História From Dark Side! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Red Velvet
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Irene, Joy, Jungkook, Sehun, Seulgi, Suho, V, Wendy, Yeri
Tags Btsvelvet, Cristianismo, Vingança, Vrene
Visualizações 28
Palavras 2.148
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oláaa a todos!!!
Estou começando uma nova fic vrene graças a Deus \o/
Terá partes em que o tempo ira pular na estória.. então tenham isso em mente kkk.. o três primeiro capitulos serão uma espécie de "prefácio"
não sei quando postarei o segundo cap.. depende muito de como for o feedback.. ♥

Espero que gostem e comentem o cap por favor.. é mt importante <3
Beijos e boa leitura a todooooos ♥

Capítulo 1 - A garota das pontas cor de rosa


Fanfic / Fanfiction From Dark Side! - Capítulo 1 - A garota das pontas cor de rosa

A menina de cabelos castanhos e lisos de pontas cor de rosa ficava encarando a porta daquela casa enquanto a mesma ainda estava fechada, a mãe da garota estava do seu lado batendo naquele pedaço de madeira até que passado poucos segundos, ela foi aberta por uma outra mulher de semblante meio sorridente, a garota continuava a olhar para a frente sem demonstrar muita emoção, e a mãe dela por sua vez passou o braço por volta da filha como se a puxasse para mais perto, dando um sorriso meio forçado para a mulher a sua frente.

- Boa tarde Hyunsan... – a mulher disse fazendo reverência e a outra que estava dentro da casa a olhava com um pequeno sorriso no rosto, entreolhando ela e a garota que fazia bola com o chiclete.. – E-essa é a minha filha.. – a mulher apertou um pouco o ombro da menina como se quisesse que ela sorrisse e a mesma olhou para mãe com uma cara de “para que saco”.. e em seguida quase revirou os olhos.

- Oi. – ela disse sem muita animação voltando a encarar o lado... a mãe da garota ao ver que a mesma estava com o chiclete estendeu a mão meio sem graça para a filha que cuspiu a massinha na mão dela.

- Se apresenta.. – ela deu um cutucão na filha falando de forma baixa, como se a repreendesse.. a menina já sem o chiclete na boca respirou fundo encarando a mulher a sua frente.

- Meu nome é Bae Joohyun.. muito prazer! – ela disse com um pingo de ironia fazendo um sinal de reverência pegando na aba da saia que fazia parte do uniforme escolar da mesma.. a mulher por sua vez assentiu meio insegura se estava ou não fazendo o certo e olhou para trás  chamando o filho para se aproximar.. um garoto de cabelos castanhos e com cara de sono se aproximou da mãe olhando as duas mulheres na porta de sua casa.

- Taehyung.. essa é a Joohyun – ela disse apontando para a garota que parecia não se importar muito com o que estava acontecendo, a mesma encarou de forma indiferente o garoto que levantou de leve a sobrancelha e voltou a encarar a mulher.. – ela vai cuidar de você essa tarde filho – ela se aproximou dando um beijo na testa do garoto de bochechas fofas e foi passando pela porta, fazendo as duas darem um passo para trás... – Eu volto em cinco horas Joohyun.. – a mulher disse encarando a garota que assentiu com a cabeça – se quiser comer algo é só pegar na geladeira ta?

- tudo bem.. – ela disse até meio surpresa por saber que teria tal liberdade na casa da vizinha nova desconhecida.. em seguida ela saiu entregando a chave da porta pra garota que pegou aquele molho com um pequeno sorrisinho no rosto, sorrisinho que logo se desmanchou assim que a mãe a encarou..

- não faça nada nenhuma besteira Irene.. – a mãe da mesma disse como se a alertasse e foi saindo enquanto a mesma bufou por tal comentário e então foi para dentro da casa fechando a porta.. dando de cara com o garoto um pouco menor que ela a olhando meio confuso..

- Seu nome é Irene ou Joohyun? – ele perguntou de forma inocente sem entender muito bem, e ela deu um riso irônico para ele entrando de vez na casa e jogando a sua mochila da escola num canto qualquer quase o ignorando.

- Você é lentinho assim mesmo ou só ta encenando? – ela disse indo bagunçar o cabelo dele porém Taehyung não gostou da resposta e se afastou.. – .. Irene é só apelido.. – ela disse após bufar e se sentou no sofá da sala como se estivesse cansada.

- .. hunf.. – ele bufou se sentando no sofá também e pegando o controle da televisão – não sei porque minha mãe quis inventar uma “babá” – disse ironizando fazendo bico e ligando a televisão, enquanto Joohyun com uma sobrancelha arqueada se desencostou do sofá o encarando querendo rir..

