História Gangsta Love (Camren) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello
Personagens Camila Cabello
Tags Camila Cabello, Camren, Lauren Jauregui, Policial
Visualizações 136
Palavras 1.336
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Policial, Suspense, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Obrigado por estarem lendo, sério, eu fico muito feliz com isso. Boa leitura e desculpe qualquer erro

Capítulo 9 - Los Angeles lá vamos nós


Lauren P.O.V


Parece que cai em uma armadilha, mas como os policiais de hoje em dia não são tão bem treinados, é fácil sair dessa na boa, eles mal me conhecem. Conhecem o que a mídia fala, mas não o que eu posso mostrar.


-Parece que isso tudo foi uma pequena armadilha, certo?- disse virando de costas lentamente até cruzar os olhos com um policial que estava apontando a arma pra mim- Muito bem feita, tenho que admitir, mas sabe qual foi o pior erro? A execução dela. Sairia tudo perfeito se vocês não fossem tão precipitados.


-Já acabou o discursinho, madame? Não sei se você sabe mas temos hora para leva-la para a delegacia- disse um policial se aproximando, provavelmente com a intenção de me algemar. Coitado, tão ingênuo.


-Ousado você, acha mesmo que vai me prender apenas com uma merda de uma emboscada mal executada? Vocês já foram melhores que isso, ou eu que melhorei no que eu faço mesmo, mas acho que é a primeira o opção mesmo- disse eu me virando pra ele e retirando a minha arma da cintura, adoraria ver o sangue dele escorrendo pelo chão- me responda uma pergunta, você realmente achou que eu era tão fácil assim para me prender? Você achou que eu seria tão fácil assim como os outros que você já prendeu? Não, eu não sou assim tão fácil como você pensa. Meu nível é elevado, muito elevado, e não vai ser uma porra de um policialzinho de quinta que vai me por atrás das grades como você, não vai - disse antes de lhe acertar um tiro no queixo, vendo seu sangue escorrer pelo chão. Não pude conter o sorriso quando vi a cena, era até...excitante, podemos dizer. Mas a parte ruim, ou até mesmo chata, foi quando uma troca de tiros começou quando o policial caiu no chão. Foi cansativo mas simples, até chegar mais três viaturas, e eu não tive escolha a não entrar no carro e dar um jeito de despistar eles. Lá vamos nós em mais uma perseguição.


Camila P.O.V


Já fazia alguns bons minutos deis de que Lauren saiu, ou até horas, e como eu estava sozinha, resolvi ligar a televisão para quebrar o tédio, até que me deparou com a seguinte notícia.


"Presenciamos hoje mais uma noticia da famosa Lauren Jauregui, e desta vez, a mafiosa entrou em uma encrenca. Segundo as fontes, uma pessoa em anônima fez uma ligação pedindo uma entrega de grande porte, mas ao chegar ao local, a gangstar foi surpreendida com uma emboscada feita pela polícia, mas por conta de suas habilidades, conseguiu sair facilmente da encrenca e entrou em uma perseguição com a policia. Para maus informações, fique ligado após os comerciais" era por isso que aquela filha da puta estava fora a um tempão, ela entrou em encrenda de novo. Parece que é um imã de problemas, mas Afasto meu pensamentos quando escuto meu celular tocar.


-Caralho, poderia ao menos ter avisado que se meteu em uma confusão em vez de deixar a trouxa aqui preocupada?


-Arrumem suas malas, baby, estamos indo para L.A - depois disso ela desliga na minha cara. Como eu suporto ela mesmo? Me pergunto a um tempo isso des que coloquei meus pés aqui. Fiz como ela pediu e arrumei minhas malas, e depois de alguns poucos minutos, vejo Dinah entrar pela porta perguntando se eu já arrumei tudo e indo colocar as malas no carro. Até me assusto com a correria, mas me tranquilizo quando vejo vero indo junto no carro de Lucy, me pergunto se as duas estão tendo algo, pois tenho certeza que não é só eu que percebo as trocas de olhares e de carícias entre as duas.


-Vamos para L.A aleatoriamente assim? Eu tenho faculdade aqui - disse começando a ficar irritada com Lauren. Motivo? Não sei, apenas estou brava com ela - tem como não me ignorar por favor caralho? Se eu quisesse falar sozinha eu nem estaria falando contigo porra, vai ignorar tuas puta.


