História Gabriela e Dinah Jane - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane, Lauren Jauregui, Normani Kordei
Exibições 41
Palavras 1.939
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Capítulo 4


P.O.V: Gabriela

Assim que entramos eu fiquei sabendo que ia dividir o quarto com a Dinah e eu me esforcei para não pular de felicidade. Assim que entramos no quarto em que íamos ficar a Dinah ficou de boca aberta com a vista que tem para a praia.

-Esse quarto é lindo.- Ela disse maravilhada.

-Não mais que você.- Sussurei e dei graças a Deus ela não ouviu.

-Disse algo?- Perguntou me olhando com um sorriso perfeito.

-Não.- Respondi sorrindo também.

-Quero ir pra praia logo.- Ela disse abrindo a mala.

-Depois que a gente sair da praia vou te levar no meu lugar preferido aqui na casa.- Falei me sentando na cama.

-Tenho certeza que irei adorar.- Falou sorrindo e indo em direção ao banheiro.

Essa garota vai me deixar maluca, nunca me senti tão atraída por alguém assim. Peguei meu celular e fiquei vendo o Twitter meus seguidores aumentaram e a maioria são fãs do Fifth Harmony deve ser por que os Paparazzi fotografaram a gente saindo juntas de carro. Escutei um barulho de porta abrindo e olhei na direção, eu tenho certeza que se eu não estivesse sentada eu cairia, Dinah estava só de biquíni na minha frente eu fiquei de boca aberta.

-O que foi está feio?- Perguntou de cabeça baixa, peguei meu biquíni e meu short e fui até ela coloquei minhas mãos no rosto dela e levantei a cabeça dela.

-Você está perfeita Dinah.- Falei olhando nos olhos dela e indo pro banheiro.

Tomei um banho rápido, coloquei meu biquíni preto e um short tactel preto, sai do banheiro e a Dinah não estava mais, coloquei meu chinelo, peguei meu celular e desci. Como não tinha ninguém dentro de casa, peguei minha prancha fui em direção a praia. As garotas estavam deitadas tomando sol e meu irmão estava surfando, dei meu celular na mão da Gisele e fui em direção ao mar, as ondas estão perfeitas pra surfar, depois de algumas manobras fui em direção as garotas que estavam tirando fotos. Coloquei a minha prancha na areia e deitei em cima dela.

-Você surfar bem.- Disse Dinah.

-Obrigada.- Agradeci sorrindo.

Levantei e peguei meu celular e tirei uma Selfie com geral e postei no twitter com a legenda: final de semana com as melhores pessoas do mundo. E marquei elas. Me sentei e começamos a conversar.

-Da onde você conhece a Lauren?- Perguntou Ally deitada com a cabeça no colo da Carla.

-Eu nasci aqui no Brasil só que quando eu tinha 5 anos meus pais tiveram que se mudar pra Miami, na Flórida, virei vizinha da Lauren e acabamos virando melhores amigas, quando eu fiz 15 anos meus pais decidiram voltar para o Brasil, sentia muita falta da Lauren só matinha contato por ligação, quando Fifth Harmony ficou conhecida eu fiquei muito feliz por ela só que perdemos o contato.- Respondi.

-E por que você não me disse isso antes?- Perguntou Nanda revoltada.

-Por que eu não quis.- Respondi dando de ombros.

-Sua galinha.- Falou me fuzilando.

-Gisele me diz que você ligou pra Dona Ana e pediu para ela fazer as compras?- Perguntei nervosa.

-Sim eu liguei.- Respondeu.

-Então eu vou só dar mais um mergulho e vou fazer a janta por que nem almoçamos ainda.- Falei me levantando.

-Estou com saudades da sua comida.- Disse Lauren sorrindo.

-Quero só ver se a comida e boa mesmo.- Falou Dinah.

-A minha comida e a melhor de todas.- Falei correndo em direção ao mar e todo mundo veio atrás.

