História Friends And Rivals - Capítulo 39


Escrita por: ~ e ~rbd_forever1222

Postado
Categorias Sou Luna
Tags Sou Luna, Violetta
Visualizações 49
Palavras 1.183
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Novo capítulo
Espero que gostem
Boa leitura bjs.😘

Capítulo 39 - Sem Querer


Fanfic / Fanfiction Friends And Rivals - Capítulo 39 - Sem Querer

{Quarto Lilás}

— Eu acabei de sonhar com uma música que até agora só de pensar nela meu corpo inteiro extremesse! — falo com a mão na cabeça.

— Para você ter sentido isto somente por ter sonhado com uma música e porque ela quer dizer alguma coisa! - disse cami a mim me dando um copo de água.

— Mais o que pode ser? - pergunto bebendo um pouco da água.

— Somente seu coração poderá responder a você amiga! - vilu pegando o copo da minha mão.

— Se você tá dizendo né! - digo mais calma.

— O que te deixou mais impressionada com a música? - pergunto naty.

— Foi a impressão que tive com a voz de quem cantava a música porque? - pergunto a ela.

— Isto pode ajudar a descobrir o autor da canção? - ela me respondeu.

— É de quem era a voz que você ouvia no sonho amiga? - pergunto ludmila.

— Posso tá ficando louca mais acho que era a voz de Diego! - fala com certa dúvida.

— Não seria surpresa nenhuma pra mim se tivesse sido ele que te deixo nesse estado não seria a primeira vez que faz isso o esqueceu da declaração que fez a dois anos atrás! - falo cami sorrindo.

— Será que ele volto a fazer Isto meninas? - perguntava a elas olhando nossa foto juntos.

— Está resposta só caberá a você encontra! - falo vilu me olhando com um ar sereno.

— Vocês têm razão? - lhe respondi mais tranquila.

— Ótimo agora vamos voltar a dormir porque temos aula cedo! - falo cami a nós.

— Claro! - concordei e fui novamente pra minha cama ptá dormir pensando em Diego.

[…]

«De Manhã»

(Por Francesca)

tava no meu armário pegando umas partituras quando vejo Diego olhar alguns papéis, mais decidi desviar meu olhar para que não notasse que eu o estava observando já que ele mostrava algo a león. Então fechei meu armário e fui encontrar as garotas na cantina para tomarmos café juntas, porém não conseguia parar de pensar no sonho que havia tido durante o percurso todo até chegar lá.

>Com os Meninos<

— Você se superou dessa vez com está música Diego! - falo león.

— Obrigado! - agradeci a ele.

— Deves estás com muita saudades de Francesca para escrever uma canção assim pra ela! - falo broduey a mim.

— Não fazem ideia de como sinto saudades dela! - falo a voz embargada.

— logo vocês estarão juntos novamente, até porque não tem como ela não gosta dessa música! - falo maxi tentando me tranquilizar.

— Tem razão preciso fazer isso se quiser recuperar seu amor outra vez! - digo fechando meu armário.

— Onde você vai Diego? - pergunto André a mim.

— Para a sala de música ensaiar nós encontramos depois! - falei me encaminhando pra sala de música.

— Espero que está ideia dele de certo! - falo broduey a león.

— também espero o ele ficará mas mau do que já está? - falo león a broduey.

— Verdade, agora vamos pra aula antes que nós nos atrasemos! - disse André aos amigos.

— Vamos! - falo león a todos e foram pra sala de aula assistir a aula da professora Rebeca.

••••

|corredores próximo à sala de aula|

(Por Camila)

como se senti Fran? - pergunto a ela.

melhor mais não paro de pensar naquela música! - ela fala meio pensativa.

A que sonhou ontem? - pergunto e ela assentiu com a cabeça.

tranquila você irá descobrir quem era! - vilu fala.

vai sim! - naty fala também.

Obrigado garotas! - Fran agradece a elas.

Nos continuamos andando para sala quando ela paro no meio do caminho.

