História Garotas Perigosas - Capítulo 128


Escrita por: ~ e ~mwalcker

Postado
Categorias Ashley Benson, Fifth Harmony, Selena Gomez, Vanessa Hudgens
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camren G!p, Lauren G!p
Exibições 2.292
Palavras 2.242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mores 💜💙

📌 Desculpem os erros e boa leitura.

Capítulo 128 - Ele não vai te matar


 

                   P.O.V.  ALYCIA

 

Era certo que Luna estaria nesse bar,ela sempre que tinha algum problema ou brigavamos por qualquer coisa boba ela vinha pra cá e enchia a  cara.E não deu outra,assim que eu e Deb entramos no bar ela estava sentada em uma das mesas com uma garrafa de cerveja na mão.

 

Eu e Deb nos aproximamos, eu me sentei na cadeira que tinha alí na mesa e Deb puxou uma de uma outra mesa. 

 

Luna nos olhava com as sombrancelhas arqueadas...

 

- Tão fazendo o que aqui ? - Perguntou com seu jeitão rude e bebeu um gole de sua cerveja.

 

- Olha,a gente não queria ter vacilado daquele jeito com você, sei que erramos feio, mas só estávamos, sabe ? Curtindo o momento com elas,não foi a intenção deixar você de lado ou coisa do tipo,você vai entender quando tiver amando alguém. - Digo e vejo Luna revirar os olhos.

 

- Não, obrigado - Ela disse e sorriu. - Sou muito feliz com todas que me querem - Disse e piscou um de seus olhos. - Não preciso ficar presa a ninguém pra ter uma boa foda e nem vocês duas.

 

- Luna,entende que isso não é por causa de ...

 

- Se você vier com papinho de amor pra cima de mim de novo - Disse me interrompendo. - Eu vou ser obrigada a te deixar falando sozinha Alycia.

 

- Luna,a Lyci só está tentando... - Deb tentou dizer mas Luna logo a interrompeu também.

 

- Não estou interessada,vão atrás das namoradinhas de vocês e me deixem em paz.

 

- Eu pensei que você ia ficar feliz por nós duas, mas vi que estava enganada. - Digo e Luna abaixa a cabeça. - Eu falo de coração quando digo que não foi a intenção te deixar de lado, vinhenos aqui pedir desculpas,mas nem ouvir a gente você quer, eu achei também que você gostasse da Angel e da Malu e ...

 

- Eu gosto delas - Disse voltando a fitar eu e Deb. - Mas eu só tenho vocês duas na minha vida, e eu não quero perder vocês, não quero que me deixem de lado, fora dos planos de vocês.- Ela sorriu fraco e abaixou a cabeça novamente. - Eu só tenho vocês. - Disse baixinho.

 

- Ai que conversa mais melosa - Deb falou e puxou a garrafa que estava na mão de Luna e tomou um gole.

 

- Ei, ta maluca? Você não pode - Luna falou puxando a garrafa da mão de Deb, soltei uma risasa baixa enquanto Deb bufava.

 

- E desde quando você liga pra se eu posso ou não ? - Deb perguntou e Luna deu de ombros. - Olha,que tal você descolar umas garrafinhas dessa pra mim e levantar essa sua bunda grande dai pra gente ir embora, porque hoje eu vou acabar com vocês duas naquele jogo - Deb falou e eu arquei a sobrancelha, mas logo sorri e olhei para Luna.

 

- Fala sério, você não vai ganhar nunca, até a Jade joga melhor que você Débora - Debochei e Deb riu.

 

- Vamos ver então...

 

- Se vocês estão fazendo isso só porque eu reclamei, pode ir atrás  das suas namoradinhas, que eu sei que é pra lá que vocês iam depois da aula - Luna murmurou enquanto girava a garrafa na mesa. Revirei meus olhos e puxei a garrafa da mão dela e bebi todo o resto da cerveja que tinha alí.

 

- Anda logo Luana - Falei e deixei a garrada em cima da mesa, Deb pegou a mochila de Luna e jogou nas costas e saiu andando.

 

Luna olhou para mim tentando manter a pose séria, mas eu percebi que ela lutava consigo mesma para reprimir o sorriso.

 

- Vamos - Dei um tapinha no braço dela e sai andando no mesmo rumo que Deb,enquanto Luna se levantava e ia até o balcão, aproveitei esse tempo para mandar uma mensagem para Malu e minha mãe,avisando que passaria a tarde na casa da Luna.

 

 

                          DIAS   DEPOIS

 

Já era sexta feira, o que significa que eu acabei enrolando a semana toda para ir conversar com meu sogro. Confesso que eu com um certo medo, por isso fugi dele a semana toda,mas de hoje não passa.