Depois de maios ou menos 1 hora brincando eu fui tomar banho e depois fazer a jantar, decidi fazer lasanha, assim que a comida ficou pronta eu chamei geral e eles foram tomar banho, depois de uns 30 minutos todo mundo desceu, se serviram e começaram a comer.

-E ai Dinah gostou?- Perguntei sorrindo.

-Isso está maravilhoso.- Respondeu sorrindo.

Depois que acabamos de comer fomos pra sala e deixamos a louça com o Gabriel e Luana.

-Vem comigo Dinah, vou te levar pro meu lugar preferido na casa.- Sussurei levantando e subimos a escada ela me seguiu e paramos em frente a uma porta abri ela e descemos as escadas assim que chegamos a Dinah ficou de boca aberta.

-Isso e magnífico.- Disse mexendo nos instrumentos da sala de música.

-Aqui é o meu lugar preferido, quando eu estou querendo relaxar venho pra cá e fico tocando violão.- Falei sorrindo.

-Você sabe tocar só violão?- Perguntou curiosa.

-Não, eu sei tocar todos os instrumentos sempre me interessei em aprender a tocar, por isso fasso faculdade de música.- Respondi sorrindo.

-Eu amo a música, sinto que ela está conectada a mim e de alguma forma me faz sentir mais viva.- Disse se sentando.

-Vamos cantar?- Perguntei pegando o violão e me sentando ao seu lado.

-Claro, qual música?- Perguntou sorrindo.

-Sledgehammer.- Respondi.

-Boa escolha.- Disse.

[Sledgehammer]

If you could take my pulse right now It would feel just like a sledgehammer If you could feel my heartbeat now It would hit you like a sledgehammeyet

I don't admit it, I play it cool Every minute that I'm with you I feel the fever and I won't lie, I break a sweat My body's telling all the secrets I ain't told you yet

Oh oh, I struggle to contain The love that's in my veins And how it circulates

If you could take my pulse right now It would feel just like a sledgehammer If you could feel my heartbeat now It would hit you like a sledgehammer

You've taken over the beat of my body You just don't let up, don't let up You've taken over the beat of my body But you lift me up, lift me up

If you could take my pulse right now It would feel just like a sledgehammer If you could feel my heartbeat now It would hit you like a sledgehammer

So close together, so far apart You're turning me on And my body's waiting for your spark

Oh oh, I struggle to contain The love that's in my veins And how it circulates

If you could take my pulse right now It would feel just like a sledgehammer If you could feel my heartbeat now It would hit you like a sledgehammer

You've taken over the beat of my body You just don't let up, don't let up You've taken over the beat of my body But you lift me up, lift me up

If you could take my pulse right now It would feel just like a sledgehammer If you could feel my heartbeat now It would hit you like a sledgehammer

The truth is out, no stopping now I'm getting closer I've had enough, undressed my love I'm coming over

If you could take my pulse right now It would feel just like a sledgehammer If you could take my pulse right now It would feel just like a sledgehammer If you take my pulse

You've taken over the beat of my body You just don't let up, don't let up You've taken over the beat of my body But you lift me up, lift me up

If you could take my pulse right now It would feel just like a sledgehammer If you could feel my heartbeat now It would hit you like a sledgehammer.

Assim que terminamos de cantar eu passei a mão no rosto dela e fui me aproximando, quando eu estava a centímetros da boca dela eu esculto várias palmas e me afasto rapidamente e olho pra trás e as garotas estão batendo palmas.

-Isso foi incrível.- Disse Normani pulando.

-A voz de vocês ficaram perfeitas juntas.- Disse Camila sentando do lado da Dinah.

-Podem até fazer um dueto.- Disse Ally se jogando no outro sofá.

-A melhor parte foi o final quando elas quase se beijaram.- Disse Lauren com um sorriso malicioso.

-Vou ir pro quarto.- Disse Dinah se levantando e subindo as escadas.

