História Fun - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, V
Tags Taehyung, Taetae
Exibições 2
Palavras 743
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeong <3
Essa é minha primeira fanfic do BTS
Espero que fique boa :/
Pretendo fazer algo curto...
Desculpem os erros.
Espero que gostem, amores <3

Capítulo 1 - Bolhas de sabão


Fanfic / Fanfiction Fun - Capítulo 1 - Bolhas de sabão

Rachel, 20 anos, universitária.
Eu tenho uma rotina complicada.
Meu foco é único: Irei me formar e ter uma carreira de sucesso.
Minha mãe sempre me enche o saco e pergunta quando vou arrumar um noivo, mas não tenho tenho tempo pra esse besteirol todo de romance, corações e beijinhos.
Eu sou uma pessoa séria, sigo apenas a minha razão.
Pra ser sincera não sei o que é diversão, não cheguei a ter amigos desde a infância por ser ''chata demais". Mas não ligo pra isso, tudo na minha vida estava seguindo conforme os meus planos...
Eu tinha uma vida turbulenta, mas amava meus momentos de calmaria e uma atmosfera aconchegante!

- Eu tinha milhares de livros empilhados, não aguentava mais tantos artigos, a mesa que ficava no canto do meu quarto estava imersa em papéis que eu precisava organizar...
Aproveitei uma tarde de domingo pra ir à algum lugar calmo pra pôr a leitura em dia.
Não muito longe de onde eu morava havia uma ponte. O barulho da água do rio, a brisa... O clima estava perfeito.
Eu naveguei pelas páginas...

Estava completamente fora da realidade. Quando estou lendo toda minha atenção se volta para aquilo. Mas fui distraída por uma pequena bolha que pousou sobre as páginas e estourou, deixando marquinhas por todos os cantos. Então veio mais outra...
Levantei o olhar e vi que não muito longe de mim havia um rapaz de pele clara e cabelo acobreado fazendo bolhas de sabão.
Ele parecia uma criança, encatado por aquela infinidade de bolinhas reluzentes flutuantes.
Me aproximei dele. Acho que por curiosidade...

- Você não é bem grandinho pra brincar disso? - soltei num tom sarcástico
- 21 - ele replicou.
Não respondi. Ele não aparentava a idade que tinha, parecia bem mais jovem.
- Elas são ótimas, não acha?
- Mancharam meu livro.
- Oh, me desculpe.
- Está tudo bem. Foi só o vento. - o silêncio voltou então resolvi falar - Faz isso sempre?
- Sempre! Adoro bolhas! Você não? - Disse ainda mais sorridente.
Eu ri.
- Você precisa de um pouco mais de alegria na sua vida.
- Você nem me conhece.
- Eu posso te ajudar. - soprou bolhas em minha direção.
Soltei um gritinho.
Aquele cara era patético. O que eu ainda estava fazendo ali?
- Eu vou voltar agora.
- Tchauzinho, moça...

Cheguei em casa e me joguei na cama. Fiquei pensando que ideia eu tinha quando falei com aquele cara... Ele era um desconhecido qualquer. Mas agora já passou e pensando bem eu mereço um descanso. Acho que vou ficar por aqui mesmo. Tirei os sapatos e caí no sono.

                        oOo

Passei pela livraria, tinha que dar uma olhada nuns novos volumes que eu precisava, quem sabe umas revistas de ciências também...
Quando passei pela sessão de mangás lá estava...
O rapaz das bolhas de sabão.
Não me importei muito, mas ele percebeu minha presença e me reconheceu
- Parece que nos encontramos novamente, moça!
- Que coincidência - eu ri.
- O que está procurando?
- Você trabalha aqui?
- Só estou tentando ser simpático!
Talvez não houvesse nenhum mal em uma conversa rápida. Aquilo não se extenderia.
- Procuro livros pra Universidade.
- Está sempre com a cara enfiada nos livros?
- É uma fase difícil. Estou dando o máximo de mim. - resolvi dar uma olhadinha nas edições que haviam por lá. Apenas para não ser poder continuar a conversa.
- Você gosta de cultura japonesa?
- Eu lia quando era pequena. Não tenho mais tempo pra essas coisas. E vc sempre fazendo coisas de criança?
- Sim! Espero que não pergunte isso toda vez!
Rimos
Conversamos mais um pouco e saímos, passamos em frente à uma cafeteria, ele me convidou:
- Você quer alguma coisa?
- Não, obrigada!
- Parece com fome! - realmente! Eu tinha acabado de voltar da universidade e estava esgotada.
- Tudo bem, mas só um café!
- Como quiser!
Estranhei. Me sentia bem enquanto estava com ele. Ele me fazia piadas bobas e eu ria.
Nossas conversas não acabavam e só nos conhecíamos a alguns minutos.
Ele não veio até minha casa. Nos separamos no caminho.
Passei um tempo pensando no ocorrido.
Ele era interessante, engraçado, mas não tinha muitas expressões. Talvez fosse uma pessoa legal! Eu passei um longo tempo pensando nele...
Talvez não o visse de novo.
Tudo aquilo era mera casualidade.

Foi assim que eu conheci Kim Taehyung.


Notas Finais


Esse capítulo foi mais uma apresentação!
O próximo será mais longo!
Prometo!
Até a próxima :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...