História Garotas Perigosas - Capítulo 41


Escrita por: ~ e ~chickensgirl

Postado
Categorias Ashley Benson, Camila Cabello, Fifth Harmony, Selena Gomez, Vanessa Hudgens
Personagens Ally Brooke, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camren G!p, Lauren G!p
Visualizações 1.677
Palavras 2.444
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores, como estão?

Capítulo 41 - Todo mundo grávida


P.O.V. CAMILA

 

 

A casa estava movimentada hoje, todos estavam aqui, era um almoço especial de aniversário para Lyci, com direito a tudo que ela mais gosta de comer. Lauren estava estranha, quer dizer...ela não parava de cochichar com Shay, Dinah e Demi e sempre que eu chegava perto, ficava todo mundo quieto.

 

 

- Não corre filha - Digo ao ver Lyci correndo atrás de Malu e Deb.

 

 

Olhei para a mesa e me certifiquei que tudo que Lyci havia pedido estava ali.

 

 

- Hora do almoço pessoal - Digo distraída olhando para a mesa.

 

 

Senti braços fortes envolvendo minha cintura e sorri. Lauren me abraçou por trás e eu não sei porque, fiquei nervosa, meu coração foi a mil.

 

 

- Você está tão cheirosa - Ela diz passando a pontinha de seu nariz pelo meu pescoço.

 

P.O.V. LAUREN

 Horas depois

 

Já havíamos comido, Malu, Deb e Alycia estavam correndo no jardim, enquanto Mani, Vero e Sel corriam atrás delas. Eu estava nervosa, as minhas mãos estavam soadas e frias.

 

 

Eu já fiz tanta coisa nessa vida, e eu confesso que nada foi capaz de me deixar tão nervosa como estou agora.

 

 

Olhei para Demi e Dinah que estavam sentadas juntas em uma espreguiçadeira, as duas me encaravam como se estivesse me encorajando.

 

 

Elas sabiam o que eu estava prestes a fazer, Além de Shay, Justin e Vero elas eram as únicas que sabiam.

 

 

Agora estavam todos sentados em volta da piscina.

 

 

Justin, Nick, Mat e Zayn e o marido de Trina, estavam na piscina, em uma brincadeira entre eles. Estávamos todos sentados em volta da piscina conversando enquanto bebíamos.

 

 

Camila havia entrado junto com Ally para buscar cerveja para nós, já que a minha havia acabado e ela se ofereceu para ir buscar, e então todo mundo começou a pedir para ela trazer... enfim.

 

 

Eu só estava esperando ela voltar, e posso falar?

 

 

Ela nunca demorou tanto pra fazer alguma coisa, eu estava quase tendo um treco aqui, de tão nervosa que eu estava.

 

 

- Vocês são bem folgadas - Camila apareceu segurando duas garrafinhas de cerveja em cada mão.

 

 

- Para de reclamar e traz logo - Ash disse de um jeito mandão, foi impossível não rir.

 

 

Ally vinha atrás dela, e rapidamente entregou uma das garrafas para Dinah e depois para Demi. Já Camila, entregou para Shay, Ash, Trina, e depois que ela veio entregar pra mim.

 

 

Ally entregou pra Dove e Liz, já que Ari não queria.

 

 

Ariana e Camila eram as únicas que não estavam bebendo, elas só beberam água e suco até agora, enfim.

 

 

Tomei um gole da cerveja e olhei pra Demi e Dinah mais uma vez, e então respirei fundo buscando coragem, e me levantei assim que Camila se sentou ao meu lado.

 

 

- Gente - Falei alto, chamando a atenção de todos, até mesmo dos meninos na piscina, e de minha irmã, minha cunhada e Selena, já que elas pararam de correr no mesmo instantes.

 

 

- Não precisa gritar Lauren - Ash resmungou.

 

 

- Cala boca, deixa ela falar - Escutei a voz de Shay.

 

 

- Eu preciso falar uma coisa com todos vocês - Digo em um suspiro - Quer dizer, na verdade eu quero falar com a Camila - Sorri - Eu poderia fazer isso só entre eu e ela, mas vocês são a minha família, e eu queria muito que vocês estivessem presente nesse momento.