-Vou ir dormir estou cansada.- Subi correndo antes que começasse a zoação.

Fui pra cozinha e assim que eu passei pela sala dei de cara com o Gabriel e Luana quase se comendo.

-Vão se comer no quarto por que ninguém merece ver isso.- Falei rindo.

-E pra já.- Disse Gabriel pegando a Luana no colo e subindo as escadas.

Peguei uma garrafa de água e um copo e fui pro quarto. Assim que eu entrei a Dinah virou pra mim e eu quase tive um ataque quando eu reparei que ela estava só de blusa que ia até a metade da sua coxa.

-Quer um pouco de água?- Perguntei fechando a porta.

-Quero.- Respondeu sorrindo.

Dei água pra ela e fui trancar a porta.

-Pra que você está trancando?- Perguntou confusa.

-Só estou trancando por causa da Nanda que tem a mania muito feia de me acordar cedo, mais se você quiser eu destranco.- Respondi.

-Não precisa, pode deixar trancada.- Falou sorrindo.

Peguei uma cueca e uma blusa que ia até a metade da minha coxa e entrei no banheiro, troquei de roupa por que eu já havia tomado banho antes de fazer a janta, escovei os dentes e sai do banheiro, me deitei quase caindo da cama por que se eu ficasse muito perto da Dinah eu iria agarra-lá.

-Chega mais pra perto se não você vai cair da cama e eu não mordo.- Falou me olhando.

-Se eu chegar mais perto de você eu irei fazer uma coisa que você não vai gostar.- Falei.

-Eu só posso te dizer se gostei ou não se você fizer.- Disse Dinah.

Me aproximei dela e quando eu estava a centímetros dos lábios dela.

-Eu tenho certeza que você vai gostar - Falei e a beijei.

Os lábios dela são tão macios e tem um gosto de morango, acariciei o rosto dela e ela colocou as mãos na minha nuca, ficamos assim por uns  minutos e paramos o beijo em selinhos. Ficamos nos olhando até que eu quebrei o silêncio.

-E ai gostou?-Perguntei com expectativa.

-Gostei e muito.- Respondeu sorrindo e me dando um selinho.

-Não queria que você fosse embora depois de amanhã.- Falei me deitando virada pra ela.

-Eu também queria ficar só que tenho mais 3 semanas de shows e depois férias.- Respondeu com um sorriso lindo.

-Quanto tempo de férias?- Perguntei acariciando o rosto dela.

-Um mês, eu e as meninas precisamos descansar e depois vamos fazer uma turnê.- Respondeu colocando a mão por cima da minhã que estava em seu rosto.

-Vai passar as férias aonde?- Perguntei.

-Quero ficar uma semana com a minha família, vir pro Brasil e ir pra Paris.- Respondeu e eu sorri.

-Então daqui a umas 4 semanas eu vou ir pra Paris.- Falei.

-Você vai ir viajar comigo?- Perguntou ansiosa.

-Claro, depois desse beijo não irei te deixar nunca mais.- Respondi dando um selinho nela.

-Como a gente vai ficar depois desse beijo?- Perguntou.

-Podemos ir um pouco devagar, se conhecermos melhor e ver se vai dar certo, o que você acha?- Perguntei ansiosa.

-Pra mim está perfeito assim, desde que a gente não possa ficar com outras pessoas.- Respondeu.

-Claro que não até por que eu vou ficar muito puta se eu ver alguém beijando a minha garota.- Falei fazendo um biquinho e ela mordeu.

-Estou com sono.- Falou com uma carinha fofa de sono.

-Vamos dormir por que tivemos um dia cheio.- Falei e puxei ela que ficou de costas e deitamos de conchinha.

-Boa noite.- Disse me dando um beijo e se virando.

-Boa noite minha linda.- Falei e beijei o pescoço dela e ela se arrepiou.

Dormi rapidamente sentindo seu cheiro delicioso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...