História From darkness to love - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Hyoyeon, Jessica, Seohyun, Sooyoung, Sunny, Taeyeon, Tiffany, Yoona, Yuri
Tags Hyuyeon, Jessica, Seohyun, Soosun, Sooyoung, Sunny, Taeny, Taeyeon, Tiffany, Yoona, Yoonhyun, Yulsic, Yuri
Exibições 215
Palavras 4.851
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Orange, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura^^

Capítulo 29 - Tentativas em vão


Fanfic / Fanfiction From darkness to love - Capítulo 29 - Tentativas em vão

POV Tiffany

 

-Porque eu te amo Tiffany.-Eu não sei o que dizer,eu não sei o que fazer.Essas palavras estão me afetando muito mais do que imaginei.A poucos segundos atrás eu estava decidida a apagar Taeyeon de minha vida,mas agora que eu sei que ela me ama...-Tiffany e-eu...-Ela tenta se aproximar,eu dou um passo involuntário para trás encostando minhas costas na porta,ela para hesitante,seus olhos estão mergulhados em lagrimas.Eu estou tão confusa,por que você mexe tanto comigo Taeyeon?-Fany,diga alguma coisa...-Nem percebo e já me encontro nos braços da Taeyeon.-Por favor...-Ela esconde o rosto em meu pescoço.

-E-eu também te amo Tae...-Digo me entregando as lagrimas novamente.-E é por isso que quero que me esqueça.-Escondo meu rosto na curva do pescoço dela e laço o mesmo com os meus braços.Meu coração é tão egoísta,isso é o certo a se fazer mas por que dói tanto?

-Eu não vou...-Ela diz entre suspiros profundos.-Eu não quero.-Ela abraça minha cintura a apertando forte.-Eu não vou deixar.

-Não complique as coisas para nós duas,não me faça sofrer mais que já sofro com essa idéia.-Digo entre soluços.

-Não,você está errada...Você sabe que não vai adiantar nada eu me afastar de você...Por que você também não quer,mesmo negando,seu coração chama pelo meu e eu sei disso porque o meu também é assim.-Ela se afasta de mim o suficiente para me encarar.Seus olhos penetram os meus de uma maneira inexplicável,uma de suas mãos sobe para o meus rosto começando a acariciá-lo,mordo meu lábio inferior  tentando conter essa onda de tristeza invadindo meu corpo.-Não me importa se eu corro perigo,não me importa se Nichkhun quer me matar,não me importa se o mundo está conspirando contra a gente...Nada disso importa...O que me importa é que sou sua e espero que você seja minha.-Ela dá um sorriso triste,lentamente ela cola nossas testas,minhas mãos tremem em sua nuca,fecho meus olhos e suspiro pesado tentando conter as minhas lagrimas.Suas palavras me deixam atordoada,esquentam meu coração necessitado de sua atenção.-Me diga Fany...-Ela abaixa a cabeça escondendo seu rosto.

-E-eu...-Hesito em continuar.-Eu sou sua Taetae...-Pior do que perdê-la é perdê-la sem tentar.Seus olhar paira sobre os meus com um brilho esperançoso,lentamente nós aproximamos nossos rostos,selamos nossos lábios,ela suga meu lábio inferior pedindo passagem,calmamente concedo e iniciamos um beijo que para mim é como se fosse um ponto de fuga,um ponto seguro onde o que apenas prevalece é o sentimento de amor,carinho e desejo por mais.Suas mãos pressionam minha cintura para mais perto de seu corpo,minhas mãos passeiam por seus cabelos sem pressa alguma.O beijo é salgado pelas nossas lagrimas,mas é mais intenso,mais cheio de sentimento,mais cheio de segurança do que qualquer outro que tivemos.Nos separamos alguns minutos depois por falta de ar,ela passa a me fitar com um olhar terno e carinhoso junto com um sorriso bobo moldado em seus lábios mostrando sua covinha unilateral,não estou diferente dela.-Eu te amo.-Ela sussurra.

-Eu também te amo...-Também sussurro e a abraço.-Eu te amo muito...-Digo em seu ouvido.Sinto ela pesar mais do que o normal.-Tae?-Pergunto preocupada.

-Acho que só agora que a dor bateu...-Ela diz rindo fraco me fazendo rir também.-Eu também te amo muito Fany-ah.-Ela me abraça me pegando de surpresa e diz no meu ouvido.-Mas seria pedir muito se a gente deitasse ali naquela cama pra eu poder descansar?-Ela diz em tom divertido me fazendo rir.

