História Game Over - Byun Baekhyun - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~yssschr_

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 241
Palavras 1.574
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Super Power, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


QUEM É VIVO SEMPRE APARECE KKSKSKKS IAI MEUS DIRICIAS TURUBOM? TIA COOLLINS ATUALIZANDO ANTES DE UM MÊS? k ;---; sim, milagres sempre acontecem part 2 ksksk enfim, nos vemos nas notas finais rçrç boa leitura ♥

Capítulo 6 - É o que veremos.


 Vi Kai deitar junto comigo e ficar mexendo no celular e dormi logo depois.

(...)

Senti alguém me cutucar várias vezes seguidas, porém eu continuava com sono, então apenas não liguei e voltei a dormir assim que a pessoa desistiu. Bem, era para eu ter voltado, mas estava meio acordada e meio dormindo.

- Desisto! Eles só podem ser irmãos mesmo! 

- De quem será que eles puxaram pro sono ser tão pesado assim?

- Gente, deixem eles ai!

- Fala isso mas nem você consegue acordar eles, Lili.

- Eu não acordo a ____ de jeito de nenhum,  agora o Kai eu posso até tentar.

- Por que ela não? 

- Quero evitar de sair com um olho roxo logo de manhã.

- Como se ela fosse tão forte ao ponto disso!

- Se você é o fodão Baek, tenta acordar ela!

- Beleza, olhe o mestre em ação.

- Boa sorte cara.

- Acorda o Kai pro coitado não acordar já sentindo dor.

- KAI SEU DEMÔNIO, ACORDA!

Silêncio.

-Kai? Tu tá vivo?

Silêncio.

- Baekhyun pega um copo de água.

- JÁ LEVANTEI! - Riu sem graça

- Agora falta a senhorita ali, não quero acordar ela.

- Jongin, acorda sua irmã.

- Nem fodendo!

- Bando de inúteis... MAS... se ela tem o sono tão pesado assim, eu posso aproveitar...

- BAEK SEU PERVERTIDO!

- QUE MANÉ PERVERTIDO? Tá, eu sou um pouco, mas crendeuspai, passo longe de tocar nessa coisa!

- Ela não é uma coisa! Olha que fofinha! Ela faz biquinho enquanto dorme, parece um nenê!

- Kris nem vem de viadagem!

- Ain Baek seu delícia, assim você me magoa!

- Sai fora!

Eles não iam calar a boca e me deixar dormir não? Aish.

- Então,  eu e Kai vamos tomar café da manhã,  vocês que se virem pra acordar ela.

-Vocês nada! BAEK SE VIRA AÍ!  -A porta foi aberta e batida logo em seguida. Suspirei e deitei de barriga para cima tentando dormir novamente.

-Tu tá  viva, garota? - Senti algo cutucando minha bochecha me fazendo rir. - Que pena que não. - Palhaço. - Vou aproveitar!- Falou rindo e em seguida senti um peso em minha barriga, eu deveria ter empurrado ele? Deveria, mas queria saber o que ele planeja fazer comigo, e não,  eu não era uma tarada.

Senti uma ponta gelada em minha testa, em seguida agarrei seus punhos mexendo o quadril e empurrando ele pro outro lado da cama, subindo então em cima dele abrindo os olhos.

-O que pensa que está fazendo seu idiota?- Ele estava surpreso e com os olhos arregalados, olhei em sua mão direita e lá estava um canetão permanente. - Sério isso? - Perguntei arrancado a caneta de sua mão e sentando nele, mais confortavelmente. A porta foi aberta e Tao entrou olhando para o celular, eu e Baekhyun o acompanhamos com os olhos, ele nem se quer olhou para gente, apenas pegou um livro em cima da cama de Kris e voltou a caminhar em direção à saída,  e quando pensei que ele iria sair, ele se virou em nossa direção arregalando os olhos em seguida

- Não é o que você tá pensando!  - Gritei rápido.

- Não é o que você tá pensando mesmo!  - Baekhyun falou me empurrando pelos ombros para sair de cima dele e cair do outro lado da cama.

- Eu não to pensando nada! - Ele ficou vermelho e saiu correndo. - O MUNDO PRECISA SABER DISSO!

-HUANG ZITAO, TU VOLTA AQUI GAROTO! - Levantei e pulei da cama correndo no corredor de pijama e descalça mesmo, atrás de mim vinha Baekhyun do mesmo jeito que eu. E lá estávamos nós dois em uma perseguição contra um panda escandaloso pelo colégio. 

Tao entrou no refeitório e eu entrei logo atrás do mesmo, vários alunos paravam para nos olhar e rirem e seguida. Baekhyun entrou poucos segundo depois de mim.

-HAUNG ZITAO, EU VOU TE MATAR SE ABRIR A MERDA DA SUA BOCA! - Baekhyun gritou assim que viu que o panda corria em direção dos nossos amigos que também nos encaravam sem entender nada.

Tao sentou no banco correndo e estava recuperando o fôlego para poder contar o que ele havia visto no quarto mais cedo. Maldita hora que ele foi entrar! 

Faltava cerca de 2 metros para eu chegar finalmente, mas meu braço foi puxado por Kris que sussurrou um "Desculpa, mas preciso da sua ajuda agora!" então me beijou na frente da escola inteira. 

