História Fuck me teacher - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Professor, Romance
Visualizações 82
Palavras 1.659
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Vortei.
Obs: não tenho foto de capa e não tô com criatividade pra fazer sinopse 🙃.

Imaginem o Jensen com o Jensen Ackles, vulgo homem da minha vida.

Capítulo 2 - Capítulo dois.



Respirei fundo enquanto passava a fita na caixa onde eu havia colocado alguns dos meus pertences. Bufei quando a mesma acabou.

- MÃE! - Gritei do andar de cima.

- QUÊ?! - Ela grita do andar de baixo.

- QUERO FITA! - Gritei.

- VEM BUSCAR! - Ela grita.

Bufei novamente, pôs estava morrendo de preguiça de ir descer as escadas.

- HANNAH! - Gritei.

- TÔ OCUPADA! - Hannah grita.

Reviro os olhos. Coloquei a caixa no chão e saí do meu quarto em direção as escadas.

Mudanças são sempre tão cansativas assim? Eu nunca havia me mudado. Eu moro nessa casa desde que eu nasci. Minha vida sempre foi feliz, meus pais se amavam, ou eu achava que se amavam. Fazem três meses desde a separação dos meus pais. Motivo? Minha mãe pegou meu pai a traindo com a secretária, quando ela foi fazer uma visita ao seu trabalho. Depois disso minha mãe conseguiu ficar com nossa guarda, e eu agradeço muito por isso, pôs não queria ficar com meu pai. Depois da separação, comecei a ouvir minha mãe chorar em seu quarto de madrugada, pôs meu quarto é ao lado do seu. Depois de muito pensar minha mãe decidiu se mudar pra tentar esquecer meu pai de uma vez por todas, e é claro que eu a apoiei.

Agora estou aqui, ajudando na mudança.

Termino de descer as escadas e passo pelas varias caixas que haviam na sala. Avisto a fita que estava procurando em cima de uma pequena mesa que havia ali. Pego a fita. Escuto um barulho da porta se abrindo e olho em direção a mesma.

- Cheguei pra ajudar! - Sophie chega fazendo o maior escândalo como sempre. Reviro meus olhos sorrindo.

- Escandalosa. - Dylan fala chegando atrás da ruiva.

- Seu cu. - Ela fala.

- Vocês só chegam quando está quase tudo terminado. - Falo cruzando os braços.

- Ainda está reclamando? - Dylan fala fingindo estar magoado.

- Vamo embora, Dylan. - Sophie fala. - Essa mal agradecida.

- Vão se foder. - Falo revirando meus olhos. - Seus dramáticos.

Sophie mostra a língua.

- Só falta terminar de empacotar as coisas do meu quarto. - Falo.

- Então, vamos. - Sophie.

Subimos as escadas e fomos direto para meu quarto. Dylan se joga em minha cama e Sophie na minha cadeira da escrivaninha.

- A operação perder a virgindade da Helena, não deu muito certo. - Sophie fala.

- Eu não sabia que conseguir perder a virgindade era tão difícil. - Falo manhosa me jogando sentada na cama, ao lado do Dylan. - Essa é a décima vez que eu tento.

- Pra mim foi fácil. - Dylan fala virando de bruços em minha cama.

- Você perdeu com a professora de matemática. - Falo dando um tapa em sua bunda. - Por nota.

- Você gosta de me assediar. - Ele fala sorrindo.

- Não tenho culpa, sua bunda é enorme. - Falo e aperto sua bunda novamente.

- Tarada. - Ele fala.

- Gente. - Sophie fala tomando nossa atenção. - O tamanho do pi…

- Não queremos saber. - Eu e Dylan falamos em uníssono a interrompendo.

- Eu em. - Ela fala fazendo biquinho. - Era enorme. - Ela fala rápido fazendo gesto com as mãos.

- Sophie. - Falo revirando meus olhos.

- Então, fala o que rolou ontem. - Dylan fala.

- Quando a Sophie e você desapareceram atrás de macho, eu fui até o bar da balada.



- Eu morri de constrangimento. - Falo fazendo biquinho.

- Amiga, tu não tem sorte na vida. - Sophie fala. - Melhor tu ir se benzer mulher, isso deve ser carma.

- Quem ta preparada pra início das aulas? - Dylan pergunta animado.

- Só você. - Falo.

- Tenho meus motivos. - Ele sorri malicioso.

- E esse motivo é a puta da Emily. - Falo revirando meus olhos.

- Talvez seja. - Ele fala.

- Helena. - Minha mãe chega no quarto.

- Oi senhora Parker. - Dylan e Sophie falam e uníssono.

- Oi crianças. - Minha mãe fala sorrindo. Ela olha em volta do meu quarto e vê que nem tudo está na caixa. - É melhor a senhorita terminar isso logo, o caminhão da mudança já, já vai chegar.

Concordei com apenas um "umhum". Ela respira fundo e sai do quarto.

- Você não quer se mudar, não é? - Sophie pergunta.

Nego com a cabeça.

- Minhas melhores lembranças foram nessa casa. - Falo me encostando na cabeceira da cama.

- Mas veja por um lado bom, você vai poder fazer ótimas lembranças em um lugar novo. - Sophie fala me reconfortando.

Sorri sem mostrar os dentes.

- Então vamo terminar isso logo. - Falo me levantando da cama.


(Quebra de tempo)


O carro da minha mãe para em frente ao enorme prédio, vulgo nossa casa nova. Respiro fundo enquanto tiro o sinto de segurança.

- Que prédio enorme. - Hannah fala sorrindo olhando o prédio pelo vidro do carro.

Minha mãe sorri satisfeita. Ela respira fundo.

