História From a Stranger to a True Love - Jikook (continuação) - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Jikook
Visualizações 147
Palavras 2.264
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Festa, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Lemonzinho delicia pra começar bem o dia ^^
Espero que gostem, eu me esforcei muito pra escrever esse lemon.
Beijos e boa leitura.

Capítulo 39 - 39


Capitulo 39- Colegial

✿───────•••───────✿

JM- me espere lá em cima….Tenho uma surpresa pra você…- vi um sorriso safado brotar em seus lábios e de cara já saquei o que o menor iria fazer.

-tem é? Que tipo de surpresa?

JM- é surpresa, não posso contar… Agora suba, e me espere no quarto, de preferencia nu- sorri de lado e sai da cozinha, fazendo o que o menor disse, subi para o quarto, fechei a porta, não a trancando, e fui andando até a cama.

-de preferencia nu…- repeti a frase de Jimin e logo comecei a despir, ficando apenas de cueca.

-o que esse garoto vai aprontar?- coloquei minhas roupas dentro do cesto,que ficava ao lado da porta do banheiro, larguei meus sapatos ao lado da cama e me deitei, ficando a espera de Jimin.

• ✿ •

(Jungkook)

“O que aquele garoto está aprontando?”

Pensei assim que percebi que já havia se passado mais de cinco minutos, e Jimin ainda estava no andar debaixo.

Me sentei na beira da cama e fiquei olhando para a porta, esperando que Jimin talvez entrasse. Mas nada aconteceu, ninguém estava na porta.

“Ele deve estar vestindo alguma roupa”

Tombei a cabeça para o lado, enquanto encarava o nada e logo ouvi sons de passos, subindo as escadas. Me ajeitei na cama, ficando sentado de frente para a porta e logo tive a visão dos deuses:

Jimin vestido de colegial. Ele usava uma mini saia xadrez, iguais aquelas que as meninas usam nas escolas, só que muito mais curta, uma camisa branca, com detalhes em preto e com um lacinho amarrado na ponta da camisa, uma gargantilha preta, que ao invés de ter um pingente,tinha uma gravata preta,meias arrastão e um sapato escolar.

Meu queijo caiu assim que o vi vestido daquela forma, com certeza essa roupa foi presente de Baekhyun, depois eu iria o agradecer muito por isso e mandá-lo levar Jimin para fazer umas compras, eu preciso ver isso mais vezes.

JM- Gostou?- perguntou com uma voz rouca, o que me arrepiou dos pés a cabeça. Assenti, ainda com a boca aberta e com os olhos um pouco arregalados, que passeavam por seu corpo.

Mordi o lábio e abri a boca, para tentar falar algo, mas nada saia, eu fiquei surpreso ao vê-lo assim e acabei ficando sem palavras.

Jimin sorriu ladino e fechou a porta, voltando a me encarar. O olhei pela décima vez, de cima a baixo e mordi o lábio, sentindo uma fisgada na parte baixa.

O menor percebeu isso e girou lentamente. Meus olhos desciam e subiam pelo corpo de Jimin, observando cada detalhe. Aquela saia lhe ficava tão bem, e ficava pequena também, pois sua bunda ficava metade descoberta, eu adorei isso.

Ele logo voltou a ficar de frente, tombei minha cabeça para o lado, vendo que na sua saia havia uma abertura e….Pera, Jimin está de calcinha? É hoje que eu morro, pode preparar meu tumulo.

-J-Jiminnie….você…- finalmente consegui falar algo. Me levantei, a fim de ir até Jimin, mas o mesmo colocou a mão em meu peito e me empurrou de volta para a cama, me fazendo cair sentado na mesma.

JM- você gostou? Hum?- curvou seu corpo e sussurrou rouco em meu ouvido fazendo-me sentir outra fisgada na parte baixa.

-E-eu…eu adorei...Você...Você está….Aigoo, estou sem palavras…- Jimin sorriu e levantou sua mão até meu queixo, levantando minha cabeça e meu olhar, que antes estava em sua saia.

JM- essa é sua recompensa por ter chamado sua amiga para vir me conhecer, eu confio nela agora, mas saiba que se você for dormir fora sem avisar de novo, você não vai mais ganhar isso pra você….- falou apontado para si.

JM- mas, como você foi bonzinho, você ganha…- sorri ladinho e levei minhas mãos até sua cintura, mas que foram retiradas dali rapidamente.

JM- Vamos brincar um pouquinho… Como ainda estou um pouco bravo por você ter saído, vamos fazer o seguinte… Você não pode me tocar, apenas eu posso…. Você não pode tocar em meu corpo, apenas eu posso tocar o seu, e se desobedecer, não vai mais ganhar recompensa, e se obedecer, no final, você poderá me tocar o quanto quiser….Certo?- assenti com a cabeça e o mesmo depositou uma mordida de leve em meu pescoço.

JM- se me tocar três vezes, eu paro tudo o que estarei fazendo e deixo você aqui sozinho...Entendido?- assenti novamente. Não sei se vou consegui me controlar, mas vou fazer o possível, quero essa belezinha para mim depois.

