História Friends By Choice - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Amor, Romance
Exibições 41
Palavras 2.387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 20 - Acampamento


Fanfic / Fanfiction Friends By Choice - Capítulo 20 - Acampamento

•Madduh POV•

Uma bosta. Quando minha mãe falou:"Você vai para um acampamento por três dias com a escola e sua irmã vai", eu sabia que não tinha mais nada a fazer. Veja bem, quando você escuta minha mãe falar seriamente, com a sobrancelha esquerda erguida e os braços cruzados, você sabe que não tem mais volta e que você não tem mais nada a fazer ou a argumentar. Nossa, pareceu a Malluh agora. Santo Deus estou ficando louca!

Também, não seria pra menos, já que o encontro com Arthur me deixou mais louca do que eu já sou. Eu daria tudo para ter mais um pouquinho daquilo. Ficamos nos agarrando por um bom tempo, mas depois ele disse que tinha que resolver algumas coisas e me mandou para um Spa. Tipo UM SPA! Eu nunca tinha ido em um!

Mas agora eu estou surtando por ser obrigada a ir para esse acampamento de merda, ser picada por mosquitos e ter que dormir no chão frio. Se Arthur dormir comigo até que a coisa melhora, mas parece que ele não vai. Até porque esse acampamento é para quem precisa de pontos extras e pontos extras é o que ele tem de sobra. Eu preciso de pontos nas disciplinas de humanas e Malluh na de exatas.

Além do mais o nome tem tudo a ver com o acampamento. Acampamento Ser Feliz. Se fosse tipo o acampamento panápaná eu até iria. Mas esse? Que ser coloca um nome desse em um acampamento? Ele deveria ter fumado umas. SÓ PODE! Não sei porque a escola nos manda para esse lugar. Pra quê aprender a como sobreviver na selva? EU NÃO PRECISO DISSO!

- Eduarda pare de resmungar e coloque logo sua mala no carro - Meu pai falou ajeitando seu paletó preto. Ele era o único que não me chamava de Madduh

- Já estou indo - Coloquei a mala no carro e entrei nele, seguida pela Malluh que estava com uma baita cara de sono.

- Tomem cuidado minhas meninas - Minha mãe falou e nos deu um beijo no topo da cabeça - E você Madduh, não faça nenhuma besteira por favor!

- Vou tentar

- Não disse pra tentar, disse pra conseguir!

Papai entrou no carro e fomos em direção a escola onde estavam vários ônibus azuis com brancos. Essa é a pior parte, pois Chris tem que escolher entre ir comigo ou ir com a minha irmãzinha. Então ele escolheu ir na ida com ela e na volta comigo.

Chegamos no acampamento e tivemos que montar nossas tendas. Bom, eu não sei fazer isso, por isso, pedi pra Chris fazer. Se eu não estivesse mal com Lucas, pediria pra ele. Ah, Lucas eu sinto saudades da nossa amizade!

Coloquei um short e uma blusa azul e fui para onde os monitores estavam chamando. Tinha uma roda ao redor deles, assim que eu sentei eles começaram a falar.

- As atividades para acampamento têm como objetivo reunir um grupo de pessoas para realizar brincadeiras e dinâmicas voltadas para educação, diversão, cultura, aventura e outros momentos de descontração. - Um cara alto e magro falou

- Atividades como por exemplo: Trilhas diurnas e noturnas;Circuito de obstáculos;Tirolesa;Teia de escalada;Arvorismo;Falsa baiana;Víbora loca;Futebol de aranha;Parede de escalada;Fogueira;Vôlei de areia;Cabo de guerra;Futebol;Gincanas;Caiaques;
Arena de guerra com bexigas de água;Dança e teatro. - Uma mulher de cabelos grisalhos falou com seu alto-falante.

- Bom, vamos começar com uma trilha. Eu vou escolher os grupos e os líderes de cada um. Vocês vão ter que procurar as bandeiras azul e laranja na mata.

- A equipe azul procura a bandeira laranja e a equipe laranja procura a bandeira azul. Vamos dar um mapa para os líderes para ninguém se perder. No final da trilha vai ter um riacho para todos vocês tomarem banho.

- E a equipe que ganhar, ganha o que? - Perguntei em alto e bom som

- Pontos extras nas matérias que você quiser. Por enquanto serão só dois pontos. - O homem respondeu

- Bom, pessoal fiquem quietos para que eu possa escolher os grupos.

Todos ficaram quietos e eu acabei ficando no grupo do Lucas, sendo líder junto com ele. Colocamos as blusas azuis e eu peguei o mapa.

