História Gangster 2 temporada (imagine mim yoongi) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Gangster 2 Temporada, Imagine Yoongi, Suga
Visualizações 126
Palavras 845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieeeeee voltei
Boa leitura

Capítulo 2 - Mais uma briga


Fanfic / Fanfiction Gangster 2 temporada (imagine mim yoongi) - Capítulo 2 - Mais uma briga

Jin chegou até onde estávamos.
Jin: acho melhor você sair logo daqui, suga não vai ficar contente em te ver aqui.
SG: não dá mais tempo!!!
JM: fudeo
S/n: me ferrei legal
SG: oque está fazendo aqui? 
S/n: vim ajudar vocês.
SG: eu mandei ficar em casa! - ele gritou.
S/n: você não manda em mim! - disse e virei as costas pra eles, então comecei a caminhar e o mesmo caminhou em minha direção.
Suga gritava para que eu parasse porém eu o ignorava.

••• 

Estávamos em casa quando suga resolver me chamar pra a conversa em particular.
Então o segui até a biblioteca.
SG: eu mandei ficar em casa.
S/n: já disse que só quem manda em mim sou eu! 
SG: não grita comigo - ele disse apontando o dedo pro meu rosto.
S/n: porque? Vai me bater por acaso? Vai mandar me matar e jogar na floresta, como festa com a yume? 
SG: AAAAA!!!! - ele gritou e virou a mesa de vidro da biblioteca.
A mesa de quebrou e pedaços de vidro voaram em minha direção.
Os vidros foram tão rápidos que um dos pedaços parou no meu braço e alguns voaram no meu rosto.
SG: amor me desculpa.
A dor no meu braço e rosto era tanta que meus olhos ficaram marejados.
Então sai da biblioteca praticamente chorando.
SG: s/n!!! 
Suga gritou e eu o ignorei.
Jin: oque houve? Ouvimos gritos.
JM: seu braço... Esta sangrando.
JK: o Jackson e enfermeiro, pode te ajudar.
Jks: e verdade

Os meninos foram falar com o suga enquanto Jackson tirava os vidros do meu rosto e meu braço.
Então assim que Jackson terminou eu agradeci e subi pro quarto, como era esperado suga veio atrás minutos depois.
O mesmo ficou batendo na porta do quarto.
SG: abre a porta e uma ordem.
S/n: você não aprende? Sai daqui!!!!!! 

••• 
DOIS DIAS DEPOIS

eu ainda estava de mal com suga, a dois dias que eu não falava com ele, então assim que terminei o banho desci pra tomar café.

S/n: bom dia meninos - disse com um sorriso no rosto.
Jks: seu braço melhorou? 
S/n: sim, graças a você.
S/n: jin depois do café pode me ajudar a colocar as câmeras na casa? A meses​ que quero fazer isso
Jin: claro!
Então suga desceu pro café.
E se sentou na mesa.
S/n: com licença meninos, o ar se tornou inrrespiravel.
Levantei da mesa e fui pra sala.
Suga veio logo atrás.
E se sentou do meu lado no sofá.
SG: chega disso.
S/n: não foi eu quem começou isso.
SG: me desculpa, meu temperamento não é dos melhores e sabes disso.
SG: me desculpa - ele disse selando minha testa.
S/n: pra você fazer de novo? 
SG: nunca mais Faço aquilo, vou procurar um psicólogo - disse selando minha bochecha.
S/n: promete? 
SG: prometo - ele disse selando do meus lábios, então o olhei e não pensei em nada, apenas o beijei. 
 Beijo doce e calmo, suga pediu passagem e eu cedi.
Então suga encerrou o beijo com  leve selar e um belo sorriso no rosto. o mesmo se deitou no sofá e colocou sua cabeça na minha perna, os meninos treinaram o café e vieram pra sala
Jk: tá me devendo um Toddynho.
JM: droga! 
SG: oque foi? 
JM: pedir a aposta.
Jin: que aposta?
JK: eu e o jimin apostamos que vocês não passariam de 3 dias brigados, e eu ganhei (risos) 

•••

Jin chamou uma psicóloga pro suga, uma menina que ele conheceu no restaurante, a mesma estava na biblioteca com suga enquanto eu e jin estávamos instalando as câmeras na casa.
Jin: acho que já acabamos certo? 
Eu assenti.
Jin recebeu uma ligação. Assim que desligou a mesma veio ate mim.
Jin: temos que buscar o yang mi, ele está mal, com​ febre e resfriado.
S/n: oque? O meu filho tá doente? - ele assentiu.
Tae: oque houve?
Jin: temos que ir buscar o yang mi.
Tae: então vamos logo.
Jin: vamos lá s/n, você fica aqui
S/n: está bem.
Eles saíram de casa e eu fiquei com o coração na mão.

••• 

Depois de alguns muitos minutos os meninos chegaram com yang mi, corri até a porta e peguei ele no colo.
Porém o mesmo começou a se mexer para que o colocasse no chão, levei ele até a sala e o coloquei encima de algumas almofadas que eu mesma coloquei no chão, ele ficou brincando até que suga saiu da biblioteca, ele se despediu da psicóloga com um abraço e quando veio até nós ele percebeu que yang mi havia voltado.
O mesmo correu e abraçou o menino como se fosse um boneco então quando suga se sentou no sofá yang mi começou a esticar seus braços para que suga o pegasse no colo.
 suga o pegou o colo e eu fiquei com a maior cara de tacho.
S/n: com ele você vai né seu moleque.
Então yang mi fez biquinho e olhou pro suga.
Ym: papa - ele disse e afundou sua cabeça no pescoço do suga. 


Notas Finais


Foi isso.
Continuo?
Obrigada por lerem não revisei o cap e desculpa pelos erros, vou resolver o cap.

BJão da tia leh💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...