História Gai Ywài - O Inesperado (Especial Happy Birthday) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Exibições 21
Palavras 2.997
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Capítulo Único

   (S/N) chega ao hotel depois de muitas horas de viajem. Após pegar a chave de seu quarto e resolver as informações da sua reserva, entra no elevador e segue até o local indicado. Acaba por se complicar para por as malas para dentro do quarto graças ao pequeno degrauzinho no começo da porta.

  Assim que consegue se instalar no cômodo e está com a porta devidamente fechada, sente seu bolso traseiro da calça vibrar, fazendo-a pegar o celular e verificar as mensagens.

~Mensagens On~

  (S/A/V): Finalmente chegou na China?

  (S/N): Sim, cheguei.

  (S/A/V): Não aconteceu nenhum imprevisto? Está tudo bem? Fiquei morrendo de preocupação aqui!

  (S/N): Está tudo bem comigo, não teve nenhum problema. Falando em preocupação, eu quem deveria estar e com você. Como assim você decide de última hora que vai viajar pra Coréia do Sul?!

  (S/A/V): He he... Digamos que só aproveitei a chance, igual você. Não teria como conversarmos direito por causa do fuso-horário, então pensando pelo lado bom, agora facilita um pouco as coisas.

  (S/N): Não sei porque ainda me surpreendo ha ha.

  (S/A/V): Ah, antes que eu esqueça! Não deixe de me contar como estão sendo as coisas ai, quero saber também dos gatinhos. Okay? e///e

  (S/N): Vou fingir que eu não li isso -.- .

  (S/A/V): Eita, eu tenho que ir. Meu voo sai daqui a pouco. Beijos!

  (Nome de sua amiga virtual) está offline.

~Mensagens Off~

   A garota se joga na cama e deixa seu celular do lado, encarando o teto pensativa.

  - A quem estou querendo enganar? Seria impossível que uma coisa como essa acontecesse. – Deixa escapar enquanto está presa em pensamentos – Já sei. Vou dar uma volta pelas redondezas, quem sabe eu não encontro algo interessante?

  Ela coloca seu celular de volta no bolso traseiro da calça, pega sua bolsa e sai do quarto, trancando-o. (Seu nome) sai do hotel e pega um taxi, indo para o parque mais perto. Depois de pagar o taxista, a mesma começa a caminhar cada vez mais para dentro do campo do parque, observando cada mínimo detalhe. Enquanto analisa o local, tira algumas fotos em seu celular para guardar de recordações e mostrar para os amigos quando voltasse para o Brasil. Após passar um tempo caminhando, ela decide parar para relaxar, sentando em um dos bancos de frente para um lago que tem ali. Coloca os fones de ouvido e seleciona uma playlist apenas com músicas calmas.

  De repente alguém derruba em frente a (S/N) o que parece ser uma folha de papel com alguma espécie de endereço marcado. A menina tira um de seus fones e levanta a cabeça lentamente, encarando a pessoa que deixou o papel cair.

  - Wow.

  É o único som que ela é capaz de emitir depois que percebe que bem na sua frente está ninguém menos do que Lay, Zhang Yixing, seu integrante favorito do grupo EXO. Por conta do choque, ela não consegue fazer nada, a não ser tentar encontrar alguma pista de que tudo aquilo não é uma espécie de alucinação totalmente louca dela.

  - Ah, olá. – Lay responde em inglês – Te atrapalhei?

  - O-O que? – Diz em português graças a força do hábito – N-Não, não. Eu estava apenas esperando o tempo passar, nada de especial. – Tenta se explicar, agora em inglês.

  - Posso me sentar? – Ela apenas assente com a cabeça – É turista?

  - Sim. Tá muito na cara? – Ri um tanto nervosa por estar perto demais de Yixing.

  - Sendo sincero, eu apenas dei um chute. Você parecia bem acostumada ao local para uma simples turista. – Ele ri também – A propósito, sou Zhang Yixing. Muito prazer em conhecê-la. – Estende a mão em um cumprimento.

