História Fui feita pra amar você - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Personagens Originais
Tags Família, Romance
Exibições 6
Palavras 1.434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Always mine


Fanfic / Fanfiction Fui feita pra amar você - Capítulo 8 - Always mine


Dois meses depois...

Sky's pov

Finalmente chegou o dia em que vou me livrar da escola de vez. Hoje é a noite da formatura, estou ansiosa para ver como será, sei que faço parte do comitê de decoração mas mesmo assim. Estou indo buscar o meu vestido sei que é ridículo o fato de estar feliz com isso mas fazer o que né.

-Sky você devia ser mais responsável com essas coisas filha, nem escolheu ainda a faculdade que deseja fazer. -Minha mãe sabia ser bem irritante quando queria.

-Mãe eu já fui aceita na universidade de Nova York.

-Sabe o quão longe é Nova York Sky?! De jeito nenhum que eu vou deixar você ir pra lá, ainda mais sozinha.

-Tenho certeza que o tio Jeremy e a tia Pattie deixariam o Justin ir, não importa o lugar.

-Não me interessa se os pais do Justin deixariam ou não ele ir, ele não é meu filho e você não é filha deles, pq não faz a faculdade da cidade mesmo, podia tentar a de Atlanta.

-Mãe podemos mudar de assunto, não quero falar sobre escola em pleno dia de formatura.

-sabe Sky as vezes me pergunto se você não foi trocada na maternidade, mas aí eu me lembro que você é igual ao seu pai.

-Divertida?!

-Teimosa Sky, teimosa.

Justin'pov

-E aí Chaz quem vai levar pro baile? -Chris pergunta.

-Elisabeth, vou pedi-lá em namoro hoje a noite.

-Que bonitinho, ele sabe ser romântico. -Provoca Ryan.

-Boa sorte então. -Digo e ele me olha um pouco confuso.

-Porque diz isso pra mim. Deveria se preocupar em quem vai ficar de olho no baile, se vai dar atenção a Kath ou se vai vicar babando pela Sky.

-vai se fuder Chaz.

-Espero que Atlanta ponha juízo na sua cabeça. E que decida com quem vai ficar.

Chaz sabia me botar pressão melhor que qualquer um dos meninos, nem me lembrava mais sobre Atlanta. Estava ansioso pelo baile , vou levar a Kath, Erin não deixou eu ver o vestido dela disse que ia ser surpresa, não contestei porque sabia que vindo da Erin e da minha mãe iria ser bonito.

Kath 's pov

-Só precisamos ajustar aqui em cima. -Pattie falava com Erin sobre o vestido, elas conversavam como se eu nem estivesse ali. -Pronto agora está perfeito.

Olhei meu reflexo no espelho e quase tive um susto, não tinha visto o vestido direito ainda quando ela tirou ele da caixa nem reparei muito, ele é perfeito, é na cor salmão, bordado com pedrinhas bem pequenas da mesma cor, é fechado no busto e aberto nas costas, nunca sonhei em ter um desses.

-Bom agora Vc já pode começar a se arrumar, vamos enrolar esse cabelo.

...horas mais tarde...

Esta quase na hora do baile e Justin já está chegando, me sinto um pouco desconfortável por conta do salto mas é suportável.

-Eles chegaram. -Jazzy grita da janela da casa da Pattie, olho para a porta e vejo Sky passar pela porta correndo.

-Oi tia Pattie será que posso usar o banheiro?

-Claro querida, precisa de ajuda?

-Não eu do conta. Obrigado.

O vestido de Sky e cinza chumbo, tem uma fenda no início da coxa direita, as alças são feitas por pedrinhas bem brilhante, seus seios ficam expostos por conta do decote e as costas expostas também mas a alça faz todo o contorno do decote traseiro.

-Achei que tinha desistido. -Olho pra porta e Justin traja um smolking perfeito, na sua mão a uma flor presa a uma pulseira. -Vamos me de a sua mão. -Justin encaixa a pulseira no meu pulso e da dois passos pra trás para poder me ver. -Está usando saltos?! Prefiro você sem.

-A Justin são só saltos, pare de ser chato. Agora vão que está quase na hora.
-Sky tá tudo bem aí dentro? -No mesmo instante sky abre a porta com uma cara de alívio.

-Graças a Deus, obrigado tia e Kath Jesus Cristo tá gata eu pegava. -Ela passa por nós indo em direção ao carro que só agora que percebi ser uma limosine, Chaz estava no teto solar com uma garrafa de vodka na mão, creio bêbado pois a garrafa estava na metade.