JM- Mandei Jacob dormir fora, a casa é toda nossa…- o menor sorriu e foi até a porta, clicando no interruptor, desligando a luz.

Eu acho que estou sonhando, se eu estiver sonhando, por favor, ninguém me acorde.

Jimin fechou as janelas, deixando o quarto completamente escuro. O menor foi até o criado mudo e ligou o abajur, apenas aquela luz estava presente no quarto naquele momento.

JM- pronto pra começar? Espero que sim…- falou calmo e caminhou lentamente até mim, se sentando em meu colo, de costas para mim.

Por impulso, levantei minhas mãos, afim de colocá-las sobre sua cintura, mas fui impedido pelas mãos do menor, as empurrando para baixo.

JM- lembre do acordo...Já está querendo acabar com a brincadeira?

Respirei fundo, tentando controlar minhas mãos. Deitei as costas para trás, colocando minhas mãos apoiadas na cama, me dando e visão, um pouco escura por causa das luzes, da bunda de Jimin. Eu estava louco para começar aquilo.

JM- posso começar? Está preparado?

-Sim, comece logo…

JM- apresado…- deu uma risadinha baixa e logo o senti se mover em meu colo, ele estava rebolando bem acima de meu membro, o que estava me deixando louco.

Eu não posso o tocar, eu não posso…

Repetia varias vezes em minha cabeça, mas parece que a cada rebolada eu esquecia de tudo a minha volta, aquilo estava acabando comigo.

-J-Jimin...Ahh...que gostoso…- gemi baixo sentindo o menor aumentar a velocidade. Tombei a cabeça para trás e mordi o lábio inferior, sentindo meu pênis endurecer que nem pedra.

JM- está gostoso daddy?- senti o mesmo quicar sobre meu membro e um gemido alto saiu de meus lábios após isso.

-Ohh...Jiminnie….Sim, está muito gostoso….- falei entre gemidos.

Jimin se levantou do meu colo, e pude me ajeitar na cama. Vi o menor se abaixar e agarrar a barra de minha cueca, logo a levando para baixo, livrando meu membro daquele pano. Gemi com o alívio e logo senti Jimin agarrar meu membro, começando a fazer movimentos com a mão.

-M-Minnie...Hmm…- por impulso, levei minhas mãos até seu cabelo e os puxei levemente, logo sentindo o menor largar meu membro.

JM- não pode me tocar…Se me tocar mais duas vezes eu paro…- repetiu o que havia falado antes e só assim me dei conta. Voltei a por minhas mãos sobre a cama e Jimin voltou a agarrar meu membro, fazendo movimentos mais rápidos e passando seu polegar por minha glande, o que me fazia ir do céu ao inferno e voltar logo depois, aquilo era gostoso demais.

Jimin continuou com os movimentos por um tempo. Senti minhas pernas tremerem,indicando que meu orgasmo estaria próximo, fazendo assim, Jimin largar meu membro e se levantar.

-Minnie...Hmm…- resmunguei.

JM- você não vai gozar agora, só depois…- O menor agarrou meus ombros e voltou a se sentar em meu colo, começando a rebolar, mais rápido que antes, o que me fez ir a loucura.

-JIMIN….- gemi alto com o prazer que sentia e tombei a cabeça para o lado ao sentir o menor começar a me marcar com mordidas e chupões.

Enquanto rebolava e marcava meu pescoço, Jimin desceu sua mão pelo meu peitoral,até chegar em meu membro e começou a acariciá-lo levemente com a mão.

-Jimin...Ahh….eu não...não vou aguentar….por muito tempo…- falei entre gemidos e o menor parou todos os movimentos. Só então percebi que havia tocado em sua cintura.

JM- mais um toque e você já sabe…- assenti e ele voltou ao movimentos, dessa vez mais lentamente, o que me fez grunir.

-M-mais r-rápido….por favor…- ele continuou com o mesmo movimento. Levantei minha mão, deixando ela próximo de sua bunda, sem o tocar. Isso estava me enlouquecendo. Quando estava prestes a tocar, lembrei do acordo e afastei minha mão e a fechei em um punho, me segurando para não o tocar.

Logo ouvi o som do celular de Jimin, fazendo o mesmo parar o movimento.

JM- hm….Quase que você perde né Jungkookie? Aguentou por quase trinta minutos… você conseguiu…- o menor se levantou e ligou a luz, logo me encarando.

JM- como você cumpriu com o acordo, agora….eu sou todo seu, use e abuse…- sorri malicioso e me levantei num pulo, agarrando a cintura de Jimin e o prensando contra a parede.

Ataquei seu pescoço, chupando e mordendo com força. Jimin gemeu baixinho e levou suas mãos até meu cabelo, os puxando levemente.

Levantei meu rosto, atacando os lábios de Jimin, o beijando euforicamente enquanto descia minhas mãos por sua cintura, apertando seu corpo.