 

 

- Fala logo - Escutei a voz de minha irmã, mas ignorei.

 

 

- Bom - Respirei fundo e olhei para a Camila que estava sentada me olhando com um misto de confusão e curiosidade no olhar.

 

 

-  O que foi? - Camila perguntou sorrindo.

 

 

- Como eu disse, eu poderia fazer isso apenas entre nos duas, mas eles são minha família e.... Esse é um momento importante para mim. - Digo e respiro fundo. - Camila, você chegou na minha vida e me mudou completamente, você foi a única mulher que eu amei e esse nosso amor sobreviveu à tantas coisas e você nunca desistiu de mim, ficou do meu lado mesmo sabendo que eu era toda errada e que nosso futuro era incerto, mas você continuou comigo, me deu amor, carinho e uma filha linda. - Sorri - A cada dia que eu passo ao seu lado eu me apaixono mais. Eu agradeço a Dinah e Vero por terem enchido minha paciência pedindo pra pagar a fiança daquelas meninas até então desconhecidas por mim e olha agora...

 

 

- Isso mesmo, pode me agradecer - Vero disse fazendo todos darem risadas.

 

 

Eu sorri negando com a Cabeça e passei meu dedo polegar pelas bochechas de Camila, secando suas lágrimas.

 

 

- Agora que eu estou limpa com a justiça, estou livre e posso ter uma vida com você e com nossa pequena, eu não quero perder mais tempo, eu quero você comigo, dormindo e acordando ao meu lado, mas agora te chamando de minha esposa.

 

 

Tirei a caixinha de veludo do meu bolso e Camila me olhava como se não acreditasse.

 

 

Me ajoelhei na frente dela e sorri, não era só Camila que chorava naquele momento, eu chorava junto com ela.

 

 

- Casa comigo, meu amor?

 

 

- Lo eu... - Ela cobriu a boca com as mãos por alguns segundos e em seguida me olhou sorrindo - Eu... eu nao sei o que falar, eu estava aqui pensando em uma forma de... - Cobriu a boca com a mão mais uma vez, e dessa vez uma careta se formou em seu rosto - Droga - Ela se levantou em um pulo de onde estava sentada e saiu correndo em direção a casa, me deixando ali ajoelhada com uma cara de tacho.

 

 

Percebi que Ash saiu correndo atrás dela e eu continuei ali parada na mesma posição, eu sentia os olhares sobre mim, e eu não precisava olhar para eles, para saber que eles estavam tão confusos quanto eu...

 

 

- É... - Digo depois de um tempo, finalmente me levantando do chão, totalmente sem graça - Eu acho que... - Eu não sabia o que falar.

 

 

- EU CASO - O grito de Camila soou chamando a minha atenção, e eu olhei pra porta, vendo que ela vinha correndo em minha direção - É CLARO QUE EU CASO, MEU AMOR - Senti o seu corpo se chocando contra o meu, e eu a abracei - Eu caso, eu caso hoje se quiser - Ela me olhou sorrindo e eu sorri também, com um certo alivio dentro de mim.

 

 

Eu não disse nada, apenas segurei o seu rosto e selei nossos lábios em um selinho longo. Em minha volta eu pude ouvir os gritos animados, e eu só sabia sorrir.

 

 

Senti um corpinho agarrando as minhas pernas e eu me afastei um pouco de Camila, vendo Alycia com o maior sorriso do mundo.

 

 

Me abaixei um pouco e peguei ela no colo...

 

 

- Eu preciso falar uma coisa, para vocês duas - Camila disse se afastando e olhou para mim e Alycia - Na verdade, eu quero mostrar - Ela olhou para o lado e Ash entregou uma caixinha na mão dela.

 

 

- Que isso? - Perguntei e ela me entregou a caixa, pegando Alycia de meu colo em seguida.

 

 

- Abre.... Eu fiquei sabendo três dias atrás e queria o momento certo para te contar e acho que não tem momento melhor que esse.

