História From hate to love?- Imagine Suga - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine, Imagines, Min Yoongi, Suga, Você
Exibições 597
Palavras 1.071
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OI OI MEUS ANJOS, MEUS AMORES!!! COMO ESTÃO???
Bom, antes de começar mais um cap queria agradecer de novo pela compressão em relação a ''carta'' que eu escrevi. Vocês realmente são os melhores leitores que uma escritora poderia ter, eu sou muito sortuda em ter vocês como meus leitores, estou dizendo isso de coração!!! Amo muito muito muito vocês!!!!! sz sz sz sz sz Obrigada mesmo.

Agora sobre o cap de hoje eu não sei como ele está... Acho que ele ficou meio confuso, para ser sincera eu só escrevi o que minha cabeça estava mandando gajkhfajkfk me deu vontade de escrever e eu escrevi mas estou com a sensação de ficou ruim, e de que vou acabar excluindo esse cap de repetente uma hora ou outra...

Enfim vamos ver no que vai dar!!! Caso vocês não entendam mesmo mesmo, ele vai ser deletado,''complementado'' e repostado.... Não sei de deu para entender!....

~Quem quiser sinta-se a vontade para comentar e fazer perguntas! Vou responder todos todos como sempre~ sz

~Boa Leitura~

Capítulo 27 - I'm going...


Yoongi POV ON~
   Quando era mais novo disse uma vez para minha mãe que nunca iria me apaixonar, que isso era totalmente perca de tempo, ela riu e disse que se apaixonar era algo inevitável e assim como acontecia com todos, iria acontecer comigo também. Eu apenas ri também e voltei para meu quarto. Eu sempre tive metas e sonhos dos quais queria cumprir e que absolutamente nada iria me impedir, talvez eu estivesse um pouco errado em relação ao ''absolutamente nada''. Ela havia aparecido para tornar meu desafio um pouco complicado, ou talvez até mesmo impossível. 
   Quando conheci __________ nós realmente não íamos um com a cara do outro, para ser mais exato não trocávamos nem um simples ''oi'' mesmo sendo praticamente vizinhos. Éramos duas crianças naquela época. Ela era a aluna brilhante  do colégio e eu o melhor jogador de basquete do colégio, sempre foi assim. Nunca houve uma aproximação grandiosa entre nós, provavelmente nem nos considerávamos amigos. Quando começamos a nos tornarmos  ''próximos'', nossa ''aproximidade'' era apenas uma diversão para mim. Eu sempre a irritava quando a via vindo pelo corredor, fazia piadas quando a via indo embora, pegava seus livros e os encondia quando ela não estava vendo e nunca passou dessas simples ''brincadeiras''. Eu fazia parte do time de basquete, e normalmente o time fazia ''piadas'' com todo mundo, para mim com a ____________ não seria diferente.  Houve um dia então que decidi levar minhas brincadeiras com a _________ um pouco mais longe. Quando propus a ela que nós namorássemos por três meses era para ter sido apenas uma brincadeira de fato. Queria vê-la desesperada por não ter outra opção para eu guardar o seu segredo idiota, um segredo que nem era tão importante assim para ninguém, mas era ridiculamente importante para ela. O que era para ter sido três meses de pura brincadeira se tornou os três meses mais reais para mim. Foi a chave para mostrar para mim que todos realmente se apaixonam. Se minha mãe fosse como ela era naquela época iria me consolar enquanto ria dizendo para eu não me preocupar, aproveitando para completar dizendo que  se a ____________ estava ao meu lado até agora, queria dizer que ela não iria sair mais, ou talvez não iria sair tão cedo. Mas a questão é que minha mãe não é a mesma daquela época. O seu foco e do meu pai se tornaram o dinheiro e talvez essa tinha sido até agora a motivação para mante-los vivos. Nós não somos ricos, mas temos dinheiro o suficiente para sermos o que as pessoas chama de ''classe média alta''. Na verdade eles tem. Eles poderiam sem dúvida pagar o colégio para mim, mas quando ganhei a bolsa de basquete eles disseram que essa seria de fato a minha responsabilidade e que se algo acontecesse e eu a perdesse seria um problema meu. Disseram que se eu a perdesse eu iria provar para ambos que eu não tinha responsabilidade o suficiente. Quando ganhei a bolsa foi ao mesmo tempo que meu pai havia sido promovido e sendo assim nós iriamos para Jeju. Eu havia ficado em Seul na nossa casa antiga e com a promessa de que iria me formar e provar para eles que era responsável o suficiente para viver sem eles. Mas caso eu provasse o contrario eu iria voltar para Jeju e provavelmente me formar em uma colégio pequeno qualquer e me tornar um ajudante qualquer de alguma empresa, como meus pais queriam e disseram que iria acontecer, porque de fato era o máximo aonde eu iria chegar. 
   Eu sabia que uma hora ou outra eles iria saber o que havia acontecido e quando souberam não pensaram duas vezes antes de me mandarem uma passagem só de ida para Jeju. Não me arrependo de ter feito o que fiz, provavelmente faria de novo. Essa deve ser a história mais ridícula que alguém pode ouvir. Posso apenas ir para qualquer lugar e não ir para Jeju. Mas o que deixa tudo mais complicado é o fato de ter que esperar a __________ tomar uma decisão qualquer, uma decisão que eu sei que vai demorar e eu realmente não iriei esperar. Talvez seja, apesar de tudo, que eu realmente sirva apenas para me formar em um colégio pequeno qualquer e me tornar um ajudante qualquer de alguma empresa qualquer, ou talvez recomeçar minhas metas e sonhos em outro lugar. Não faço ideia.
 Parando para pensar agora talvez a _________ tenha aparecido não para tornar meu desafio um pouco complicado, ou talvez até mesmo impossível, mas para me mostrar a verdadeira realidade das coisas e para mostrar para mim que realmente, no final todo mundo se apaixona. Eu a amo, simplesmente me apaixonei perdidamente por ela, e é o que mais me doí e o que se tornou meu ponto fraco. Talvez quando eu conseguir voltar, já tenha sido tarde demais. 