-Não Tae.-Dou um beijo em sua bochecha.-Não seria.-Entrelaço nossos dedos e deixo-a me guiar até a cama.Ela se ajeita e bate sobre a cama para que eu deite também,me ajeito repousando minha cabeça em seu peito,ela  me abraça virando seu corpo para mim e passa a fazer cafuné em meus cabelos.

-Me desculpe.-Passo a encará-la,seu olhar está preso na pulseira em meu pulso.

-Pelo quê Tae?-Pergunto sem entender.

-Era pra mim ter te ouvido e ficado em casa.-Ela diz pensativa,passo minha mão em seu rosto fazendo-a me encarar.

-Tudo bem...Já passou.-Digo com um sorriso e ela assente fazendo um bico fofo nos lábios,selo os mesmos e peço passagem com a língua,ela me puxa para mais contato de nossos corpos aprofundado ainda mais o beijo.

-Eu vou ter que dar explicações para as meninas depois,né?-Ela pergunta e suspira pesado ao que nós separamos o beijo.Assinto com um sorriso fraco.-É,mas só depois,agora quero descansar usando o meu novo travesseiro.-Ela esconde o rosto na curva de meu pescoço e aperta mais o abraço me fazendo rir.

Sim,com certeza sou sua Taeyeon...

 

POV Nichkhun

 

Aquela vadia vai pagar,vai pagar por tentar tomar Tiffany de mim,vai pagar por ter cagado com minha cara e principalmente vai pagar por se meter com a família Horvejkul.A desgraçada da Tiffany mentiu pra mim,e eu não vou deixar barato,vou dar uma boa lição nela e eu quero ver se aquela anã vai poder protegê-la,já que em uma hora dessas já deve ter batido as botas.Tiffany não perde por esperar,depois de conversar com meu pai eu irei ter uma conversa intima com ela.

-O que quer pai?-Pergunto ao que entro na sala.Ele está virado de costas.-Diga logo,eu tenho que voltar para festa.-Digo me sentando na cadeira dele.

-A garota que  fez isso co-

-Relaxa pai,ela já deve estar no fundo de um lago por aí.-Digo e rio de minhas próprias palavras.Meu pai se vira a mim sério.-Que foi pai,por que está assim?

-Porque acabei de perceber que criei um monstro dentro de casa.-Ele diz e caminha até mim.

-Do quê você está falando,pai?-Pergunto me levantando.

-Estou falando de você!-Ele quase grita comigo e segura em meus braços.-Seu imprudente!

-O quê que eu fiz?-Pergunto sem entender.

-Você iria matar aquela garota, Nichkhun?-Ele pergunta com os olhos vidrados em mim.

-Iria?Está meio tarde pra dizer isso...-Dou uma risada abafada,meu pai me fita por segundo e do nada desfere um tapa em meu rosto.-O que foi isso,pai?-Pergunto assustado.

-Isso é o que eu deveria ter feito quando você era pequeno!-Ele me solta e começa a tirar a cinta.

-Pera aí pai!Eu não to te entendendo,desde quando você se importa com isso?-Pergunto tentando me proteger quando ele levanta a cinta para mim.

-Desde o momento que eu abri os olhos para as merdas que você faz!-Ele me dá uma cintada na mão.-Eu criei um idiota!-Ele desfere mais outra agora em meu braço.Eu não estou entendendo meu pai.

-Quê que eu fiz?-Pergunto protegendo minha cabeça.

-O QUE VOCÊ FEZ?-Ele desfere mais alguns em seqüencia.-VOCÊ FAZ A CAGADA E NEM SABE AS PROPORÇÕES DISSO?!-Sua raiva me espanta,tropeço nos pés da mesa e caio no chão,ele continua a me bater.

-Me fala o quê que eu fiz!-Digo chorando de dor.

-VOCÊ SABE QUEM É AQUELA GAROTA NICHKHUN?-Ele para de me bater e me segura pelo colarinho.-SABE GAROTO?!

-É só mais uma vadia!-Digo quase gritando tentando me soltar.

-Seu animal,ela é filha do Kim Leeteuk!-Meu pai me bate contra a parede.-Você sabe o quanto que isso prejudica a minha empresa?

-E-eu não sabia!-Digo tossindo.-Como eu ia saber?!

-Saberia se você não fosse tão narcisista!-Ele me joga mais uma vez na parede.-Eu não te criei pra ser assim,coitada da Tiffany,eu pensei que você iria tomar jeito quando arrumei ela pra você!-Meu pai diz desgostoso.