 

 

Puxei o laço que embrulhava a caixa e Alycia logo se apressou em pegar a fita. Olhei para Camila e ela mordia o lábio me olhando.

 

 

Sorri e abri a caixa.

 

 

- Camz...

 

 

Havia um par de sapatinhos de bebê na cor branca.

 

 

- Camila é..... Você ... - Digo olhando para ela e sinto meus olhos arderem.

 

 

Ela me olhou assentindo, os seus olhos marejados assim como os meus.

 

 

- O que é papa? - Alycia perguntou curiosa.

 

 

Olhei para minha filha e sorri abobada, com as mãos tremulas eu puxei o sapatinho de dentro da caixa. Alycia arregalou os olhos e cobriu a boca com suas mãozinhas assim que viu o que eu tinha em mãos.

 

 

- Você vai ter um irmãozinho, ou uma irmãzinha meu amor. - Camila disse e os olhos de Alycia brilharam.

 

 

- Mamãe, eu vou.... eu vou.... - Olhou para Camila que assentiu sorrindo.

 

 

- Eu não acredito! - Ari falou alto em meio a uma risada.

 

 

No mesmo tempo Alycia soltou um gritinho animado e se grudou no pescoço de Camila, eu ainda estava parada, travada no mesmo lugar, olhando os sapatinhos em minhas mãos.

 

 

- AI MEU DEUS, EU NÃO ACREDITO - Vero veio correndo e puxou o sapatinho da minha mão, me despertando do pequeno transe - EU VOU SER TIA, EU VOU SER TIA DE NOVO - Ela gritava animada.

 

 

Eu olhei para Camila e a mesma me olhava sorrindo, eu não esperei duas vezes e caminhei até ela, abraçando meus dois amores.

 

 

- Você acabou de me fazer a pessoa mais feliz do mundo - Falei para Camila, enquanto enchia o rosto dela de beijos e em seguida o de Alycia - Eu amo vocês - Falei sorrindo, e abaixei e beijei a barriga de Camila - Eu amo você também filhote - Falei em meio a um sorriso e olhei para Camila sorriu.

 

 

Me levantei e segurei a caixinha com o anel que havia comprado para Camila e entreguei para Alycia

 

 

- Segura aqui para a papa filha - Pedi e ela rapidamente pegou a caixinha em suas mãos

 

 

Sequei as lagrimas que escorriam pelo o meu rosto, e em seguida abri a caixinha que estava na mão de Alycia e retirei o anel de lá.

 

 

Olhei para a Camila, e sorri de lado um pouco sem graça, e mostrei o anel em minha mão, e ela prontamente entendeu o que eu queria e me estendeu a sua mão. Coloquei o anel em seu dedo anelar, sem me preocupar em retirar a aliança que estava lá e em seguida beijei sua mão.

 

 

- Gente - Ari falou chamando a nossa atenção - Eu iria deixar para falar isso depois, mas aproveitando o momento - Ela olhou para Camila e sorriu - Justin... eu... eu .... - Ela levou as mãos até a barriga e acariciou. - Eu também estou grávida.

 

 

Justin arregalou os olhos e deu um pulo de onde estava sentado e foi até Ariana.

 

 

- Está falando sério amor? Perguntou segurando o rosto de Ariana com as duas mãos.

 

 

- Super sério - Ari disse e eu olhei para Camila sorrindo.

 

 

Malu passou por nós saltitando indo até Ariana e Justin, que eram só abraços e beijos.

 

 

O pessoal só era gritos e palmas.

 

 

- Meu Deus, todo mundo grávida, Ally você não está grávida também não né? - Dinah perguntou e eu e Camila rimos.

 

 

- Bem que eu queria - Ally diz abraçando Dinah.

 

 

Dinah me olhou e eu pisquei para ela que sorriu lindamente abraçando a baixinha.

 

 

Camila virou pra mim e sorriu, ela tinham um brilho em seu olhar e um sorriso lindo em seus lábios, e se depender de mim esse brilho no olhar e esse sorriso jamais desaparecerá de seu rosto.

 

 

- Eu te amo - Digo e ela aproxima seu rosto do meu.

