História Fuck Boy - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford
Exibições 95
Palavras 928
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


PERDOA A DEMORA, EU TAVA VIAJANDO

Capítulo 4 - Easy as pie


Fanfic / Fanfiction Fuck Boy - Capítulo 4 - Easy as pie

–Você é aquela garota que derrubou minhas coisas, não é? – Luke diz sorrindo ao se aproximar – Você é da minha escola.

A graça aqui é não ser tão fácil quanto as outras garotas. Ele precisa se sentir desafiado. Mas, preciso dizer, o sorriso de canto dele é muito difícil de ignorar.

 –Sou? – faço de confusa e finjo tentar lembrar – Ah, sim! Jake, certo?

Posso sentir seu incomodo de ter o nome confundido por outro.

–Luke. – ele corrige e estende a mão – Não lembro de ter me dito como se chama.

–Cherry. – cumprimento a mão dele – Prazer.

Seus dedos são quentes. Sua mão toda é muito quente. Esse aperto de mão parece uma eternidade. Seus olhos azuis olham os meus diretamente. Seu piercing cai maravilhosamente bem com sua boca perfeitamente desenhada e, acredite, não estou exagerando. Entendi o motivo de tantas garotas morrerem de amores por ele com apenas 10 segundos de conversa.

–Posso sentar aqui? – ele pergunta – Se você não estiver ocupada, claro.

Abro a boca para responder, mas hesito. Apenas sorrio e faço que sim com a cabeça.

–Então... você é nova na escola. – Luke parece procurar as palavras certas – Aposto que já fez vários amigos.

Quero muito rir de Luke Hemmings tentando puxar assunto. Ele é pior que eu.

–Eu não sou nova, na verdade.

–Tem certeza? – ele franze a testa, confuso – Nunca te vi por lá.

Dou de ombros e a garçonete aparece em seguida, servindo minha torta de frango.
Estou morrendo de fome. O problema disso é que eu sou um ogro comendo e nunca ouvi nenhuma história de amor em que duas pessoas se apaixonaram enquanto uma delas estava suja de molho e tomando refrigerante.

–Estranho. – ele continua – Eu me lembraria de você.

Ele me olha como eu olho um pedaço de pizza. Seus olhos brilham como os meus ao ver bolo de cenoura. Ele umedece os lábios como eu faço ao ver um copo de milk-shake de chocolate. Mas o que me faz sentir não é como nada que eu tenha experiência.

Sinto o peso da intensidade de seu olhar e fico tensa. O brilho nos olhos dele me deixa nervosa e o movimento de sua boca me dá frio no estômago (diferente do de quando fico horas sem comer).

Taí. O poder de Luke Hemmings: desconcentrar uma garota faminta por sua torta de frango com uma única simples sentença. "Eu me lembraria de você."

Sorrio de leve e começo a comer. Tento ser delicada, mas estou com muita fome para qualquer coisa que não seja engolir cada pedacinho dessa torta. Começo a mastigar mais rápido, esquecendo o fato de que isso não é nada atrativo.

Uau. – Luke fala rindo – Você realmente está com fome.

–Eu me sentiria ofendida se isso não fosse verdade.

Continuo comendo e ignorando que ele observa cada garfada que eu coloco na boca.

–Você é a primeira garota que come na minha frente. Estou impressionado.

–Sério? – ele faz que sim com a cabeça e eu rio – Se te faz sentir melhor, outras garotas costumam ser mais elegantes comendo.

–Não faz. Acho bem legal você curtir sua torta de frango e sujar a cara de molho.

Depois disso, ficamos em silencio enquanto termino de comer e ele observa. Não puxa mais assunto, o que me deixa igualmente agradecida e incomodada. Checo o celular: seis horas. Eu tinha que estar em casa meia hora atrás. Droga. 

–Preciso ir, Luke. – falo ao me levantar – Bom te ver.

Não espero uma resposta e saio rapidamente da lanchonete, tentando digerir o quão inofensivo Luke Hemmings parece e principalmente como será difícil quebrar seu coração.

***

–Você fez bem em fingir não se lembrar, mas eu não acredito que comeu uma torta de frango na frente dele. Desperdiçou esse encontro surpresa por comida! 

Já tive que aguentar discussão por chegar atrasada mesmo deixando claro que se eu não colocasse algo para dentro, desmaiaria.

–Eu não preciso de outra bronca, Michael.

–Escute, Cher. – ele senta do meu lado no sofá – Esse tipo de coisa compromete todo o esquema.

–Escute você, Mike. Eu estava quase caindo dura. Prefiro comprometer seu esquema bobo do que minha integridade.

Ele recebe isso como um soco na barriga.

–Não é bobo. – ele fica de pé – Isso é sério. Se for para fazer de qualquer jeito, é melhor você parar por aqui.

 –Eu já disse que ia ajudar.

O problema do meu irmão é que ele é muito cabeça dura. Se as coisas não forem exatamente como ele quer, esquece.

–Acontece que se apaixonar por esse cara é tão fácil quanto comer aquela torta. – Michael começa – Seguir o que eu falo é só por precaução, segurança. Para evitar que você confunda as coisas que ele diz e faz.

O outro problema é que ele quase sempre está certo.
Em minha cabeça, Luke achar legal eu comer comida com vontade me fez pensar que ele me achou diferente das outras garotas; dizer que eu sou a primeira a comer na frente dele me fez sentir, de alguma forma, especial.

A verdade é que eu nunca lidei com isso. Nunca precisei descobrir o que cada palavra queria dizer, o que cada gesto significava. Nunca me importei em saber se tal menino era afim de mim. Sou nova nisso. Sou inexperiente, então tudo isso pode ser bom para mim. Vou aprender a não ser tão boba quando se trata de garotos e, talvez, me tornar mais esperta que eles.

–Sei disso. – abraço Michael – Não vou mais sair do combinado. 

–De verdade? Depois do primeiro passo, não tem mais volta.  

–Prometo. Pode contar comigo. 


Notas Finais


queria dizer que ainda ta meio parado, mas não desiste de mim porque ta no começo etc etc etc

me chama lá no tt @amnirwin VAMOS SER ABIGUINHAS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...