  - Sou (Seu nome completo). É um prazer conhecê-lo também, apesar de eu ser fã de vocês.

  - Isso é verdade?! – Exclama surpreso – Não é sempre que encontramos fãs tão controladas quanto você. – Ri de maneira fofa.

  - Normalmente não sou assim não. – Usa tom de brincadeira, mesmo que partes de sua frase fossem verdades.

  - De qual país você é?

  - Brasil. – Guarda os fones e o celular no bolso novamente.

  - Parece ser um país bem legal e os fãs também. – Sorri amigável. Logo um silêncio um tanto constrangedor paira entre os dois.

  - Desculpa a intromissão, mas você não deveria estar na Coréia do Sul junto com os outros integrantes?

  - Sobre isso... Estamos planejando algumas filmagens por aqui mesmo, então resolvi tirar umas férias depois que acabarem.

  - Parece divertido.

  - Nem tanto. Faz algum tempo que não venho para cá, então me complico para achar alguns locais e acabo perdido. – Dá de ombros.

  - Acabei de chegar. Olha, mas se quiser posso tentar ajudar um pouco. Fiz algumas pesquisas antes de vir, então conheço ligeiramente alguns lugares. – (S/N) sorri.

  - Pensando pelo lado bom, se me perder ainda vou ter uma bela companhia comigo. – Sorri para a menina, a deixando totalmente vermelha e pensando besteiras.

  - AAAAAHHH!

  A dupla escuta gritos vindo um pouco longe de onde estão. Viram para trás e veem um grupo de fãs histericas correndo na direção em que estão. Lay agarra o pulso da garota ao seu lado no banco e levanta.

  - Hei! A onde vamos? – Pergunta confusa.

  - Depois eu te explico melhor. Só corre! – Começa a correr, levando a garoto junto com ele.

  Os dois passam a correr pelo parque procurando a saída. Mesmo depois de encontrá-la, ainda continuam correndo na tentativa de despistar as fãs loucas que vem logo atrás deles. Passam mais um tempo correndo, até que finalmente param por cansaço. O mais alto olha para todos os lados procurando algum sinal das fãs, mas felizmente não havia nenhuma por ali.

  - Minha taxa de esportes está esgotada durante um ano. – A frase de (S/N) faz com que Lay dê uma gargalhada.

  - É uma ótima forma de perder peso.

  - Não sei como vocês aguentam. – Suspira cansada, sentando num dos degraus que encontra.

  - Corremos tanto que nem percebemos que estamos em um templo. – Senta ao lado da mais nova.

  - Wow. – A menina emite um som de surpresa ao olhar para trás de si, em direção ao templo – É lindo.

  - A maioria dos templo aqui são bonitos. – Responde sem tirar os olhos da garota ao seu lado – Tive uma ideia.

  - Sim? – Pergunta curiosa.

  - Enquanto estou de férias por aqui, o que acha de eu te mostrar os locais que ainda lembro? É uma boa maneira de uma turista como você passar o tempo e conhecer mais da cultura local.

  - Eu adoraria! – Responde animada.

  - Certo. – Sorri, se divertindo com ela.

 

  Como Yixing havia prometido, enquanto esteve de férias, mostrou os locais onde ia quando estava na escola, pontos turísticos conhecidos e até mesmo aqueles não tão conhecidos assim. Ele e (S/N) passavam bastante tempos juntos, se divertindo, fazendo brincadeiras e indo a lugares diferentes todos os dias. Até parecia que os dois se conheciam desde sempre, a companhia dele se tornou algo comum para a garota e mal sabia ela, que ele também se sentia assim.

   Faltando apenas 2 dias para o fim da viagem...

  Yixing envia uma mensagem para a menina de cabelos (cor do seu cabelo), indiciando que era para ela lhe encontrar no templo onde praticamente se conheceram. Mesmo achando estranho (S/N) aceita, confirmando presença. Em seguida ela se prepara para o “encontro” que terá mais tarde.

