História Garota a prova de Balas - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 90
Palavras 1.410
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura♥

Capítulo 45 - 45


Fanfic / Fanfiction Garota a prova de Balas - Capítulo 45 - 45

(TaeHyung)



Eu olhava tudo aquilo maravilhado. Não sabia que ficaríamos tão importantes que os nossos rostos seriam postos em doces!.


 "É TaeHyung, você jamais irá se arrepender de ter ido comprar arroz naquele dia"


- Olha Oppa -Ana veio sorridente, entregando um docinho para mim.


Olhei o doce, que tinha o meu rosto na era de BST - Blood, Sweat & Tears. Estava bem feito, parecia ter sido feito com cada detalhe bem pensado, ou copiado.


- Aigoo -Hoseok Hyung fez um bico.- Não vou conseguir comer esse gato, maravilhoso!.


Olhei para o seu doce e revirei os olhos. Ele ama a si mesmo.


- É só fechar os olhos e enfiar dentro da boca Hoseok -YoonGi Hyung mostrou como devia fazer, engolindo de uma vez o seu doce.- Até que é bom né! Obviamente!, é o meu doce! -Riu debochado.


- OMO! -Ana arregalou os olhos.- Nem deu tempo de tirar uma foto do docinho -Choramingou.


- Não se preocupe criança -Jin Hyung sorriu, abrindo outra sacola.- Compramos vários! -Levantou a sacola e a virou, deixando vários doces cair em cima da mesa.


- Quanto você gastou com isso tudo Hyung?! -JungKookie arregalou os olhos surpreso.


- Não sei... -Jin Hyung parou e encarou as sacolas.- Muito? -Riu sem se importar.


- O Manager não vai gostar disso -Jimin Hyung balançou a cabeça negativamente, saindo da cozinha e se sentando no sofá da sala.




                      (...)




- Acho que vou explodir! -Hoseok Hyung arregalou os olhos levemente.


- Também -Ana se esparramou no chão da sala.


- Ah seus porcos! -Jin empurrou a Ana do seu caminho com o pé.


- Aigoo! -Baguncei o meu cabelo.- Agora estou com sono -Fiz um bico.


De repente, I NEED U começou a tocar na sala. Peguei o meu telefone e olhei para a tela, sorrindo Bobo sem saber.


- Aish -Hoseok me encarou, já sabendo quem era.- É a SooJung?, não é?! -O Hyung balançou os braços no ar, como se quisesse pegar o meu celular.- Se eu pudesse me esticar mais! -Bufou.


- Quem é SooJung? -Ana se sentou, me encarando.


Senti os olhares sérios de Jin e NamJoon. Os olhei de volta, tentando baixar a tensão.


- Ninguém de importante -Menti.


Hoseok Hyung deu uma risada forçada bem falsa. Parecia que estava morrendo.


Ri e me levantei, subi as escadas e entrei no meu quarto.


Atendi a ligação.



- Alô? -Respirei fundo, mordendo o canto dos lábios nervoso.


~ TaeHyung? -Estremeci quando ouvi a voz doce.



Quando é que ela vai parar de ser tão perfeita?!.



- Noona?! -Sorri imaginando o seu rosto belo.


~ TaeHyung! Que bom que atendeu! -Sentei em minha cama, tentando segurar o meu coração de sair pela a boca.~ Eu tentei ligar para os seus Hyungs só que eles não me atenderam.



Obviamente, eles não gostavam de SooJung. 


Eu não sabia o motivo, realmente, não tinha motivo. Eles nunca foram com a cara dela, mesmo o rosto dela ter sido feito pelo os deuses. 


Acho, que eles só falavam com ela por serem obrigados.


Eles sempre me falam para eu não me meter com ela, porque o tipo de mulher dela não servia.



- Eles tinham saído Noona -Franzi a boca.- Por que me ligou?! -Sorri ansioso.


~ O manager que marca uma nova reunião, para falar sobre os novos shows marcados -Suspirei.~ Algum problema?.


- Não! Diga a ele que amanhã de manhã podemos ir -Franzi a boca encarando o chão tristemente.


~ Okay! Até amanhã TaeHyung.


- Até... Noona -Desliguei.



Suspirei pesado jogando as costas para trás, olhando para o teto.


Claramente ela me ligaria apenas se fosse preciso, ela não se importava comigo, um mero garoto famoso.


- Aish! -Resmunguei me levantando, não podia ficar pensando naquele tipo de coisa.


SooJung era uma Staff e eu um K-Idol!, nunca daria certo.... Além de que ela não me vê além de um garoto ao qual ela é obrigada a cuidar.


- Já pode sair de trás da porta Hyung -Avisei cabisbaixo.


Logo a porta foi aberta. Hoseok adentrou em meu quarto, logo fechando a porta atrás de si. O mais velho apoiou o quadril na porta, cruzando os braços e me encarando sério.


- Ainda gosta dela TaeHyung? -Hope Hyung me olhou sério. Suspirei concordando com a cabeça.


