História From paradise to my world - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Armin Arlert, Eren Jaeger, Erwin Smith, Hange Zoë, Jean Kirschtein, Levi Ackerman "Rivaille", Mikasa Ackerman, Petra Ral, Sasha Braus
Exibições 111
Palavras 1.809
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yoo minna aqui estou eu novamente com mais um capítulo pra vcs, espero que gostem deste aqui também. Boa leitura. (Ó não prometo nada mas acho que no capítulo três ou quatro vai rolar um lemon, vai ser o primeiro que eu faço então não garanto que vai ficar bom, mas vou me esforçar.) Fiquei em desespero porque fiquei sem criatividade, mas consegui, espero que gostem. Kissus ^.^ :3

Capítulo 2 - Descobrindo conexões


Fanfic / Fanfiction From paradise to my world - Capítulo 2 - Descobrindo conexões

Abri a porta, e vi um garoto de olhos num tom de verdes no olhar que eu nunca tinha visto na minha vida, era a coisa mais bela que eu já vi. Ele tinha cabelos castanhos claros e um sorriso encantador no rosto, era bem mais alto que eu e isso me irritava, ser olhado de cima por um pirralho que tinha menos idade que eu, me irritava demais. Ainda não acredito que estou vendo a pessoa que me chama todas as noites nos meus sonhos bem aqui na minha frente. Sonhos realmente podem se materializar? Se eu não estivesse vendo com os meus próprios olhos diria que estou ficando louco. A voz da Mikasa me trouxe de volta á realidade.

-Eren, este é Levi Rocaille, Levi este é Eren Jaeger.

-Muito prazer senhor Rivaille.

-O prazer é todo meu. E... Por favor me chame só de Levi.

                  ******************

~Eren

Cheguei ao endereço que Mikasa me deu, toquei a campainha e a porta foi aberta por um homem de cabelos negros desenhando seu rosto delicado, seus cabelos caiam como uma cortina em seu rosto, sua nuca é raspada, sua pele branca como porcelana, seus olhos cinzas tempestuosos com um tom azul. Ele me encarava com aquelas orbes cinzas até Mikasa começar a nos apresentar.

-Eren este é Levi Rivaille, Levi este é Eren Jaeger.

-Muito prazer em conhece-lo senhor Rivaille.

-O prazer é todo meu. E... Por favor me chame só de Levi. - A voz dele era grave  e serena.

Armin se levantou do sofá e me abraçou e Mikasa entrou no meio e nos demos um abraço em grupo. Nos sentamos no sofá e ficamos conversando enquanto Levi foi trocar de roupa para nos levar até o abrigo de animais. Quando escutamos a porta bater, era sinal de que ele já tinha entrado no seu quarto, Armin e Mikasa se entre olharam e deram uma gargalhada do nada. Eu fiquei sem entender do que eles estavam rindo.

-Do que vocês estão rindo?

-Não é nada Eren.

-Então porqu...

-Ah vá Eren. Vimos a cena de camarote. -Fiquei pensando no que era até eu perceber do que eles estavam falando. Eu ruborizei violentamente e quando eu ia responder Levi saiu do quarto. Ele estava tão bonito, vestia uma blusa preta arregaçadas até os cotovelos, de calça cor de vinho, com um tênis preto. Quando ele saiu, nossos olhares se cruzaram. Ele ficou me encarando por alguns segundos até eu desviar o meu olhar, isso era meio constrangedor.

-Vamos de carro para lá. Então vamos para garagem.

Descemos de elevador, o cheiro do seu perfume invadiu as minhas narinas, era tão doce e suave, observei ele pelo canto do olho, olhei para o seu rosto ele parecia ser uma pessoa bem... Seria. Desci o olhar até sua boca rosada e me perdi em minha fantasias. Oh Deus, ajude este seu filhinho aqui, se não eu vou enlouquecer ao lado deste homem. Me senti ficar duro, mordi meu lábio inferior e tentei ao máximo disfarçar. Fiquei me sentindo estranho diante desta situação.