  Ela toma um banho relativamente demorado, se seca e coloca um shorts jeans e uma regata preta, um tênis comum preto, penteia o cabelo e o deixa solto. Abre parte das cortinas do quarto do hotel, vendo que já está começando a escurecer, checa seu celular vendo que já está na hora de ir para o local marcado.

  Assim que chega percebe que o local está completamente deserto, sem contar com a presença de Lay mais a frente um tanto quando absorto em seus próprios pensamentos. Apenas quando chega mais perto do garoto é que ele volta a realidade, exibindo um sorriso extremamente lindo.

  - Você está linda.

  - Eu nem me arrumei, mas obrigado. – Responde um tanto quanto vermelha – Aconteceu alguma coisa? – Pergunta preocupada.

  - Preciso conversar algo com você, então acho que aqui seria mais apropriado para o que eu vou dizer. – O que ele diz faz com que a garota fique preocupada – Lembra quando nos conhecemos no parque?

  - Sim, lembro.

  - Eu já tinha te visto um pouco antes e alguma coisa em você acabou chamando a minha atenção. – (S/N) acaba ficando ainda mais vermelha – Você foi tão calma e me tratando como Yixing e não como seu ídolo, apesar de ser minha fã. Começamos a sair juntos e a conversar com mais frequência, parecia que nos conhecíamos desde sempre. – Lay a olha no olho – Faz muito pouco tempo tudo isso, então não posso afirmar que te amo, mas estou gostando verdadeiramente de você.

  - E-Eu... – O tamanho do choque é tão grande que a faz quase responder em português – Não sei o que te dizer...

  - Vamos fazer assim: Tentamos ter um relacionamento mais sério pra ver quais são os nossos sentimentos. Se não der certo, tudo bem continuamos como amigos. – Responde coçando a nuca desconfortável com toda a situação – Você ‘topa’?

  - Sim. – Diz ainda vermelha com toda a situação, fazendo Lay abrir um sorriso.

  Eles passam o resto do tempo conversando e passeando sem rumo certo, pela cidade. Antes de “cada um ir para seu lado”, o mais velho deixa (S/N) em frente ao hotel e se despede da mesma com um selinho, voltando a deixar a menina vermelha.

   (S/N) Pov’s

  Entro no meu quarto com uma incrível rapidez, fechando a porta atrás de mim. Pego meu celular e corro chamar (S/A/V).

~Mensagens On~

  (S/N): Imouto-chan!

  (S/A/V): Eita! O que houve? O.O

  (S/N): Tecnicamente fui pedida em namoro pelo Lay.

  (S/A/V): Eu sabia! Toda essa história estava muito suspeita.

  (S/N): Como assim você já sabia?!

  (S/A/V): Ahn... Digamos que você não foi a única a encontrar um membro do EXO.

  (S/N): COMO ASSIM?! Qual deles você encontrou?

  (S/A/V): Sehun.

  (S/N): Que ‘safadenha’. Nem pra me contar né? e///e

  (S/A/V): Com tudo o que aconteceu, acabei esquecendo. Mas me conta ai, como foi?

  (S/N): Ele combinou de nos encontrarmos no templo do primeiro dia em que nos conhecemos. Sendo sincera? Eu pensei que alguma coisa errada tinha acontecido -.-“

  (S/A/V): Que meigo! Apesar de que essa ideia do Sehun foi meio bizarra.

  (S/N): Ideia do Sehun? Como assim?!

  (S/A/V): O Lay pediu ajuda dos garotos para resolver essa situação de vocês dois. Sehun teve a ideia que mais agradou ele, ainda acho que tudo isso de se declarar em frente a um templo muito bizarra.

  (S/N): Eu fui a única que ficou sem saber de nada? Magoei. T^T

  (S/A/V): Não fica assim vai. Eu prometi guardar segredo, não tive escolha. ;-;

  (S/N): Estou brincando.

