História Friends forever, right? - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 26
Palavras 499
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ooiee <3
Não garanto que esse vai ficar longo, pois não tenho muito tempo para escrever...
Espero que gostem <3

Capítulo 30 - O jogo


Depois que experimentamos todos os doces bons e ruins, pensei em queimar todos os ruins mais Ana não deixou e disse que iríamos fazer um jogo com esses ruins. Nos sentamos em círculo e Ana pegou uma garrafa e colocou no centro do círculo. Explicou o jogo: Nas duas pessoas que a garrafa parar, vão ter que pegar um papel de dentro de um pote onde estará escrito uma música. Depois deverão cantar essa música sem falar o nome e o outro deverá adivinhar. O jogo vai assim e quem errar a música terá de comer um dos doces ruins. No começo achei meio sem graça mais depois que começamos a jogar começou a ficar divertido. Todo mundo errou uma vez ou outra e ficamos rindo e fazendo caretas por culpa dos doces ruins.

-Esse doce tem um gosto tão horrível! -Disse Marco fazendo careta enquanto mastigava. 

-Carol teria um azar e tanto se você decidisse beijá-la agora! -Ana falou com um sorriso no rosto.

-Ele não vai! -Falei me afastando. 

-Não vou, é? -Marco falou com um sorriso malicioso no rosto e foi se aproximando.

-Não ,não, não! Para, que nojo! -Falei indo pra trás. Infelizmente cheguei até a parede e ele conseguiu me beijar. Empurrei e limpei a boca.

-Que nooojoooo! Agora não vai poder me tocar até amanhã! -Falei trocando de lugar e sentando entre Ana e Daio. O tontão ficou rindo de mim. Apenas estirei a língua para ele e fechei a cara igual aquelas crianças.

-Cuidado com a língua... -Falou malicioso.

[...]

Ficamos um tempão nesse jogo até que decidimos ir fazer alguma outra coisa... Na verdade não fizemos mais nada. Estava tarde então juntamos as coisas e cada um foi para seu quarto. Fui trocar de roupa no banheiro e quando voltei Marco já estava estirado na cama parecendo uma gazela. Suspirei e falei: 

-Vai gazela! Me da espaço para deitar!

-Só se você deixar eu te abraçar de noite... -Falou se esticando mais ainda.

-Não! Se for assim eu durmo aqui nesse sofá! Boa noite! -Falei indo pro sofá.

-Oxi! To brincando, estressadinha, vem logo! -Falou deixando espaço. Suspirei e me deitei na cama.

[...]

Acordei com a luz do sol vindo em meu rosto. Olhei pro lado e vi que Marco ainda estava dormindo. Levantei-me devagar e fui até a sacada. Confesso que se nós não estivéssemos em Miami eu estaria chacoalhando ele na cama querendo acordá-lo, mais hoje estou tranquila até. Estava admirando a vista quando sinto alguém passando os braços sobre minha cintura e me abraçando por trás. Quando me virei dei de cara com Marco. Lógico, quem mais poderia ser? Dã!

Ele me fitou por uns segundos, o que me fez corar. Ele riu ao me ver corada e me perguntou:

-Qual o motivo de estar corando?

-Não tô acostumada com alguém me olhando assim... -Falei olhando para baixo. Ele riu e me deu um beijo na testa. Fiquei ali na sacada enquanto ele ia se arrumar.

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado <3
Infelizmente a fic está acabando meus amores... Mais eu estou escrevendo uma outra e quando eu acabar essa aqui eu vou começar mais outra (a empolgada rsrs)
Comentem sugestões para o final, isso ajuda muuuito!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...