História Fukigen na mononokean- nalu - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Wendy Marvell
Tags Fairy Tail, Fukigen Na Mononokean, Nalu, Nalu Hentai
Exibições 30
Palavras 1.358
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


yooi minna sentiram saudades? estou de volta msmo a qe eu voltarei 100% em dezembro
neste capitulo como disse no outro vai aparecer a nossa kawaii Wendy >v<
boa leitura :)

Capítulo 7 - Wendy Marvell


Fanfic / Fanfiction Fukigen na mononokean- nalu - Capítulo 7 - Wendy Marvell

Lucy narrando

Parece que a minha vida voltou ao normal desde que o Natsu exorcitou o Happy, agora estou a caminho da escola com a Levy-chan, a Juvia e a Erza quando chegamos os olhares foram diretos para mim e aquilo me deixou constragida e quando começamos a andar para a nossa sala. Aquilo me deixava cada vez mais com vergonha porque agora na escola sou conhecida como " a rapariga da enfermaria" e aquilo era muito irritante e passado alguns minutos o sinal tocou para o inicio das aulas.

 

*|Quebra de tempo|*

 

Estava sentada do meu lugar à frente na última fila à janela gosto de me sentar à frente para prestar atenção às aulas e sim eu sou nerd mas por vezes nem parece que sou, sou tirada dos meus desvaneios e olho para a porto onde me deparo com um rosado e a única coisa que eu pensei foi o que ele está aqui a fazer? e vi ele a vir em minha direção e adivinhem onde ele se sentou... sim atrás de mim eu ia falar ou melhor gritar com ele quando o professor de Português chegou para começar a aula.

 

*| No intervalo|*

 

Quando tocou para o intervalo puxei o Natsu para o terraço da escola onde muitos nos lançaram sorrisos maliciosos ou olhares de inveja e raiva o que eu ignorei claro. Quando chegamos me prenunciei a ele.

 

Lucy: O que tu estás aqui a fazer? Estás a me seguir é? 

Natsu: 1º- eu estudo aqui e sempre fiz parte desta escola, 2º- eu não te segui simplesmente eu faço parte da turma onde tu estás e sempre sentei ali.

Lucy: Então quer dizer... estudas aqui na Fairy Tail? coisidência não?

Natsu: Eu não acho que seja...mas assim posso ficar mais perto de ti- deu o seu típico sorriso encatador mas no meu era perverso.

Lucy: Mentiroso- dei-lhe uma palmada de leve no seu peito.

Natsu: Luce tenho uma missão para ti.

Lucy: Sério? e que tipo de missão é?

Natsu: Bom um yokai amigo meu perdeu uma das suas três máscaras e o nome dele é Mitsuchigura.

Lucy: Mas como ele perdeu a máscara?

Natsu: Bom ele estava a andar pela cidade à minha procura e como ele pensava que o mononokean era um templo mas ele foi pedir informações sobre o mononokean a uns yokais e ele conseguiu me encontrar mas quando ele ia tirar a sua máscara habitual para meter a máscara da felicidade ai ele percebeu que estava sem a máscara.

Lucy: E onde eu entro nessa história?

Natsu: Bom eu quero que tu encontres a máscara.

Lucy: O QUÊ?

Natsu: Vá la Luce e não te preocupes eu vou contigo.

Lucy: Tá, mas como nós vamos para o templo?

Natsu: Simples....Nós vamos no mononokean.- disse calmo

Lucy: Mas como vamos no mononokean?

Natsu: Luce eu sou o mestre do mononokean e além disso o mononokean é um yokai.

 

O quê? Mas como o mononokean é um yokai?

 

Lucy: o mononokean....é um yokai?

Natsu: sim, bom o mononokean é um yokai ele pode nos transportar para onde quero se eu lhe pedir e mais ele pode falar contigo.

Lucy: incrível- disse com os olhos brilhantes - então vamos começar a missão.

 

Autora narrando

 

Natsu chamou o mononokean e lá dentro estava  o mitsuchigura  e o rosado explicou a situação e disse que a Lucy ia encontrar a sua máscara o que lhe deixou feliz (mesmo sem a máscara). 

 

*|No templo|*

 

Lucy sai do mononokean e começou a procurar pela máscara mas nenhum sinal dela ela tava horas à procura mas mesmo assim não tinha nenhum dela até que ouve uma voz de alguém.

 

???: Quem está ai?

 

O corpo da loira congelou por essa ela não esperava pois pelo aspeto do templo parecia abandonado mas como não queria que a sua vida ficasse mais complicada ela decidiu sair entre os arbustos.

 

Lucy: e-eu.

???: quem és tu? e o que estás aquia fazer no meu templo?