— Vocês ouviram isso? - eu falo.

— Sim caiu uma pasta no chão - naty diz.

— Não! - eu digo

— O que? - pergunto vilu.

— Vocês não ouviram vêm dali - eu digo.

— Não isso o que Fran! - exclamo ludmila a amiga.

— Aí meninas essa música não tão ouvindo - eu falo séria.

— Que música não ouvimos nada prima! - tori disse a mim.

— É a música que eu sonhei,eu já volto! - digo indo embora direção de onde vêm o som da música.

— como não entendo? - pergunto a elas sem entender nada

— É o Diego! - naty fala enquanto eu o observo de longe.

— Já vamos se não vamos nós atrasar pra aula? - vilu fala.

— Podem ir eu vou daqui a pouco - eu falo E as garotas. vão pra sala de aula.

Diego

Nada es para siempre amor

Hoy nos toca compartir la misma luna

Y mañana quién sabrá si hay una separación

O habrá fortuna

Nadie sabe amor

Nadie sabe qué podrá pasar mañana

Quiero amarte hoy

Quiero abrir todas las puertas de mi alma

Te quiero hoy

Quiero abrirle al corazón una ventana

Esto es amor

Y es tan grande que no cabe en mis palabras

Quiero amarte hoy, quiero amarte hoy

Por si no hay mañana

Quiero amarte hoy, yo quiero amarte hoy

Por si no hay mañana

Somos como arena y mar

Somos más que una ilusión porque no hay duda

Y esta historia de los dos

Es tan linda como nunca hubo ninguna

Nadie sabe amor

Nadie sabe qué podrá pasar mañana

Quiero amarte hoy

Quiero abrir todas las puertas de mi alma

Te quiero hoy

Quiero abrirle al corazón una ventana

Esto es amor

Y es tan grande que no cabe en mis palabras

Quiero amarte hoy, quiero amarte hoy

Por si no hay mañana

Quiero amarte hoy, yo quiero amarte hoy

Por si no hay mañana

— Fran? - pergunto olhando para a porta.

— Como não compreendo? - pergunto a ele.

— Eu a escrevi! - ele me diz.

— Ficou linda! - ela se sentando ao meu lado.

— Você acho? - eu pergunto sorrindo.

— Sim, você fez para nina? - ela me pergunto olhando as partituras.

— Fran você sabe que não foi pra ela! - digo a olhando diretamente nós olhos.

— Se eu te contar uma coisa você não irá acreditar! - ela fala desviando seu olhar.

— O que? - pergunto curioso.

— Sonhei com essa música ontem! - ela fala sorrindo discretamente.

— Sério? Porque fiz essa música para você Fran eu sinto sua falta! - eu falo me aproximando dela.

— Diego, eu não sei não.... - eu a interrompi.

— Fran até o destino nós quer juntos! - eu falo.

— Diego não adianta voltarmos se você irá ficar indo atrás da nina acha que não vejo como olha para ela! - falo de cabeça baixa.

— Não vou mentir eu fico incomodado, mais eu não a amo eu amo só você o que diz quer voltar comigo? - eu pergunto.

— Sim podemos tentar de novo mais e a última vez! - ela fala e eu a abraço.

— É a última porque não vamos mais nós separar - disse a ela.

— Eu te amo! - ela falo sussurrando no meu ouvido.

— também te amo! - falo enquanto seguiamos para a sala.

[…]

«Outro lugar da Faculdade»

(Por Luna)

Federico não deverias estás na aula? - falei enquanto ele mantinha a mão nos meus olhos.

— Sim, mais hoje resolvi te trazer a um lugar especial! - ele falo enquanto tirava as mãos dos meus olhos.

— Onde estamos? - perguntei analisando o lugar.

— Estamos no lugar onde nós beijamos pela primeira vez! - ele falo e eu fiquei surpresa.

— Desculpa eu queria tanto lembrar! - falei com a voz falha.

— Não tem problema! - ele falo encostando nossos rostos e eu......

continua........



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...