História "Friends"- Imagine Jimin - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagines Bts
Exibições 195
Palavras 1.261
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AI PESSOAS DO MEU CORE♥ DESCULPA NÃO TER POSTADO ONTEM FOI POR QUE MINHA MOMIS PEGOU MEU CELULAR, E NO MOMENTO MEU COMPUTADOR E IPAD ESTÃO NO CONCERTO. Acredita que ela pegou meu celular só porque eu falei que se ela não deixasse eu ir no show do BTS eu ia fugir de casa. Ridículo... Enfim vamos ao cap de hoje♥♥

Capítulo 5 - Don't leave me.


Fanfic / Fanfiction "Friends"- Imagine Jimin - Capítulo 5 - Don't leave me.

  Estava dormindo até eu ouvir passos e risadas no meu quarto.

  -Tira uma foto antes que eles acordem..

  -Vou pegar a câmera..

   -Será que eles usaram camisinha?

  -Eu dei um monte para o Jimin essa semana.

  -Nossa para de falar essas coisas eles são apenas crianças.

Ouvir eles falando já estava me estressando, como eu estava em baixo do Jimin queria saber se ele estava dormindo ou ouvindo aquela besterada.


  -Jimin.. -Disse num sussurro quase inaudível. Ele respondeu com um simples "Hum". -Tá ouvindo isso? -O mesmo afirmou com a cabeça.

-Vamos levantar? -Perguntou bem baixinho. -Será que vocês podiam nos dar mais cinco minutos de soneca. -Jimin disse assustando a todos naquele quarto.. Eu e ele nos sentamos na cama encarando os mais velhos. -Vamos dormir mais um pouco Jahgi. Você me deixou bem cansado ontem. -Disse e eu corei violentamente. Estava com um sorriso travesso em seu rosto.

-Oque vocês fizeram ontem? -Perguntaram todos surpresos, eu apenas o encarava com ódio.

-Passei o dia atrás dessa mocinha correndo para todo lado. A gente não fez nada demais, credo parece que não confiam em nós. -Me puxou de volta para a cama. -Em cinco minutos a gente começa a se arrumar. Podem sair por favor? -Disse fazendo eles saírem. -Aleluia saíram...

   Comecei a rir de modo desesperado. Não acreditando na audácia de nossos pais.

-Do que você tá rindo? Parece que é demente.

-Tô rindo por eles acharem que eu teria alguma relação com você. -Ele franzio o cenho, me encarando de forma negativa.

  -Vou me arrumar...Levanta e vai se arrunar também. -Saiu sem olhar para a minha cara.

-Oppa!! Minnie? Estou brincando.. -Eu disse o abraçando por trás.

-Agora quem não quer sou eu. -Disse me empurrando.

-Foda-se então. -Disse saindo de perto dele..

  -Jahgi.. Você gosta do seu Oppa? -Disse sussurrando no meu ouvido, segurando em minha cintura.

-Gosto.. Gosto muito. -Disse manhosa.

-Vamos tomar café da manhã primeiro..

  Descemos vestidos com o pijama ainda. Todos estavam lá em baixo comendo.

-BOM DIA!! -Disse me espreguiçando.

  -Dormiram bem? -Meu Appa perguntou com malícia.

-Exatamente eu DORMI bastante. -Falei levemente irritada.

  -_____ deu muito trabalho ontem, né Jahgi.. -Disse colando nossos corpos, e me dando um selinho. Eu apenas dei um tapa de leve em suas costas.

-Oppa? Oque você quer comer? -Fingiu pensar, enquanto todos o encaravam.

-Você.. -Disse assustando todos.

-Esse corpinho você nunca vai ter, seu otário. -Disse me sentando bem longe dele.

-Jahgi, oque você quer? Fala que eu pego pra você? -Fingi pensar do mesmo jeito que ele fez.

-Que você saia da minha vida.. -Me encarou incrédulo.

-Isso eu não vou fazer, mais se você quiser um lanche eu faço. -Me olhava esperando uma resposta mais gentil.

-Pode ser isso aí. Oque você vai querer?

-Aceito qualquer coisa que você faça. -Disse e eu revirei os olhos.

-Oooooonnwww. -Nossas Ommas disseram em uníssoso.

-Parem de viadagem.

-Amor, tá chegando sua festa de debutante..

-Nossa tinha esquecido!!

-Depois que vocês voltarem podíamos ir olhar alguns vestidos. -Apenas concordei.

  -Jahgi. Aqui está.. -Disse me servindo um lanche de peito de peru, e chá, era oque eu comia normalmente.

  -Obrigado Minnie. -Disse provando o lanche.

-Gostou? -Respondo com um simples "Aram".

-Vou pegar o seu, espera.. -Sai da mesa peguei seu lanche com pão integral e seu suco de laranja. O servi e o mesmo me encarou sorrindo.

-Como sabe que eu gosto assim? -Perguntou surpreso e feliz.

-Conheço meu Oppa.. -Disse rindo.

