História Furacão Paixão!!! - Capítulo 28


Escrita por: ~

Visualizações 49
Palavras 2.367
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Comentem

Capítulo 28 - Sequestrada!!!


NO ULTIMO CAPITULO:

Kate: Quem está ai?

XXXXXXX: Fica quieta se não quiser se machucar. - Disse uma voz masculina, em um tom frio e grosso.

Kate: Foi você quem enviou aquela carta?

XXXXXXX: Você não me ouviu? CALA ESSA BOCA! - Ouço ele gritar e rapidamente sinto um soco um minha bochecha.

Ele tira o pano de meu rosto e revela quem está junto a ele.

Kate: Você?

Kate: Kath?

Kath: Achou que estava livre de mim só porque o Mikael terminou comigo?

Kate: Mas por que?

Kath: Depois que o Mikael descobriu o meu plano para afastar vocês dois, ele disse que nunca mais queria me ver, e isso me fez ficar com mais raiva ainda de você, infelizmente eu não sabia mais nada de você, você não morava mais na casa do seu tio, eu perdi o contato com você, então eu fiz alguns aliados, ou digo melhor aliadas.

Ela diz isso e calmamente Ster e Karen aparecem na sala.

Conheci a Ster pouco tempo depois de você dar uma surra nela, parece que ela está morrendo de raiva de você, já a Karen, conheci ela a poucos dias, pedi para o Nicholas meu assistente seguir vocês na viajem, então ele me trouxe ela, e quando eu disse que deixaria você aos pés dela, ela topou na hora.

Kate: Vocês são loucas.

Kath: Olha lá como fala da gente entendeu? Nicolas. - Disse estalando os dedos.

Nicolas veio rapidamente e me deu outro soco no rosto.

Kath: Acho que está na hora de termos a nossa vingança não é meninas?

Ster: Com certeza.

Karen: Vamos ver o quão forte ela é.

As três vieram até mim com a intenção de me machucar, "Meu Deus, me ajuda." fechei os olhos e senti o primeiro golpe.

(MIKE)

Começo a sentir algo ruim dentro de mim, como se a Kate estivesse sendo machucada, meu coração se apertou completamente.

Bibi: Mike, volta pra casa agora, eu achei uma coisa.

Pac mandou mensagem para os outros enquanto eu ia rapidamente para o apartamento.

Chegando lá todos agoniados e sem notícias da Kate, vi que o amigo policial de Lukas já estava lá com alguns parceiros de trabalho.

Mike: Bibi o que foi que você descobriu.

Bibi: A Kate postou uma coisa no Twitter.

Rafael: E o que ela disse?

Bibi: Live ás 18:00 no canal.

Pac: Só isso?

Bibi: S-Só.

Malena: Já são 17:54, já vai começar, vou conectar na TV.

Assim que da o horário, a live começa, todos nós ficamos chocados com o que vimos.

Malena: Ai meu Deus! - Malena diz começando a chorar.

Kate estava amarrada em uma cadeira, chorando, seus olhos estavam inchados e vermelhos, havia hematomas por todo o seu rosto, seu nariz estava sangrando assim como sua boca, meu punho se fechou e eu comecei a tremer.

XXXX: Espero ver todos dessa live amanhã para o grande final. Você deve estar se perguntando o que acontecerá no grande final?  Não é óbvio? Nós vamos matar a Kate ao vivo para todos vocês verem.

Rafael: Batista, grava essa transmissão.

Batista: Pode deixar. - Disse iniciando o programa de gravação no notebook e gravando a transmissão.

XXXX: Se algum de vocês não acredita e acha que é fake, vamos dar uma amostra pra vocês.

Ouvimos um estalar de dedos e um homem encapuzado e de mascara da três socos em Kate, sua boca volta a sangrar, sinto uma lágrima rolar entre meus olhos.

XXXX: Gostaria de dizer alguma coisa ao seu público Kate?

Ela tenta dizer mas o sangue em sua boca bloqueia suas palavras.

XXXX: Agora vamos deixa-los a par da situação.

A pessoa diz isso e o mesmo homem mascarado aparece com um canivete e passa a lâmina em sua bochecha fazendo muito sangue sair dali, após isso ela leva mais dois socos fazendo ela abaixar a cabeça e mostrar seu cabelo também todo sujo de sangue.

XXXX: Parece que a nossa Kate é mais forte do que nós  pensávamos, vamos ver até onde mais ela aguenta.

Nessa hora o homem mascarado desamarra ela fazendo com que suas mãos ficassem completamente moles, ele pega ela no colo e a leva para outro lugar a pessoa que está atrás da câmera, mostra outra visão, dessa vez eles estão em outra sala e o homem tira a blusa de Kate deixando-a apenas de sutiã, ele a amarra em pé fazendo ela ficar pendurada pelos pulsos, seus hematomas no tronco são horríveis.

XXXX: Bom agora vamos ver se a senhorita marrentona consegue sobreviver.

