História Friends in Love. - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias David Luiz, Oscar Emboaba
Personagens David Luiz, Oscar Emboaba
Exibições 96
Palavras 1.356
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello Hello! Tudo bem? Demorei pra postar esse capítulo porque eu estava vendo série e vocês sabem o quão viciante é. Então, será que o David conta pra Sofie sobre o Enzo? Ou a Thalita vai se encarregar de contar?

Capítulo 23 - E todos eles gostaram dela...


Sofie.

Respirei fundo quando acordei porque lembrei que era meu primeiro dia de trabalho no Chelsea, virei-me pro lado vendo David ainda dormindo de bruços e minhas mãos foram automaticamente nos cachinhos dele afagando de leve.

- Como eu amo os seus carinhos...- ele disse abafado.

- Temos que levantar. - eu disse.

- Vem aqui um minutinho. - ele disse virando de lado e me puxando pra perto.

- Promete pra mim que não vai ligar se a Thalita te encher o saco? - ele pediu.

- Prometo. - respondi.

Levantamos e eu fui preparar o café enquanto ele estava no banho, não demorou muito para que Oscar aparecesse com a cara de sono.

- Bom dia xuxu! - sorri.

- Xuxu? - ele gargalhou.

- Brega né? - perguntei rindo e ele beijou minha testa.

- Animada pra hoje? - perguntou.

- Sim, muito. - eu disse e David apareceu na cozinha secando os cabelos na toalha.

- Bom dia maninho. - Oscar sorriu pra ele.

- Vou me arrumar. - eu disse indo pro banho.

Lavei meus cabelos e não sabia exatamente o que fazer nele então enquanto ele secava eu escolhi uma calça jeans meio rasgadinha e uma camisa de manga branca que parecia ser a melhor opção entre as coisas que eu trouxe, fiz uma maquiagem de leve só pra não aparentar a minha cara de doente e fui tomar café com os meninos.

- Já que vocês vão estar fora hoje, eu vou arrumar a zona desse apartamento. - ouvi Manu dizendo quando entrei na cozinha.

- A noite foi boa hein? - brinquei vendo uma marquinha vermelha em seu pescoço.

- É...ah...foi um mosquito que me picou ontem a noite, preciso comprar um repelente. - ela disfarçou e eu ri.

- Que mosquitão hein! - David gargalhou.

- Então, você vai arrumar a zona daqui? - perguntei e ela assentiu.

- O lugar é pequeno demais e vocês ainda fazem bagunça. - ela disse.

- Desculpa, senhorita organizada. - Oscar disse sorrindo.

Acabei só penteando os cabelos para trás depois de secos e prestei atenção ao fato de que deveria cortá-lo já que ele estava grande e me incomodando um pouco, saímos de casa rumo ao Chelsea que nem era tão longe assim então era super tranquilo ir a pé mesmo. O caminho todo fomos conversando sobre Oscar e Manu e eles pareciam estar se entendendo mas a minha irmã ainda tem um pé atrás em relação aos homens, na entrada do lugar enorme eu pude ver Thalita com um monte de pastas e falando ao celular e quando passamos por ela o seu olhar cruzou com o nosso.

- Tá bom filho, mamãe te ama...não esquece de comer o lanchinho todo tá? - ela disse olhando pra nós.

- Ela tem filho? - sussurrei para os meninos.

- Não sei. - David disse olhando pra frente.

- Quem é o louco de ter um filho com essa doida? - Oscar perguntou rindo.

- Não pode trazer namorada pra cá sem permissão. - ela disse nos alcançando no elevador.

- Eu trabalho aqui. - sorri de propósito e ela revirou os olhos.

Eu tinha que ir primeiro no terceiro andar apresentar meus documentos e depois ver como ficaria o meu trabalho, os meninos me levaram até lá e antes de entrar na sala David me deu um beijo.

- Boa sorte. - ele disse sorrindo.

- Valeu. - sorri também.

David.

Descemos de volta ao gramado e Thalita estava na academia conversando com Hazard, eu fiquei com medo que ela dissesse a Sofi que o garoto era meu filho mas acredito que ela esteja esperando pelo exame...Começamos pela academia e enquanto eu estava malhando pernas ela veio até a mim e eu respirei fundo antes de ouvir qualquer coisa que ela tivesse para falar.

- David, hoje temos que fazer sua próxima dieta...não será muito pesada mas...- ela disse e eu assenti.

- Tudo bem, é pra subir agora? - perguntei.

- Sim. - ela disse.

