História Friends From College - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shadowhunters, Teen Wolf, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Clary Fairchild (Clary Fray), Damon Salvatore, Derek Hale, Derek Shepherd, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Isaac Lahey, Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Klaus Mikaelson, Lydia Martin, Magnus Bane, Malia Tate, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Raphael Santiago, Scott McCall, Simon Lewis, Stefan Salvatore
Tags Clace, Crossover, Delena, Drama, Fanfic, Grey's Anatomy, Series, Shadowhunters, Slexie, Stydia, Teen Wolf, The Vampire Diaries
Visualizações 30
Palavras 774
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa leitura! ❤️📚

Capítulo 5 - Bola de Neve


Fanfic / Fanfiction Friends From College - Capítulo 5 - Bola de Neve

— Eu não acredito que é você. — Congelei.

— Car! — Me abraçou. — Estava com tantas saudades suas! A cidade não é a mesma sem você! 

— Um dia eu volto. Pode deixar. 

— Quem é essa? — Elena perguntou. 

— Hayley. Ela era minha melhor amiga na infância. — Respondi. Em seguida, as duas se cumprimentaram. Lena saiu, nos deixando a sós. 

— O que faz aqui? — Perguntei. 

— Te pergunto o mesmo, Caroline.

— Estou aqui para ajudar Elena no primeiro dia como babá. Ela não curte muito crianças. — Rimos. A pequena ruivinha correu em nossa direção, para abraçar Hayley.  

— Filha! — Se abraçaram. 

— O que? Você já é mãe? Só faz um ano que mudei! Meu Deus, Hayley! — Me espantei. Muitas coisas estavam acontecendo naquele dia, como se uma bola de neve enorme caísse sobre mim. 

— Acidentes acontecem com todo mundo, Car. 

— Certo, quem é o pai? Você pelo menos sabe quem é o pai? E afinal, qual é o nome dela? 

— Hope. O pai está com o Damon, parece que o carro quebrou. 

— O nome dele, Hayley? 

— Klaus. O nome bem é ruinzinho mas ele é muito bonito. Sério. — Sorriu. 

Olha a merda acontecendo de novo. É muita coisa em um só dia, porra. 

— Oi? Vocês namoram? São casados? 

— Não, Caroline! Agora somos só amigos, nada mais. Sem falar que ele é professor de universidade, não dá para confiar. — Respondeu. 

— Entendo. Mas, o que você quis dizer com o "agor... — Klaus entrou na cozinha, me interrompendo.

— Hope! Minha pequen... Caroline? Estou começando a achar que está me perseguindo. 

— Eita. Vocês se conhecem de onde? 

— Ele é meu professor, Hayley. 

— De Língua Portuguesa. — Completamos em conjunto.

Pelo menos, não era só eu que estava constrangida. Klaus estava esbanjando nervosismo. Como estivesse feito algo de errado. 

— Vamos embora, Car. Se quiser se despedir, vá agora. Já já temos aula. — Elena disse. 

— Está bem. — Então fomos para o cômodo que Hilary e Hope estavam, que por sinal, era perto da cozinha. As abracei e disse que adorei conhecê-las. 

— Caroline! — Lena cochichou. — Olhe disfarçadamente para a cozinha. 

— Era só o que me faltava. — Klaus havia beijado uma mulher, a qual não conhecíamos. Ela poderia ser sua namorada, ou até esposa.

— Nunca mais vou conseguir assistir alguma aula dele, Lena. — Afirmei. 

— Ele te beijou, descobrimos que tem uma filha. E agora que provavelmente é comprometido, detalhe, a filha nem é dela. Se ela descobrir, você será morta, ele será demitido e morto também. A única coisa que falta, é você começar a gostar dele.

— Vamos embora. Antes que aconteça mais alguma merda. Não tenho estômago suficiente para tudo isso. 

— Antes preciso conversar com Damon, Car. É rapidinho, prometo. 

— Volte rápido ou quem vai morrer será você. — Ameacei rindo. Depois de muito tempo esperando, tomei a decisão de esperá-la no quintal, confesso que estava com receio. 

— Obrigado por cuidar da Hope. — Klaus exclamou. 

— Quem está me perseguindo agora é você. 

— Não deveria ter te beijado, Caroline. Mas esqueça isso. Apague de sua memória, já passou. 

— Você não me contou que era pai. Muito menos que era casado. 

— Você está vendo algum anel aqui? — Mostrou sua mão. — Não te beijaria se estivesse comprometido. 

— Não minta para mim. Vi o beijo. — Revirei os olhos. 

— Você está falando da Camille, então? Ela não é nada minha. 

— Esqueça. Não me deve satisfação. — Dei de ombros. 

— Espere! É claro que devo! Afinal, nós...

— Eu sei o que fizemos. Não significou nada. Como você mesmo disse, apague de sua memória. 

Lena saiu da casa e entramos no carro. Aquele dia daria um bom livro. Naquele tempo, mal sabia que veria Hope crescer e amadurecer com sua irmã mais nova. Haze. 

— Meu Deus. Que cena de novela foi aquela, Caroline? 

— Não quero falar sobre isso, Elena. Aquelas crianças me cansaram. 

— Você só ficou no celular. Quem fez todo o trabalho pesado, fui eu. 

— Ué, quem vai receber o salário? Eu ou você? 

— Nossa, Car. Klaus realmente mexe com você. 

— Presta atenção no volante ou vamos perder a aula. — Bufei. 

— Calma, cavalinho. Não desconta sua raiva em mim. Não fui eu que o beijei na cozinha. 

— Você está insinuando que estou com ciúmes, Elena?

— Não falei nada. Deveria ter trazido Bonnie no seu lugar. 

— Vamos descurtir agora? Como criança ou você decidiu amadurecer? 

— Eu vou me calar, antes que comece uma discussão. Você sabe que não conseguiria ficar sem sua amizade, Car! Mas para com essa baboseira. Não tenho culpa de nada. 

— Desculpa. — O silêncio estava exalando o carro. Confesso que havia ficado abalada. Mas com o passar do tempo, superei e fiz uma promessa: nunca mais me meter com professores, comprometidos e pai. O pior era que Klaus conseguia ser tudo isso em um só.


Notas Finais


Galera, esse cap foi narrado novamente pela Caroline. O próximo vou trocar, espero que tenham gostado. Beijão. 💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...