- Você não vai fazer isso, me dá o mapa - A voz de Lucas me assustou um pouco, era a primeira vez que ele falava comigo depois da nossa briga.

- Eu vou ficar com o mapa sim. Eu também sou a líder! Você cuida para os outros não se perderem e eu cuido da direção. - Falei olhando nos olhos dele

- E se você se perder? Eu não vou estar lá pra te salvar - Chegou mais perto de mim e eu me afastei um pouco, com medo que a aproximidade dele me deixasse mais nervosa do que eu já estou.

- Eu sei me virar sozinha - Ele deu
um sorriso sarcástico e foi juntar todos do nosso grupo.

Fomos eu e ele na frente e o resto do pessoal atrás. Seguimos em frente como o mapa mandava e nada de achar a bandeira laranja, me distanciei um pouco do pessoal para ver se achava a bendita bandeira, mas não achei nada.

- Será que dá pra você voltar para junto do grupo? - Dei um pulo quando Lucas falou atrás de mim

- Você quer me matar do coração garoto? - Perguntei com a mão no peito

- Talvez sim, garota problema - Foi chegando mais perto e a cada passo, eu me distanciava mais, até parar entre a árvore e ele.

- O que você está fazendo Lucas? - Perguntei já ofegante, a aproximação dele me fez arrepiar

- Te mostrando de uma vez por todas que você não gosta do Arthur e sim de mim - Dei um sorriso nervoso

- O que te faz pensar assim? - Tomei coragem e olhei em seus olhos

- Simples - Colocou a mão na minha nuca e olhou diretamente para minha boca - Você não se arrepia quando ele faz isso - Começou a beijar meu pescoço e eu fechei os olhos - Não suspira quando ele faz isso - Mordeu o nódulo da minha orelha e eu suspirei - Não treme quando ele faz isso, se é que ele faz - Pegou meus braços e passou ao redor do seu pescoço e apertou minha cintura mordendo minha bochecha ao mesmo tempo - Ele não puxa seu cabelo como eu puxo - Puxou meu cabelo - Também não te faz arrepiar como eu faço - Sussurrou no meu ouvido e eu me arrepiei por completo - E não te beija como eu te beijo - Foi aí que ele me beijou.

O beijo estava tão feroz que minhas pernas viraram gelatina e se ele não tivesse me segurado, eu tinha caído no mesmo instante. Ele me levantou um pouco e eu passei minhas pernas na sua cintura da mesma forma que eu fiz quando nos beijamos pela primeira vez no apartamento dele. Paramos por falta de ar e ele mordeu meu lábio inferior. Ele juntou nossas testas e eu fiquei de olhos fechados o tempo inteiro.

Então, escutamos uns gritos de vitória e eu me distanciei dele e corremos para saber quem tinha ganhado. Felizmente foi o nosso grupo. Eu saí correndo para comemorar com todos, ignorando Lucas pelo resto do dia.

•Malluh POV•

Eu não estava nem um pouco afim de ir pra esse acampamento no meio da mata, mas fui obrigada pelos meus pais.

Depois da trilha, que nós não ganhamos, já era a hora do almoço e eu me servi e fiquei conversando com o Chris, Madduh estava quieta demais.

Depois do almoço fizemos um círculo, enquanto a mulher de aproximadamente sessenta anos falava.

- A arte de atuar é aquela onde podemos ser outras pessoas, adquirir outras personalidades e outros gostos. Por isso, vou escolher casais para interpretar aqui na frente. - Ela começou a escolher os casais e cada um interpretava uma coisa. Eu ri demais quando Chris teve que fazer uma voz mais grossa. - Agora vamos com você - Apontou para David - Qual o seu nome meu jovem?

- David, senhora - Falou

- Ótimo, David você vai atuar com - Olhou para as meninas e os seus olhos pararam em mim - Essa menina de cabelos verdes. Qual o seu nome querida?

- Luísa, mas pode ms chamar de Malluh - Falei

- Ótimo, comecem!

Olhei para David e não sabia o que fazer

- Vamos, não sejam tímidos! - Ela exclamou

David pigarreou e falou:

- Eu te amo - A voz dele ecoou nos meus ouvidos

- Não, não ama - Me peguei dissendo isso, apesar de ser uma interpretação

- Você acha mesmo isso? - Assenti - Então você está errada. Quando eu olho pra você vejo uma garota completamente diferente do que transparece. Apesar de seu rosto angelical, você é forte Malluh, eu sei disso. E é por isso que eu te amo - Pegou minhas mãos e entrelaçou nossos dedos

- Para de falar besteira David. Você não sabe o que é amor. - Falei e me distanciei dele - E apesar disso, eu te odeio e você sabe disso. - Ele estava interpretando muito bem, eu também tinha que fazer isso

- Ódio é uma palavra muito forte, você não acha? - Chegou mais perto

- Amor também é e as pessoas continuam dizendo como se não significasse nada. - Citei uma frase do pequeno príncipe.

