História Galaxy of Sins - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Originais, Pecados, Planetas
Exibições 15
Palavras 745
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Annyeong pessoas do meu coração, são poucas mas tá tudo bem.

Esse cap foi a nossa querida Mihh que escreveu.

Enjoy the cap!

Capítulo 4 - Origin: Skylar


Fanfic / Fanfiction Galaxy of Sins - Capítulo 4 - Origin: Skylar

 Eu sou o próximo na linha de sucessão do trono de Luxúria, meu nome é Skylar, e eu tenho 17 anos, faltam exatamente 11 meses para eu assumir o reino, porém eu não estou tão empolgado e ansioso. Meu planeta é o mais perfeito, o mais grandioso, o melhor.

Mas eu já estou farto de tamanha perfeição, eu quero ver o que é o imperfeito, como é a vida nos outros planetas, quero viver um pouco,e não me sentir preso como eu me sinto.

-Estava tão perdido em meus pensamentos que não vi a hora passar,típico de uma pessoa como eu,as vezes eu prefiro viver em meus pensamentos,eles são melhores do que a realidade.

Já tinha amanhecido e eu não tinha dormido,estava com olheiras profundas,hoje ia tentar desabafar com meu amigo,acho que ele é capaz de me entender,nunca se sabe.

Fui para o banheiro e me despi para tomar banho,enchi a banheira com água morna e entrei,relaxando meus músculos,depois de um tempo eu sai e coloquei a toalha em volta do meu corpo para me secar e vesti uma roupa adequada para um príncipe,o que eu já estava farto de vestir.

Desci as enormes e brilhantes escadas de meu futuro reino,o que eu espero que não aconteça,os serviçais tinham colocado um banquete enorme,parece até que estamos no planeta da gula,realmente isso é um exagero,os serviçais me servem porém eu como apenas o necessário,não queria ficar mais de um minuto naquela mesa,o Rei e a Rainha não tinham direcionado uma palavra para mim além de um bom dia, e eu tinha certeza que fizeram isso apenas para serem educados, como qualquer pessoa da Realeza faria, afinal eles não se importavam, assim que terminei me levantei e inclino o pescoço curvando levemente a cabeça, e não o corpo todo,apenas queria ir embora dali, e assim eu fiz.

Decidi ir ver meu gato o sir Mindnight, fazia tempo que não conversamos,sim nós conversamos, passei por um longo corredor no qual eu já sabia de cor, para chegar em seu quarto,abri a porta e lá estava ele, tão preguiçoso que não era para estar nesse planeta.

-Sir Mindnight, sabia que está crescendo muito rápido?-perguntei não esperando uma resposta é claro

-Miau!-Soltei um riso soprado, realmente de certa forma eu conversava com ele,e era melhor do que qualquer conversa.

Depois de ter "conversado" com Mindnight, eu iria até uma cafeteria encontrar meu amigo,para poder desabafar com ele sobre o Reino.

Sai do Reino e fui até o carro oficial do príncipe,mesmo não querendo eu era obrigado a ir nele,para o segurança poder me vigiar,o segurança abriu a porta do carro e eu entrei,logo depois fechando a porta,então o motorista oficial do Reino começou a direcionar o caminho para a cafeteria.

Chegando lá ele abriu a porta para eu poder sair, o que já estava ficando chato, sinceramente eles fazem isso porém estão pouco se fodendo pra mim,estão aqui apenas para ganhar dinheiro.

Entrei na cafeteria de classe alta,já que não podiam me ver em um lugar simples,e achei me amigo,me dirigi a mesa em que ele se encontrava curvando levemente a cabeça-sabe que não pode se curvar para mim.-ele disse,digamos que de uma maneira fria-estava sendo educado Excelentíssimo amigo-Sorrio um pouco falso admito,tem alguma coisa errada aqui,isso eu tenho certeza,me sento na mesa esperando alguém vir atender a gente,logo veio um senhor perguntar o que queríamos- Eu vou querer um cappuccino-digo desinteressado-vou querer o mesmo,senhor-ele diz,definitivamente ele estava agindo estranho-Bom eu queria falar com você,sobre uma certa coisa-Falei,porém ele fez uma cara estranha-Eu acho que eu sei exatamente o que você quer falar-Eu fiz uma cara de surpresa,mas porque ele está falando desse jeito?-Sabe?-O nosso cappuccino chegou,impedindo ele de falar,assim que o cara foi embora ele falou-E se você pensa que vai fazer isso e eu vou deixar,você está muito enganado-acho que eu sei onde ele quer chegar com isso-Não me diga que está contra mim agora-eu falei me segurando para não perder o controle-Você sabe que eu não sou contra as regras,e se for fugir,saiba que tem um inimigo a mais-ele só pode estar brincando-Sabia que era como os outros,com certeza é mais um alienado pela sociedade-Disse me levantando olhando diretamente para seus olhos -se você pensa que vai fazer isso querido Skylar,está muito enganado-ele falou,então eu olhei sério não acreditando nas palavras que ele dizia-Pensava que você estava do meu lado Chester,vejo que não é bem assim,aqui está o dinheiro-disse deixando o dinheiro em cima da mesa-Eu já vou embora,preciso esfriar minha cabeça-disse apenas indo embora,e o deixando lá.


Notas Finais


E ai gostaram? Comentem por favor, senão nos pensamos que ninguém esta gostando, comentários fazem a gente tentar escrever melhor.

Kissus de Chocolate

~Lee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...