 

 

Alycia cobriu os olhos nos fazendo rir.

 

 

- Eu amo você, para sempre. - Ela disse e eu rocei nossos lábios.

 

 

- Pra sempre!

 

 

 P.O.V.  CAMILA

 

 

Um mês havia se passado, Lauren está toda boba, ela não deixa eu fazer absolutamente nada e fica me mimando dia e noite. Ontem durante uma consulta descobrimos que não é apenas um bebê e sim dois.

 

 

Gêmeos, dá para acreditar?

 

 

Eu não poderia estar mais feliz e Lauren ficou toda emocionada quando a médica disse que era gêmeos.

 

 

Não conseguimos ver o sexo, mas já estamos muito felizes em saber que a felicidade virá em dose dupla.

 

 

- E se for menino, dois meninos? - Lauren perguntou e eu sorri.

 

 

- David – Alycia falou com um sorrisão no rosto.

 

 

- David filha? Você gosta de David? – Perguntei à olhando.

 

 

Eu estava deitada na cama, Lauren e Alycia estavam deitadas ao meu lado, próximas a minha barriga.

 

 

As duas alisavam e beijavam minha barriga feito duas bobonas...

 

 

- Sim, na minha escola tem um garoto que se chama David, ele é muito legal e....

 

 

- David não, cancela David – Lauren cortou a fala de Alycia – E você fica longe desse David, entendeu? – Olhou para a nossa filha que arregalou os olhinhos e assentiu rapidamente com a cabeça.

 

 

- Deixa de ser ciumenta, Lo – Digo rindo.

 

 

- Palhaçada – Resmungou emburrada e o meu sorriso só aumentou – Viu filhotes? Vocês têm que sair logo daí para proteger a irmã de vocês, dos Davids da vida – Lauren falou com uma voz fininha enquanto alisava a minha barriga.

 

 

Soltei uma risada baixa e neguei com a cabeça.

 

 

- E se for menina amor, já imaginou se vir duas meninas? – Olhei para Lauren que me olhou e arregalou os olhos.

 

 

- Meu deus do céu Camila, não brinca comigo, ai eu vou ter que andar armada, imagina eu ter que proteger as minhas três princesinhas, desses Davids? Eu vou contratar um segurança, ou melhor UMA segurança né, porque nunca se sabe.... – Ela começou a divagar e o meu riso só aumentava

 

 

- Lo... – Falei rindo

 

 

- O que? – Me olhou como se despertasse 

 

 

- Eu vou proteger elas papa, eu sou grandona – Alycia falou e eu sorri abobada.

 

 

- Ah é? E quem vai proteger você, mocinha? – Lauren falou olhando para Alycia e eu acertei um tapa no braço de minha noiva – Aí Camila – Resmungou.

 

 

- Para de palhaçada – Repreendi 

 

 

- Viu, como mãe de vocês me trata? – Ela falou alisando a minha barriga e não aguentei, acabei rindo – Eu não pensei em nomes para meninas – Lauren me olhou depois de um tempo, com um biquinho nos lábios. A sua mão não parava de acariciar a minha barriga, assim como a de Alycia.

 

 

As duas olhavam hipnotizadas para minha barriga. É algo que se tornou normal entre elas, elas fazem isso todos os dias. Eu nem preciso dizer o quanto isso me emociona não é mesmo?

 

 

- Eu pensei – Digo mordendo o meu lábio inferior, prendendo um sorriso.

 

 

Em uma sincronia perfeita, Lauren e Alycia levantaram a cabeça e me olharam.

 

 

- Qual? – Lauren perguntou

 

 

- Temos... - Digo pensando - Ah ... Eliza, Sofie, Madson, Agata, Isabelle ... Helena. – Enquanto vou falando os nomes o sorriso das duas em minha frente vai aumentando, assim como o meu.

 

 

- Helena é lindo amor, e Eliza também. 

 

 

- Eu gosto de Sofie - Alycia disse e Lauren olhou para ela sorrindo.


Notas Finais


Proximo cap, é o ultimo da 2temp.

Até la.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...