-Vai defender aquela cadela também?-Pergunto e ele me dá outro tapa.

-Respeite aquela garota,já vi que foi um erro ter feito aquele contrato com o pai daquela criança .-Ele diz balançando a cabeça em sinal de negação.

-Agora é tarde,ela é minha e ninguém vai tirá-la de mim!-Digo o empurrando mas no mesmo instante ele me joga de novo na parede.

-Não,daqui a seis meses vocês iram se casar e o contrato será acabado,se ela querer e com certeza vai querer,ela irá se divorciar de você.-Ele desfere mas outro tapa em minha cara.-Eu não acredito que fechei os olhos para o que você fez com aquela garota,por que Nichkhun?Eu te criei ensinando a tratar as mulheres com respeito!-Ele cospe as palavras em minha cara e eu só riu do mesmo.

-Acha que eu sou ruim?Pior que aquele que faz é aquele que fingi não ver.-Digo com um sorriso debochado.-Vai dizer que não papai?

-Você não merece mais ser meu filho.-Ele diz com nojo de mim e eu só continuo a rir.-Não chegue mais perto daquelas garotas Nichkhun.

-Impossível!-Digo rindo alto.-Tiffany pertence a mim!-Ele dá um soco em meu rosto.

-Eu irei te deserdar se fizer isso!

-O quê?Você não bode fazer isso!

-Posso!-Ele diz me soltando.-Eu não estou nem considerando o fato de que aquela garota possa contar para o pai dela.-Ele coloca o dedo em minha cara.-Então,vai fazer o que te pedi?-Ele pergunta me encarando furioso.

-S-sim.

 

POV Taeyeon

 

 

Aquela noite não precisei tomar nada para poder dormir bem,ou pelo menos para não ter pesadelos,ter Tiffany em meus braços foi mais que o suficiente,foi acolhedor.No dia seguinte acordei  com Tiffany  me fazendo um cafuné,admito que queria ficar naquela posição para sempre,mas eu tinha que me explicar para minhas amigas.Depois de uma longa conversa com as cinco,tomamos café em um clima amigável,Tiffany e Jessica tiveram que ir embora logo depois,pois minha namorada tinha que explicar a confusão que eu fiz...

São umas duas da tarde quando meu celular toca em cima da ilha da cozinha,levanto do sofá e vou para onde o celular está.

-Alô.

-Taeyeon?-A voz do Heechul parece preocupada.

-Sim,sou eu,por que está me ligando agora?-Pergunto olhando para o relógio onde marca duas e quinze da tarde.

-Ué!Um amigo preocupado não pode ligar?-Ele pergunta em cinismo e eu fico sem entender.

-Se explique melhor Heechul!-Digo irritada.

-Claro meu amor,eu estava em meu escritório sem nada pra fazer,então decidi pesquisar um pouco mais sobre a vida desse tal Nichkhun-

-Não enrola!-Digo sem paciência.

-Ok!A questão é que vi uma noticia de que Nichkhun teria discutido com uma de suas convidadas na festa de noivado de KhunFany-

-KhunFany?Que porra é essa?!-O interrompo irritada.

-Foi o nome que eu criei para os pombinhos,por quê?-Ele diz e percebo a desconfiança em sua fala.

-Nada,só não gosto dessa sua mania de criar nomes do nada...-Digo seria tentando desviar do assunto.

-Yah!Me erra Teião!...Enfim,posso continuar?

-Manda...

-Sim,eu li essa noticia e me interessei,e sabe o que eu descobrir,minha cara?-Posso imaginar...

-O que descobriu?-Digo em desdém.

-De cara uma foto sua acabando com a cara do coitado!Taeyeon você é louca?!-Mesmo por telefone,percebo que ele está surtando.

-Você não sabe o que ac-

-Claro que eu não sei!Porque VOCÊ não quis contar!

-Calma!Eu já disse que isso não envolve só a mim!-Digo exaltada.

-Você pode pelo menos me explicar porque bateu nele?

-Ele estava incomodando minha namorada e eu apenas fiz o certo...-Digo sendo muito vaga no assunto.

-Namorada?!Que namorada Taeyeon?!-Por que tenho que falar mais que a boca?!

-Minha namorada!

-Sua namorada?Taeyeon,não me diga que-MEU DEUS TAEYEON VOCÊ É MUITO LOUCA!Ta afim de morrer?!Eles são perigosos Taeyeon!