A pessoa diz isso e o homem mascarado aparece no vídeo novamente enchendo Kate de socos na região da costela e da barriga, consigo ver que seus pés estão se movimentando de um jeito estranho.

Mike: Rafa olha os pés dela, eles estão se mexendo de uma forma estranha.

Rafael: Tem razão, eu acho que ela tá tentando dizer alguma coisa.

Pac: Com certeza ela sabe que a gente tá assistindo.

Mike: por falar em assistindo, quantas pessoas estão vendo a live?

Batista: 890.482 pessoas, esse é o recorde de qualquer canal brasileiro.

Pac: Todas essas pessoas podem ajudar a encontrar alguma coisa.

XXXX: Bom parece que a barriga dela está um pouco limpa não é verdade?

Ela diz isso levando a câmera até Kate o homem mascarado da o canivete para a pessoa que está segurando a câmera e narrando, ela pega o canivete e o passa na costela de Kate, que grita muito, muito sangue começa a sair da região do corte.

XXXX: Agora você consegue falar?

Kate: R-Rafael... vai se ferrar. - Diz tossindo sangue.

Olho para Rafael e uma lágrima cai de seu olho.

Pac: Rafa, o que foi?

Rafael: Ela se lembra.

Lukas: Se lembra do que?

Rafael: Pode parecer bobagem mas quando eu e a Kate eramos crianças, a gente tinha um código só nosso, a gente usava palavrões para dizer o nome de locais, por exemplo: Caralho significava casa, então vai se ferrar significa galpão, a gente brincava em um galpão quando crianças.

Mike: Então ela está em um galpão, mas onde.

Rafael: Batista para de gravar e me da o arquivo para eu ver uma coisa.

Batista: Ok, vou gravar com o outro note.

Rafael ficou analisando aquele vídeo, enquanto Kate continuava a ser torturada.

Rafael: Eu sabia, eu encontrei uma mensagem da Kate através de alguns gestos que ela fez com as mãos e com os pés. Presta atenção nessa parte. - Ele vira o pc para nós. - Ela faz alguns movimentos de abrir e fechar com os dedos.

Pac: Tá e o que é isso?

Rafael: São números, a Kate tem memória fotográfica isso deve ser um CEP, se eu entendi certo os números que ela fez com a mão foram 08141.

Bibi: Não pode ser um CEP, faltam 3 números.

Rafael: Exato, os que ela faz com os pés quando é amarrada pelo pulso, ou seja 720.

Policial: Vou mandar para a central analisar este endereço e pedir para procurar um galpão por lá.

Mike: Não precisa.

Todos me olham com duvida.

Pac: Como não precisa Mike.

Mike: Não precisa porque eu sei onde é.

(KATE)

Espero que o Rafa entenda o meu recado, foi muito bom eu ter visto o CEP daqui pelo vitro da sala, meu corpo está doendo muito, não consigo mais falar nada, essas mulheres são loucas.

Kath: Bom acabei a transmissão, deveria me agradecer, você bateu o recorde de visualizações de uma livestream, pelo menos vai saber disso antes de morrer.

Ster: Agora que ela vai morrer o MIkael vai ser todo nosso.

Hum.

Kate: Me desculpem por falar isso, mas depois que eu morrer quem que vai ficar com o Mikael? Digo tossindo sangue.

Karen: Garota tola, é claro que é comigo que ele vai ficar.

Ster: Deixa de ser ridícula, o Mikael vai ficar comigo.

Kath: Deixem de ser burras não está vendo que ela está fazendo isso de propósito.

Ster: Tem razão, ela está merecendo apanhar mais.

Ela vem em minha direção com a intenção de me bater, como ainda estou pendurada pelos pulsos não consigo desviar, então ela me da vários socos na minha barriga, realmente não dói tanto quanto os socos de Nicholas então não senti muita dor.

Kate: É só isso? Por que não manda seu cachorro me bater se você não tem força. - Digo rindo.

Karen: Não precisamos do Nicholas para acabar com você.

Kate: Mas para isso eu preciso estar amarrada. Admitam vocês morrem de medo de mim.

Kath: Não vamos cair nos seus joguinhos Kate, Nicholas!

Kate: Não estou jogando, só estou dizendo que mesmo eu acabada, se eu estivesse solta ainda conseguiria acabar com vocês três.

Nicholas entra na sala.

Kath: Vamos ver se ela fica quieta agora.

Nicholas se aproxima de mim e soca várias vezes meu rosto e minhas costelas.

Kate: Podem me bater a vontade, além disso Karen e Ster, por que estão aqui?

Karen: O que quer dizer?

Kate: Estou querendo dizer que vocês não foram uteis para nada até agora, e no final disso tudo é a Kath quem vai ficar com o Mikael.

Ster: Kath do que ela está falando?