- Vamos conhecer nossa casa nova, garotas. - Ela fala saindo do carro.

Olho para o espelho retrovisor e vejo que logo atrás chega o caminhão da mudança. Saí do carro junto a minha irmã. Minha mãe caminha até o caminhão e fala alguma coisa com o motorista. Olho em volta e vejo vários prédios na rua. Respiro fundo.

- Vamos conhecer nossa casa nova. - Minha mãe fala sorrindo, arrumando sua bolsa em seu ombro.

Andamos até o enorme prédio e adentramos o mesmo. Minha mãe caminha a recepção onde havia um senhor de idade sorrindo. Minha mãe começa a falar algo com o senhor de idade. Olho em volta do lugar e vejo que o mesmo é muito bonito e muito bem decorado. Ouvi um miado seguido da risada da Hannah. Olhei em sua direção e a vi brincando com um gato preto com patas brancas e olhos azuis. Sorri. Eu adoro gatos.

- Gatinho. - Hannah começa a fazer carinho no gato que estava no chão.

- Eu vou estacionar o carro na garagem. - Minha mãe fala sorrindo. - Nós temos duas garagens, para o meu e para o seu carro.

Concordei com a cabeça. Minha mãe me entrega um bolo de chaves e sai do local.

- Blue, você fugiu de novo. - O senhor de idade fala saindo da recepção e vindo em nossa direção. - Me desculpa se ela incomodou vocês duas.

- Não tem problema. - Falo sorrindo. - Nós adoramos gatos.

Ele sorri.

- Ela é sua? - Hannah pergunta brincando com a patinha do gato.

- Ah não. - Ele nega. - Ela é do senhor Baker. Ela sempre foge pra cá, quando ele não está em casa.

- Ela é bem esperta. - Sorri.

Olhei para o bolo de chaves em minha mão.

Droga minha mãe não me disse o número do apartamento. - Pensei.

- Senhor. - Falo pegando a atenção do mais velho a minha frente. - Por acaso não saberia me dizer o numero do apartamento?

- Bom senhorita, é o 517. - Ele fala sorrindo.

- Muito obrigada. - Falo.

- Vamos Hannah. - Falo para mais nova que faz biquinho. - Depois você brinca com ela.

- Tá bom. - Ela fala vindo em minha direção ainda com o biquinho em seus lábios. Sorri.

- Até mais senhor. - Falo.

- Espero que goste da nova casa. - Ele fala enquanto pega a gata que está em cima de um sofá que havia ali.

Caminhamos até o elevador e adentramos o mesmo. Apertei o botão do andar. Logo subimos ao nosso destino e saímos do elevador. Olhei porta por porta até chegar no 517. Peguei a chave e procurei até achar a chave certa. Entrei no apartamento e olhei em volta. A sala é enorme, ao lado da sala no canto da parede tem um cozinha consideravelmente grande. Vi mais quatro portas no cômodo. Caminhei até a primeira e vi que era um quarto não muito grande, mas havia outra porta, abri a mesma e vi um banheiro.

Depois de um tempo olhei todos os cômodos. Hannah havia escolhido o quarto que não tinha suíte pôs ela diz que tem medo do monstro do banheiro pegar ela à noite. A Hannah tem 10 anos e ainda tem medo dessas coisas. Eu escolhi o primeiro quarto.

Eu estava na sala jogada no chão pôs não havia nenhum móvel para me sentar. Meu celular apitou. Olhei para o mesmo e vi uma mensagem do Dylan.

"Gata, tu já chegou?"

Entrei em minha rede social e abri um chat com ele.

Lena: Cheguei sim. Eu gostei da casa.

Dylan: Depois eu vou te visitar.

Lena: Tá certo. E querido amigo Dylan, eu espero que meu carro esteja inteiro quando você o trouxer.

Dylan: Querida amiga Helena, ele vai estar (eu acho). Fui, tenho que pegar a gatinha.

Lena: Galinha.

Dylan: (Emoji de coração).

Reviro meus olhos.

Desligo a tela do meu celular e começo a olhar para o teto. Ouço o barulho da porta se abrindo.

- Então, gostou? - Minha mãe pergunta entrando na casa com uma caixa em mãos.

Me sentei no chão e sorri.

- Gostei. - Falei.

- Os homes da mudança já estão trazendo os móveis, é melhor irmos pegar nossas caixas. Concordei com a cabeça.

(…)


Estava caminhando com uma sacola cheia de laranjas que eu havia ganhado de uma vizinha ,como forma de boas vindas. Ouço meu celular apitar e pego o mesmo. Desbloqueio a tela e vejo uma mensagem do Dylan. Reviro meus olhos.

Dylan: Desculpa Leninha.

Lena: Nunca mais eu vou te emprestar meu carro. (Emoji de raiva). Se for pra transar, transa no motel, não no meu carro!

Dylan: Foi mal leninhaaaa…

Lena: Não vou te desculpar.

Dylan está digitando...


Quando eu ia ver a mensagem do Dylan, alguém bate em meu ombro me fazendo derrubar todas as laranjas que haviam na sacola. Bufei. Olhei para trás e vi o ser que me derrubou chutar uma das laranjas enquanto caminhava. Fiquei pasma com tanta falta de educação que este homem tem.

- Ei! Mal educado! - Falo com raiva. Ele me ignora. Bufei irritada.

Pego a sacola e começo a catar as laranjas do chão.

- Idiota, mal educado. - Começo a murmurar enquanto pegava as laranjas do chão.


Notas Finais


Xoxô!
Comentem o que acharam e se a fic tá boa, porque eu naum sei se vocês estão gostando. 😬


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...