História Fuck me my daddy - imagine min yoongi incesto - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Originais
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Appa, Babygirl, Bangtan Boys, Bts, Daddy, Filha, Incesto, Incesto Bts, Meu Appa, Min Yoongi, Pai, Suga
Visualizações 121
Palavras 2.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Sci-Fi, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa madrugada 🌸❤

Capítulo 3 - Moans..☆


Fanfic / Fanfiction Fuck me my daddy - imagine min yoongi incesto - Capítulo 3 - Moans..☆

S/N, SEXTA-FEIRA.

Acordo as 6:30 por conta própria, que aleluia!, me levanto após alguns minutos, tomo um banho rápido,  visto o uniforme, um all star rosa com estrelinhas douradas, seco os cabelos, passo rimel e brilho  labial.

Eu sabia que suga não estaria lá embaixo, desde que aconteceu aquilo

Flashback on  

suga colocou sua mão sobre minhas costas e fez um carinho,  era Otimo, sua mão percorreu o meu corpo, e parou sobre minha bunda,  eu realmente me assustei, mas não tive uma ação na hora, suga apertava, deslizava, sua mão desçeu a minha parte mais intima, sua expressão era de total desejo sobre mim, me arrepiei na hora, antes que ele fizesse algo mais, abri os olhos, o fitei, mordi os labios

._o que acha que esta fazendo papai ?- yoongi me olhou assustado,_ eu..e..eu ? Nada-disse ele retirando sua mão de mim e se levantando, passou a porta e a fechou. 

Flashback off

Eu não o via saindo muito menos chegando, o clima em casa estava tenso principalmente ruim, após o Colégio eu sempre ficava na casa do taehyung,  com ele e seus amigos, jungkook,  namjoon e jhope, viramos ótimos amigos, mas eu sempre percebia os olhos do kookie sobre mim, eu chegava a ficar desconfortável, tae sempre via e chamava a atenção dele...

Pego minha bolsa e vou descendo as escadas, paro em meio a ela, dou de cara com yoongi lendo o jornal e tomando o seu café.

_estava me evitando yoongi?- digo direcionando minha pergunta a ele

_ não me chame assim, sim, ainda estou!-ele toma um gole do seu café, em sua xícara de porcelana branca, logo volta sua atenção ao jornal, como resposta reviro os olhos

Vou sair hoje suga!  -digo me sentando em uma cadeira, _ não vai não-diz ele colocando o café e o jornal de lado, e dando sua atenção a mim.

_vou sim-confirmo o confrontando,   _mas não vai mesmo, não me desobedeca S/N-disse ele, pude sentir a calma junto a agressividade, opostos, em sua voz, eu ia dizer mas alguma coisa mais fui ininterrompida pela voz doce e grossa, do tae soando como um chamado em meus ouvidos, _ja vou suga -me despeço e vou a encontro do tae, abri a porta e em seguida o portão,  me deparei com o sorriso quadrado de tae, apesar de quadrado era lindo, o abracei podendo sentir seu perfume, era maravilhoso, ele me deu um beijo na testa e fomos andando rumo ao Colégio,  mesmo com a distância de mim e a minha casa, pude ver suga olhando através da cozinha a gente,  um olhar de tristeza e raiva, dei de ombros e segui com tae.

_pequena?-disse tae me chamando,  direcionei minha atenção a ele, _ hum?-disse, vai ter uma festa hoje na minha casa, 8:30, pode ir ?,- aquilo me soo com um desafio,  sair de casa mesmo não podendo, _ Claro que vou!-disse animada, eu ia de qualquer jeito aquela festa.

(.....)

Tae me levou pra casa depois da escola.

Cheguei em casa eram 3:30, a festa seria as 8:30, eu tinha muito tempo ainda, decidi ir assistir tv, surfei pelos canais, achei um que estava passando doramas, meu favorito no momento passava, era o "*******", acabei adormecendo ali mesmo. 

Acordei e já eram 7 horas, fui pro quarto e tomei um banho, não lavei o cabelo, sai,  fiquei parada na frente do closet até decidir o que vestir, experimentei varios e varios vestidos, até que achei um verde com um tecido que aparentava ser renda, estava por cima do vestido, como florzinhas, coloquei um salto meio rosa, não sabia identificar aquela cor, optei por uma pequena bolsa pequena preta com uma rosa no meio.

_Hora da maquiagem! - murmurei pra mim mesma, passei uma base com mais cobertura, um contorno mais marcado, iluminador, e blush, humm, nos olhos usei um preto esfumado,  no batom um matte nude, soltei os cabelos, fiz onda com volume nas pontas, eu estava realmente linda,  mamãe me acharia se tivesse aqui também, olhei no relógio, eram 9:10, peguei minha bolsa, o celular e segui caminho a casa do tae. 

