História Frisk x Sans - Uma história de amor - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne
Tags Frans, Frisk X Sans, Romance, Shoujo, Undertale
Exibições 173
Palavras 1.033
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um caaaap! Aproveitando que é domingo e estou postando 2. Espero que gostem, boa leitura! :3

Capítulo 11 - Não chegue perto!


Fanfic / Fanfiction Frisk x Sans - Uma história de amor - Capítulo 11 - Não chegue perto!

(P.O.V Frisk on)

TRIIIIIIIM!

-Ah, droga de despertador...- Eu reclamo enquanto desligo ele.

-Sans acorda logo!- Eu cutuco Sans.

-Aaah, já?- Ele pergunta ainda sonolento. Ele se vira para mim... 

-S-SANS!- O rosto de Sans deu de encontro com meus seios.

-EEEEH!!!- Ele levanta num pulo enquanto sangue escorre de seu nariz.

-M-ME DESCULPE FRISK!!- Ele diz todo corado enquanto limpa seu nariz.

Eu acabo rindo dele.

-H-hey! Não tem graça!- Ele pega um travesseiro e joga em mim.

-Ai Sans!- Eu pego outro travesseiro e jogo em Sans, que aceta seu rosto em cheio!

-Hehehe, toma!- Eu rio dele.

-Ah é?- Ele me dá um sorriso desafiador.

Começamos uma guerra que só acabou quando ficamos quase sem folego.

-Hehe... isso foi... divertido...- Ele diz em meio a sua respiração pesada.

-É...- Eu olho para o relógio.

-MEU DEUS SANS, ESTOU ATRASADA!- Eu digo correndo para o banheiro fazer minhas higienes.

-Relaxa Sweet Heart, eu te ajudo a se arrumar.

-HEEEIN?- Eu grito do banheiro.

-N-NÃO NESSE SENTIDO KIDDO!- Ele fala meio sem jeito. Eu rio.

Eu me arrumo rápido, e como um pouco da comida que Sans fez enquanto eu me arrumava.

-Sans! Isso está uma delicia!- Eu digo com a boca cheia.

-M-mesmo? Calma, desse jeito você engasga!- Ele diz rindo.

Após comer eu pego minha mochila e me despeço.

-Bom, tenho que ir... se cuida ta bom?- Eu digo correndo para fora, estou muito atrasada.

-Espere!- Sans me puxa pela mão.

-C-cade o meu beijo de despedida?- Ele cora.

-Ah, é-é mesmo, me desculpe...- Ele se abaixa um pouco e nós nos beijamos por um bom tempo. Ele começa a acariciar minha coxa.

-E-ei!- Eu coro.

-M-me desculpe, eu não consegui segurar...- Ele tira a mão imediatamente e desvia o olhar.

-B-bem, de qualquer forma... e-eu estou muito atrasada para isso.

-T-tchaaaau!- Eu saio correndo, ele ri e acena.

Eu vou correndo o trajeto inteiro, e acabo chegando na hora.

Eu entro na sala.

-Oiii!- Thais aparece atrás de mim.

-Ah, oi! Cade a Jhenyfer?- Eu procuro por ela.

-A Jhenyfer foi no banheiro agora a pouco.- Diz Thais colocando sua mochila em sua cadeira.

Todos entram na sala e se sentam... inclusive... EMANUELL!? NÃO ACREDITO!!

Ele está de muletas... e com sua perna amputada. A atenção vai toda para ele. Ele me olha com raiva, e abre um sorriso medonho.

-Que pena, bem que Sans poderia ter quebrado a cabeça dele...- Jhenyfer cochicha, e leva um soco de Thais.

As aulas foram normais, mas a presença do Emanuell me incomoda...

Logo o sinal toca e todos vamos para fora.

-Vamos ao banheiro?- Jhenyfer pergunta. De novo?

-Eu não quero, mas vou ficar lá fora.- Eu digo apontando para a porta de entrada.