 

Nada de muito importante aconteceu no decorrer da semana, minha papa ainda está chateada comigo,mas não me ignora mais e durante toda semana eu só consegui ver ela durante o café da manhã, já que ela está ficando até tarde na sede.

 

Enfim... Eu sai da escola agora pouco, passei no shopping rapidinho e comprei um chocolate para minha rainha e para minha princesa e assim que cheguei no trabalho da minha mãe logo que eu entrei já encontrei a dona cheia de sorrisos falando no celular,nem precisa pensar muito para saber com quem ela estava falando. Ela estava sentada no sofá da recepção e nem notou que eu havia chegado.

 

Parei na frente dela e me curvei beijando sua testa, em seguida deixei a caixa do chocolate que havia comprado para ela em seu colo e ela logo se apressou  em tentar pegar a que estava na minha mão.

 

- É da Malu - Digo e ela mostra a língua. - Que coisa feia dona Camila.

 

Joguei beijo para ela e fui em direção ao corredor que dava acesso ao escritório da Malu. E quando cheguei em frente a porta vi que ela estava apenas encostada, então eu abri lentamente e vi minha loira em frente a sua mesa,de costas para a porta.

 

Entrei tentando não fazer barulho e assim que me aproximei, abracei ela por trás o que resultou em ela se assustando e deixando alguns papéis que estavam em sua mão cair.

 

- Calma amor - Digo rindo - Sou eu.

 

- Você me assustou sua doida - Ela disse se virando para mim. - Porque não avisou que vinha ? - Perguntou segurando meu rosto com as duas mãos e roçou seu nariz no meu.

 

- Queria te fazer uma surpresa, não gostou ? - Perguntei e ela me deu um selinho.

 

- Eu amei,pode fazer isso mais vezes.

 

- Trouxe pra você - Digo mostrando a caixa do chocolate, ela era em formato de coração tinha a embalagem vermelha e ainda era chocolate com cereja,o favorito da minha garota.

 

- Eu tenho a melhor namorada do mundo sabia ? - Perguntou pegando a caixa e eu sorri, realmente me sentindo a melhor do mundo.

 

 - E eu tenho a melhor,a mais fofa a mais linda do mundo todo - Digo vendo ela corar de leve.

 

Ela me abraçou escondendo o rosto na curva do meu pescoço, onde deixou um beijo.O que fez todo meu corpo arrepiar.

 

- Toda perfumada... Passou em casa antes de vim pra cá ? - Perguntou se afastando de mim.

 

- Não, vim direto da escola. - Respondi vendo ela abrir a caixa de chocolate. 

 

- Hum... - Murmurou pegando um chocolate. - Tenho uma festa hoje do pessoal da faculdade, eu não queria ir,mas vou por consideração sabe ? 

 

- Posso ir junto ? - Me apressei em perguntar e ela me olhou.

 

- Já que eu vou,queria passar um tempinho com as minhas amigas, não se importa né ? 

 

- Não - Sorri fraco.

 

- Preciso voltar a trabalhar, você vai ficar aqui? - Perguntou e eu assenti. - Então tá ... 

 

Ela mordeu um pedaço do chocolate e fechou os olhos.

 

- Isso é muito bom - Falou e abriu os olhos novamente,me dando o outro pedaço na boca.

 

- Malu ? - Tia Ariana entrou na sala e sorriu assim que me viu. - Minha linda. - Veio até mim e me abraçou.

 

- Oi tia - Digo também a abraçando.

 

Assim que saímos do abraço ela olhou para Malu.

 

- Vou te mandar um arquivo, preciso dessas fotos editadas pra ontem.

 

- Sim senhora - Malu disse pegando mais um bombom.

 

- Eu quero - Tia Ari disse e se aproximou de Malu,pegando um dos bombons.

 

- Tio Justin vai chegar muito tarde hoje ? - Perguntei e tia Ari me olhou,negando com a cabeça.

 

- Por incrível que pareça ele já está em casa, trabalhou só pela manhã, porque?

 

- Queria conversar com ele. 

 

- Conversar o que ? - Malu perguntou e eu sorri meio sem jeito.

 

- Quero falar com ele sobre nós duas,sobre nosso namoro e tudo mais. - Digo e vejo tanto Malu quanto tia Ari abrirem um lindo sorriso. - Ele sempre disse que queria que quando você namorasse a pessoa fosse conversar com ele e bom... - Suspirei - Estamos namorando.

 

- Isso ai minha querida,tem que ter atitude e devo deixar claro aqui que ele achava que você nem fosse comentar sobre isso com ele, bem legal da sua parte respeitar a vontade dele e ir falar com ele.

 

- Eu estou nervosa - Confessei e escutei a risada da tia Ari, em seguida Malu me abraçou.

 

- Não fique - Tia Ari disse e eu assenti. - Preciso voltar ao trabalho.