P.O.V TAE ON 

Já eram 9:15 e a annie não tinha chegado, por um minuto pensei que ela não viria, mas mudei de ideia quando vi minha pequena perdida no meio de tanta gente, ela estava realmente linda, uma obra prima, S/N sempre foi linda, mas hoje ela superou,  fui até ela parando a sua frente.

_voçe está linda!-disse a ela, _,você também está tae! - S/N me deu um sorriso,  e que sorriso, retribui com outro, e a puxei para perto da bebidas. _ Voçe quer?-disse pegando um e entregando antes da mesma responder, _não sei se devo..-bebo um pouco a que está em meu copo, _vai se divirta, não precisa ficar bêbada!- S/N assentiu e virou o copo, me assustei um pouco, mas  logo ri, S/N logo se misturou dançando com os outros, percebia os olhos dos garotos encima dela, não estava gostando nada, decidi então dançar junto com ela,  minha pequena descia até o chão,  fazia qualquer um enlouquecer,  estava "tudo bem" até que ela começo a se esfregar em mim, realmente estava bebada, S/N esfregava seu corpo ao meu, de certa forma aquilo estava me deixando excitado, eu já tinha perdido a consciência, peguei na cintura dela e dançei, nos dois dançamos como se não houvesse amanhã,  entre isso S/N sempre me dava beijos, eu mordia o lóbulo da sua orelha, depositava chupoes em seus pescoço, sempre tendo arrepios, calafrios,  falando coisas sujas em meu ouvido, quando percebi eu e ela já estávamos se pegando no banheiro masculino, entao paramos por falta de ar.

_sabe que se continuarmos nao vamos parar por aq! -disse,  _ eu sei tae, eu vou lá dançar!-disse ela, não tinha entendido nada, ela não falava coisa com coisa, annie saiu correndo do banheiro, me olhei no espelho, lavei o rosto com agua(aahhh serio?)comecei a ouvir um monte de gritos eufóricos. 

S/N ON

Sai do banheiro, fui até o palco onde estava o dj, pedi a ele que tocasse qualquer outra música, desci, todos fizeram uma rodinha em minha volta, comecei a rebolar,  descer até o chão,  todos estavam gritando eufóricos por mim, ouvia coisas como "gostosa" "delicia" todo tipo de coisa, continuo a dancar ate ser puxada brutalmente por alguem.

_ Voçe esta bebada! -taehyung me olhando com cara de bravo,_ ESTOU ME DIVERTINDO!-disse brava, tae não largava do meu pé aishh, ouvi ele dizer alguma coisa com " vou ligar pra seu pai" mas dei de ombros, só queria me divertir, volto a pista, todos estavamos dançando, eu estava com um menino, acho que era com park o nome dele, park...Park jimin, isso, eu e ele estávamos  dançando, junto as mãos bobas e beijos, taehyung me olhava com um olhar de reprovação,  mas não dei a minima, estava tudo bem ate eu ver suga entrando pela porta, vindo até mim, arregalei os olhos, suga me solto do garoto que eu estava e me puxou a força pra  fora da festa.

_S/N VOCÊ TEM O QUE NA CABEÇA?, VAMOS PRA CASAR AGORA! -disse ele gritando, não tentei nem discutir, só entrei no carro, fomos em silêncio pra casa, chegamos em casa depois de um tempo,  sai calmamente do carro, entrei em casa e me joguei no sofá.

-EU QUERIA FICAR LÁ YOONGI! -disse a suga, _ SÓ QUERIA, VOCÊ SUJOU A MINHA IMAGEM, PRINCIPALMENTE A SUA, PARECIA UMA PROSTITUTA, DANÇANDO EM FRENTE AO MONTE DE MACHOS, E PIOR QUE NEM PROSTITUTA DANÇA ASSIM S/N! -meus olhos marejaram, uma sensação de tristeza tomou meu corpo, uma dor no coração,  um nó na garganta, parecia que minha vida tinha acabado naquele momento,  se ele me achava uma prostituta,  uma qualquer,  nada importava mais, corri pro quarto e me tranquei,  suga me chamou, achei que ele tinha se arrependido, mas não, com certeza não,  meu mundo tinha acabado,  só com aquelas palavras,   com aquelas simples palavras, eu já estava soluçando, depois de algumas horas, ouvi batidas em minha porta.