-Sky sua gostosa por que demorou tanto! -Ele grita para Sky que tenta se esconder para não passar mais vergonha.

-Chaz acho que você já pode parar de beber -Justin fala olhando sério pro amigo. -Ryan ajuda ele.

Entramos no carro e vejo todos os meninos lá, Rose usa um vestido vermelho que realça seus peitos ele é bem justo e revela suas curvas.

-Agora podemos ir.

O caminho foi tranquilo, chegamos ao salão e ao entrarmos todos nos olhavam, Justin aperta minha mão e me leva até a mesa.

Danço e como até não poder mais, os saltos estavam me matando então optei por tira-los no meu da noite. Passava das duas da manhã, e todos os alunos esperavam ansiosamente para saber quem seria o rei e a rainha do baile. A diretora logo se aproxima do microfone para anunciar os vencedores.

-Boa noite, espero que estejam festejado bastante pois o melhor momento chegou. -Os alunos gritavam de todos os lados. -Certo e o rei e a rainha são. -Ela abre lentamente o envelope. -Sky e Justin.

Os alunos gritam sem parar um menino Chaz corre para abraçar Justin e tenta beijar o rosto do mesmo mas Justin o empurra o que arranca risadas de todos ali presente. Ele caminha até o palco e pega na mão de Sky para que ela não caia na hora de subir is degraus. Quando as coroas estão respectivamente na cabeça de cada um a diretora faz com que Justin e Sky dancem uma música lenta, uma pontada de ciumes toma conta do meu corpo sinto vontade de chorar. Queria que fosse eu ali, dançando junto a ele e não ela, mas sim eu.

Justin'pov

Assim que recebo a coroa, olho instantaneamente para Kath noto que seus olhos estão brilhando mais do que o normal, mas mesmo que isso a deixe triste por ela não ser a rainha do baile eu estou feliz. É a minha Sky que está ao meu lado. Ela está deslumbrante nesse vestido, acho que teremos que dançar, faz parte da tradição.

Agora estou aqui no meio da pista de dança, esperando a música que segundo a diretora deveria ser lenta começar. Minha mão direita está ao redor de sua cintura e a outra será seus dedos fortemente que se nunca mais quisesse soltar. Posso sentir seus leves apertões em meu ombro, ela costuma fazer isso quando está nervosa. Me lembro de quando fui com ela em uma roda-gigante e ela chorou apertado minha mão.

Flashback on

-Eu não quero ir no túnel do terror. -Já não aguentava mais os gritos da Sky só porque ela queria ir em um brinquedo no parque.

-Você pode ir com o Justin ele vai na roda-gigante já ele não gosta de simuladores - Chaz fala. Ela me encara com olhar cheio de esperança.

-Tudo bem você pode ir comigo.

Caminhamos lado a lado até chegar em frente a enorme estrutura de aço, entrego os ingressos para o moço e nos sentamos em uma da gaiolas
Quando o brinquedo começa a subir noto que Sky está de olhos fechados.

-Sky você tá bem?

-É muito alta Justin. -Ela me responde respirando fundo.

-Tem medo de altura? -Ela acena que sim com a cabeça. -Se você tem medo então porque veio.

-Não grita comigo eu só queria ir pra qualquer lugar que não fosse aquele simulador, não achei que fosse ser tão alta.

Estendo a minha mão para ela e ela agarra sem pensar duas vezes, olho para seu rosto e o vejo banhado por lágrimas. Quando desvio o olhar do rosto de Sky olho para a cidade e aprecio a vista.

-Sky você não precisa chorar -pego em seu rosto com a mão livre e acariciando sua bochecha. -Olha pra mim, doce Sky. -Aproximo meu rosto do dela e roço meus lábios nos seus, abro levemente meus lábios vendo ela ceder rapidamente. Quando paramos o beijo. Aproximo meus lábios mais uma vez da mesma mas precisamente ao lado de seu ouvido.

-Sempre minha, doce Sky

Flashback off

Depois de dançarmos encosto meu rosto no ouvido da mesma e digo as simples palavras. Vejo seus pelos se arrepiaram a cada som da palavra.

-Sempre minha,  doce Sky.-Deposito um beijo casto em seus lábios, depois alguns segundos me separo dela e caminho em direção a minha mesa novamente a deixando parada no meio da pista.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...