Chegando na garagem entramos numa caminhonete preta, ela brilhava de longe, dava pra ver que era dele, porque se reparar bem a sua obsessão por limpeza deixa bem claro que aquele carro é dele. Como eu sei disso? É só começar pela sua casa. Entramos na caminhonete, Mikasa e Armin foram no banco do carona, eu queria ir atrás com eles também, mas antes que eu fizesse isso, Mikasa me lançou um olhar flamejante como se estivesse dizendo " se vc  se sentar aqui eu te mato" me fazendo sentar na frente ao lado de Levi, minha situação já não estava boa e Mikasa me fazendo sentar ao lado dele piorou ainda mais, Armin ficou rindo diante da reação de Mikasa, ele acha graça já que não é com ele.

Ele deu partida no carro, Mikasa e Armin ficaram conversando, Levi colocou um pendriver no radio e começou a tocar uma das minhas músicas preferidas.

-Olha Eren, parece que Levi gosta das mesma banda que você. Você fica direto escutando essa música. Como era o nome mesmo dela?

-Demons.- Falamos em unissom. Ele olhou para mim e eu apenas devolvi o olhar com um sorriso, acho que ruborizei naquele momento. Desviei o olhar, e ele voltou a olhar para frente, seu cabelo estava caindo em seus belos olhos, ele se recostou e passou a mão dentre os cabelos de um modo tão sexy. Senti meu rosto queimar, sim eu estou gostando dele. Acho que Coréia de novo.

-Você gosta dessa música?- Sua voz grave e serena invadiu meus ouvidos como uma melodia.

-Sim é uma de minha favoritas.

Começou a tocar Photograph de Ed Sheeran, esta música é linda.

-Esta música é photograph de Ed Sheeran. Sorri quando olhei pra ele. Ele me devolveu um sorriso sem jeito e assentiu com a cabeça. Depois começou a tocar Heaven de Bryan Adams, uma de minhas favoritas também. Fiquei feliz em saber que temos o mesmo gosto musical. Fiquei olhando o céu pela janela, as nuvens criando formas. Acho que vi um casal se beijando ali em cima, acho que dei um sorriso bobo imaginando a cena com ele.

-Chegamos- Até que foi rápido. Nos entramos no abrigo, e encontramos uma mulher chamada Petra, ela tinha cabelos castanhos, estatura baixa e os  olhos castanhos claros.

-Oh Levi, que surpresa agradável.-Ela era muito gentil seu sorriso era encantador.

-Trouxe uns colegas para ver alguns animais, um deles quer adotar um cachorro.

-Fico feliz em saber disso. E feliz por vc trazer seus amigos.

Ela nos mostrou o caminho, tinha uma porta de vidro, e atrás daquela porta tinham várias pessoas cuidando dos animais, eles eram tão fofos, alguns deles estavam fazendo terapias, dando banhos, trocando curativos e etc... Oque me chamou atenção foi um pequenino cachorro que estava me olhando. Ele tinha a maior parte do seu pelo era negro e algumas partes cinzas, seus olhos eram bicolores, um dos olhos era da cor azul e o outro era  castanho. Ele era lindo. Eu o chamei estalando os dedos e a língua, ele tombou a cabeça para o lado e correu em minha direção todo agitado balançando o rabinho.

-Que fofo.-Todos olharam para o cachorro que estava a minha frente. Petra o pegou nos braços e sorriu de modo singelo e disse:

-É este que vc quer?

-Posso ficar com ele?

-Eu pretendia adota-lo, mas como ele gostou tanto de vc... Ele é seu. Você o quer certo?

-Sim!!-Ela me entregou o cachorro, peguei ele em meus braços e ele ficou me lambendo.

-Que nome você vai dar a ele? Eu ia colocar Levi.

-Por quê logo o meu nome?- Ele falou irritado.

-Ora, porque foi vc que achou e cuidou dele.

Todos nós olhamos para Levi, eu coloquei o cachorrinho no chão e ele correu em direção a Levi, arqueando as costas esticando as patinhas até os pés de Levi abanando o rabinho e latindo para ele. Levi ficou encarando o cachorro, e o cachorro latindo e correndo em volta dele. Ele se abaixou para pegar o cachorro, o cachorro ficou de barriga pra cima, ele passou a mão na barriga do cachorro e deu um sorriso tão lindo.