Kate: É sério que vocês acharam que as três ficariam com o Mikael? Ster, o Mikael te odeia por você ter feito eu brigar com ele, Karen o Mikael não vai querer mais ver a sua cara pois agora ele sabe que você me ameaçou, Kath é a unica que sobra, eles namoraram por muito tempo e com o tempo ele vai esquecer o que ela fez e vai voltar pra ela, pensem um pouco né.

Ster: Kath isso é verdade?

Kath: É-É claro que não, não acreditem no que essa idiota está falando.

Karen: Kath, o que ela diz faz muito sentido, você tá enganando a gente?

Kath: E porque eu enganaria vocês? - Grita com raiva. - Eu chamei vocês aqui para matar a Kate.

Kate: É isso ai, elas me matam e vocês posa de vítima se a polícia aparecer.

Ster: Kath eu não acredito que você fez isso. - Diz se aproximando de Kath.

Kath: Eu fiz mesmo, e o que as duas estão pensando em fazer a respeito hein? - Diz mostrando o canivete para as duas.

Karen: K-Kath abaixa esse canivete.

Kath: Ah, não estão mais corajosas agora não é?

Kate: Realmente eu não esperava que você as fariam se render fácil assim.

Kath: Você quer calar essa boca garota idiota, se não você vai morrer aqui e agora.

Kate: E quem é que vai me matar? Você? Pff. - Eu a provoco.

Kath: Você acha que eu não consigo te matar?

Kate: Não.

Kath: Ainda bem.

Kate: Eu não acho, eu tenho certeza, você não é nada mais que uma zé ninguém que levou um toco porque não se contentou em saber que a pessoa que você gostava amava outra pessoa.

Kath: Ora sua... - Diz correndo em minha direção com o canivete na mão.

Ela caiu, ainda tenho forças para por a minha estratégia em prática, ela corre até mim e tenta dar o golpe com o canivete, porém eu consigo desviar fazendo o canivete quebrar na barra de ferro atrás de mim, seu corpo perde um pouco de equilíbrio fazendo ela ficar somente em uma perna, rapidamente eu a chuto com minha perna direita e ela cai entre algumas barras de ferro pontudas fazendo um pedaço de ferro ficar enfincado em sua mão direita, Ster e Karen me olham assustadas.

Kate: Vão me soltar ou não?

Ster: Soltar? Quem disse que vamos te soltar. 

Karen: Ainda queremos você morta.

As duas pegam pequenas barras de ferro e veem em minha direção. "Pessoal cheguem logo." Nicholas chega na sala com uma arma pequena na mão, me fingi de desmaiada.

Nicholas: O que aconteceu com ela? - Estava se referindo a Kath.

Karen: Ela a derrubou. - Diz apontando para mim.

Nicholas: Ela? Mas ela está desmaiada e algemada, foi uma de vocês, como vocês puderam fazer isso com ela, ela pensou em vocês. - Diz apontando a arma para as duas e se virando de costas para mim.

Ster: Não fomos nós, você tem que acreditar.

Nicholas: Se ela não acordar eu mato vocês duas. - Diz andando de costas até mim.

(MIKE)

Finalmente chegamos no galpão, espero que Kate esteja bem.

Policial: É melhor você ficar aqui, lá dentro é muito perigoso. - O policial diz para mim.

Mike: Claro, apenas salve a Kate, por favor.

Ele assente e vai junto com os outros e arrombam o galpão, um silêncio invade e ouço um homem gritar de lá de dentro, tudo fica quieto por uns segundo e logo em seguida eu escuto um tiro, eu saio do carro e corro para dentro do galpão, vejo Kate desmaiada e pendurada com... "Meu Deus".

(KATE)

Alguns segundos antes:

Ouvimos o barulho da policia.

Nicholas: Por que chamaram a policia? Vocês são malucas?

Karen: Não fomos nós.

Nicholas: Então quem foi? Ela? - Diz rindo e apontando para mim.

Ster: A gente não sabe como a policia chegou aqui, a gente jura.

Policial: PARADOS SE RENDAM AGORA!! - Diz um dos policiais arrombando a porta.

Kath acorda e logo nota o que está acontecendo.

Kath: Ai meu Deus, eles nos sequestraram. Diz apontando para Nicholas, Karen e Ster.

Nicholas a segura pelo pulso e a puxa para si.

Nicholas: Sua traíra, se você acha que vai se safar assim você está enganada, abaixem as armas ou ela morre.

Os policiais abaixam lentamente as armas e as deixam no chão.

Nicholas: Agora todos nós vamos sair.

Volto a abrir meu olhos e paro de fingir estar desmaiada, Nicholas está bem na minha frente e de costas para mim, minhas forças se reúnem e eu consigo empurra-lo para o lado com as pernas, fazendo com que ele caia no mesmo lugar em que Kath caíra antes, na queda um ferro afiado perfura seu ombro direito, sua mão ainda segurando a arma, bate no chão e o gatilho se puxa com a arma apontada para mim, minhas forças se esgotam e eu não consigo fazer qualquer movimento, apenas sinto algo horrível em minha costela.

 

Continua...


Notas Finais


Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...