele macia.

     —Justin?—a voz assustada dela me chama atenção.—O que aconteceu?O que estou fazendo aqui?—diz rodeando o quarto com os olhos.Rapidamente retiro a mão do seu rosto e coço a nuca nervoso.

     —Estávamos tentando subir em uma árvore mas você acabou se desequilibrando e caindo.Trouxe você para cá pois estava desmaiada.Fico feliz que acordou.Está tudo bem?—pergunto vendo a mesma se sentar na cama e fazer uma careta de dor ao encostar os dedos no corte na cabeça.

     —Mais o menos.Minha cabeça está latejando,parece que vai explodir—confessa.

    
     —Calma,vou resolver isso. —digo vendo seu olhar curioso me observar enquanto me levanto e pego algumas caixinhas de remédio que havia colocado minuto atrás encima da pequena mesa do quarto—Esses comprimidos faram sua dor diminuir.Tome.—digo retirando um comprimido de cada uma das caixinhas e entregando a ela juntamente com um copo d'água.Ela me olha de braços cruzados emburrada.

     —Não gosto de remédios.Eles são amargos.—Reviro os olhos.

     —Nao...Imagina...São doces como balinhas de tuti-fruti.—ironizo baixinho vendo a mesma me fuzilar com os olhos e jogar um travesseiro em minha direção.

     —Eu só não jogo esse travesseiro de volta porque sei que só está tentando me enrolar para não tomar o remédio.—digo vendo Molly bufar frustrada—Tome.Quanto mais rápido tomar ficará melhor.É para seu bem Molly não fique brava.—me ignorando ela pega os comprimidos da minha mão juntamente com o copo d'água sem olhar para mim uma única vez.Travo o maxilar irritado,eu odiava que me ignorassem.

     Olhava fixamente para ela enquanto a mesma preferia me ignorar olhando para qualquer outro lugar que não fosse a minha cara.Ela parecia não ter noção do quanto aquilo era irritante e como ela estava sendo ridícula se comportando como uma garota mimada de cinco anos.Podíamos estar trocando saliva agora mas não,a garota prefere ficar me ignorando emburrada.

     —Será que eu cancelei todos os meus compromissos para ser ignorado?—a questiono com a voz firme e severa vendo a mesma se remexer desconfortável na cama.


     —Cancelou porque quis.—retruca fitando o lençol que a cobria.Aquela garota estava me tirando do sério e eu não estava gostando.Respiro fundo antes de continuar falando.

     —Sim e cancelaria novamente.Só fiz isso para cuidar de você mas fica impossível quando a pessoa que você não têm obrigação alguma de cuidar e você resolve cuidar,te ignora totalmente e nem menos olha para o seu rosto.

 
     —Não preciso dos seus cuidados.—A olho incredulo com suas palavras .Filha da puta do caralho.Passo as mãos pelo cabelo tentando manter a calma.Se aquela garota estava tentando me irritar ela estava conseguindo.—E para que ficar olhando para o seu rosto?De cara feia já basta a da minha vizinha.—Ela estava na minha casa,debaixo do meu teto,sob meus cuidados e ainda havia tido a audácia de me insultar?!

     Após ouvir atentamente cada uma das palavras ditas por Molly eu já não estava mais me conseguindo me controlar.Meu corpo estava fervendo e eu já estava fora de mim, a fúria já havia me dominado.Ela me olhava vitoriosa,com um sorriso de lado,finalmente havia conseguido me afetar com suas palavras.Aquela garota realmente não me conhecia,ela definitivamente não sabia do que era capaz.Mas agora havia chegado ao meu limite e ela iria se arrepender amargamente de cada uma das suas palavras estúpidas.


Notas Finais


"Ela veio quente hoje eu to fervendo.Quer desafiar?Não to entendendo..." Acho que esse trecho da música baile de favela resume o capítulo.Amei esse lado rebelde da Molly mas acho que quem não gostou muito foi o Bieber.Ele não gosta de ser desafiado principalmente por mulheres e a Molly pegou um pouquinho pesado.O que será que vai acontecer no proximo capítulo?Justin Bieber o que você vai aprontar?!
*Proximo capítulo espero vocês com um super POV da Molly.
*Queria dar as boas vindas para as leitoras novas e que sintam-se a vontade em comentar.
*Vocês não têm idéia do tanto que é gratificante receber o reconhecimento do que eu escrevo.Eu amo quando comentam,dão sua opinião,ficam curiosos isso deixa meu dia mais feliz porque eu fico feliz que estejam gostando do meu trabalho.
*Então meus amores MINHAS QUERIDAS LEITORAS FANTASMAS apareçam.Vocês não têm idéia do quanto ficarei feliz em saber o que estão achando.
*Os números não me importam eu me importo com o que vocês acham com o que devo fazer para melhorar.É isso beijos e até o proximo capitulo.Talvez posto sábado ou domingo agora.Mal posso esperar.Amo vocês. S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...