História Garota em chamas - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Channel: The Animation
Tags Akagami No Shirayuki-hime, Akame Ga Kill, Amnésia, Angel Beats!, Ano Natsu De Matteru, Ao Haru Ride, Ao No Exorcist, Artes Marciais, Aventura, Bakemonogatari, Bakuman, Bishoujo, Bishounen, Black Bird, Black Bullet, Black Rock Shooter, Bleach, Blood Lad, Blood+, Blood-c, Boku Kara Kimi Ga Kienai, Boku Ni Natta Watashi, Brothers Conflict, Btooom!, Bungou Stray Dogs, Charlotte (anime 2015), Clannad, Colegial, Comedia, Cosplay Complex, Crossover, Dakara Boku Wa, Dance In The Vampire Bund, Dance With Devils, Danganronpa: The Animation, Deadman Wonderland, Death Note, Dengeki Daisy, Dgray-man, Diabolik Lovers, Dn Angel, Drama (tragédia), Durarara, Ecchi, Ecchi Ga Dekinai, Escolar, Esporte, Fairy Tail, Família, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Cientifica, Free, Fullmetal Alchemist, Gakuen Alice, Gintama, Haikyuu, Hakushaku To Yousei, Harem, Hataraku Maou-sama, Hentai, Hiyokoi, Horimiya, Horror, Hunter X Hunter, Hyouka, Inazuma Eleven Super Onze, Inu X Boku Ss, Inuyasha, Inuyasha Kanketsu-hen, Itazura Na Kiss, Junjou Romantica, Kaichou Wa Maid-sama, Kamigami No Asobi, Kami-sama Hajimemashita, Kaze No Stigma, Kill La Kill, Kissxsis, K-on!, Kotoura-san, Koutetsu Tenshi Kurumi, Kuroko No Basuke, Kurookami, Kuroshitsuji, Kyoukai No Kanata, Last Game?, Lovely Complex, Luta, Mad Father, Magia, Mirai Nikki, Mistério, Namaikizakari, Nana, Naruto, Nijiiro Days (rainbow Days), No Game No Life, Noragami, Novela, One Piece, Pandora Hearts, Poesias, Pokémon, Policial, Romance, Romeo X Juliet, Rosario Vampire, Saga, Sankarea, School Days, Seikon No Qwaser, Seito Kaichou Ni Chuukoku, Shigatsu Wa Kimi No Uso, Shonen-ai, Shoujo Romântico, Shoujo-ai, Shounen, Sobrenatural, Soul Eater, Suki-tte Ii Na Yo, Suspense, Sword Art Online, Terror, The Walking Dead, Tokyo Ghoul, Toradora, True Love, Universo Alternativo, Vampire Knight, Violencia, Visual Novel, Vocaloid, Watashi Ni Xx Shinasai!, Yamada Tarou Monogatari, Yaoi, Yu-gi-oh!, Yuri
Exibições 34
Palavras 875
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Capítulo 7 (Canibais)


Fanfic / Fanfiction Garota em chamas - Capítulo 7 - Capítulo 7 (Canibais)

Eu ia até um lugar em que ouvi gritos abafados, um lugar com um cadeado mais para dentro do celeiro. Lee ia abrir mas nos chamaram para o jantar. Lee ficou e eu fui com Ayo. Só ouvi um deles dizer que não tem nada demais ali e que não devemos entrar lá, o que me deixou mais desconfiada e curiosa. Até agora não vejo John, disseram que ele está descansando e não sei o que, mas ele conquistou minha confiança e amizade, não tanto quanto Lee, mas gosto dele. E estou preocupada.

Nos sentamos na mesa, eu do lado do Ayo e o Ben na minha esquerda. O velhote sentou a minha frente com Mira do lado esquerdo dele e Margô do direito. Nanase sentou na ponta, e seus filhos um do lado do outro, até agora Lee não veio. Estou preocupada. Pois John também não veio.

-Cadê o John?- Pergunto quase que num tom de ameaça.

Ele está lá em cima descansando querida.- Nanase responde.

-Quero vê-lo.- Digo me levantando.

-Espera.- Rishard se levanta segurando meu pulso.- Não quer comer um pouco? Está muito bom.

Me solto dele e vou até Ayo e Ben.

