História Garota em chamas - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Channel: The Animation
Tags Akagami No Shirayuki-hime, Akame Ga Kill, Amnésia, Angel Beats!, Ano Natsu De Matteru, Ao Haru Ride, Ao No Exorcist, Artes Marciais, Aventura, Bakemonogatari, Bakuman, Bishoujo, Bishounen, Black Bird, Black Bullet, Black Rock Shooter, Bleach, Blood Lad, Blood+, Blood-c, Boku Kara Kimi Ga Kienai, Boku Ni Natta Watashi, Brothers Conflict, Btooom!, Bungou Stray Dogs, Charlotte (anime 2015), Clannad, Colegial, Comedia, Cosplay Complex, Crossover, Dakara Boku Wa, Dance In The Vampire Bund, Dance With Devils, Danganronpa: The Animation, Deadman Wonderland, Death Note, Dengeki Daisy, Dgray-man, Diabolik Lovers, Dn Angel, Drama (tragédia), Durarara, Ecchi, Ecchi Ga Dekinai, Escolar, Esporte, Fairy Tail, Família, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Cientifica, Free, Fullmetal Alchemist, Gakuen Alice, Gintama, Haikyuu, Hakushaku To Yousei, Harem, Hataraku Maou-sama, Hentai, Hiyokoi, Horimiya, Horror, Hunter X Hunter, Hyouka, Inazuma Eleven Super Onze, Inu X Boku Ss, Inuyasha, Inuyasha Kanketsu-hen, Itazura Na Kiss, Junjou Romantica, Kaichou Wa Maid-sama, Kamigami No Asobi, Kami-sama Hajimemashita, Kaze No Stigma, Kill La Kill, Kissxsis, K-on!, Kotoura-san, Koutetsu Tenshi Kurumi, Kuroko No Basuke, Kurookami, Kuroshitsuji, Kyoukai No Kanata, Last Game?, Lovely Complex, Luta, Mad Father, Magia, Mirai Nikki, Mistério, Namaikizakari, Nana, Naruto, Nijiiro Days (rainbow Days), No Game No Life, Noragami, Novela, One Piece, Pandora Hearts, Poesias, Pokémon, Policial, Romance, Romeo X Juliet, Rosario Vampire, Saga, Sankarea, School Days, Seikon No Qwaser, Seito Kaichou Ni Chuukoku, Shigatsu Wa Kimi No Uso, Shonen-ai, Shoujo Romântico, Shoujo-ai, Shounen, Sobrenatural, Soul Eater, Suki-tte Ii Na Yo, Suspense, Sword Art Online, Terror, The Walking Dead, Tokyo Ghoul, Toradora, True Love, Universo Alternativo, Vampire Knight, Violencia, Visual Novel, Vocaloid, Watashi Ni Xx Shinasai!, Yamada Tarou Monogatari, Yaoi, Yu-gi-oh!, Yuri
Exibições 25
Palavras 944
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - Capítulo 11 (Lee....)


Fanfic / Fanfiction Garota em chamas - Capítulo 11 - Capítulo 11 (Lee....)

BEN NÃO ESTÁ BEM NEM UM POUCO!!! Seu corpo estava atravessado por uma barra de ferro bem na barriga, ele tentava levantar mas ela arranhava mais. E DE ONDE SURGIU ESSA DROGA DE FERRO???

-Ben!!- Desso junto com Kenny.- Oh Ben...- Ele não vai se salvar. As chamas puras não vão dar conta. Ou melhor EU nãovou dar conta. Sou uma inútil mesmo....- An?- Avisto alguns zumbis virem aqui.-Kenny!- O chamo e ele saca a arma, atira em cinco caminhantes.- O que vamos fazer? Eles devem ter ouvido o barulho.

-E-eu, eu não quero virar um deles.- Ben diz.

-Você não vai virar.- Kenny diz.- Só tenho uma bala droga. Aya sobe.

-Kenny....

-Sobe!- Ele pede de novo e obedeci, fui subindo as escadas e vendo Kenny socando os walkers para longe do Ben. Depois disso só ouvi um tiro. UM.  E terminei de subir as escadas.

-Cade o Kenny? E Ben?

-E-eles... Eles.... Eu perdi os dois!- Ponho as mãos no rosto. Acabou. Lee vai se transformar e só vai sobrar eu  e Ayo. Esse mundo não tem rumo!!!

-Não foi sua culpa.- Ayo diz.

-Kenny só tinha uma bala. Não sei se ele atirou nele ou no Ben.

-Melhor irmos.- Lee diz.- Está difícil controlar a dor do braço.