Peguei minha água e segui ela até sua sala, eu realmente precisava educar minha alimentação de novo porque eu perdi muito tempo comendo besteira  e isso ferra com o meu condicionamento físico.

- Vamos começar checando seu açucar, seu colesterol. - ela disse e eu assenti.

- Precisa evitar o consumo de doces, pede pra sua namorada não fazer coisas doces pra você comer. - ela provocou.

- A culpa é minha se eu como doce. - respondi.

-  Já contou pra ela? - perguntou.

- Só vou contar depois do exame. - eu disse.

- Por favor, podemos falar somente sobre a alimentação? - pedi.

- Tudo bem, você quem sabe. - ela respondeu.

- Precisa comer mais frutas, precisa de vitamina A. - ela disse escrevendo uma lista.

- Aqui. - me entregou.

- Obrigada. - enfiei no bolso e levantei indo para a porta.

- David, no sábado é aniversário do Enzo...não quer conhecê-lo? - perguntou e minha garganta deu um nó.

- Eu tenho que voltar pro treino, licença. - eu disse saindo da sala.

Quando fechei a porta da sala dei de cara com Sofie e assim que ela me viu sua expressão estava séria, eu estava nervoso e assustado pensando se ela teria escutado algo.

- Pensei que estivesse treinando. - ela disse.

- Vim pegar minha lista da dieta. - eu disse mostrando o papel.

- Com a Thalita. - ela deduziu e eu assenti.

- E você? Como foi lá? - perguntei caminhando pra fora dali e ela me seguiu.

- Bem, eu vou fotografar tudo para o site do Chelsea e o Chelsea TV. - ela disse sorrindo.

- Nossos treinos. - sorri.

- Tá se sentindo melhor? - perguntei.

- Sim, Oscar me deu um monte de remédios. - ela disse rindo.

Enquanto eu treinava com os caras ela fazia as fotos, percebi o olhar de cada um sobre ela especialmente hoje que ela está tão linda. Hazard e Matic o tempo inteiro olhavam pra ela e cochichavam alguma coisa mas eu não podia dizer nada.

- Qual o nome dela? - Diego perguntou.

- Sofie. - respondi.

- Nunca tivemos uma mulher como fotógrafa. - ele comentou.

- É. - eu disse.

- Ela é uma gata. - ele sorriu.

- Mas não é pro teu bico. - eu disse baixinho.

A manhã toda teve treino na academia e no campo, e na hora de almoço ela sentou com o pessoal e eles começaram a inturmar ela com a equipe para que ela se sentisse mais a vontade, ela estava na mesa de frente para a minha e a gente ficava se olhando o tempo todo.

- Qual a idade dessa garota? - Matic perguntou.

- Que garota? - Oscar perguntou.

- A fotógrafa. - ele disse.

- Ihhh, não mexe com a Sofi não. - Oscar disse e eu sorri.

- Qual o problema? - Hazard perguntou rindo.

- Sofi é como uma irmã pra mim, não mexe. - ele explicou.

- De onde você conhece ela? - perguntou.

- Minha amiga de infância. - eu me pronunciei.

- Você tem uma amiga gostosa dessa e não apresentou pra nós? - Diego perguntou chocado.

- Como o Oscar já disse, não mexe. - eu disse.

- Com licença. - Matic levantou da mesa.

Pensei que ele iria embora mas o cara de pau foi até a mesa onde Sofie estava sentada e agachou para falar com ela, ele olhou para nós com um sorriso no rosto e cinco minutos depois - eu já estava ficando impaciente - ele voltou ainda sorrindo.

- 23 anos, inteligente e boa de papo. - ele disse.

- E brava, completamente pé no chão e seletiva. - eu  completei.

- Seletiva? - Diego perguntou.

- Ela não fica com qualquer um. - Oscar disse rindo.

- Qual é moleque? Eu não sou qualquer um. - ele estava rindo.

- Terminei. - eu disse levantando da mesa.

- Ignora o Matic, eu estou morrendo de vontade de te beijar. - falei baixinho pra ela quando passei pela sua mesa.

- Eu também. - ela sorriu.

- Ih David, tira o olho! - ele gritou pra mim.

- Seus amigos não sabem que vocês dois são um casal né. - levei um susto com Thalita no corredor.

- Tá querendo me matar do coração? - perguntei levando a mão ao lugar.

- Não esquece de sábado. - ela disse saindo.

- O que é que tem sábado? - Sofie apareceu do meu lado perguntando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...