História Garota Rebelde (IMAGINE SUGA-BTS) - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine, Suga
Visualizações 446
Palavras 958
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Droubble, Escolar, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Se tiver algum erro, não se preocupe. Eles serão os últimos..

Boa leitura. (Eu acho)

Capítulo 19 - Episódio 18


Fanfic / Fanfiction Garota Rebelde (IMAGINE SUGA-BTS) - Capítulo 19 - Episódio 18

Suga: Meu irmão trabalha em uma empresa com k-idols e está por aqui, e meus pais acharam que era o momento certo para eu "aprender"  a trabalhar com ele.

(S/n): Sério?! Que máximo! Por que você nunca me contou?

Suga: Não me vejo nisso...

Passamos um tempinho juntos até que resolvemos voltar para o quarto.

~Algumas Semanas Depois~

(S/n): Amanhã a viagem acaba, e vamos voltar para casa. Foi a melhor viagem, não vou esquecer nunca.. *falei enquanto organizava minha bagagem..*

Sarah: Estou ansiosa para o volta às aulas! *falou Sarah organizando suas bagagens.*

~No Dia Seguinte~

(S/n): Gente, vamos perder o avião! Se apressem.. *falei na porta do quarto*

Sarah: Só mais algumas selfies!

Suga: Vamos logo, a mochila tá pesada..

~Quebra de Tempo~

S/N OFF

SUGA ON

Finalmente chegamos em casa, faltava exatamente 2 semanas para voltarem as aulas. Cada um seguiu para sua casa depois de descer do avião. 

Estávamos cansados, dormir no avião é muito confortável.. Não via a hora de deitar em minha cama.

~Chegando em Casa~

Suga: Oi omma, voltei!

Omma do Suga: Filho, que saudade, foi legal a viagem?

Suga: Muito melhor do que eu esperava, agora vou para o meu quarto omma, boa noite.

Subi no meu quarto, deitei em minha cama, e num piscar de olhos já era outro dia.

SUGA OFF

S/N ON

Eu não queria voltar para casa, a pior coisa que eu podia acontecer em toda minha vida, era o tempo passar.

Entrei em casa, um pouco tarde. Subi no meu quarto, ele estava totalmente vazio. Apenas o colchão de minha cama estava lá.

Eu não queria acordar meu pai, principalmente minha mãe, eu só queria ficar deitada, derramando as lágrimas que eu escondia durante meses.

Meus pais acham que eu posso esquecer.. Se mudar a cada mês para um lugar diferente não vai fazer a tristeza ir embora, e muito menos o tempo parar..

~No Dia seguinte~ 

Acordei com mamãe do meu lado fazendo cafuné. Meus pais são as coisas mais preciosas do mundo, não sei o que vai ser de mim sem eles..

Omma da S/n: Seus olhos estão vermelhos minha filha, você estava chorando? 

(S/n): E-e...

Omma da S/n: Filha, não fique triste, tudo é passageiro.

(S/n): Mas, mãe.. *Não me aguentei e lhe dei um forte abraço. Em seguida começaram a cair lágrimas..*

Omma da S/n: Não precisa chorar minha princesa, vamos levantar e passear. Ter um dia inesquecível juntas. *falou mamãe limpando minha lágrimas depois do abraço*

S/N OFF

SUGA ON

~Quebra de Tempo~ 

Já estava anoitecendo quando resolvi ir até a casa de S/n. Ela não responde minhas mensagens desde ontem.

~Chegando na Casa da S/n~ 

Bati na porta, e alguns minutos depois veio S/n. Ela parecia um pouco triste, bem como aquele dia na viagem.

Suga: S/n, o que aconteceu? *falei levantando seu rosto*

(S/n): Eu vou viajar com minha família por um tempo. Suga, eu queria agradecer por você aparecer na minha vida, de verdade.

Suga: Só me promete que você vai ficar bem? *ela confirmou com a cabeça, e me deu um beijo*

Fui embora totalmente confuso, eu estava preocupado com S/n. Não queria ver ela daquele jeito.

SUGA OFF

S/N ON

Madrugada era, quando embarcamos no avião para ir até a cidade natal de minha mãe..

~Alguns Dias Depois~

Eu estava sentada numa poltrona ao lado de minha mãe, chorando.

Seu estágio final do câncer havia chegado. Ela tinha um câncer sem cura, ela tinha pouco tempo de vida, e aquele tempo havia acabado.

Meus pais se mudavam de casa toda hora, pra tentar esquecer isso. "A dor e o sofrimento são inevitáveis, faz parte da vida". Era o que todo dia eles diziam..

~No Dia Seguinte~

Durante o enterro de minha mãe, MinSook apareceu e ficou sorrindo o tempo todo. Eu não entendia porque  uma pessoa gostava de ver a infelicidade dos outros.

S/n: MinSook, você é a pior pessoa do mundo! *falei segurando as lágrimas*

MinSook: Era eu que me cortava?

S/n: Você é um babaca! *Dei um tapa em seu rosto, e sai de lá.*

~Tempo Depois~

Iria fazer uma semana desde a morte de minha mãe. Não me sentia bem, me sentia horrível, sem vontade de fazer nada. 

Suga me mandava mensagens, eu apenas lia e não respondia.

Faltava uma semana até as aulas começarem, meu pai havia saído, e como sempre, eu estava chorando em meu quarto. Minha mãe era a coisa mais preciosa do mundo, mas eu infelizmente era a pessoa mais fraca do mundo, eu não aguentava mais viver, desde o começo.

 Mãe, eu sempre fui uma pessoa fraca, me recuso a acreditar que podemos simplesmente ignorar nossas perdas. Eu não queria te decepcionar, mas eu não aguento mais.

Resolvi encher a banheira, pegar minhas lâminas. E fazer o que eu não fazia a mais de anos, me cortar. Só que dessa vez não ia ser um simples corte, ia ser o corte mais profundo de minha vida, sem volta. Eu já estava decidida.

S/N OFF

SUGA ON

S/n não respondia  mensagens, até que ela mandou uma mensagem..

Cell on

S/n: Obrigada por fazer parte da minha vida Suga, você foi uma das melhores pessoas que conheci em minha vida, te amo.

Cell off

Foi em questão de segundos, comecei a levantar um ar de preocupação. A ponto de me fazer sair da minha casa correndo para ir até a casa de S/n.

~Quebra de Tempo~

Eu já estava batendo na porta a mais de minutos, até que resolvi ir para os fundos da casa e entrar pela janela, que normalmente não se encontrava trancada.

Subi as escadas, entrei em seu quarto. Vi uma grande quantidade de água vindo do banheiro, entrei.

Aquela foi a pior cena que eu podia ver em minha vida. O meu primeiro amor estava na água de sangue com os pulsos cortados.

Suga: S/n, por favor. Não faz isso comigo! Acorda! Isso não é verdade, por favor, me responde.. Eu te amo S/n, não faz isso comigo..  *comecei a chorar, a pior coisa do mundo estava acontecendo naquele momento..*

S/n, não acredito que você fez isso comigo.. Eu te amo tanto.. 


Notas Finais


"Garota Rebelde" chegou ao fim.

(PELO AMOR DE DEUS, NÃO FAÇAM NADA DESCRITO NA FIC)

Obrigada por ler, amo vocês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...