- Já disse que você fica linda brava e com ciúmes? Uma junção dos dois então, ai eu não controlo meus dedos Camila... - a interrompi com um tapa em seu ombro, não estava ali para ficar envergonhada - qual foi a necessidade disso porra? Meu braço ta vermelho por culpa sua agora!


-Não posso fazer nada meu bem, assim como você não controla seus dedos, eu também não controlo minha mão - disse me afastando e reboalndo um pouco apenas para provoca-la, e como eu sou boa nisso, consegui numa boa


-Eu ouvi um "meu bem" ai? Olha meu casal interagindo, ai eu não aguento - disse Dinah praticamente gritando e colocando a mão no peito em uma expressão de dor.


-Não fui só eu que percebi, amém! Meu otp interagindo é lindo, já to até pensando no nome dos meus sobrinhos gente - disse Veronica toda animada se juntando em uma gargalhada extremamente escandalosa junto com Dinah, não sei como eu sou amiga delas mesmo.


-Como se você e Lucy nunca tiveram nada, não é Iglesias? Não foi você que teve que aturar gemidos a noite inteira e ficar com sono o dia inteiro por causa disso, sinceramente, se eu quisesse ficar ouvindo gemidos enquanto eu dormia, eu colocava xvideos na televisão e dormia, mas pra que isso quando se tem uma amiga que geme igual a uma cadela no cio? - disse eu ao me juntar na gargalhada das duas, agora ficando três retardadas rindo igual hienas.


-Ta ai uma coisa que eu não passei, certo cabello? Eu que tive que ficar escutando você pedir pra Lauren enfiar mais fundo e mais forte praticamente a noite inteira, certo passivinha escandalosa? - disse Dinah na maior trairagem, sou amiga de grandes vacilonas.


-Não tenho culpa se você ta na seca e sem dar pra ninguém, ou comer né, não sei se tu é ativa ou passivinha escandalosa - disse eu entrando na brincadeira, eu também sei zoar quando quero.


-Ta afim de descobrir? - disse me olhando com uma cara maliciosa e levantando uma de suas sombrancelhas. Já disse que Dinah é a melhor amiga que alguem pode ter?


-Mantenha seus dedos longe do que é meu senão você nunca mais ira te-los de volta, ouviu bem Dinah Jane? - falou Lauren toda possessiva agarrando minha cintura puxando em um aperto possessivo e um pouco agressivo. Normalmente outras pessoas não gostariam, mas eu não sou elas, eu até arriscou dizer que fico excitada com isso, e não é pouco, já possi até sentir minha calcinha úmida


-Jauregui agressiva é a melhor Jauregui, sim ou claro? - disse Lucy finalmente se pronunciando, como ela ficou quieta esse tempo todo?


-Eu seria masoquista se respondesse claro? - perguntei meio confusa e também na intenção de provoca-la, e pelo visto deu certo, pois ela só me apertou mais forte ao eu ter dito isso. Tem como ela parar de fazer minha calcinha ficar molhada ao menos por um segundo?


-Quer descobrir seu lado masoquista? - disse Lauren com sua voz rouca, porem para minha infelicidade, ela falou alto o bastante para outras pessoas ouvirem.


-Por favor gente, vão flertar ou tranzar em outro lugar, na minha frente não, é desconfortável, vão fazer isso no carro ou em casa ou controle seus dedos Lauren. - disse Lucy ao fazer uma careta de nojo, mal a conheço e já considero


-No carro já era a minha intenção inicial mesmo, não seria problema algum pra mim - disse Lauren numa calma surreal. Serio que ela não ficava constrangida em momentos como esses? Dei-lhe mais um tapa no ombro- ai caralho! Por que você ta me batendo se a masoquista é você? Acho que os papeis se trocaram por um momento, algo de errado não esta certo.


-Vamo entrar nessa porra de carro logo que eu to com sono caralho. - disse Dinah começando a se estressar, por um momento eu esqueci da viagem para L.A

E lá vamos nós.


Notas Finais


Obrigado por estarem lendo e é nois


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...