História Fuga destinada do Amor - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shugo Chara!
Personagens Hinamori Amu, Tsukiyomi Ikuto
Tags Amu, Amuto, Amuxikuto, Ikuto
Visualizações 52
Palavras 824
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie Desculpa a demora pra postar mais aqui está mais um capítulo boa leitura bjss

Capítulo 2 - Saaya se ferrou kkkk


Fanfic / Fanfiction Fuga destinada do Amor - Capítulo 2 - Saaya se ferrou kkkk

- Então Amu aceita vim morar comigo?
Ikuto diz com a orelhas de gato e o rabo com os olhinhos pidões
- Ta tem certeza que não irá encomodar?
- Sim tenho então aceita?
- Sim ...... Mas o que eu vou fazer lá?
- Como assim é claro que você não vai fazer nada 
Amu olha pra Ikuto com uma cara de indignada 
- E Claro que vou não posso ficar lá sem fazer nada tipo posso ajudar as empregadas
- Tá bom depois resolvemos isso ... Então vamos?
- Vamos 
Ikuto pegou a Amu e a colocou no seu cavalo subindo logo após a tendo em seus braços e foram para o palácio chegando lá foram pelo portão principal onde tava as prosti.... quero dizer moças esperando para ver o Ikuto mais fazem uma cara de c. ao verem ele com uma garota após entrarem para dentro Ikuto desse e ajuda a Amu a descer 
- Né Ikuto porque essas garotas me olham com cara feia será que elas tão com fome?
Amu disse inocente e Ikuto riu muito 
- Kkkkkkkkkkkkk 
As garotas e os empregados ficaram espantados por Ikuto estar rindo, Saaya ao ver aquilo entra no palácio e vai até Ikuto tentando se jogar nele mais cai com tudo no chão e Ikuto ri ainda mais é Amu tenta ajudar a Saaya a levantar mais a mesma dá um tapa na mão dá Amu e Ikuto para de rir e olha com uma aura assasina para a Saaya
- Nunca mais toque na Amu 
Ikuto diz e pega e mão dá Amu e a puxa para si a abraçando logo depois a pegando no colo estilo noiva e a levando para dentro do palácio indo até a sala do trono e entrando na mesma e ponhando Amu no chão. O rei Aruto dá um sorriso sínico ao ver Ikuto com uma garota e diz
- Quem é ela mais uma de suas prostitutas?
A única coisa que Aruto pode ver era Ikuto com asas negras e uma espada que está precionada em seu pescoço 
- Nunca mais fale dá Amu assim ou me tornarei o rei antes do previsto velhote
Ikuto diz precionando ainda mais a espada então a Rainha Souko e a Princesa Utau gritam
- Ikuto pare com isso
O que não adiantou muito até que duas mãozinha o abração
- I...Ku..to
Ikuto olha para trás e vê Amu então volta para sua forma normal e sussurra
- Você fica linda corada
Ikuto diz sorrindo e todos novamente se espantam pensando " o Ikuto está sorrindo"
- B.ak.a
- Kkkkk
- Utau poderia comprar roupas para a Amu?
Ikuto pergunta pegando a Amu no colo
- Claro sem problema algum será ótimo fazer compras, mais porque ela não vai para casa pegar pelo menos umas duas mudas de roupas?
- Ela está em casa, apartir de hoje ela ira morar comigo 
- Como assim?
Utau grita
- Ikuto tudo bem que você é o príncipe mais tenho certeza que os pais da.... Amu não iram deixar você simplesmente a trazer para morar no castelo
- Falando nisso Amu onde estão seus pais?
Ikuto pergunta e todos o olham indignados
- Nunca conheci meus pais verdadeiros, eu vivia com um casal de velhinhos que disseram que eu fui deixada na porta da casa deles aparentemente após meu nascimento então eles cuidaram de mim mais quando o príncipe Tadase quis que eu me casasse com ele e eu me recusei ele os mato 
Amu diz com lágrimas nos olhos e Ikuto a aperta mais contra si e olha para seus pais e sua irmã  como se estivesse vendo se iriam argumentar mais alguma coisa para que ela não ficasse ali depois volta seu olhar para a Amu e diz
- Não se preocupa ele não pode fazer nada com você 
- Obrigada Ikuto, Eee Ikuto?
- Sim
- Não precisa comprar roupas pra mim eu posso muito bem usar essa que eu estou até aperfeiçoar meus poderes de custura é criação
- Como assim?
- Tipo posso criar um tecido com certo tamanho e melhorar a minha habilidade de custura fazendo minhas roupas
- Hmmm pode até ser mais você não irá ficar com essa roupa que está, irá usar umas roupas minhas afinal a sua está rasgada e suja não tem como usá-la por muito tempo e eu quero ver como você fica usando minhas roupas
Ikuto dá um sorriso malicioso e Amu fica vermelha
- Baka
Ikuto ri 
- Bom mais acho melhor irmos para o quarto você precisa tomar banho para que eu possa cuidar dos seus machucados 
- Não se preocupa eles não são graves nem nada só são uns arranhões
Ikuto alerta de leve o braço da Amu
- Aii
- Não parece ser só arranhões
Ikuto diz sério
- Tá 
Amu diz se rendendo e Ikuto sorri e vai para seu quarto ................


Continua

 

 


Notas Finais


Bom foi isso espero que tenham gostado
Até o próximo
Bjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...