História Gabriela e Dinah Jane - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane, Lauren Jauregui, Normani Kordei
Exibições 39
Palavras 1.196
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Gabriela e Dinah Jane - Capítulo 3 - Capítulo 3

P.O.V: Gabriela

Estava dormindo quando sinto alguém pulando em cima de mim, joguei a pessoa no chão e virei para o lado pra voltar a dormir.

-Tem te ligando e eu acho que é uma das garotas.- Assim que a pessoa disse isso eu pulei da cama.

-Cadê meu celular?- Perguntei pra Nanda nervosa.

-Deixei lá na sala.- Ela me respondeu e eu desci as escadas correndo.

Peguei meu celular e tinha uma chamada perdida e eu rapidamente retornei.

-Gabriela?- Perguntou e assim que eu reconheci a voz da Dinah eu gelei.

-Dinah?- Perguntei sorrindo.

-Sim e que tem como você vir buscar eu e as meninas de carro por que a gente não sabe andar por aqui?- Perguntou.

-Claro eu passo ai, mais eu estou querendo levar vocês pra uma praia mais reservada por que se não os fãs e os paparazzi vão ficar muito em cima e vocês não irão aproveitar nada.- Falei me deitando no sofá

-Claro, mais qual praia e a mais reservada?- Perguntou.

-Meus pais tem uma casa em frente a praia, estava pensando em levar vocês lá por que ninguém vai lá a não ser o pessoal aqui de casa ai pra vocês aproveitarem bem a gente dorme lá e volta só amanhã, e como hoje e sábado eu não tenho faculdade mesmo e ai topa?- Perguntei ansiosa. Escutei as garotas gritando que sim, o celular de está no Viva Voz.

-Sim a gente topa.- Respondeu e eu sorri.

-Então daqui a 2 horas eu passo ai por que ainda são 6 horas da manhã, vou só arrumar a minha mala e tomar banho.- Falei já me levantando e indo avisar pro povo arrumar a mala.

-Ta bom, até daqui a pouco.- Falou.

-Até.- Falei e desliguei.

Cheguei no quarto de hospedes e acordei a Carla e Luana que dormiram aqui por conta da praia, falei pra elas pedirem pro meu motorista levar elas para casa pra fazerem a mala e depois voltarem. Fui pro meu quarto e avisei a Nanda pra arrumar a mala dela já que ela tem mais roupa aqui do que na casa dela. Fui no quarto do meu irmão e depois no da minha irmã e disse a mesma coisa e fui falar com meus pais que estavam no quarto deles.

-Pai eu posso ir pra casa de praia e levar meus irmãos e uns amigos?-Perguntei pro meu pai já que a minha mãe estava no banho.

-Claro que pode filha, vai voltar ainda hoje?- Perguntou sorrindo.

-Não pai iremos voltar amanhã.- Respondi e ele levando pegando 2 chaves e me entregando.

-Uma chave e da porta da sala e a outra e da sala de estar que da direto pra uma vista da praia.- Me explicou

-Obrigada pai, mais onde está as chaves dos quartos?- Perguntei.

-Em cada quarto tem uma chave na porta.- Respondeu.

-Ta bom pai, obrigada novamente mais eu tenho que ir arrumar as minhas coisas e buscar as garotas.- Falei e sai do quarto antes que minha mãe saísse do banheiro e me perturbasse como sempre.

Arrumei a minha mala e fui tomar banho, Nanda já tinha ido pro quarto que eu já falo que e dela. Assim eu terminei escovei os dentes e coloquei uma cueca preta, um short jeans com um casaco xadrez amarrado na cintura, uma blusa branca com a estampa de uma caveira preta, coloquei um all star preto, meu óculos escuros, penteei meu cabelo e coloquei meu boné escrito Mendes e sai do quarto com minha mala e todo mundo já estavam na sala.

-E ai vamos?- Perguntei pegando as chaves da casa de praia e do meu carro.

-Tem muita gente pra um carro só.- Disse Luana.

-Vocês vão com o Gabriel e eu vou buscar as meninas.- Falei indo em direção a porta.

-Me da a chave da casa por que vamos chegar primeiro.- Disse Gisele e eu entreguei as chaves, guardei a minha mala no carro e entrei. Abaixei o vidro e gritei.

-Se cuidem crianças.- Gargalhei quando eles me manda mandaram dedos.

Cheguei rapidamente no apartamento aonde elas estavam hospedadas e assim que reconheceram que o carro era meu os paparazzi vieram correndo tirando fotos, os seguranças vieram para liberarem a passagem e depois de uns 10 minutos eu consegui entrar. Liguei pra Dinah e ela me disse o número do quarto que estão hospedadas é eu subi e a porta já estava aberta entrei e cara a Dinah estava muito gata (Roupa Da Capa).

-Gaby, para de babar na Dinah e vamos.- Disse Lauren.

-E vamos.- Falei coçando a nuca com vergonha.

Coloquei as malas no carro e entrei, as garotas sentaram no banco de trás e adivinha quem sentou no banco da frente comigo, se você disse Dinah acertou. Cara que pernas são essas. Tiramos uma foto dentro do carro e Normani postou no twitter. Pra sair do apartamento foi outro sacrifício, mais o resto do caminho foi maior zoeira. Chegamos uma hora e meia depois. Assim que descemos do carro elas ficaram de boca aberta e eu sorri, estava com saudades dessa casa. Vi o carro do meu irmão e um outro carro bastante conhecido e tremi de raiva não sei o que a Rebeca veio fazer aqui mais ela iria ir embora agora.

-O que aconteceu?- Perguntou Lauren assim que me olhou.

-Digamos que a piranha da Rebeca veio sem ser convidada.- Respondi e entrei casa com elas me seguindo dei de cara com ela deitada no sofá e a Nanda de braços cruzados na frente dela.

-Posso saber o que você está fazendo aqui?- Perguntei ficando igual a Nanda na frente dela.

-Ue a minha namorada veio passar um dia aqui e eu vim também, algum problema?- Perguntou se sentando.

-Claro que tem um problema, por que primeiro eu não tenho nada contigo, segundo eu não quero ter e terceiro vai embora agora por que essa casa e minha e você não e bem vinda.- Respondi e puxei ela pelo braço peguei a chave do carro dela, abri a porta e joguei ela lá dentro e Fechei a porta.

-A minha mala está lá dentro.- Disse dando um sorrisinho irritante.

A Nanda me disse qual era a mala dela e eu peguei e joguei dentro do carro.

-Vou falar pra sua mãe que você me bateu e me expulsou.- Falou.

-Pode falar pra quem você quiser e eu não te bati mais eu te garanto que se você continuar aqui eu irei te bater.- Falei com raiva e a Dinah me segurou quando eu ia ir pra cima dela.

-Você não tem coragem.- Falou Rebeca rindo.

-Você não sabe do que eu sou capaz garota.- Falei com a voz carregada de ódio e ela ligou o carro e foi embora.

Dinah me abraçou e eu me acalmei rapidamente.

-Como ela sabia que você viria pra cá?- Perguntou se separando do abraço.

-Digamos que eu e minha mãe não nos damos muito bem.- Respondi meia triste.

-Entendi, mais esqueci isso por que viemos nos divertir.- Falou sorrindo.

-Me desculpa por quase agora.- Pedi.

-Não precisa se desculpa, vem vamos nos divertir.- Ela disse me puxando pra dentro.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...