História Friends (Camren) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Romance
Exibições 123
Palavras 867
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Sei que estavam ansiosos para essa volta e estou aqui mais uma vez. Espero que estejam gostando do rumo da história, porque eu também nem sei como ela irá acabar. Boa leitura.

Capítulo 8 - Por um fio


Fanfic / Fanfiction Friends (Camren) - Capítulo 8 - Por um fio

Falar sem pensar. Deduzir sem certeza. Imaginar tudo errado. Lauren talvez não fosse uma garota tão otimista e acabou sofrendo sozinha por algo que não era real.

 Fazia alguns minutos que ela tentava conversar com Dinah, mas os soluços não deixavam. Dinah tentava entender desde o começo o que levou as duas até essa situação, mas ela estava ali pra descobrir.

­– Lauren, você precisa conversar com a Camila. – a loira disse limpando as lágrimas da amiga.

– Eu não consigo! – Lauren levantou, ajeitou os cabelos, enxugou o rosto e parecia outra pessoa, mas agora controlada e decidida para falar claramente. – Eu já te falei o que sinto por ela e não consigo fechar os meus olhos e esquecer que ela tá com outro cara. – disse quase que enfatizando cada palavra.

– É o que? – Dinah não estava mais entendendo nada. – Que cara?

– Eu li a carta que mandaram pra ela. – a maior lembrou com infelicidade o acontecimento e Dinah finalmente entendeu tudo. – Assinaram com um “S”.

– Lauren, eu sinto dizer, mas você é muito trouxa. – disse coçando a testa. – Senta aqui e eu vou te contar o por que.

 

Flash On

 

Bloco E - Sala 2, 10:40 a.m

 

Dinah e Camila estavam no laboratório de biologia recolhendo seu material. Enquanto a latina guardava seus papéis, a loira tirava um envelope que tinha dentro de seu livro. Era comemoração de um ano de namoro. Dinah estava preparando uma surpresa para Siope e pediu para que Camila entregasse o envelope à ele.

– Dj, porque você mesma não entrega? – a latina disse, guardando o envelope dentro de seu caderno.

– É que vou precisar sair mais cedo hoje, minha mãe pediu pra que eu pegasse o Seth na escola. – disse guardando o estojo que estava em suas mãos.

– Ah, okay. – a menor seguia a loira em direção à porta da sala. – Depois quero saber o que você pretende, huh? – disse dando um empurrãozinho no braço da amiga.

– Tá certo, Camz. – a garota corou um pouco.

As meninas saíram e cada uma tomou um rumo. Dinah foi pegar seu irmão na creche e Camila seguiu para a próxima aula do dia com a exigente professora Clark.

 

Flash Off

 

– Eu pedi pra ela entregar por mim no mesmo dia em que aconteceu o acidente e você a levou pra enfermaria. – Dinah sabia que o remorso estava tomando conta de Lauren.

O olhar da morena ficou vago e ela começou a perceber o tamanho de sua burrice. Todas as ações erradas, todas as palavras que machucaram Camila. Tudo por causa de um mal entendido. Um de seus maiores defeitos era ser explosiva e a morena finalmente reconheceu. Defeito esse que quase acaba com uma das amizades mais bonita que ela já tinha construído. Faltou muito pouco. Ficou por um fio.

– Eu não acredito nisso. – a culpa começou a deixar seu coração aflito. – EU NÃO ACREDITO!!!

– Pois acredite e vá consertar a burrada toda.

– Mas como? – a garota levantou da cama e começou a andar para um lado e para o outro, chutando os papéis amassados. – Acho que ela não quer nem olhar na minha cara.

– Não é você que está dando um tempo a ela, é ela que está esperando seu tempo.

As sábias palavras da loira mostraram mais uma vez o quanto a amizade de Lauren era importante para Camila. Mesmo depois de tudo, no fundo a menor tinha esperanças de que tudo ia voltar ao normal.

Lauren refletiu aquela última frase que a fez entender tudo.  O orgulho, a raiva... Ela só precisava agir naquele momento e nem Dinah sabia o que a morena tinha em mente. Cada segundo extraviado era um desespero por estar literalmente perdendo tempo, mas seu extinto pedia calma para pensar no primeiro passo.

 

Little Havana, 22:47 p.m

 

Ainda naquela noite, Lauren foi até a casa de Camila. Estava muito tarde e ela sabia, mas também sabia que aquele horário era o preferido de estudo da menor.

Camila tinha interesses por coisas antigas. Gostava de estudar sobre a Segunda Guerra Mundial ou pesquisava sobre a vida de algum escritor. Seu preferido era Dante Alighieri e seu trabalho com A Divina Comédia foi o primeiro a encantar a latina. História e Literatura não eram suas matérias preferidas, mas ainda sim gostava de alguns assuntos.

Lauren entrou pelos fundos da casa. A porta não tinha chave e era aberto com um jeitinho que só os Cabello’s sabiam e Lauren chegou a ser ensinada. A maior continuou andando pelo quintal até chegar à piscina. O quarto de Camila ficava do outro lado da casa, então com cuidado foi passando pela grama. Seus olhos miraram o chão e ela avistou um colar. Havia uma lua e um sol que se fundiam um no outro. Deduziu que fosse de Camila e então falou baixinho:

– Deve ser da Camila. – ela o apertou com força. – Vou devolver isso.

­– É seu. – uma voz atrás da morena ecoou.

– MEU DEEEEUS!!! – o susto fez seu coração acelerar duas vezes mais e ela caiu de bunda na grama. – Eu pensei que era uma alma penada, mas era só...

A voz sumiu, a garganta travou, a respiração descompassou e seus olhos arregalaram-se para a oitava maravilha do mundo. Camila Cabello.


Notas Finais


Se gostaram, comentem para me motivar a continuar. Eu gosto quando vocês me dizem coisas. Até um outro século.

Falem comigo: @KORDEIRISMO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...