Aish _________ sua idiota. 

 

 


   Quando finalmente chegamos na porta do aeroporto e eu estava saindo do táxi, Taehyung agarrou meu braço, me impedindo de descer. 
-Tae você prometeu- Eu disse soltando uma risada de leve e fazendo-o me soltar.
-Porque você tem que ser tão idiota?!- Ele perguntou perdendo a paciência- Hyung você não precisa ir. Idaí se eles forem fazer alguma coisa? Desde quando eles se importam com você? Aish eles são mesmo seus pais?!- Eu soltei uma risada nervosa e cocei a nuca. Tae me olhava como se implorasse, apenas com o olhar mesmo para que eu ficasse, que nós todos daríamos um jeito. 
-Eu não estou indo por eles, estou indo porque preciso de um tempo sozinho, preciso pensar. 
-Você não precisa ir para Jeju só para pensar- Ele disse soltando uma risada sarcástica- Yoongi eu sei que você não vai mais voltar. 
-Eu vou- Ele soltou um *tsc* e se ajeitou dentro do carro novamente, pronto para ir embora. 
-Não acredito de depois de tudo você vai deixa-la simplesmente porque precisa pensar- Ele disse fechando a porta bruscamente e dizendo para o motorista dar partida. Olhei para a porta de entrada do aeroporto e comecei a andar, já sentindo que de fato, essa vai ser a pior coisa que eu vou fazer. 

 


''Não precisa se desculpar
Você pode me abandonar e ir embora
Se é isso que você quer, tudo bem, adeus
Mas isso não quer dizer que meu amor vai acabar
Meu amor é maior do que isso''
   -THE CHASER 


Notas Finais


Bom para quem não entendeu muito bem vou dar uma explicada. Normalmente tudo o que acontece nos caps estão relacionados com os caps anteriores. Nesse cap o Yoongi está contando um pouco sobre o passado dele com a ________ certo?? Então, e no meio disso ele acaba contando um pouco sobre a própria vida dele e o que ele acha que seja o ''motivo'' verdadeiro para ele ir embora,,,, QUAL O VERDADEIRO MOTIVO? É ISSO QUE NINGUÉM ENTENDE!!! E é isso que eu quero saber o que vocês acham. Antes de dizerem se realmente não entenderam nada, se puderem olhem os caps anteriores zzzzzzz Mas se não é só dizer nos comentários qual é a sua duvida sz

PS: O cap ficou curto porque foi totalmente inesperado isso. Nem passava pela minha cabeça em postar nada hoje, mas me deu uma vontade tão grande e tão louca de escrever que eu nem pensei duas vezes antes de aparecer aqui!!!

Bom beijinhos beijinhos já já apareço aqui de novo meus anjos sz sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...