-Não comam nada ainda, se fizerem isso faço vocês engolirem cada flecha do seu arco e flecha Ayo.- Cochicho para ninguém ouvis e eles engolem em seco e assentiram.- Vou procurar o Lee para ele vir comer.-Digo séria sem me virar para ela, ainda observando os meninos.

-Tudo bem querida, só tome cuidado está bem?- Nanase fala.

-Hai....

Saio da casa e vou até o celeiro, vejo Lee tentando abrir a porta do cadeado, com um gesto com a mão esquerda e outra na cintura, aqueço o cadeado e o queimo, ele cai no chão e a porta abre.

Valeu.- Lee diz e entramos.

Uma sala como se fosse um açougue, só que muito pior, ha serras e mesas que cabem um humano do tamanho do Lee, um tipo de banheira ensaguentada com ajulejos sujos com uma faca afiada dentro e ensaguentada, uma pessoa. SIM UMA PESSOA! Estava dentro da mesma, só que sem as pernas, as costelas e os braços, era uma mulher e pela sua face desesperada, estava viva quando isso ocorreu. Mas depois levou um tiro na cabeça. Um pedaço de carne ainda fresca em cima da mesa. Várias coisas cortantes em estantes. É uma sala de tortura.

-Lee....

-É estou vendo....- Ele responde como se tivesse lido minha mente.- John....

Corremos para a casa e abrimos a porta devagar, todos estavam conversando animados, sorte daqueles dois que sabem o que é bom e não estão comendo. Subo as escadas acompanhada de Lee e abro a porta de um closet .Aquela cena foi horrível. John estava sem as pernas e gemia baixo já sem forças.

-John....- Murmuro.

-Lee.... Aya....- Foi só o que saiu de sua boca.

-Ele não vai resistir.....- Digo hipnotizada pela cena horrível.

-Nanase..... Rishard e Lary.....- Ele geme e me levanto irritada, pego Enraiha já em chamas, meus olhos vermelhos de raiva.

-Vamos descer.- Digo e descemos. Vi Nanase dizer várias vezes para Ben e Ayo comerem, que está bom e blá blá  blá. Entro rapidamente.- NÃO COMAM!- Eles largam os talheres.- Lee....- Ele assentiu.

-John está lá em cima sem as pernas, aquele lugar do celeiro com cadeado é como se fosse um açougue! Eles são canibais!

- O quê??- O velho, Mira e Margô se levantam indignados por terem comido seres da mesma espécie.

-Eles machucaram o John e iam fazer comermos a carne dele.- Digo entredentes e o fogo de Enraiha aumenta. 

-Kyanseru.- Lary diz e o fogo de Enraiha apaga.

-O que?- Digo surpresa.- Ritã.- Faço Enraiha desaparecer.- O que fez?

-Cancelei sua magia, e de todos os magos aqui. Somente eu Rishard e minha mãe podemos usar magia por enquanto. Mas quando a magia de vocês voltarem, já estarão mortos.- Não posso negar que senti uma pontada de calafrios na minha nuca.

-Agora...- Nanase aponta uma arma para mim.- Melhor se comportarem.- Ela faz um sinal para seus filhos que fazem algo mas todos aqui desmaiam, menos eu, Ben e Ayo.

-Temos um problema.- Ayo diz e só damos passos para trás.

-Sabe, dizem que deve cortar a carne do animal ainda vivo, por que assim a carne fica mais macia, será verdade?- Nanase se aproxima com uma daquelas facas retangulares.- Não se preocupem, por enquanto você ficarão nessa sala junto com seus amigos.- Nem percebemos quando já estávamos encostados numa porta de ferro, eles a abrem e nos empurram para dentro, jogando os outros em seguida.- Até daqui a pouco.- E trancam a porta.

-AAAAAAAAAAHHHHHHH!!!- Grito e chuto a porta de ferro, não posso negar que doeu mas não vou demonstrar isso.- Será que a acada vez que encontrarmos magos que manipulam o cancelamento ficaremos inúteis?? QUE DROGA!!!!- Fico chutando a porta o tempo todo, com raiva de Nanase, Rishard e John, de mim mesma por não ter feito nada desde que comecei a desconfiar deles. Ao invés disso, fiquei agindo como uma criança idiota, ficando no parquinho e depois brincando com animais!!

-Calma Aya, vamos pensar em alguma coisa.- Ayo diz confiante.

-Espero que sim.

-Estou com medo.

-Você sempre está Ben!- Gritamos com ele.

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...