História From hate to love~(Vkook) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Vkook/yoonmin/namjin
Visualizações 65
Palavras 1.415
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OI

Capítulo 4 - Maratona de matemática p2 Kiss Vkook.


Fanfic / Fanfiction From hate to love~(Vkook) - Capítulo 4 - Maratona de matemática p2 Kiss Vkook.

Mais oque será?...

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

P.v.o Jungkook

Eu acordo com o despertador berrando em meu ouvido, jogo ele na parede dando o foda-se que ele quebrou porque pelo menos não fiquei surdo amém. 

Eu levanto atordoado por ontem e olho meu celular, 6:30, puta que pariu perdi um aula to F-O-D-I-D-O.

Vou voando pro banheiro tomo um banho de 2 minutos porque 7:10 começa outra aula e eu não posso me atrasar, coloco uma calça vermelha rasgada uma blusa branca de calor, peguei o tênis mais bonito que achei ele era preto, escovei os dentes arrumei meu cabelo peguei tudo oque precisava e corri.

- tchau Sun, to atrasado. Falo acenando abrindo a porta e correndo eu corri pouco, a escola era perto e sorte que eu não fiquei suado. Fui até minha sala e abri a porta da mesma dando de cara com a professora de geográfica quase começando a aula.

- bom dia, professora e me desculpa. Falei entrando e indo direto pra minha carteira.

- ok, mais só desta vez senhor Jeon! Ela fala eu ignoro e deito minha cabeça na mesa.

- viu? Fica assintindo pornográfia até tarde e dorme na sala. Escuto Jimin cochichar pra Yoongi e o mesmo ri.

- eu ouvi  filho da puta. Falo abafado com a cara nos braços e escuto os dois rirem.

- calma ae. Yoongi fala ainda rindo.

Eu passei a aula toda dormindo e só acordei realmente quando o sinal tocou.

- que barulho do capeta vamo sair daqui. Falo puxando Jimin e Yoongi pra fora sendo seguido por Hoseok.

- vocês podem me explicar porque estavam juntos ontem? Pergunto e vejo Jimin revirar os olhos.

- estavamos fazendo a lição. Ele fala e eu olhos desconfiado e com um pouco de malicia, dessa vez eles sairam da situação.

- tabom gente, mudando de assunto eu quero deixar de ser popular. Vejo Hoseok cuspir o toddynho que tomava.

- você ta louco? Meu crush está me notando! Hoseok fala.

- problema é de quem não quer, porque eu não vou ser mais. Falo cruzando os braços.

- mais Jungkook porque você quis isso do nada? Tem algum motivo? Jimin pergunta.

- sim eu quero ser amigo de uma pessoa e se eu continuar sendo do jeito que sou essa pessoa vai se afastar de mim. Falo de cabeça baixa.

- ok, mais que é essa pessoa? Yoongi finalmente pergunta alguma coisa.

- Kim Taehyung. Falo olhando o mesmo atrás de mim que dava risada com Baekhyun, derepente eu ouço risadas dos três retardados.

- você sempre humilhou ele e agora quer ser amigo dele? Ele nem vai querer olhar na sua cara mais. Jimin fala.

- a esperança é a última que morre. Falo indo na direção da mesa deles.

- Jungkook aonde você está indo? Yoongi pergunta me seguindo e sendo seguido por Hoseok e Jimin.

- Taehyung. O chamo ao chegar em sua mesa e vejo ele revirar os olhos, esse garoto me odeia mesmo.

- oque você quer? Ele pergunta me olhando no fundo dos olhos e senti minhas pernas ficarem bambas.

- quero conversar com você a sós. Falo tentando não parecer nervoso e ele se levanta.

- seja breve. Ele fala me seguindo enquanto Baekhyun, Yoongi, Jimin e Hoseok estavam na mesa conversando.

Eu levei ele até um lugar que as únicas pessoas que passam aqui sou eu e os outros meninos.

- eu....eu...queria me desculpar, eu sempre te humilhei te xinguei e já te bati uma vez, mais eu juro que eu estou mudado e nunca mais faço isso aqueles dias eu estava sendo um idiota e só fazia isso pela popularidade e eu só chamei você porque quero que me desculpe e eu sempre quis ser seu amigo mais não confessei por idiotice e então Tae podemos ser amigos. Pergunto vendo o mesmo com algumas lágrimas pequenas.

- claro! eu te perdoo por tudo Jungkook e sim vamos ser amigos. Ele fala e sem esperar nada o abraço, de começo ele assustou mais logo me abraçou também, nós nos separamos e suas lágrimas tinham sumido e agora ele tinha um sorriso no rosto.

- obrigado Tae. Falo sorrindo de volta.

