História Frutos de uma traição - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags História, Luan Santana, Romance
Visualizações 72
Palavras 990
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 📚 ❤

Capítulo 19 - Capítulo 18


Capítulo 18

Alguns dias depois

Juliana narrando

Hoje seria a dia em que eu ia pegar aquele pirralho e infernizar com a vida da mãe dele , já estava tudo combinado o meu comparca iria pegar ele assim que anoitece e irá levar para um galpão, e como falei para o Luan que iria viajar ninguém vai desconfiar de mim , agora é só ficar aqui e esperar anoitecer para ter o pirralho em minhas mãos

Sn narrando

Já se passou uns dias que o Breno fez aniversário e que eu acabei trazando com o Luan , e bom acho que ele não falou nada para a esposa dele pós tenho certeza se ele tivesse falado ela já teria feito alguma coisa para me humilhar. Mas voltando no aqui e agora, nesse momento eu estou na sala olhando a Bruna brincar com o Breno, ela é uma tia muito coruja, não fica um dia se quer sem vim ver o Breno e quando ela não pode vir ela já dá logo um jeito de ligar pra falar com ele, e o Breno é outro que ama essa tia dele , pra você terem noção ele até troca o Luan que é o xô do dele para ficar com a Bruna

Vc: filho vamos tomar banho já está tarde, daqui apouco da a hora de você ir pra cama-falei o chamando-

Breno: num queru nãu mamae , queru ficar ati cum a tia Bluna.

Vc: olha vamos fazer assim vê com a tia Bruna se ela te dá banho

Breno:num queru toma bano nãu mamae

Bruna: não pode ficar sem tomar banho não bebe vamos lá a tia te dá banho

Breno: a nãu tia Bluna.

Bruna: olha se você tomar banho a tia te traz aquele boneco do homem aranha que nos viu no shopping aquele dia

Breno: aíu tá bon tia Bluna eu tomu bano

E assim a Bruna faz com que ele vá tomar banho e com isso aproveitei para tomar um banho também, [...] depois que jantamos eu coloquei o Breno para dormir e fui para a sala onde meu pai estava vendo jornal, fiquei ali falando com ele um pouco e depois fui dormir , me deitei e logo peguei no sono

Acordei no outro dia achando estranho pós sempre o Breno vinha para meu quarto me acordar e bom até agora nada dele aparece, levantei e fui para o banheiro fiz minhas higiene e fui para o quarto do Breno é assim que cheguei lá tive uma enorme surpresa o meu menino não estava ali eu já comecei a me asustar pós ele nunca saia do quarto sozinho ele só saia para ir pro meu mas lá ele não foi eu deci as escadas mais depressa que tudo olhei em todos os cantos da sala e então percebi que meu filho não estava ali eu ja estava muito desesperada , mais do que depressa subi até o quarto dos meus pais e bati não porta na esperança de que Breno estivesse ali com eles

Vc: pai o senhor viu o Breno

Sp: não filha eu e sua mãe nem saímos do quarto essa manhã

Vc: pai meu filho sumiu não acho ele em canto nem um já procurei pela casa toda-falei já chorando-

Sp:Calma filha nos vamos achar ele

Vc:mas também podemos não acha-lo

Sp: pera aí filha eu e sua mãe já estamos decendo e também já ligarem para o Luan

Vc: tá bom pai , mas eu quero meu filho, não posso perder ele novamente- já estava chorando litros-

Luan narrando

Eu estava na casa da minha mãe pós a Juliana avia viajado , quando meu telefone tocou e eu atendi vendo que se tratava do pai da Sn

Luan: alô o que foi?

Sp:Luan venha para minha casa agora

Luan: pra que,aconteceu alguma coisa com o Breno?

Sp: acho melhor você vir pra cá, isso não se fala por telefone

Luan: ok eu vou ir até aí, daqui 10 minutos eu chego aí

Desliguei e logo já fui pra a casa da Sn , assim que cheguei lá vi um carro da polícia parado no portão, mas do que depressa eu entrei na casa e dei de cara com o pai e a mãe da Sn conversando com o policial enquanto a Sn estava no outro sofá chorando. Eu me assustei por não ver meu filho ali e logo perguntei

Luan:cadê o meu filho?

Sn :sequestraram ele-falei chorando-

Luan:não, não eu quero meu filho, você ta brincando né Sn?

Vc:queria que fosse mas não é

Delegado: se acalmem nos iremos encontrar ele

Vc:que isso aconteça logo, pq não vou suporta ficar longe do meu pequeno

Luan: Calma nos vamos achar ele, nem pra isso eu mesmo tenha que ir atrás dele eu vou trazer ele de volta para Vc

Sn narrando

O delegado resolveu colocar um grampo no celular meu e do Luan pós o sequestrador poderia tentar falar com um de nós para nos pagar pelo resgate do Breno, nos ficamos a manhã e à tarde toda ali esperando pela ligação dos monstros que pegaram meu pequeno , no fim da tarde o meu celular tocou e eu logo fiquei nervosa pós poderia ser o sequestrador

Luan: vai atende pode ser que está com o nosso filho

Assim que eu atendi uma voz soou pelo telefone

Xxx: se você quiser ver seu filho denovo me encontre amanhã a noite na frente do galpão, perto da sua casa, e traga cinquenta milhões

Falou isso é desligaram sem me dar nem uma chance de falar

Luan: vou ao banco pega o dinheiro-falou se levantando-

Delegado: espere nos vamos fazer um armadilha para pegar o sequestrador do seu filho, a ligação foi rápida e não foi possível rastrear de onde veio a ligação. Mas é possível que o sequestrador faça outra ligação, para combinar mas coisas e iremos precisar que você tente enrola para que a ligação seja rastreada ok

Vc:tá bom eu irei tentar. 


Notas Finais


Desculpa meu sumiço.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...