_ QUEM é? -disse com voz de choro,  eu sabia que era ele mas perguntei do mesmo jeito,_ sou eu, abra a porta por  favor s/n -ele disse, exitei por um tempo mas logo abri, queria ver o que ele tinha pra falar, suga não disse nada apenas me abraçou, um abraço bom, afagou   meu rosto em seu peito, parecia que meu coração tinha se juntado, o que suga tinha quebrado a horas atras, ele tinha acabado de concertar com aquele abraço, o soltei e olhei no fundo dos olhos, nos fomos ficando mais próximos, já conseguia sentir sua respiração contra minha, nossas bocas a centímetros de distância, suga delizou uma das mão para minha cintura,  e eu subi uma pra sua nuca, fechei os olhos, logo nos beijamos,   um beijo lento, cheio de amor, junto a carinho, naquele momento parecia que tudo havia parado, agora só tinha eu e yoongi, suga escorregava a mão pelo meu corpo, fomos andando atrás, até o momento que minha panturrilha encosto na cama e eu cai sobre a mesma, sugo logo veio por cima de mim e começo a depositar beijos sobre meu pescoço,  em seguida chupoes, sua mão passeava por minha coxa, a cada toque seu, eu tinha um calafrio. 

_o que você quer s/n? -disse ele guiando sua mão até as alsas do meu vestido, um calafrio percorreu toda a extensão do meu corpo,  _ eu quero você suga! -me odiei muito por soar tão entregue, eu já era toda dele mas não queria que isso o deixasse no controle, suga desçeu meu vestido e o jogou pra qualquer canto, começo a dar beijos no meu corpo no caminho até minha boca, tirou meu sutiã e o jogou, levou sua boca até um dos meus seios, soltei um gemido em vão, suga massageava um seio enquanto chupava o outro, arfei e gemi segurando o tecido branco do lençol com força,  fechei os olhos, _ faça o seu pedido!-ordenou ele _ eu quero que você me chu-pe.. -disse a ele_ com prazer, só geme alto !  - disse ele autoritário, obedeci, yoongi pois minha calcinha pro lado, deu beijos em meu colo, até chegar aonde ele tanto desejava, começo a trabalhar com sua língua ali, apertei o travesseiro com força, _ geme pro seu daddy !- gemi pra yoongi,  chamava seu nome, sua língua era Otima,  ele estava me torturando só com sua língua, yoongi subiu os beijos até minha boca, fiquei  desapontada com aquilo, não queria que parasse,  suga me beijo me fazendo sentir o meu proprio gosto, retribuiu, me conduzi encima dele, mordi o lóbulo de sua orelha, dei beijos em seus ombros,  desci com o beijos até seu abs, suga murmurava coisas pra mim, mas era o que menos importava naquele momento, olhei pra ereção de suga, realmente era bem grande, tirei sua cueca, seu membro pulou pra fora, fiquei olhando por um tempo,  _faça do seu jeito princesa -sorri, coloquei as mãos no seu membro e apertei, não com força,  cheguei com a minha boca perto, e encostei meus labios molhados, percebi um calafrio em suga, coloquei na boca e comecei a chupar, ele tombou A cabeça pra trás,  chupei suga, fazendo movimentos juntos as mãos e a boca, suga gemia meu nome e dizia besteiras,  parei de chupa-lo, quando ele mesmo me pediu _ não vamos acabar nisso !disse ofegante,  sorri de lado, ele se pos cima de mim, me deu uma leve mordida no pescoço, _ abra as pernas!   -ordenou ,abri imediatamente-  sou.. -o maior sorrio,  um sorriso satisfeito,_ vai doer um pouco! -assenti, suga pegou uma camisinha, colocou e se  posicionou em meio as minhas pernas, começo a forçar na entrada de minha entrada, introduziu seu membro em mim, senti uma dorzinha desconfortável,  não era nada de 7 cabeças,  _ consegui suportar?  -fiz que sim com a cabeça, ele ficou parado ali por um tempo, logo começou a se mexer dentro de mim, a dor se transformou em prazer, uma sensação gostosa, suga consistia em movimentos de vai e vem dentro de mim, apertei seus ombros com força,  o maior se impulsionou pra lamber meu pescoço, ficamos assim por alguns minutos, logo uma sensação nova tomou o meu corpo,relaxei os ombros, ofegante,  era o orgasmo, o meu chegou antes do que dele, mas eu sabia que deveria fazer suga ter o seu também,  pedi pra ele sentar, assim ele fez, coloquei uma perna a cada lado dele, e me sentei novamente em seu membro, eu estava no controle agora, ficamos assim até que ele se desfez dentro de mim, yoongi tirou a camisinha e a jogou, ambos deitamos ofegantes um ao lado do outro, sorri sem jeito e ele retribuiu, me deu um beijo na testa,  e acabamos dormindo ali mesmo.

~Acordo assustada e ofegante~


Notas Finais


Enfim, to aprendendo a fazer hots então não briguem comigo ❤🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...