Lucy: desculpa é que eu perdi uma coisa aqui e o meu nome é Lucy Heartfilia prazer.

???: prazer é todo meu Lucy-san e desculpa a grosseria o meu nome é Wendy Marvell prazer.

Lucy: se eu vive-se aqui também ficaria assim Wendy e já agora o templo é teu?

Wendy: mais ou menos o templo é do meu pai mas como ele está muito estranho esses dias eu que estou tomando conta.

Lucy se tocou sobre a máscara: Wendy- atraiu a atenção da azulada- posso ver o teu pai?

Wendy: ãhn? Para quê Lucy-san?

Lucy: Bom...é....que...eu acho que sei o que o teu pai tem.

Wendy: o quê? o que o meu pai têm ele? ele vai morrer? 

Lucy: calma ele não vai morrer- disse deixando a azulada alíviada- mas posso vê-lo ou não?

Wendy: Claro!

 

Wendy puxou a Lucy para dentro do templo e quando entraram a loira ficou maravilhada com a decoração era simples e moderna nada fora do sítio digno de um belo templo.

 

Wendy: Oto-sama 

???: ó Wendy já chegaste da escola e vejo uma bela loira ai ao pé de ti é tua amiga?

Wendy: Não pai ela veio aqui te corar e o nome dela é Lucy.

Lucy: prazer senhor?

???: Ashiya prazer Lucy.

Lucy: prazer é todo Ashiya-san- deu um sorriso simpático, mas o que ela não sabia era que havia um mestre rosado a espreitar tudo o que estava acontecendo.

Ashiya: bom Lucy pelo o que a Wendy disse tu vieste aqui me corar não foi?

???: Errado.

Ashiya: quem está aí?

???: Luce é feio mentir sabia- deu o seu típico sorriso sacana.

Lucy: Cala a boca Natsu eu não estou mentindo eu estou omitindo.

Natsu: mas vai dar tudo ao mesmo minha querida.

Lucy: ãhn? o que estas a insinuar tu não notaste que a máscara do mitsuchigura está na cara do senhor Ashiya!?

Natsu: isso eu notei Luce mas tu não vais curá-lo era só para encontrares a máscara e o resto cuido eu.- mais uma vez deu o seu sorriso sacana.

Lucy: ora seu...- disse com raiva.

Natsu: cuidadinho ai não insulta a minha mãe não ela me criou muito bem.

Lucy: eu não perder a minha sanidade aqui em frente da Wendy e do senhor Ashiya, eu já encontrei a máscara agora vaz o teu trabalho Natsu.

Natsu: sim senhora.

 

Natsu meteu a sua mão na máscara e começou a fazer o seu exorcismo e ao passar alguns minutos pôde se ver a máscara ser removida da cara do Ashiya.

Wendy: uau! arigatou e já agora como te chamas algodão doce- disse arrancado um risinho da loira.

Natsu: a-algodão do-doce? 

Wendy: sim o teu cabelo é da cor do algodão doce.

Lucy: hahahahahahaha 

Natsu: e tu estás a rir-te do quê ãhn Luce! olha aqui pequenina o meu nome é Natsu Dragneel e o teu?

Wendy: Wendy Marvell 

Natsu: olha aqui Wendy o teu pai ele não estava doente ele tinha uma máscara de um yokai preso na cara dele o que lhe estava a posuir e lhe dar comportamentos estranhos com rir sem parar ou dizer anedotas secas.

Wendy: então era isso mas Natsu-san, os yokais existem mesmo?

Natsu: sim porque?

Wendy: nas lendas dizem que os yokais são seres imaginários e só as pessoas que têm dons os podem ver isso quer dizer que tu e a Lucy-san têm esse dom?

Natsu/Lucy: sim

Wendy então porque eu não consigo ver e vocês dois sim?

Lucy: isso eu também gostaria de saber Natsu porque?

Natsu: bom um dia vos explicarei, agora vamos embora Luce a Wendy precisa de cuidar do Ashiya-dono.

Lucy: têns razão e além disso está a fazer-se tarde.

Wendy: até um dia Lucy-san, Natsu-san.

Natsu/Lucy: adeus Wendy.

 

Natsu chamou o mononokean e o mitsuchigura ficou ainda mais feliz (com a máscara) e ele foi para o submundo feliz e depois Lucy se despediu do Natsu com um beijo na bochecha e foi se embora.

Natsu narrando

Ai Luce... tu nem imaginas a vontade que eu tenho de te ter e debaixo do meu kimono já diz tudo e lá vou ter que me aliviar.

 

 


Notas Finais


ui ui o safadão ja ta a nascer mas não agr muito antes do happy hehe
espero que tenham gostado do capitulo pois eu gostei de o escrever
e nos vemos na proxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...