  (S/A/V): Só mais uma coisa... Se prepara que as surpresas ainda não acabaram okay?

  (S/N): Tem mais?! O que houve?

  (S/A/V): Foi mal, não posso contar.

  (Sua amiga virtual) está offline.

~Mensagens Off~

  Mais surpresas? O que ela quis dizer com isso?!  Suspiro pesado, me jogando na cama. Fecho os olhos com força. Não sei como vou agir com o Yixing depois de hoje... Ele estava realmente falando sério? De que tipo de relacionamento ele estava falando? Ah! São perguntas demais pra minha cabeça! Balanço a cabeça tentando afastar esses pensamentos. O melhor que eu faço por agora é dormir, amanhã eu tento arrumar toda essa bagunça.

   Quebra de Tempo: Já de manhã...

  Narradora Pov’s

  (S/N) acorda com o barulho de uma chamada de vídeo vindo de seu celular. Ainda sonolenta a mesma fixa seus olhos na tela e aceita a chamada, dando de cara com (S/A/V).

  - E como anda a apaixonadinha? – A mais nova brinca.

  - Jura? – As duas acabam rindo – Sinceramente você acabou de me acordar, então está tudo bem por enquanto.

  - Impressão minha ou você está meio pra baixo?

  - Só estou confusa com tudo isso. Não entendi o que ele quis dizer em termos um relacionamento para entendermos melhor nossos sentimentos. Resumindo: To com o cérebro bugado. – (S/N) bufa infantilmente.

  - Foi a mesma coisa que o Sehun me falou. Provavelmente ele está querendo dizer de vocês saírem agora como encontros reais, para testar antes de admitirem que querem se pegar. – (S/A/V) sorri maliciosa, rindo em seguida.

  - Depois a maliciosa sou eu né?

  - Fazer o que. – A mais nova dá de ombros, sorrindo divertida – Tenho que ir, nos vemos na sua última surpresa.

  (S/A/V) desliga a chamada, deixando a mais velha com Poker Face. Ela levanta da cama e vai até o banheiro de seu quarto, se preparar para mais um dia.

  Após voltar para seu quarto, recebe uma mensagem de Lay dizendo para ir até a entrada do hotel o mais rápido. Ainda confusa, ela segue o pedido dele e vai até a entrada do hotel. Ao desviar de algumas pessoas, acaba avistando Lay acompanhado de outras pessoas, enquanto boa parte está tentando quase que inutilmente se “disfarçar”, mas não consegue ver o rosto de uma das pessoas que estava ali no meio de tantos garotos.

  - Como você conseguiu trazer todo o pessoal pra cá em tão pouco tempo? – Pergunta risonha.

  - Ele já estava planejando isso a uma semana mais ou menos. – Uma voz quase que desconhecida, se pronuncia.

  - (S/A/V)?! – Exclama surpresa – Não acredito!

  - É a primeira vez que nos vemos pessoalmente, nem eu estou acreditando. – A mais nova ri.

  - Quer dizer que nunca tinham se visto antes? – Chen.

  - Só por câmera e redes sociais. – A mais alta responde ainda abraçada com a outra.

  Cada um dos garotos se apresentam de forma mais formal, em seguida decidem ir para uma cafeteria perto. Passam um tempo conversando animadamente, até que (S/A/V) encara Lay fixamente, fingindo seriedade.

  - Só tenho uma coisa a dizer sobre vocês dois... – Todos encaram ela sem entenderem nada – Vocês foram um casal muito fofo!

  - Você me assustou. – Lay responde rindo fraco.

  - Falando nisso, soube pelo Yixing que você está tendo algo com a minha amiga, né? – Lay faz cara de confuso, mas tenta voltar ao normal, enquanto Sehun quase engasga com o café.

  - Sim, é verdade.

  - Nem ouse magoar minha Imouto-chan, se não te esgano. – Responde sorrindo, fazendo Sehun “engolir em seco” – ‘Zoas’.