-Ok, eu vou então!- Diz Thais pulando em Jhenyfer.

-Para com isso!- Elas começam a rir.

Bom, esse lugar é uma chatice sem o Sans mesmo... ainda bem que tenho essas duas.

Eu vou para fora e vou para o lugar ''secreto'' que Sans me levou no primeiro dia de aula.

-Ora, ora, ora...- EMANUELL? Ele aparece logo depois de mim.

-Oi, Frisk... como vai?- Ele se aproxima...

-E-Emanuell?!- Eu começo a ficar nervosa...

-Eu peguei o jeito muito rápido com essa coisa...- Ele olha para suas muletas, volta o olhar para mim e começa a rir.

-O q-que você quer?- Eu me afasto, mas acabo batendo na árvore gigante e linda que fica nesse lugar.

-Eu estava apenas, dando uma voltinha por aí...- Ele ri mais alto.

-Como conhece esse lugar?- Eu pergunto curiosa.

-Qual é? Você acha que apenas você e o idiota do seu namoradinho conhecem esse lugar? Eu estou aqui a muuuito mais tempo do que ele!- Ele ri mais alto ainda.

-Se não fosse por você, eu ainda teria a minha perna sabia?- Ele se aproxima ainda mais de mim.

-E-eu não queria isso...- Logo ele pode acabar me cercando...

-Mas e agora? O Sans não está aqui para proteger você... coitadinha...- Ele ri cada vez mais alto, parece um psicopata... se bem que ele é...

-Bom, ninguém vai saber que eu fiz isso!- Ele coloca sua mão em seu bolso e retira um estilete.

-N-Não... por favor não...- Eu fico sem reação e começo a chorar.

-Tarde de mais!- Ele levanta o estilete e corre em minha direção com um sorriso psicopata.

-MORRA!- Eu fecho meus olhos e sinto meus pés saírem do chão... e-eu... morri? Mas, sem dor? Sem nada?

Eu abro os olhos e uma aura forte e azul me faz flutuar... tenho dificuldade para enxergar... Sans!? 

Ele me leva para perto dele, em cima da árvore e me abraça forte.

-Desculpe o atraso, Sweet Heart...- Ele me deixa sentada em um galho bem alto.

-C-como?- Eu estou muito mais confusa do que antes.

-SANS!- Emanuell solta o estilete apavorado.

-Venha até aqui seu imbecil! Ah, é mesmo... não tem como escalar sem uma das pernas, hehehe.- Sans debocha dele.

-CALE A BOCA!- Emanuell grita.

Sans desce do galho com um pulo e se aproxima de Emanuell com suas órbitas escuras.

-Você tem sorte de eu não matar crianças... mas se você encostar um dedo na Frisk, eu não terei dó!- Sans diz invocando ossos novamente.

-SANS! NÃO!- Eu grito, mas ele dá de ombros.

-Eu aconselho você, a ir embora e nunca, nunca mais voltar!- Sans abre um sorriso ainda maior.

-E-eu nunca mais irei voltar, eu juro!- Suor escorre da testa de Emanuell.

-VÁ! E se você contar para alguém... você terá um bad time...- Emanuell sai correndo. Ele acaba tropeçando, e cai de cara no chão mas se levanta imediatamente e volta a correr. Sans segura a risada colocando a mão na boca.

Os ossos que Sans invocou somem.

Sans volta ao normal, levanta o braço em minha direção e me levita até ele.

Eu não digo nada, apenas encaro ele e desabo em choro.

Ele me abraça.

-Que susto Sans... eu poderia ter... Sans...- Eu digo entre soluços e aperto ainda mais o casaco de Sans.

-Acabou, Frisk. Se ele voltar, ele vai dormir... para sempre.- Sans me aperta mais forte. Eu sorrio com os olhos cheios de lágrimas.

-Obrigada Sans...- Aquela foi por pouco...


Notas Finais


Fim do caaap... Espero que tenham gostado! Erros? Me corrijam! Kisses!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...