-Em primeiro lugar o casamento é de fachada,apenas um contrato,em segundo lugar,era esse um dos motivos para eu não querer te contar,você fica muito histérico.-Respiro fundo varias vezes tentando não lembrar do que aconteceu ontem.

-Como você quer que eu fique?Seu pai não vai gostar nada quando descobrir!Sua sorte é que eles não conseguiram identificar você...-Ele diz me aliviando de certa forma.-Mas duvido que ele não reconheça você pela foto...

-Se depender de você ele não vai...

-Eu?Como assim?

-Dê um jeito de deletar essas noticias de qualquer site,se precisar,bloqueie os sites.

-Bloquear?-Ele solta uma risada irritante.-O que acha que sou?Não responda,Taeyeon,eu sou detetive e não Hacker!

-Não é mas conhece gente que pode fazer isso.  

-O que eu vou ganhar com isso?

-Eu vou ter uma divida com você.

-Sim,mas eu to perguntando o que vou ganhar com isso?-Não vou dar esse gostinho de responder ele.-Aish...Ta bom...O que eu não faço por uma amiga?Em algumas horas todas as noticias sobre esse assunto serão excluídas e torça para o seu pai não ser fã de sites de fofoca.-Ele dá uma risada fraca.

-Não vou me preocupar,ele não é como você.-Digo e rio dos resmungos baixos soltados por ele.-Obrigada Heechul...

-Não tem de quê..Beijos Tae.

-Tchau...-Finalizo a chamada e deixo meu celular novamente em cima da ilha da cozinha.Volto para o sofá e lá fico deitado por poucos minutos até Yuri,Sunny e Sooyoung aparecerem no cômodo e começarem a me fitar sérias.-Aconteceu alguma coisa meninas?-Me sento no sofá preocupada com esses olhares para mim.

-Nós queremos conversar Tae...-Sunny fala se sentando ao meu lado ainda com um olhar serio sobre mim.

-Tudo bem,podem começar...-Digo curiosa mas um pouco hesitante por achar que coisa boa não é.

-Depois que Jessica e Tiffany foram embora,nós três...-Yuri se refere a Sooyoung,Sunny e ela.-Nós três pensamos muito e discutimos também-

-Sim, é verdade...-Sooyoung concorda.Enrolando desse jeito só me deixa mais nervosa.

-A gente sabe que é difícil pra você,sabemos que você tem um tempo diferente dos outros e nós respeitamos isso mas...-Sunny fala mas para e me fita com um olhar diferente.

-Nós realmente queríamos que saísse de você naturalmente,mas com o que aconteceu ontem e pela Tiffany...-Yuri também tenta falar mas para também me fitando estranho.

-Nós achamos que está na hora de você...-Mesmo confusa com tudo,meu estomago começa a embrulhar me deixando tonta.-Taeyeon,está na hora de você dizer o que aconteceu...-Me sinto perdida,elas realmente estão dizendo isso?Sim,elas estão certas...Mas eu...Eu...-Dizer sobre a IU,sobre o Kiha,sobre tudo Taeyeon...-Sooyoung continua.Sinto minha mão entrar em contato com as de Sunny,direciono meu olhar aquilo,passando a fitar aquele gesto intensamente.Meus olhos marejam.

-Você não pode mais mentir Tae...Não pode mais esconder isso da Tiffany,-Sunny diz apertando minhas mãos com força.

-Eu não consigo...-Meu coração bate em uma freqüência mais forte,consigo até ouvi-lo bater.-E-e se ela me deixar?-Uma lagrima solitária cai de meus olhos.-E se eu magoá-la,e se ela não suportar...Eu não posso perdê-la Bunny...-Digo com a voz embargada,aperto minhas mãos consequentemente apertando uma das mãos da Sunny.

-Você não vai Tae...Ela te ama e se por acaso ela o fizer,será melhor assim...A ultima coisa que você precisa é de alguém que não-

-Não continue Yuri.-Digo engolindo o choro.-A única coisa que eu preciso é a Tiffany.-Suspiro pesado.Teorias e teorias sobre como Tiffany irá reagir vem a minha cabeça e nenhuma delas é boa.-É tarde de mais,ela vai achar que não confiei nela o suficiente para contar antes...-Algumas lagrimas caem de meus olhos molhando minhas coxas,passo a encarar minha mãos livre,observando os machucados que adquirir ao bater no Nichkhun.