Hoseok era o que mais não gostava de SooJung - juntamente com YoonGi. Ele sempre me consolava quando eu estava triste, ou quando eu tentava falar com a mesma mas ela me ignorava ou mandava eu me arrumar. Hoseok já disse para eu esquecer ela, ela não era para mim. Eu tentei!, mas não dá, cada vez que eu encaro SooJung o meu corpo trava.


- Eu já disse para esquece-lá.


- Você acha que eu não tentei Hyung?! Mas não dá!, eu simplesmente não consigo!! -Baguncei os meus cabelos, me sentando frustrado novamente na minha cama.


Hoseok veio até mim, se sentando ao meu lado e colocando a sua mão em meu ombro.


- Tae.... Eu sei que é obrigado a ve-lá, mas tente não manter muito contato! Ela não é para você e- -O interrompi.


- Por que Hyung? Por quê vocês ficam dizendo que ela não é para mim??!! -Me levantei alterado, aumentando a voz. Encarei Hoseok irritado.- Por quê?!.


- Você não entenderá, ainda é novo -Hoseok respondeu.


- O que eu não entenderia?! O que vocês têm contra ela?! -Abri os olhos raivoso.


- Nós apenas nos preocupamos com você TaeHyung! -Hoseok se levantou. O mais velho me encarou sério, fazendo eu tremer.- Você foi o último a entrar na empresa!, não conhecia SooJung tanto quanto nós!, você não sabe o que ela é! Pode ter passado todos esses anos trabalhando juntos!, mas é porque você é o mais afastado, não conhece o outro lado daquela mulher!! -Aumentou o tom de voz, me olhando dentro dos olhos.- Eu não quero alguém machucado no final! -Disse ríspido.


Arregalei os olhos surpreso e assustado. Hoseok me olhava tão friamente que por um momento, não o reconheceria como o meu Hyung sorridente. Ele estava sério, bravo e bastante viril.


- Apenas entenda Tae -Hoseok me tirou do meu transe, abaixando a guarda e falando mais calmo.- Não queremos que algo de mal lhe aconteça -Colocou a sua mão em meu ombro.- Apenas... tente não se apaixonar mais -Deu uma batida em meu ombro, sorrindo sem mostrar os dentes.


Hoseok Hyung passou por mim indo em direção a porta. Me virei ainda assustado e com medo. O mais velho segurou a maçaneta, a virando e logo puxando a porta para trás. Hyung foi rápido o bastante para dar um pulo para trás, deixando os 5 corpos caírem em um montinho.


- Que coisa feia! Ouvindo atrás da porta! -Jin Hyung se levantou do montinho, falando falsamente e se limpando.


- Mas você também estava ouvindo Hyung -Jimin exclamou.


- Calado -Jin saiu pela a porta, sumindo pelo o corredor.


- Vamos! Saiam! -Hoseok ditou.


NamJoon, JungKook, Jimin e Ana se levantaram, nos olhando nervosos. YoonGi não gostava de falar de SooJung, então provavelmente quando ouviu o nome dela, deve ter desistido de ouvir a conversa.


Cada um foi se levantando e saindo.


- Como já disse, não quero ninguém machucado TaeHyung -Hoseok Hyung sorriu pequeno.


- Mas vocês são aprova de balas! -Ana colocou os punhos na cintura, nos olhando desconfiada.


- Mas não a mulheres -Hoseok a olhou.


- Então que dizer que o Ta-.


- Vamos Ana!! -JungKook puxou o seu braço, sorrindo forçado.


- Mas eu ain- -JungKook a interrompeu novamente.


- Venha! -O mais novo saiu a arrastando escada a fora, perdendo o nosso desconforto.


Encarei Hoseok novamente, cabisbaixo. O mesmo ainda olhava a mais nova tentando se soltar dos braços fortes de Kook.


- Não meta Ana nisso -Hoseok se pronunciou.- Ela é apenas uma criança, não sabe o que faz! Você sabe que se ela soubesse disso, ia atrás de SooJung -Riu singelo, olhando para o chão.


- Sim, ela não saberá -Concordei.


Hoseok pegou na maçaneta, olhando para o chão meio relutante.


- Eu não quero mais um de nós com o coração baleado -Suspirou.- Não finja que é aprova de balas TaeHyung -Hoseok saiu pela a porta, fechando a mesma.


Abaixei a cabeça, pensando em suas palavras. Me deitei novamente na cama, olhando para o teto.


SooJung.... Será que era um dia me notaria?.


De repente, a minha mente estalou, voltando as palavras de Hoseok.


 "Eu não quero mais um de nós com o coração baleado"


A minha garganta fechou, de repente, parecia que desaprendi a respirar. A minha mente se tornou um turbilhão.


Afundei minhas mãos no cobertor em baixo de mim, o agarrando fortemente enquanto algumas lágrimas solitárias olhavam para a minha tristeza.


- M-Mas um? -Minha voz saiu embargada. Olhei para o meu telefone em cima do balcão. 


O encarei por alguns segundos.


- Será que a doce SooJung já destruiu alguém?.


Notas Finais


Iii pesado

O que acharam?!

Obrigado por lerem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...