  - Vocês duas tem uma mania de assustar os outros né? – Baekhyun responde, com a mão no coração. As duas meninas apenas riem, dando de ombros.

   Depois de 2 meses...

   (S/N) Pov’s

  - Ansiosa?

  - Um pouco. Só espero que minha mãe não surte quando souber de nós dois. – Rio.

  - Isso é uma coisa boa ou ruim? – Lay “arregala” os olhos.

  - Boa, mas não pros nossos ouvidos.

  Ao chegarmos em solo brasileiro pegamos nossas malas, fazemos o check-in e entramos num taxi com a intenção de irmos para casa dos meus pais. O carro para em frente a minha casa, descemos e em seguida minha mãe abre o portão com tudo, extremamente animada, parando apenas por ver Lay do meu lado.

  - Ai meu Deus. – Começa a dar gritos agudos, bastante animada.

  - O que aconteceu? – Meu pai aparece, encarando Lay com cara de desconfortável – Ah, olá. – Cumprimenta – Você não disse que iria trazer companhia filha.

  - É o que eu estou pensando? – Minha mãe pergunta, colocando uma mão de cada lado do próprio rosto. Apenas aceno positivamente com a cabeça – Que felicidade! Entrem, entrem. Temos muito o que conversar.

  Passamos um longo tempo na casa dos meus pais, com os dois enchendo Yixing de perguntas e fatos constrangedores sobre mim. Assim que tenho uma oportunidade digo que vou ver meus amigos de escola, já que nada vai fazer os dois pararem esse momento constrangedor.

  Sigo em direção a minha faculdade, esperando a hora de saída do pessoal. Assim que algumas das minhas amigas me vêm já correm na minha direção pra me abraçar e matar a saudade.

  - E ai, como foi na viagem?! – (S/A/1) pergunta animada.

  - Aconteceu bastante coisa, admito.

  - O que quer dizer com isso? – (S/A/2) me encara desconfiada.

  - Eu estou namorando com o Lay, do EXO. – Falo tudo de uma vez.

  - É isso ai! – (S/A/3) diz controlada, mas mesmo assim dá pra ver sua animação.

  - Que bom (Seu apelido), fico feliz. – (S/A/4) me encara sorridente, mas no mesmo estilo que (S/A/3).

  - AI QUE LEGAL! NEM ACREDITO! – (S/A/1), (S/A/2), (S/A/5) exclamam, quase tendo um ataque no estilo fangirl – Como vocês dois se conheceram?

  - É meio complicado de explicar, mas foi bem estranho o nosso “encontro”. – Rio lembrando do dia – Ainda por cima tivemos que correr de um grupo de fãs loucas, logo no primeiro dia que nos conhecemos.

  - É bem a sua cara, isso acontecer. – (S/A/3) ri.

  - Essas são suas amigas (S/N)? – Lay pergunta, me abraçando por traz e apoiando seu queixo em cima da minha cabeça.

  - Sim. – Sorrio pra ele.

  - QUE FOFOS! – (S/A/1), (S/A/2) e (S/A/5) voltam a ter um ataque no estilo fangirl.

  Apresento Yixing para meus amigos e o pessoal da minha sala. Voltamos para casa depois de termos que conta como foi quando nos conhecemos e como ele me pediu em “namoro” também.

   Narradora Pov’s

  O tempo se passou, (S/N) decide terminar a faculdade primeiro antes de morar definitivamente na Coréia do Sul, assim como sua amiga virtual fez. Todas as férias e tempos de folga, (S/N) e Lay usavam para conversar e se verem, na maioria das vezes Lay vindo para o Brasil no anonimato para não atrair a atenção das fãs.

  E assim foi como (Seu nome completo) e Yixing se conheceram e começaram a namorar. Quem diria que uma fã fosse realizar seu sonho de chegar perto do ídolo? E quem diria que essa fã tivesse um relacionamento sério com o mesmo, de maneira tão inesperada? Tudo pode acontecer, basta o destino dar uma forcinha.

 

END



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...