-Taeyeon.-Sooyoung me chama.Perdida em meus próprios pensamento deixo de respondê-la.Ela se ajoelha na minha frente junto com Yuri que passa a se apoiar em minha coxa.-Olhe para mim Taeyeon...Olhe para mim.-Lentamente eu o faço.Ela acaricia minha bochecha e dá um sorriso fraco,não me importo em não retribuir.-Você ama a Tiffany,certo?-Ela pergunta,não me atrevo a responder,sei que ela sabe o que sinto  e sei que ela vai continuar a falar.-Você sabe que Tiffany te ama,mas diga para mim,na verdade nem precisa dizer pois você sabe que o que vou falar está certo...Tiffany merece saber e você precisa falar,não por ela e sim por você,porque você precisa dela,precisa de seu amor,mas nunca irá se permitir tê-lo pois você não está sendo verdadeira com ela...-Me entrego as lagrimas.Céus,por que isso é tão difícil?Por que não consigo dizer para ela?Por que tenho tanto medo de perdê-la?-Então Tae,vai contar?-Depois de longos segundos assinto ainda chorando a ponto de soluçar,as meninas me abraçam transmitindo um pouco de conforto,choro e choro até pegar no sono nos braços de Yuri.

 

                                ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

Seis dias depois...

 

Eu não consegui,eu tentei,mas meu corpo travou,eu não conseguia falar.Tiffany até pensou que eu estava passando mal.Sempre que olho nos olhos dela eu perco a coragem,o medo me domina,eu sou fraca por isso...Eu queria ser forte como Tiffany,eu queria poder contar o que tenho dentro de mim para a pessoa que amo,mas não dá.Por causa disso eu acabei me distanciando da Tiffany nesses últimos dias,eu não consigo mais olhar nos olhos dela sem me sentir culpada por não dizer a verdade,eu não consigo beijá-la sem me sentir horrível comigo mesma,não consigo tocá-la sabendo que ela se entrega a mim mas eu não me entrego por completo para ela.

Tentarei mais uma vez hoje e espero que eu consiga.Chamei Tiffany para passar a noite em minha casa já que Yuri foi dormir na casa da Jessica e Soosun vai chegar tarde,tenho certeza que terei tempo e privacidade necessária para poder agir.

Mesmo não conseguindo contar para ela,em minha mente se tornava mais claro que a verdade é o melhor a se dizer mesmo podendo ter conseqüência ruins.

Tiffany e eu estamos deitadas no sofá da sala de minha casa assistindo um filme de romance que ela escolheu,não gostei do enredo mas pelo menos me dá mais tempo para me preparar.Eu estou sentada na quina do sofá em v e Tiffany deitada com a cabeça apoiada em meu colo,faço cafuné em seus cabelos,seus olhos estão vidrados no filme,já os meus estão nela,observo suas expressões a cada cena do filme,sua serenidade me acalma mas ao mesmo tempo me preocupa...Será que daqui há algumas horas ela ainda estará assim?Ela ainda vai me amar?Esqueça isso Taeyeon!Só pense que isso é o melhor a se fazer.

-Tae...-Ela me chama.

-Hum...

-Você acha que ela vai ficar com ele no final?-Ela pergunta formando um bico fofo em seus lábios.Rio bobamente de sua expressão.

-Sempre ficam,não?-Pergunto e ela volta o olhar para mim.

-Acho que sim...-Ela dá um sorriso fraco.-Você acha que vamos ficar juntas no final?-Essa pergunta me pega de surpresa,por segundos me perco em seu olhar que pede por uma resposta.

-Sim.-Mesmo atordoada com a pergunta digo firme.-Nós vamos.-Digo com um sorriso e ela retribui o mesmo com um eyes-smile que me baqueia como se com aquilo ela estivesse me dando coragem para qualquer coisa.Ela se senta ficando ao meu lado,abraço-a de lado e ela encosta seu rosto em meu pescoço.

-Eu te amo Tae...-O ar quente de sua respiração se choca contra minha pele me arrepiando.Não,não é isso que me arrepia,e sim suas palavras,suas palavras sempre sinceras...

-Eu também te amo Fany...-Aperto o abraço,seus lábios roçam em meu pescoço,sua mão desliza em minha coxa cada vez subindo mais.-Fany...-Ela se senta em meu colo e passa a beijar o meu pescoço,deixando leves sucções no mesmo.Meu coração acelera fazendo minhas mãos tremerem.Seus beijos chegam em meu ouvido,ela morde o mesmo carinhosamente.Fecho meus olhos com força,me recuso a tocá-la mesmo querendo mais que tudo.-F-fany,vamos assistir o filme...-Digo com dificuldade,ela passa a beijar meu rosto.