- eu que agradeço, você foi sincero e eu amo sinceridade. Ele fala e nos abraçamos denovo mais foi rápido, nós tinhamos esquecido de tudo e estavamos conversando, nós tinhamos muitas coisas em comum, principalmente o fato de sermos gays mais eu ainda não contei isso pra ele.

~Quebra de tempo~

Quando finalmente às aulas acabaram e eu já tinha chegado em casa, eu subi pro meu quarto todo feliz algo tinha mudado dentro de mim eu estava contente não queria nunca mais brigar com Taehyung ele é muito legal e atraente, mais eu acho que isso é coisa da minha cabeça eu me lavei rápido porque Tae ia vir aqui logo logo e eu tinha que estar bonito.

Coloquei uma blusa branca folgada, uma calça preta de têcido raro e fiquei descalço mesmo.

Depois de alguns minutinhos a campainha toca e eu corro primeiro pra atender, nem eu sei como eu consegui ser tão rápido. Eu abri dando de cara com o Tae de roupa apertada Jesus tenha piedade dos meus pensamentos impuros.

- oiii TaeTae. Falo sorrindo ao abrir a porta e ele retribui o sorriso puta que pariu que menino gostoso, pera que que eu to falando? Dei um tapa no meu rosto por pensar nisso.

- tudo bem Kookie? Ele pergunta me olhando.

- sim, porque? Falo voltando ao normal.

- você deu um tapa na sua cara. Ele fala rindo.

- isso é normal, entre. Falo abrindo a porta e o mesmo entra.

- sua casa é bonita Kook. Ele fala olhando em volta com um brilho nos olhos.

- obrigado. Falo olhando seu rosto de bebê.

- oi, você é Taehyung? Sun hee chega do nada com um sorriso.

- sou eu mesmo muito prazer. Ele estende sua mão sorrindo e ela logo aperta sorrindo também.

- Taehyung essa é Sun Hee e digamos que ela é como uma omma pra mim. Eu falo sorrindo pra ele.

- que fofo. Ele faz uma cara fofa me fazendo apertar suas bochechas.

- bom, vamos Tae temos que fazer o trabalho. Falo o puxando pra cima e ele sobe, chegando lá pegamos as coisa e começamos a fazer, Tae estava na sexta conta e eu tentando fazer a primeira socorro.

- quer que eu te ajude? Ele pergunta vendo meu sofrimento.

- termine primeiro o seu não se preocupe. Eu falo.

- eu já terminei. Ele me mostra e eu arregalo os olhos.

- nossa. Soltei após ver aquelas contas.

- quer ajuda? Ele pergunta mais uma vez e eu cedi, ele era muitoooo esperto daria um ótimo par pra mim, só isso que eu digo.

Era tarde e já tinhamos terminado tudo, agora estavamos jogados no chão até que tive uma ideia.

- Tae eu vou pedir uma pizza, pode mexer no meu notebook enquanto isso ja volto. Falo e ele assente, corro pra cozinha e peço pizza de hambúrguer, quando desligo o telefone encosto minha cabeça na parede.

- terminaram? Sun pergunta chegando ao meu lado.

- sim pedi uma pizza. Falo e ela sorri.

- ele é bonito, você dariam um casal muito bonitinho. Ela fala e eu reviro os olhos.

- concordo. Falo e ela coloca a mão na boca eu ignoro sorrindo e subo pro quarto, quando cheguei Tae estava no canto vermelho.

- oque foi? Pergunto vendo o mesmo corar, ele me entrega o notebook e eu arregalo os olhos ao ver que eu esqueci o porno aberto.

- t-tae me desculpe. Desligo correndo e abaixo a cabeça.

- você é gay? Ele pergunta me olhando.

- sim. Falo e ele bagunça meus cabelos.

- você é tarado. Ele fala e eu dou risada logo sendo seguida por ele.

A pizza chega paguei e levei ela pro quarto, nós comemos assistindo um filme de ação ele falou que estava com sede, fomos na cozinha ele pegou um copo com água e bebeu um pouco quando ele foi se virar a água caiu em mim deixando meu abdômen exposto por eu estar de camisa branca.

- d-desculpa Kook. Ele fala olhando meu corpo.

- não tem problema. Falo me aproximando dele, nós nos aproximamos e nos beijamos eu pedi passagem com a língua que logo foi cedida, eu coloco a mão em sua cintura e ele em meu cabelo depois de minutos infelizmente a falta de ar se fez presente e nos separamos corados.

- me desculpa Tae. Falo olhando o mesmo, ele me agarra e me beija denovo me deixando surpreso.

- desculpado. Ele sorri sendo acompanhado por mim, alguns minutos se passaram ele se despediu e foi embora sorrindo.

- eu vi o beijo. Sun hee me falou sorrindo.

- eu acho que estou apaixonado. Falo sorrindo


Notas Finais


Eu amo amora

Tchau até amanhã *som de vai embrazando*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...