-Tão lindo.-Ops deixei meus pensamentos irem longe demais. Todos que estavam ali olharam pra mim. Mikasa e Armin me olharam maliciosamente. Levi me olhou surpreso. Eu não sabia onde enfiar a cara. Levi veio em minha direção como um gato, seu olhar exalava luxúria, meu coração bateu tão rápido que eu fechei minha boca pra ele não sair por ali. Ele sorriu maliciosamente e sussurrou junto do meu ouvido.

-Você também.- Sua voz sexy me deixou arrepiado dos pés a cabeça. Ele me entregou o cachorro e sorriu maliciosamente, eu acho que fiquei mais vermelho que um tomate.

-Cuide bem dele Jaeger.- E foi em direção a porta e saiu.

Eu ainda encarava a porta com o coração batendo a mil. Quando me virei todos ainda estavam nos olhando, Petra sorrindo de orelha a orelha, Mikasa e Armin sorrindo que nem loucos, e foi ai que eu me lembrei que eles estavam ali vendo e ouvindo tudo, lembrei do que tinha acabado de acontecer e senti meu rosto esquentar e meu coração acelerar. Os três vieram na minha direção e me abraçaram eufóricos rindo e me abraçando.

-Fico feliz que Levi tenha se apaixonado por alguém, fico felix por ser você Eren. Eu estava observando vocês dois e percebi o clima.

-Eu e Armin estamos torcendo por vc Eren.-Eles estavam sorrindo tão carinhosamente.-Eu os abracei de volta e agradeci por me apoiarem e me ajudar.

Voltamos para o carro, Mikasa e Armin disseram que preferiam ir de trem para casa. Eu pensei em ir junto, mas Mikasa não deixou. Ela disse que poderia ser a minha chance, e que se eu perdesse poderia não haver outra. Eu concordei, mas ao mesmo tempo fiquei receoso do que ele poderia pensar de mim, um homem querendo se relacionar com outro, se ele iria aceitar ou achar nojento, não quero que isso aconteça.

-Aconteceu alguma coisa?-Acho que ele percebeu que eu estou um pouco triste.

-Ah não, nada com oque vc deva se preocupar...-Falei num tom baixo e suspirei.

                       ***********

~Levi

Tem algo de errado com Eren, ele parecia incomodado e triste com alguma coisa, mas parecia não querer me dizer oque era. Também não insistir, o sorriso que ele tinha a poucos minutos desapareceu se seu rosto levando o brilho encantador de seus olhos. Fiquei pensando no que falar e pensando se teria feito algo para deixar ele triste.

-E então... Você tem namorada Eren?-Ele pareceu bem mais triste diante as esta pergunta. Será que ele terminou o namoro com alguém e está triste por causa disso?

-Não...-Ele falou num tom quase inaudível.

-Eu gosto de uma pessoa, mas acho que essa pessoa não gosta de mim, e não sei como ela reagiria quando eu dissesse que eu gosto dela. Se ela iria me amar ou me rejeitaria por achar nojento.

-Você esta afim de um cara?-Ele fez uma reação de surpresa e medo, acho que sei de quem ele gosta.

Chegamos ao lugar onde ele me pediu para deixa-lo, não tinha ninguém na rua aquele horário, era umas 22:00, então desci do carro.

-Eren...- Ele virou pra mim e eu o peguei pela cintura e segurei sua nuca para traze-lo para mais perto de mim para poder beija-lo. Encostei meus lábios contra os seus e pedi passagem com a minha língua que logo foi concedida. Senti sua lingua explorar a minha boca, foi um beijo calmo e carinhoso nada apressado ou selvagem. Nos separamos por falta de ar, ele estava corado sua boca vermelha pelo chupão que eu dei, ele estava tão fofo daquele jeito. Ele me olhava surpreso.

   


Notas Finais


Gente desculpem meu atraso, meu PC deu pau mas já concertou, espero que gostem deste capitulo, é aberto a opiniões, então não sei se faço o lemon agora ou depois, oque vcs acham? Oque vcs queriam que acontecesse no próximo capítulo? Kissus ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...