-Eu não quero assistir...-Ela diz manhosa e ri me fazendo rir também.-Estou afim de fazer outra coisa...-Ela diz em meu ouvido com uma voz rouca,sexy a ponto de me enlouquecer.Mas eu não posso ceder.

-Eu quero ver o final do filme...-Digo já ofegante.Sua mão passa por debaixo de minha blusa,ela massageia um de meus seios.Arfo em seu ouvido.

-Pra quê,eles sempre ficam no final...-Ela diz me fazendo rir.-Vamos lá,eu sei que você quer...-Ela começa a rebolar sobre minha intimidade,se antes ela estava me enlouquecendo,agora estou perdendo a sanidade.Por impulso seguro em sua bunda pressionando contra o meu ventre fazendo-a gemer em meio aos beijos que ela dá em meu pescoço.Não Taeyeon,não perca o foco!Tarde de mais...Ela roça nossos lábios e suga o meu inferior,sua língua pede passagem,e mesmo resistindo por um tempo acabo cedendo.O beijo apesar de calmo no começo se torna feroz ao que nossas línguas brincam uma com a outra de forma necessitada.Ela se agarra em meus cabelos dando fortes puxões nos mesmos,me deixando mais atiçada.Ela faz movimentos de vai e vem contra minha intimidade que antes já estava pulsando mas agora está implorando para ser tocada.Me entrego ao desejo por completo,já não penso mais por mim e sim a necessidade de tê-la.Minhas mãos ficam indecisas por onde tocar,como se eu estivesse fazendo amor pela primeira vez.-Vamos para um lugar melhor Tae...-Ela diz ofegante entre o beijo.Não penso duas vezes,me levanto com ela abraçando minha cintura usando as pernas.Suas mãos bagunçam meu cabelo de uma forma insana.A cada mordidas em seus lábios carnudos uma sensação tão boa quanto a outra percorre meu corpo.A passos moderadamente rápidos porem precisos vou até meu quarto,nesse caminho,Tiffany tira a minha blusa e a dela,deixando a mostra os nossos seios por completo pois(Pelo menos eu)estávamos preparadas para ir dormir depois do filme.Ao que chegamos em meu quarto a pressiono contra o meu guarda-roupa.Separo os nossos lábios e passo a beijar seu pescoço,seus gemidos quase inaudíveis me deixam com mais vontade de fazer o que tenho em mente.

-Tiffany...-Digo ainda beijando seu pescoço.-Eu quero fazer um negocio...-Suas mãos arranham minha nuca me fazendo gemer baixinho.

-Eu faço qual quer coisa se for com você...-Ela diz em meu ouvido me arrepiando.Abro a gaveta de meu guarda roupa e me afasto o suficiente para ela ver o que tem no mesmo.Sua atenção vai para a gaveta por alguns instantes,que são suficientes para eu poder recuperar o fôlego que tenho o prazer de perder com ela.Ela me encara com um sorriso mordendo o canto do lábio inferior e assente me fazendo sorrir também.Ela volta a ficar em pé e me puxa para outro beijo intenso,suas mãos vão para o meu short desabotoando o mesmo e o tirando logo depois,desço minhas mãos para o seu quadril o apertando,sem dificuldades,desabotôo o short dela e ela me ajuda a tirar o mesmo já que ela possui proporções maiores que as minhas. Apartamos o beijo,ela tira sua calcinha e eu tiro a minha,volto a beijá-la escorando-a na porta do guarda roupa,com uma das mãos pego um de meus brinquedos e fecho a gaveta.Coloco a strapon em volta de meu quadril,ela aparta o beijo e um sorriso safado se forma em seu lábios me deixando estática,Tiffany não precisa de muito para  me deixar assim.Ela me dá leves empurrões até a cama onde me sento.Ela se ajoelha entre minhas pernas e com os olhos vidrados em mim começa a chupar o meu membro falso,sua língua passa por toda a extensão dele o lubrificando com gosto,inflando o meu ego e me tirando o resto da sanidade que possuía.Tiffany se levanta sensualmente se apoiando em minha coxa,ela se põe sobre minha coxas se apoiando em meus ombros,seguro em sua cintura lhe dando mais apoio,ela se ajeita sobre o meu membro falso e com a mão o segura,passo a beijar seu busto descendo para seu seio esquerdo.Ela arfa inúmeras vezes a cada sucção mais forte que dou,ela encaixa o brinquedo em sua entrada e o penetra dentro de si.-Oh my god~!-Ela geme em meu ouvido,suas mãos arranham minhas costas me fazendo gemer por uma dor prazerosa.Seguro em seu quadril e movimento seu corpo a fazendo quicar em cima do objeto moderadamente grande.-Ahmm~...T-tae~...-Ela começa a rebolar sobre meu pau,quicando agora por si mesma,ela tomba a cabeça para trás gemendo de prazer,ela crava as unhas em minha nuca,passo a beijar seus seios com necessidade aumentando ainda mais seus gemidos.-Fuck me Taetae~!-Ela começa a quicar mais rápido com movimentos de vai e vem criando atrito em minha intimidade e me fazendo gemer.Ela passa a si apoiar em minhas coxas,com um de meus braços seguro em sua cintura a puxando mais para mim.-Oh~...I-isso meu bem~...-Mordo o bico do seio dela a fazendo soltar um grito gostoso de se ouvir,deslizo minha mão livre até sua bunda,arranho a mesma e deixo um tapa com gosto em sua nádega esquerda.-Yah~!-Ela arranha minha nuca com força.Acaricio seu anus  em movimentos circulares,ela segura minha mão por surpresa,mas alguns segundos depois voltou a repousar sua mão em minha nuca.-E-eu n-nunca fiz-