Se eu retribui?  Obviamente sim! Perder a chance de beijar um garoto lindo como o Kris? Na na ni na não.

Assim que nos separamos ele sorriu corado, passando os braços por cima de meus ombros e encarando uma cara que estava com a boca em formato de "o" e olhos arregalados.

- Você tá namorando com essa aí? - PERA, "ESSA AI"? QUEM PENSA QU...NAMORANDO? OI TURUBOM GALERO? TÔ NAMORANDO E NEM SABIA! VÊ SE PODE, QUE MUNDO É ESSE EM QUE VIVEMOS?

- Sim, sou  a namorada dele, quem é essa garota amor? - Perguntei entrando no jogo dele.

- Eu nem sei o nome dela .-CARACA. - Qual seu nome mesmo? - KRIS, VOCÊ É UM TREMENDO FILHA DA PUTA, sem ofensas à sua querida mãe que te pôs no mundo. 

- Não acredito nisso...- Ela bufou e saiu dali, me soltei de Kris indo até Tao que estava paralisado encarando o nada, apertei seu nariz com força, fazendo ele me olhar.

- Você... traiu o Kris com o Baek?

- Claro que não seu idiota! - Baekhyun sentou na mesa.

- Então o que foi aquilo que eu vi?

- Eu quase cometendo um homicídio! - Gritei, impaciente.

- Você ia matar o Baekhyun? - Mary perguntou de boca cheia, toda fofa, então assenti. -  Nem pra me chamar pra assistir! Pensei que éramos amigas! - Ela fez um bico.

- Na minha próxima tentativa eu te chamo. - Pisquei para ela e encarei Baekhyun com um olhar mortal,  então Kris sentou ao meu lado. - E você Kris...

- Vai me contar essa história! - Eu, Kai e e Lili perguntamos a mesma coisa e ao mesmo tempo.

- Que história? 

- Meu deus, você é muito burro! A lerdeza do Lay é contagiosa? - D.O falou esfregando a mão na cabeça e Lay bufou.

- Tadinho do Yixing, ele é tão amorzinho. - Fiz um coração com os dedos para ele que sorriu mostrando as covinhas.

- "Ele é tão amorzinho." - Baekhyun me imitou com uma voz fina e enjoada, apenas revirei os olhos.

- Então Yifan, desembucha, por que disse que estava namorando minha irmã? - Kai cortou assunto.

- Tá com ciúme? - Kris sorriu e Jongin o encarou sério. - Tá boom, aquela garota, a Yuri, ela é a fim de mim e não para de me perseguir! Isso é desde o ano passado! 

- Tá e dai? 

- E se eu usasse outra garota pra ser minha "namorada"... - Fez aspas com as mãos. - Eles iam querer tornar real.

- Entendi, eu te ajudo com isso então. 

- O que?! - Kai quase gritou.

- Isso mesmo que você ouviu. - Pisquei pra ele.

- "Isso mesmo que ouviu." - Baekhyun imitou novamente.

- Quer morrer Byun praga Baekhyun?

- "Quer morrer Byun praga Baekhyun?" - ESSE GAROTO TÁ ME TIRANDO DO SÉRIO!

- Vou quebrar seus dentes se me imitar novamente!

- "Vou quebrar seus..." opa opa, quanta agressividade em uma pessoa só! 

- Você ainda não viu nada! - Sorri irônica, inclinando o corpo para frente apoiando o rosto em minha mão.

- Você não sabe com quem tá mexendo, garota... - Ele fez o mesmo que eu, ficando assim com nossos rostos próximos, e com os olhares mortais conectados, que apenas foi quebrado quando o diretor entrou na cantina, chamando atenção de todos ali.

- Em 5 minutos quero todos no ginásio! - Ditou, e saiu.

Todos os alunos começaram então se levantar e seguir até o ginásio, eu peguei um pouco do café da manhã de todos ali e fui comendo, e de pijama mesmo, eu não estava nem ligando, o mesmo servia para o Byun, que usava um shorts preto e uma camiseta branca, com o cabelo todo desgrenhado.

Assim que sentamos nas cadeiras na primeira fileira e os resto dos alunos se acomodaram, o diretor chegou com um microfone fazendo aquele barulho agudo e totalmente irritante de sempre.

-Bom dia! - Ninguém respondeu, então ele limpou a garganta, pigarreando. - Bom, daqui a 1 mês haverá um campeonato para os segundos e terceiros anos. - Os dos primeiros vaiaram e receberam um olhar medonho do diretor. - Então,  nessa semana irão ter provas práticas, orais e escritas. Os que se saírem melhores nessas provas formarão um time, os terceiros anos formará o Time A, e os segundos anos o Time  B, então uma competição com os dois times será feita, e assim, os melhores serão escolhidos pelos professores e por mim, e começarão a treinar juntos para o campeonato. Entendido? Agora vão para as suas salas... e Srt. Kim e Sr. Byun...belos pijamas. - Ele riu e assim saiu, fazendo a maioria dos presentes ali rirem.

- Ora ora, parece que está próxima a nossa revanche. - Byun falou se virando para mim.

- E irei ganhar novamente.

- É o que veremos.


Notas Finais


Lalalalala se o cap foi mais de diálogo? Foi pq eu tive q enrolar ksksksk desculpe qualquer erro :3 e até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...