-A Hani separou a roupa de vocês, e nós duas às malas.. -Disse minha Omma.

-Obrigado Omma!! -A mesma me deu um selhinho na bochecha.

-Jimin!! -Disse meu Appa.

-Sim!! -Jimin respondeu rapidamente.

-Se você não cuidar da minha filha... -Disse com tom ameaçador. Fazendo assim todos rirem. -Estou brincando. Mais cuida dela viu?

-Claro... Se bem que eu acho mais provável ela cuidar de mim.

  -Appa! Eu sei me cuidar!! - Disse me levantando. -Vou me arrumar!!

  Por que eles cismaram que nós somos um casal? Isso faz com que eu goste ainda menos dele. Jimin é uma boa pessoas mais eu queria conhecer pessoas novas e não um que eu conheço desde de bebê.

  -Merda!! -Disse batendo a mão na bancada. -HANIII!!! -Hani é a governante da casa desde que eu me conheço por gente, para onde nós vamos a Hani vai também, ele é uma senhora viúva de meia idade.

-Querida oque foi!! -Disse ela aparecendo na porta.

-Por que eles ainda insistem nessa idéia? Eu vou acabar odiando ele desse jeito.

-Por que iria unir às duas famílias, você sabe que esse é o maior desejo deles.


-EU NUNCA VOU ME CASAR COM PARK JIMIN!!! -Disse gritando o mais alto possível.

-Querida não pense nessas coisas agora.. Vamos, eu vou te ajudar a se arrumar. -Disse tentando me acalmar. Tirei a roupa ficando nua enquanto ela ia pegar as minhas roupas.

-Aqui querida. -Hari era umas das poucas pessoas que eu não tinha vergonha de ficar pelada em sua frente. -Esse conjunto é lindo.. -Disse me entregando uma lingerie azul. -Seu corpinho cresceu!! Antes você era uma tábua..

-Aposto que quando criança a senhora era também uma tábua!! Agora tá aí com essas tetonas. -Disse fazendo as duas rirem.

  -Aqui a roupa!! Tão bonita minha menina.. -Hari era como um vó, já que a verdadeira eu nunca conheci.

  Eu estava usando um shot curto e uma regata com um Adidas branco.

   -Simples mais bem feminino!! -Disse dando um abraço nela.

  -Tô.. -Disse me entregando uma malinha com meus óculos escuros, celular, fone, Ipad, e um carregador portátil. -Tudo que você gosta. Agora saia para eu arrumar o quarto. -Apenas concordei saindo do quarto.

  Desci e fiquei na escada sentada esperando.

  -Filha já está pronta? Nem passou maquiagem? Milagre! -Apenas a ignorei, e coloquei os fones. -Não fique assim, só queremos o seu bem..

-Querem meu bem? Fazendo eu ficar com meu melhor amigo? Alguém que eu não amo? Amo de um jeito diferente e vocês estão confundindo as duas coisas. -Disse irritada.

  -Não o magoe desse jeito!! Sabe que ele te ama!! -Disse nervosa.

  -I daí se ama eu não pedi isso a ele!! -Prenguntei incrédula.

  -Então não o iluda!! Sei que um dia vocês seram um casal!! -Disse cuspindo as palavras em mim.

-Só porque querem juntar nossas famílias? -Perguntei franzindo o cenho. -Eu odeio todos aqui!! -Disse indo para meu quarto me trancando lá.

-Se não me ama é só falar.

Ele estava vermelho provavelmente tentando não chorar. De costas e com uma roupa esportiva assim com assim como a minha.

  -Não me iluda nunca mais _____. -Raramente ele falava meu nome.

  -Oppa.. -Saiu num fio de voz, eu estava com a voz trêmula.

-Não sou mais Oppa, então não me chame assim.. Vamos já bem estamos atrasados. Por favor não diga mais nada. -Eu apenas calei tentando não chorar.

  Passou do meu lado em direção a porta mais eu segurei em seu pulso.

  -N-Não faz isso comigo.

  -Me solta!!

   Eu o puxei e o abracei o mais forte possível, ele não mexeu um músculo.

-Mandei me soltar!! Agora!

  Ele me empurrou pra longe. Me fazendo cair sentada no chão.

 
-Vamos logo, não perca seu tempo seu com bobagens, nunca me amou mesmo.

-É claro que eu te amo!! Só que não na mesma intensidade que  você.

    Eu o peguei pelo colarinho da blusa e selei nossos lábios de forma bruta e de forma bem  intensa. Ele não correspondeu, apenas ficou parado.

  -Não chegue perto de mim novamente. Não me toque, não me abrace, não me beije.







 














Notas Finais


Pqp!!!! WTF?? VOCÊS ESTÃO ACREDITANDO? POIS EU NÃO...Então no momento tô aqui no cabeleireiro escrevendo para vocês♥♥ Hoje não fui para escola então provavelmente vai ter mais..Altas emoções nesse cap.. THANKS♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...