-Não precisa se não quiser...-A interrompo,ela morde o lábio inferior aumentando a velocidade de seus movimentos.

-E-eu já...Ahmm~...Disse....Eu t-topo qualquer coisa...Humm~...Se for com v-você...-Ela diz entre gemidos,selo nossos lábios e inicio outro beijo feroz e necessitado.Lentamente vou apenetrando com o meu dedo indicador o seu anus,ela morde meu lábio por dor,faço menção em tirá-lo mas ela segura minha mão,começo a estocá-la lentamente e aos poucos ela vai se relaxando,passando a voltar a quicar no meu pau.-M-mais rápido Taeyeon~-Ela implora gemendo,a penetro com mais velocidade,seus movimentos também se tornam mais rápidos e precisos.-Ahmm~!Meu d-deus Taeyeon!-Seu gemidos se tornam gritos de prazer,ela se apóia com as duas mãos em minhas coxas,seu corpo começa a tremular,ela fica mais ofegante.

-Goze pra mim Fany.-Digo admirando seu corpo suado se movimentando contra o meu,seguro em sua cintura e passo a beijar e dar leves chupões em seus seios.

-Oh~... Taeyeon~!E-eu te amo!Ahamm~-Ela se desmancha gemendo o meu nome,ela goza demorado e gostoso ainda se movimentando sobre meu membro falso,gradativamente ela para de se movimentar.A beijo e lentamente a deito na cama ficando por cima dela,com cuidado,tiro o brinquedo de dentro da mesma,ela ainda está ofegante,tiro algumas mexas de cabelo do rosto dela e beijo seu pescoço.

-Eu também te amo Fany...-Digo em seu ouvido,arrasto meus lábios pelo seu rosto e a beijo novamente.Tiro o strapon e jogo em qualquer canto do quarto.Suas mãos deslizam em minhas costas as arranhando de leve.Em um movimento,ela troca nossas posições,passando a ficar por cima de mim.Ela me beija roçando seus seios nos meus,com uma das mãos ela se apóia na cama e com a outra acaricia meu abdômen me provocando leves arrepios,ela faz um traçado de beijos até meu pescoço onde deixa leves sucções e mordidas,afago seus cabelos soltando alguns gemidos quase inaudíveis,ela arranha minha pele até chegar em meu seio onde passa massagear com certa força me provocando arfares que faço questão de soltá-los perto de seu ouvido.Seus lábios encontram o meu seio passando a chupá-lo com vigor,seu olhar preso no meu me deixa extasiada,faz um sorriso sacana se forma em meu rosto.Um arrepio incomum percorre meu corpo ao que ela toca em minha intimidade.-Não pre-

-Mas eu quero.-Tiffany me interrompe voltando seu corpo mais para cima e assim poder me beijar novamente.O ar nos falta e ao que nos separamos Tiffany faz uma trilha de mordidas até meu abdômen.Solto um suspiro nervoso com as ações da Tiffany,não que ela não tenha feito isso antes,mas hoje é diferente...Eu não mereço o prazer que Tiffany me proporciona,eu não sei se mereço o amor dela.-Você é tão perfeita Taeyeon...-Tiffany diz ao que passa a encarar minha intimidade fazendo meu rosto esquentar,dou um sorriso sem graça e ela retribui com seu lindo eyes-smile.Ainda me fitando intensamente ela roça seus lábios em meu sexo,mordo meu lábio inferior para conter o meu gemido.Ela passa minha perna esquerda por cima de seu ombro,seus lábios encostam novamente em meu sexo,agora sugando o meu clitóris.