Escorreguei minha mão para a coxa de Jimin e a puxei para cima, entrelaçando-a em minha cintura. Passei minha mão por toda sua perna até chegar em sua bunda, apertando com força sua nádega, e só assim percebendo que o menor usava uma calcinha, aquilo era demais para mim.

Segurei o tecido de sua calcinha e o puxei, quase rasgando, aquilo seria tão bom de rasgar.

Desci minhas destra pela perna de Jimin e a puxei, fazendo assim o menor ficar completamente em meu colo, com suas pernas em minha cintura.

Me virei e joguei o menor sobre a cama, logo indo até o mesmo, e engatinhando sobre a cama até ficar por cima de Jimin.

Ataquei novamente seu pescoço e desci minha destra pela lateral de seu corpo, parando assim que chego na barra de sua camisa. Desci a outra mão, e desfiz o laço de sua camisa, logo a puxando para cima e a jogando no chão do quarto.

Desci meus lábios por seu pescoço e abdômen, depositando beijos e mordidas até passar de sua saia e chegar em sua coxas, onde mordi e chupei fortemente, assim que tirei a meia.

Enfiei meu rosto dentro sua saia e mordisquei sua virilha. Sua calcinha estava molhada pelo pré gozo e seu membro marcado pelo tecido.

Voltei a encarar Jimin, que estava com as bochechas coradinhas e com os olhos fechados.

Levei minhas mãos ate a barra de sua saia e a abaixei, retirando- a de seu corpo, começando a olhar para sua calcinha.

Agarrei o tecido de sua calcinha e não resisti, rasguei-a, a partindo no meio e jogando os pedaços para o lado.

Passei a língua por todo seu membro, chupando a glande, ouvindo os gemidos manhosos de Jimin.

Coloquei suas pernas em cima de meus ombros e abaixei a cabeça, começando a lamber e chupar sua entrada. Jimin gemia alto cada vez que introduzia minha língua em sua entrada, ou quando chupava a mesma.

Abaixei suas pernas e me posicionei entre as mesmas, roçando meu membro em sua entrada.

JM- Ohh...Gukkie...vai logo…- o menor gemeu, entrelaçando suas pernas em minha cintura.

Acaricie sua entrada com meu membro e logo o penetrei com força, ouvindo um grito fino e afeminado vindo de Jimin.

Agarrei a cintura de Jimin e passei a estocar lento e fundo no mesmo, que agarrou os lençóis da cama e gemeu alto, arqueando as costas.

JM- M-mais...r-r-rápido…- falou entre gemidos e atendi seu pedido, começando a dar estocadas fundo e rápidas, logo encontrando seu ponto frágil, passando a estocar somente lá.

JM- AHHH,J-JUNG...JUNGKOOK….- gritou de prazer assim que sentiu seu ponto ser acertado com força.

Levei minha mão até seu membro e o estimulei na velocidade das estocadas, fazendo com que Jimin não durasse por muito tempo e gozasse em minha mão.

Dei mais algumas estocadas e logo me desfiz dentro do menor, soltando um gemido rouco e manhoso.

Me retirei de dentro do menor e masturbei o membro de Jimin, para prologar a sensação do recém orgasmo. Mais algumas gotas do liquido branco saíram e Jimin relaxou na cama.

Me joguei ao lado do menor e abracei sua cintura, o puxando para mais próximo de mim.

-Isso foi incrível…- sussurrei em seu ouvido.

JM- foi mesmo...Eu adorei…

-Eu também...Quero você vestido de colegial outra vez

JM- pode deixar, vou me vestir assim mais vezes….É confortável…

-Não aperta?

JM- no começo sim, mas depois….Eu acabei acostumando

-Foi o Baek né?

JM- sim…

-Já sabia, ele é o único que usa…-ri baixo e depositei um beijo na testa do menor.

-Senta-se a vontade para usar essas roupas quando quiser ok? Você fica lindo com elas…

JM- obrigado...E, talvez eu vá ao shopping com o Baek

-Não quero atrapalhar vocês dois, então quando vocês forem, Chan-Yeol pode vir aqui

JM- ótima ideia, vocês podem jogar videogame…-assenti sorrindo.

-precisamos de um banho

JM- verdade...Vamos?

-Preguiça de levantar- ri baixo e me aconcheguei na cama, puxando o cobertor e nos cobrindo.

JM- o banho pode esperar…- ele se vira para mim e me beija carinhosamente. Retribuo o beijo, acariciando sua cintura calmamente.

-Deixa o banho pra depois…-Ri fofo e o puxei para outro beijo.

Ficamos nos beijando por alguns minutos e depois voltamos a ficar como antes, com Jimin deitado em meu peito e eu abraçando sua cintura.

Selei sua testa assim que percebi que o menor já dormia.

-Durma bem meu pequeno….-afastei os cabelos de seu rosto e o ajeitei na cama, deixando-o de costas para mim. Me ajeitei, ficando próximo do mesmo e abracei sua cintura e assim logo dormindo de conchinha.  


Notas Finais


Eai? o que acharam? Espero que tenham gostado
Desculpe pelos erros.
Até o próximo cap.
Beijos de arco-iris


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...