 

Ela soltou beijinho e saiu da sala.

 

Olhei para minha garota e ela sorriu, em seguida selou nossos lábios e eu fechei meus olhos aproveitando daquele momento.

 

- Eu te amo - Sussurrou contra meus lábios e eu aproveitei e  mosdisquei o labio inferior dela ô puxando de leve, a ouvindo suspirar.

 

- Eu também amo você - Sussurrei de volta.

 

Malu voltou a trabalhar e eu fiquei sentada no sofá que tinha alí, admirando a minha namorada. Vez ou outra ela me olhava e piscava um de seus olhos.

 

Eu acabei pegando a caixa de chocolate e sem querer comi tudo o que resultou em minha namorada com um bico enorme.

 

 

                   HORAS   DEPOIS

 

- Queria ir junto, queria ver essa cena - Ian disse e deu risada.

 

- Para com isso - Mamãe repreendeu.

 

- Deixa ele mãe, eu vou estar lá rindo da cara dele quando ele for falar com o tio Justin. - Digo e mamãe arqueia as sombrancelhas.

 

- Porque ele iria falar com o Justin ? O que vocês estão escondendo de mim ? - Mamãe perguntou cruzando os braços.

 

- Ele é caidinho pela Amber mãe, tá todo apaixonadinho - Digo virando para o espelho,dando uma conferida em mim.

 

- Sério filho ? - Mamãe perguntou e Ian deu de ombros - Essas meninas viu... Tão deixando meus bebês tudo apaixonados,mas você filho,é muito novo pra essas coisas não acha ? 

 

- Claro que não - Meu irmão disse e eu ri, pois percebi que bateu o ciúme na dona Camila.

 

- Acho que já vou indo - Digo pegando meu celular que estava em cima da cama. - Se eu não voltar,eu amo vocês. 

 

- Ai filha... - Mamãe disse me acertando um tapa no braço e eu dei risada sendo acompanhada pelo meu irmão.

 

Desbloqueei meu celular enquanto saía quarto e logo mandei mensagem para minha garota.

 

"Estou chegando,amor"

 

Enviei enquanto descia as escadas.

 

Mamãe abriu a porta e me deu um beijo estalado na bochecha.

 

- Tchau mãe até daqui a pouco,tchau pirralho.

 

Foi eu colocar os pés pra fora de casa meu celular vibrou e eu sorri achando que era minha princesa, mas era Deb.

 

"Que isso de festa que minha namorada vai com sua namorada ?"

 

Suspirei e olhei para frente,enquanto caminhava pela calçada,mas logo voltei a fitar a tela do meu celular.

 

" Malu falou sobre essa festa,eu queria ir mas ela não deixou."

 

Bloqueei meu celular e coloquei no bolso.

 

Meu coração acelerava cada vez mais.Eu já estava em frente a casa da família Bieber e eu estava tentando me manter calma,para não falar nenhuma besteira.

 

Respirei fundo e dei algumas batidinhas na porta,que logo foi aberta pela minha namorada.

 

- Oi amor - Malu disse e me abraçou.

 

- Oi princesa - Ela me olhou e sorriu.

 

- Que cara é essa ? - Perguntou e me deu um rápido selinho.

 

- Nada - Ela se afastou de mim franziu o cenho. 

 

- Sei.... - Sorriu e segurou minha mão. - Sua mão está suada, amor. - Disse me puxando para dentro de sua casa.

 

- Estou nervosa - Confessei e ela fechou a porta, em seguida me olhou,com aquele sorriso lindo nos lábios.

 

- É uma conversa normal amor,calma que ele não vai te matar.

 

- É a conversa mais importante da minha vida,é sobre você amor,sobre nós duas,nosso namoro, nosso amor. - Ela segurou meu rosto com toda sua delicadeza e roçou nossos lábios e eu segurei sua cintura.  - Não quero falar besteira,isso é muito importante. - Completei e Malu me olhou. - A gente se amou em segredo por tanto tempo e agora que estamos juntas eu não quero estragar tudo.

 

- Amor,vai dar tudo certo. - Ela disse e eu fui me acalmando. - Pensamento positivo.

 

- Eu...

 

Ouvi alguém coçar a garganta e eu senti meu corpo tremer.Olhei para trás e encontrei meu sogro parado,olhando para mim.

 

- Malu me avisou que queria falar comigo - Ele falou e eu assenti.

 

- Quero, sim senhor.... Eu quero,senhor - Me atrapalhei e senti vontade de me bater.

 

Eu queria fazer tudo certo, eu não estava alí para ter uma conversa qualquer com meu tio Justin. Eu estava ali para ter a conversa mais séria e importante da minha vida com o senhor Bieber, pai da mulher que eu amo.

 

 


Notas Finais


Beijinhos 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...