-Ah~...-Não consigo conter meu gemido,suas mãos passam a segurar em minhas coxas,sua língua faz movimentos circulares em meu clitóris.-Tiphany...-Fecho meus olhos com força,uma de minhas mãos segura seus cabelos e a outra o lençol com mais força.Viro minha cabeça para o lado e mordo meu lábio inferior com força me negando ao prazer que Tiffany está me provocando.Seus movimentos se tornam mais precisos e mesmo tentando,não consigo conter meus gemidos.-P-por favor...-Imploro pra ela,mas o que ela não sabe é que imploro para que ela pare com essa tortura.

-Olhe para mim meu amor.-Tiffany pede e mesmo hesitante eu o faço.Com a língua Tiffany me penetra,meu coração falha varias batidas deixando minha respiração mais rápida e pesada.Seus movimentos são lentos mas torturantes,solto seus cabelos e seguro o lençol agora com as duas mãos.

-Oh~....Phany~...-Tiffany troca a língua por dois dedos e volta a estimular meu clitóris.Não consigo sustentar seu olhar,tombo minha cabeça para trás.-Por deus!-Rebolo meu quadril involuntariamente pressionando meu intimo contra seus dedos e lábios.Seguro com mais força o lençol ao ponto de quase rasgá-lo,algumas lagrimas caem de meus olhos.Mesmo meu corpo pedindo por ela,para que ela me faça sua,me nego a todo custo a tal prazer.Tiffany aumenta a velocidade de suas estocadas provocando espasmos por to meu corpo,sinto meu clímax chegar,o que me deixa mais tensa.

-Goze pra mim Taetae...-Ela pede parando de me estimular subindo para meu pescoço,ela continua as estocadas rápidas e fortes,meu corpo já se move sozinho,abraço seu pescoço a puxando mais para mim.

-Ahmm~...-Gemi em seu ouvido,meu interior se contrai pedindo por mais e Tiffany entende,ela passa a movimentar seus dedos com mais força se é que isso é possível.-T-tiphany e-eu...Ahmm~!-Já é tarde,me desmancho em seus dedos,ela ainda continua a se movimentar dentro de mim me provocando múltiplos orgasmos.Lentamente ela vai parando seus movimentos e assim saindo de dentro de mim.Ela me encara por longos e torturantes segundos,seu olhar carinhoso e terno me deixa em êxtase.Nem percebo e uma lagrima solitária cai dos meus olhos.

-Está chorando?-Ela pergunta e sela nossos lábios.

-Não,é lagrima de reflexo...-Mordo seu lábio inferior a fazendo sorrir divertido.Até isso você mente para ela...-Eu te amo.-Digo quase sussurrando.

 -Eu também Taetae...-Ela me dá um selinho demorado e se ajeita sobre meu corpo apoiando a cabeça em meu peito.Afago seu cabelos por algum tempo,minha respiração volta ao normal e a dela também.

-Fany...-A chamo.

-Hum?

-Podemos conversar?-Pergunto.Talvez não seja a melhor hora para  conversar,mas não quero perder a ponta de coragem que surgiu em meu corpo.

-Pode ser amanha?-Ela pergunta serena.-Estou com sono...

-E-e-eu q-...Podemos meu bem.-Digo me repreendendo mentalmente por não ter resistido.

-Que bom...Boa noite Tae...-Ela diz e solta um suspiro fogoso.

-Boa noite...-Digo e volto a acariciar seus cabelos.Depois de um certo tempo Tiffany adormeceu e enfim me permiti deixar as lagrimas caírem de meus olhos.Me perco em pensamentos sobre Tiffany e choro silenciosamente até pegar no sono.

Nunca é tarde pra dizer a verdade,certo?Eu espero que sim...

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Será mesmo que o sobrancelhudo vai deixar elas em paz?
E a Tae?Vai conseguir contar pra Fany?

Eu quero saber a opinião de vocês,por que a Tae tem tanto receio de contar isso para Fany??
Me digam suas teorias nos comentários...

Espero que tenham gostado e até o próximo capitulo^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...