- Porque você é só uma criança? – disse querendo rir da cara dele e o mesmo a encarou meio bravo se levantando e ficando de frente pra ela..

- Criança? – ele deu uma risada e voltou a encara-la – você é uma criança... ta até com roupa de escola..

- Nada a ver menino.. – ela cruzou os braços revirando os olhos – eu tenho dezesseis anos.. sou adolescente e você tem o que? Dez anos?? – disse rindo e Taehyung parecia querer soltar fumaça pelas narinas..

- tenho ONZE anos.. – ele disse desligando a televisão.. – e daqui dois meses vou fazer DOZE entende isso?

- Você ta me zoando moleque? – Joohyun se levantou meio rápido fazendo o garoto mais baixo dar uns passos pra trás.. – isso não interessa... – ela saiu caminhando pela casa e olhando as coisas que tinha na mesma.. – afinal só estou aqui pelo dinheiro e pra não ter que ficar ouvindo a minha mãe no meu ouvido.. – ela disse resmungando e abriu a geladeira da cozinha procurando algo pra comer.

- Espera aí.. – Taehyung disse a seguindo até o cômodo – nem sua mãe te aguenta e eu vou ter que te aguentar??  – ele disse com sinceridade no olhar, como se realmente preferisse mil vezes ficar sozinho - Aposto que você nunca cuidou de alguém antes né!?

 - não... nunca cuidei, e na verdade.. – ela disse pegando um iourgute da geladeira e abrindo.. – eu que vou ter que te aguentar... – ela começou a virar o iourgute na boca como se não se importasse com o mais novo e Taehyung a encarava respirando fundo, o que ela tinha de bonita tinha de chata – porque você não vai fazer alguma coisa e me deixa de boa hein? – ela disse sugestiva o olhando e se sentou na cadeira se apoiando na mesma com o celular em mãos.. – sei lá.. jogar bola, vídeo game... hentai.. sei lá.. – Taehyung ficou a olhando meio sem palavras.. “quem diabos é essa garota que minha mãe arrumou?” ela começou a mexer no celular fixando os olhos ali como se o mesmo já tivesse ido embora..

- não acredito que minha mãe vai te pagar ainda pra isso.. – ele disse se virando como se não acreditasse mesmo.

- lógico.. – ela disse ainda olhando pra tela do celular enquanto Taehyung voltou o seu olhar a encarando – quem iria cuidar de um pentelho como você de graça? – ela disse querendo rir enquanto não tirava os olhos do objeto na sua mão, o garoto ouvindo aquilo parou na beira da escada que dava acesso ao andar de cima a encarando, ele podia ser novo, mas era mais esperto do que ela imaginava.

- Sabe.. acho que vou assistir uns hentai mesmo.. – ele disse ainda a encarando enquanto a mesma apenas franziu o olhar.. – pelo menos as meninas lá tem mais peito que você! – ele disse de forma rápida e no mesmo instante Joohyun virou o rosto na direção dele como se a raiva fosse tomar conta de si.

- s-seu pestinha.. – ela começou a correr fazendo o garoto correr mais rápido ainda para o andar de cima, assim que a garota chegou no pé da escada ele já tinha sumido de suas vistas.. “aish..” ela bufou com raiva pegando nos peitos por cima da blusa como se não tivesse acreditado em tal comentário.. “é só um moleque idiota”.. ela disse por fim para si mesma tentando não perder a linha e o emprego e respirou fundo, se voltando novamente para a sala e ligando a televisão.

- não tem nada interessante.. – ela disse jogando o controle no sofá e pegou o celular sem grandes tecnologias e começou a discar para uma de suas amigas, a mesma estava entediada..

- Alô?? Seungwan?? – ela disse esperando que a mesma falasse alguma coisa..

- Hey Irene!!! – a garota de cabelo preto e pontas azuis respondeu do outro lado da linha.. – já está com saudades? – ela disse e riu fazendo a garota de pontas rosas rir também e praticamente deitar no sofá que não era dela..

- Praticamente isso.. – ela disse com o olhar meio vazio.. – acredita que minha mãe realmente arrumou um “bico” pra mim? Virei babá.. – disse com certo desprezo olhando pra cima..

- Você está ligando enquanto cuida de uma criança então?

- Sim.. – ela disse se sentando no sofá por fim.. – ele não é tão pequeno, tem quase doze..

- e ele ta aí? – ela perguntou meio curiosa.

- não não.. – disse não se importando muito... – ele subiu, deve estar no quarto fazendo essas coisas nojentas de garotos dessa idade.. – ela disse e suspirou como se não soubesse muito bem como fazer o tempo passar.. – seria bom se vocês viessem pra cá.. – ela disse de forma inocente, mas ao mesmo tempo é como se tal ideia tomasse forma em sua cabeça.. – i-isso.. vocês deviam vir pra cá!

