História Game over, Try Again! - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Andrei Soares "Spok" Alves, Aruan Felix, Cauê "BaixaMemoria" Bueno, Christian Figueiredo, Depois das Onze, Eduardo Benvenuti (BRKsEDU), Felipe "Febatista" Batista, Felipe Castanhari, Felipe Neto, Felipe Z. "Felps", Gabriel "MrPoladoful", Guilherme Damiani, Gustavo Stockler (Nomegusta), João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Júlio Cocielo, Kéfera Buchmann, Leon Martins, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Lucas Henrique e Rosane Martins (Casal de Nerd), Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?), Malena "Malena0202" Nunes, Marco Tulio "AuthenticGames", Mariana "Satty" Ferreira (Pense Geek), Nilce Moretto, Patricia "Pathy" dos Reis, Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, TazerCraft, Thiago Elias "Calango"
Personagens Alan Ferreira, Andrei Soares "Spok" Alves, Aruan Felix, Cauê Bueno, Christian Figueiredo, Daniel Mologni, Eduardo Benvenuti, Felipe "Febatista" Batista, Felipe Castanhari, Felipe Neto, Felps, Gabie Fernandes, Gabriel Tenório Dantas, Guilherme Damiani, Gustavo Stockler, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Júlio Cocielo, Kéfera Buchmann, Leon Martins, Lucas "LubaTV", Lucas Henrique, Lucas Olioti, Lukas Marques, Malena0202, Marco Tulio "AuthenticGames", Mariana "Satty" Ferreira, Mike, Nilce Moretto, Pac, Patricia "Pathy" dos Reis, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, Rosane Martins, Thalita Meneghim, Thiago Elias "Calango"
Tags Alan, Baixathentic, Calango, Casal De Nerd, Cellps, Christian Figueiredo, Damiane, Depois Das Onze, Drama, Felipe Castanhari, Felipe Neto, Guaxinim, Gusta, Julio Cocielo, Jvtista, Kéfera, L3ddy, Leon, Malepok, Mitw, Nilce, Pathy Dos Reis, Pipocando, Rezende Evil, Satty, Shipps, Voce Sabia, Yaoi, Youtube, Yuri
Exibições 29
Palavras 812
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei pessoas!
Boa leitura.

Capítulo 12 - O que o Léo tem...?


P.o.v Gabriela, Segunda-feira, dois dias depois da festa.

Eu estava indo para a escola juntos com minha mãe, quando eu me lembrei que desde o dia da festa eu não tenho notícias de ninguém, passei o final de semana inteiro deitada no sofá vendo "Hell's Kitchen".

Minha mãe me deixou na escola e foi embora, eu entrei na escola e passei o cartão de identificação nas catracas, eu odeio esse cartão de identificação..na foto, ele me deixou gorda.

Andei pelo corredor, subi as escadas e fui para a minha sala, ela ficava entre as duas coordenações, a do ensino médio e a do ensino fundamental, entrei na minha sala, vi primeiramente o grupinho da Patrícia enfileirado nas primeiras cadeiras, no fundão da sala se sentava os excluídos, gente considerada estranha e anti-social e no meio as pessoas com quem eu costumo conversar e meus amigos.

Mas hoje, eu tomei um susto, a Sam e o Théo não vinheram, o Léo estava se sentando ao lado da Patrícia e a Nathália era a única que estava sentada no seu lugar de sempre.

Cheguei perto da Nathália e perguntei:

-Cadê todo mundo? Por que o Léo está se sentando lá na frente junto com aquele grupinho de pessoas filhas da puta?-Gabi

-Eu também não sei! Ele ta estranho!! A Sam me passou um whatsaapp hoje de manhã falando coisas estranhas como "Não sente perto do Léo", "Não confie no Léo"...-Nathalia

-Isso, tá estranho Nat... E o Théo? Tem notícias dele?-Gabi

-O Théo e o Mark passaram o final de semanas juntos, o Théo disse que tava morrendo de dores nas costas e não vinha...-Nathalia

Nossa, eu não quero nem pensar como ele arranjou essas dores do nada..de novo!

-Mas sabe Nathália, seria mais fácil a gente perguntar pro Léo o que está acontecendo, eu vou lá..-Gabi

-Hm.. boa sorte..-Nathalia

Ela se encolheu na cadeira, eu percebi que ela estava escondendo algo, meio que ela sabe que não conseguiria me impedir de saber o que está realmente acontecendo por isso....me deixou ir....

O Léo saiu da sala no mesmo momento que eu ia chegando perto da cadeira onde ele estava sentado, eu fui correndo atrás dele e gritei:

-Ei Léo!!!!! Vem aqui!!-Gabi

Ele não me respondeu continou andando para frente, seja la para onde ele queira ir, eu o alcancei, mas assim que eu virei o rosto dele, ele me deu um soco no estômago.

-O que você quer comigo? Sua gorda!-Léo

Eu gemi de dor e me segurei na parede, o Léo bateu muito forte, mas mesmo assim eu pude me segurar.

-Qual o teu problema?? Eu apenas te chamei...-Gabi

-O meu probelma é que tem uma visita falando comigo...-Léo

Eu empurrei ele e enquanto eu segura minha barriga, falei:

-Por que está agindo desse jeito? Bem que a Sam tinha razão com as coisas que ela falou para á Nathália-Gabi

Eu ia voltar para sala, mas ele me segurou pela cintura e falou:

-Sam? O que ela falou?-Léo

Frazi as sombrancelhas e empurrei ele para trás e falei:

-Agora você quer falar comigo não é mesmo? Pois saiba que eu não vou dizer..-Gabi

Eu fui andando de volta para sala, quando ele me jogou no chão e colocou o pé em cima da minha barriga.

-Por que você não me diz? Vai me poupar de te abrir..-Léo

Eu gemi de dor, ele tava apertando minha barriga com a sola do sapato dele.. 

-O-O que-e você-ê está-á fazendo-o!!???-Gabriela

Meio que ele não parecia o Léo que antes todo mundo conhecia! Só por essa pequena conversa que eu tive com ele, ja du para perceber que algo aconteceu, algo que deve ter o machucado muito, mas o que exatamente? Todas essas perguntas se passavam pela minha cabeça quando eu recebi um soco bem no meu nariz, então, senti algo quente desendo entre meu nariz e minha boca, era sangue.

E com isso, com Léo saiu de cima de mim, mas meu nariz não parava de sangrar, eu não entendi o que ele quis fazer com isso!! Ele não queria saber o que a Sam falou, então por que isso??! E agora ele foi embora...eu juro que nao estou entendendo nada.

Me levantei ainda com a mão no meu nariz, eu tentava inutilmente para o sangue que jorava do meu nariz, mas não adiantava, era inútil.... Então eu descidi ir para a enfermaria, passei pelos corredor da enfermaria e chegando lá toçi um pouco, eu já estava me engasgando no meu próprio sangue.

-Moça-a com licença...-Gabriela.

Eu fui estremante tonta para a cama que tem na enfermaria, quando do nada escuto uma voz que eu sei muito bem de quem é!

-Isso que dá mecher com meu novo namorado! Owww tadinha de você...-Patricia.

-Seu novo-o namorado?-Gabriela.

Senti um chute nas minhas costas e desmaiei, a última coisa que eu me lembro de ver foi a Patrícia com aquele sorriso de puta, balançando o rabo dela na minha frente, enquanto saia da sala, depois disso, não vi nada além do piso da enfermaria, enquanto sentia meu sangue encharcar minhas roupas e meu próprio corpo.


Notas Finais


Tchau pessoas! Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...