Não falei com ninguém o trajeto inteiro. Caminhávamos pela cidade eu somente olhando para baixo. Eu considerava o Ben um ótimo amigo e o Kenny como um tio bem próximo. Será mesmo que eu e Ayo vamos salvar esse mundo? Estamos prontos para isso?? Não consegui salvar nenhum deles. Eu estou bem preocupada com o Lee. Ele pode fazer o possível para não demonstrar, mas dá para ver que ele está com febre. Eu não quero vê-lo assim. Não consigo deixar de pensar que é minha culpa. Ele me pediu para esquecer mas não é fácil, não consigo olhar para ele e ver que está sem o braço. É impossível. Ele já me salvou tantas vezes, e agora....

Estava a noite e precisávamos encontrar algum lugar para ficarmos. Entramos dentro de um daqueles lugares de concerto de carro. Dentro de um viaduto de polícia havia um walker, um policial, provavelmente morreu de fome.  Lee cai no chão e se contorce um pouco o que me deixou aflita.

-Lee!- Me ajoelho do lado dele para checar como ele estava. Checo a temperatura e ele estava tremendo em febre.- Não... Não Não!!!- Pego uma garrafa de água e um pano, molho um pouco para ficar úmido e coloco na testa de Lee.

-Você não devia gastar água assim.- Lee diz fraco.

-Não estou gastando. Estou ajudando meu melhor amigo!- Respondo ainda com a mão no pano, segurando-o na testa quente dele.

Ele solta um longo suspiro. Ayo ficava calado, provavelmente não queria se meter nisso. Ouço Lee murmurando um "Eu não vou aguentar muito tempo" o que não me acalmou.

-Aya, está vendo aquele policial?- Lee pergunta se levantando com dificuldade, o acompanho.- Ele está com algemas, pegue dele.

Somente obedeci e fui até lá. Enraiha surge em minhas mãos e corto a cabeça do walker. Pego as algemas do cinto dele e vou até Lee, que agora estava encostado num canto aonde tinha um cano acima dele.

-Agora me prenda no cano.- Ele oferece o seu braço esquerdo. Exito.

-Lee... Não tem a chave....

-Por favor.- Ele suplica.

Suspiro e faço o que ele pediu, prendo as algemas no cano e novamente exito por uns segundos mas prendo sua mão.

-Lee....

-Agora pegue.- Ele solta um grunhido como aquelas coisas e me oferece sua arma com bastante munição.- Atire.- Dessa vez exitei de verdade.

-Lee como assim??- Pergunto quase que num grito e Ayo se levanta aflito também.

-Assim não irei machucar nenhum dos dois.- Ele explica fraco.

-Lee por favor....

-Quero que você faça isso.- Ele diz se acomodando.- Vai.

As lágrimas já teimavam cair e eu não aguentei mais, derrubei lágrimas, muitas. Ayo sabia que eu precisava de espaço agora, mas também ficou em dúvida por eu precisar de companhia. Ele sabe como sou confusa.

-Foi bom os momentos que passamos juntos, os que ríamos, brincamos e até quando quase morremos várias vezes.- Solto uma risada triste junto com ele e Ayo.- Mas agora não dá mais querida. Sempre os considerei meus filhos. Você me lembra a minha filha e você o meu irmão mais novo.

-Sempre te considerei um pai. - Digo entre soluços segurando a arma para baixo com as duas mãos. Ayo me acompanhava com as lágrimas.- Eu vou sentir a sua falta, de verdade.

-Irei observar vocês sempre.- Vejo uma lágrima cair do olho de Lee.- Depois de atirar, fujam o mais rápido possível, pois chamaram a atenção deles.- Ele fecha os olhos.- Pode ir.

Levanto a arma mirando nele, fecho os olhos e atiro.

-NÃAAAAAAAAAAOOOOO!!!!- Grito o abraçando.

-Eu sei Aya também estou péssimo mas lembra o que ele pediu??- Ayo me abraça.

-T-tudo bem.- Digo em soluços. Guardo a arma na bolsa  e saímos de lá. Enquanto corríamos, eu continuava pensando.

As últimas palavras de Lee. Eu o considerar como meu pai. Ele nos considerar como filhos. Tudo o que passamos juntos. Tudo o que vivemos, passamos e várias outras coisas. Ele me encontrar naquela casa na árvore e virarmos melhores amigos. Encontrarmos aquele homem na floresta e ele amputando o seu pé tentando salvá-lo. Aquela vez na fazenda que conhecemos Duck, Mary e Kenny e ele tentou salvar Kevin. Naquela vez com Nanase Rishard e Lary que quase comemos a carne de John, descobrimos tudo juntos. Ele sempre tentou nos proteger e acabou assim. Lee eu sempre vou te amar como amo meus pais.

                                                                                        FIM......


Notas Finais


Querem a segunda temporada??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...