- Você bebeu a essa hora da tarde Joohyun?? – Wendy disse querendo rir.. – você está em serviço.. quer dar uma festa e ser demitida? Você sabe o que sua mãe disse que ia fazer se..

- Já chega Wendy.. você parece ela falando.. – Irene disse rancoruda se levantando e indo pra perto da escada pra ver se Taehyung estava ouvindo sua conversa ou  não- Eu sempre me ferro mesmo.. – ela disse dando de ombros.. – mas dessa vez vai dar certo.. a mãe dele só vem daqui umas cinco horas, é só a gente... não chamar a atenção.. – Wendy ouviu e ficou quieta no telefone como se quisesse dizer algo.

- Ata né – ela disse e as duas riram.. – as suas festas nunca são silenciosas Irene..

- Pra ser sincera.. tendo álcool.. – ela parou um pouco pensativa olhando pra cima.. – eu posso até abrir mão da música alta..

- Já temos um problema então.. – Seungwan contestou.. – você é a que tem mais cara de maior de idade, e não pode sair.. como vamos fazer? – Wendy parecia meio afoita e Irene voltou para a sala pra ficar longe da escada.. a mesma deixou um sorriso meio malicioso sair dos seus lábios como se pensasse em uma solução...

- Liga para o Baekhyun.. – ela disse de uma vez só e respirou fundo como se esperasse o surto da amiga do outro lado da linha..

- COMO ASSIM O BAEKHYUN?.. VAI FALAR QUE VOCÊS..

- E-EI.. c-calma Wendy.. – ela disse e começou a rir colocando a mão no rosto meio que sentindo o mesmo esquentar.. – ficamos só nos beijos mesmo..

- SUA SAFADA!!! – Wendy gritou do outro lado e Irene tentava controlar o sorriso de vitória como se alguém ali pudesse ver... – ELE É DO TERCEIRO ANO E TEM O QUE? UMA SEMANA QUE ELE TERMINOU COM A TAEYEON???

- É .. isso mesmo.. – ela disse tentando se controlar por mais que estivesse super feliz por tal conquista – e-eu ainda acho que a Taeyeon viu..

- VOCÊ NÃO PRESTA IRENE ELA É DO TERCEIRO ANO E VAI TE MASSACRAR!!!

- Eu não tenho medo daquelas unhas postiças dela... – ela disse dando de ombros e querendo rir... – mas então, eu vou te passar o telefone dele e liga pra eles comprarem a bebida.. diz que eu acerto quando chegaram aqui..

- E-eles quem sua doida? – Wendy perguntou meio preocupada.

- Quem ele quiser chamar ué..  – ela disse como se fosse obvio.. – o Suho.. o Chen.. Chanyeol..

- V-você disse Chen? – Irene praticamente ouviu a menina engolir a seco.. – nós vamos ser as mais odiadas da escola amanhã...

- ninguém vai saber Seungwan... t-talvez a gente tire umas fotos.. mas faz isso logo vai, senão não vai dar tempo..

- ta.. t-tudo bem.. – Wendy parecia visivelmente nervosa.. – eu vou ligar pra Seulgi... mas..

- Mas o que?

- E quanto a Joy? – ela perguntou de uma vez.. – ela chegou a pintar a ponta dos cabelos de verde hoje.. e-ela até me mandou a foto... – Irene respirou fundo olhando pra cima pensando.

- E-eu não sei Wendy.. e-ela só tem catorze anos..

- ... sim.. eu e a Seulgi temos quinze e você dezesseis... NENHUMA DE NÓS PODE BEBER NA VERDADE OU ESQUECEU?? – Irene ficou um pouco pensativa como se tentasse achar uma solução.

- ta legal.. t-tudo bem! – ela disse respirando pesadamente.. – m-mas não vou me responsabilizar por ela, então fiquem de olho por favor!

- Tudo bem, como a senhorita deseja.. – Wendy disse e Irene deu um sorriso satisfeito..

- Agora vou desligar... vê se não demora..

- m-mas IRENE?? – ela gritou no telefone fazendo a mais velha se atentar..

- O que foi dessa vez?

- E quanto ao garoto que você está cuidando??? – Wendy perguntou como se não tivesse pensado nisso após toda aquela conversa, quanto a Irene, ela se levantou caminhando novamente para a escadaria, a mesma parou encarando o andar de cima, como se tentasse pensar em uma estratégia, logo é como se tudo estivesse ao seu favor...

- Relaxa... do garoto cuido eu!

 

 

 

...


Notas Finais


EAE GENTEE?? O QUE ACHARAMM?? COMENTEM ABAIXO POR FAVORR ♥ BEIJOOS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...