História Garota ARCO ÍRIS - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Garota Do Arco Íris
Exibições 7
Palavras 531
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Minha quarta Fanfic!! :3 :3 :3
Sexto capítulo 😍😍
Segundo capítulo de história 💙💙
Essa fanfic é um pouco anormal! 😏😏
Deixem seus comentários... ❤❤
Amo vcs Ursinhos e Ursinhas 🐻🐻

Capítulo 7 - Terça Feira, 11 de Outubro de 2016


Fanfic / Fanfiction Garota ARCO ÍRIS - Capítulo 7 - Terça Feira, 11 de Outubro de 2016

Queridos Ursinhos e Ursinhas,

Hoje é terça e terça é dia de se declarar para o crush, certo? Errado!
Gente, eu juro que tentei de tudo para falar com o Símon, mas não foi desta vez (Socorro!).
Meu plano inicial foi não fazer plano algum, nada sai como o planejado e você fica bolado, então eu resolvi falar com ele logo cedo sem planejamentos, se eu deixasse para mais tarde ficaria pensando no assunto e acabaria pensando demais no assunto, compreendem?
O problema é que eu acordei tarde e cheguei atrasada (Não me matem!) e a minha primeira aula de hoje é espanhol, a linda língua que eu amo de montão, correto? Errado de novo, eu odeio espanhol, odeio a professora e odeio carne de panela, só para constar (Nada contra os amantes de carne de panela!), o legal é que a professora também me odeia!
Juro, hoje ela quase me expulsou da sala de aula só porque eu respondi de forma grossa! Ela esgota minha paciência, sério! Traduzindo ela me perguntou "Já leu o texto" e eu com maior vontade respondi "Sim" e voltei a conversar com a Eddie, então ela deu o maior chilique dizendo que eu era mal educada e que se eu não quisesse fazer sua aula eu poderia sair e ficar com a Alba (Coordenadora) no corredor para terminar. Eu pensei "Você está de marcação comigo, só pode", mas apenas acenei com a cabeça.
Na hora do lanche eu me sentei sozinha atrás dos armários (Porque eu sou super excluída) e fiquei olhando para o nada, literalmente, quando percebi que Paulo estava falando comigo, na verdade foi mais para um "E aí Lette", voltei aí meu estado de hibernação quando percebo que Símon está parado na minha frente.
Meu primeiro pensamento foi "Sai dai moço, você tá atrapalhando minha observação matinal da parede", mas quando fui falar algo ele me interrompeu "Oque foi?" Me perguntou ajoelhando na minha frente "Se eu falar que é nada você vai acreditar?" "Não" "Foi o que eu pensei" Disse encarando-o "O que houve Lette?" "Nada, eu sempre fico assim" "Não gosto de ver você sozinha" "Então feche os olhos" Senti uma pontada de sarcasmo em minha voz! "Lette" "Estou falando sério Símon" "Tudo bem, se não quer me falar não fale. Mas se precisar de alguém pode me procurar" "Pode acreditar que vou".
Sei o que estão pensando, porque você não falou para ele nesta hora? Bem, eu esqueci. Me lembrei apenas quando o sinal tocou e quando fui procura-lo depois da aula seu pai chegou e eu não pude falar, mas eu tentei, e como eu tentei. Não foi desta vez Lette!
Como amanhã é feriado só falarei com ele quinta (Se eu conseguir), então prazer, eu estou muito ansiosa! Só espero que dê certo desta vez!
Eu sempre fui de me jogar de cabeça em tudo que eu faço e sinto, mas desta vez eu me superei! Eu me joguei de um abismo sem saber o quão grande a queda, mas o problema real é que eu ainda não cheguei ao fundo deste abismo. Valeu Símon, você descobriu o melhor de mim, agora estou em uma queda infinita...

Beijinhos,
Lunacórnia <3


Notas Finais


Caros Ursinhos e Ursinhas, 🐻🐻
Deixem suas opiniões 💜💚
Beijocas, 💘💘
Lunacórnia🌙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...