- Pra mim significa. Eu te amo - Sussurrou e quando vi seus lábios já estavam nos meus.

Seu beijo, desta vez, era calmo mas cheio de desejos. Nossas línguas entraram em perfeita sintonia. Paramos quando ouvimos gritos e palmas das pessoas.

- Muito bom! Nossa, vocês foram ótimos! - A monitora bateu palmas - Vocês acabaram de ganhar dois pontos nas disciplinas que vocês quiserem. - Sorri por isso, precisava muito desses pontos.

Depois do teatro, fizemos algumas brincadeiras e logo chegou a noite. Ficamos ao redor da fogueira, enquanto um cara da sala de David cantava com seu violão.

Madduh sentou do meu lado e ficamos assim, comendo sem falar nada.

- Bom, me pediram para cantar uma música para duas meninas que estão aqui nessa roda. Quem pediu foi Lucas e David. Eles não disseram o nome, mas disseram que vocês saberiam quem é. Pois essas meninas são completamente iguais, mas ao mesmo tempo, são totalmente diferentes. - Arregalei os olhos e olhei para a Madduh que também estava com os olhos arregalados

Logo, o menino começou a cantar a música.

One Less Lonely Girl Alright, let's go

There's gonna be one less lonely girl (one less lonely girl)

One less lonely girl (one less lonely girl)

It's gonna be one less lonely girl (one less lonely girl)

One less lonely girl

How many I told you's and start overs

And shoulders have you cried on before

How many promises be honest girl

How many tears you let hit the floor

How many bags you packed

Just to take 'em back tell me that

How many either ors but no more If you let me inside of your world

There'd be one less lonely girl

Oh, oh, oh

Saw so many pretty faces before

I saw you (you)

Now all I see is you

I'm coming for you (I'm coming for you)

No, no Don't need these other pretty faces

Like I need you

And when you're mine in the world

There's gonna be one less lonely girl (I'm coming for you)

One less lonely girl (I'm coming for you)

One less lonely girl (I'm coming for you)

One less lonely girl

There's gonna be one less lonely girl (I'm coming for you)

I'm gonna put you first (I'm coming for you)

I'll show you what you worth (that's what I'm gonna do)

If you let me inside your world

There's gonna be one less lonely girl

Christmas wasn't merry, 14th of

February Not one of them spent with you

How many dinner dates set dinner plates and

He didn't even touch his food

How many torn photographs saw you taping back

Tell me that couldn't see an open door

But no more If you let me inside of your world

There'd be one less lonely girl

Saw so many pretty faces before

I saw you (you)

Now all I see is you I'm coming for you (I'm coming for you)

No, no Don't need these other pretty faces like

I need you And when you're mine in this world

There's gonna be one less lonely girl (I'm coming for you)

One less lonely girl (I'm coming for you)

One less lonely girl (I'm coming for you)

One less lonely girl

There's gonna be one less lonely girl (I'm coming for you)

I'm gonna put you first (I'm coming for you)

I'll show you what you worth (that's what I'm gonna do)

If you let me inside your world

There's gonna be one less lonely girl I can fix up your broken heart

I can give you a brand new star

I can make you believe

I just wanna set one girl free to fall

Free to fall (she's free to fall)

Fall in love (with me)

My hearts locked and nowhere to get the key

I'll take you and leave the world with one less lonely girl

There's gonna be one Less lonely girl (one less lonely girl)

One less lonely girl (one less lonely girl)

It's gonna be one less lonely girl (one less lonely girl)

One less lonely girl (I'm coming for you)

less lonely girl (I'm coming for you)

One less lonely girl (I'm coming for you)

One less lonely girl There's gonna be one less lonely girl (I'm coming for you)

I'm gonna put you first (I'm coming for you)

I'll show you what you worth (that's what I'm gonna do)

If you let me inside your world

There's gonna be one less lonely girl (I'm coming for you)

I'm gonna put you first (I'm coming for you)

I'll show you what you worth (that's what I'm gonna do)

If you let me inside your world

There's gonna be one less lonely girl

Only for you Shawty


Notas Finais


Uhuh achei tão fofo isso! Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...