História Garoto confusão - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 10
Palavras 907
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá meus amores!
Voltei!
Como prometido agora os capítulos são maiores!

Capítulo 6 - Minha rival


Já se passaram duas semanas que estou neste colégio, tudo está indo bem, tenhos boas notas, aquele dia da praia ficou para trás e ninguém pegou suspensão, fiz algumas amizades e alguns inimigos . Acho 'inimigos' uma palavra forte, então vamos dizer que agora tenho uma pessoa que implica comigo e eu não suporto ela, temos uma rivalidade? Talvez.

Vocês já devem saber de quem eu estou falando, sim ela mesma, a Ana Clara, aquela garota que esta no grupinho dos ricos e populares do colégio, aquela que anda sempre com o nariz no teto.

★★★★★★★★★★★★★★★★★

– vamos Bia, vou chegar atrasado por sua causa! – reclamou Erick

– calma, só mais um pouquinho! – disse colocando meu all star cano médio vermelho

– nossa que demora hein!? Pra que isso!? – Carol disse abrindo a porta do quarto, Erick com uma das mãos no rosto apontou pra mim com uma expressão de tédio

–nossa! Ja to pronta! – respondi fechando o rímel

– até que enfim né! – Erick fez um sinal de "graças a Deus" levantando ambas as mãos abertas ao ar– vamos logo, já estamos bem atrasados e não estou afim de levar bronca hoje

Peguei meu celular e fomos pelo corredor até chegarmos primeiro a sala de Erick, depois eu e Carol fomos até nossa sala. As aulas foram tão tediosas como sempre, mas hoje até que passaram um pouco mais depressa.

O sinal para o intervalo bateu e como sempre todos saíram desesperados da sala e eu e Carol com a maior calma ainda estávamos guardando o nosso material, na hora que fui fechar o último caderno Ana Clara apareceu e derrubou um copo de café na minha mesa, molhando todo meu caderno

– ei!

– ah, era o seu caderno?– perguntou sarcastica– desculpa pensei que era o lixo – deu uma risadinha q fiquei com vontade de esfregar a cara dela no café

– a mais eu vou...– ia bater nela mas Carol me segurou

–calma amiga, não liga pra isso– disse Carol calmamente enquanto a vaca de nariz em pé saía da sala

– a mas eu ainda pego essa garota! – disse nervosa.

Saímos da sala de aula e fomos para o refeitório, lá encontramos Lucas e Erick que estavam nos esperando para almoçar

–até que enfim chegaram né– disse Lucas

– já íamos comer sem vocês– comentou Erick passando a mão pela sua barriga em sinal de fome

–tivemos um pequeno imprevisto– tentou explicar Carol

– imprevisto nada aquela vaca da Ana Clara que veio fazer gracinha– disse nervosa

–Ixi não quero nem saber de briga dessas duas – Lucas levantou para pegar comida

–mas terminou tudo bem– me olhou com um olhar de repreensão – E agora vamos comer– disse Carol me puxando pelo braço e indo atrás de Lucas pegar a comida

Comemos e ainda sobrou tempo para conversarmos até tocar o sinal, quando o sinal tocou cada um foi para sua sala como de costume e passamos mais o resto do dia em aulas tediosas. Depois do horário de aulas fui para meu quarto abrir a porta e Erick não estava lá, muito pelo contrário quem estava era o Lucas deitado em minha cama

–O que você está fazendo aqui? – perguntei

– tô deitado não tá vendo?– respondeu curto e grosso

– então lindo, essa é a minha cama pode sair! – disse curta e grossa igual o mesmo fez comigo

–Claro linda– disse se levantando da cama e indo em direção a cama do amigo

–AQUI NÃO! já falei mil vezes que não gosto de ninguém na minha cama! eu não sei a parte que vocês não entendem que é MINHA cama!, a cama é minha não é para nenhum de vocês dois sentarem, olharem, respirarem o mesmo ar que ela! – Erick começou a gritar

–mas cama não respira– disse Lucas

–caguei se ela respira ou não a cama é minha e eu não quero ninguém nela e pronto acabou! – disse Erick todo nervoso

– tudo bem garoto confusão pode vir aqui – disse batendo levemente na cama para que Lucas sentasse ali

Conversamos um pouco e do nada alguém chega correndo abrindo desesperadamente a porta só não me assustei porque já estava acostumada, Carol sempre entra desse jeito no quarto mas dessa vez por incrível que pareça não era Carol, dessa vez era Ana Clara fiquei boquiaberta de ver ela alí, a garota entrou no meu quarto

– O que você está fazendo aqui?– pergunto nervosa

–rápido preciso de ajuda, rápido disse ela que parecia apreensiva e nervosa

– tá mas o que aconteceu? – perguntou Erick

–por favor, a Sofia está passando mal, esta passando muito mal!– Ela saiu correndo pelo corredor e fomos atrás

Logo vimos Sofia deitada no chão do corredor Lucas correu até a garota

– o que você está sentindo? você está bem?

– É claro que ela não tá bem né Lucas seu idiota, a mina tá quase desmaiando– disse Eric nervoso

–por favor vamos levar ela para enfermaria! eu não aguento carrega la por isso eu chamei vocês!

assim Erick e Lucas carregaram a garota até enfermaria e eu voltei para o quarto, eu sinceramente não ligo para nada que envolva essa tal de Ana Clara no meio.

 Meu Deus eu tenho muita raiva dessa garota eu sempre fui mais um estilo Zen e tudo mas essa garota conseguiu tirar toda a minha tranquilidade em duas semanas e meia não sei como mas ela consegue! parece ate que fez um pacto com o coisa ruim porque meu Deus do céu não é possível uma pessoa ser tão irritante a esse ponto!


Notas Finais


Está ai, mais um capítulo novinho pra vocês!

Espero de coração que estejam gostando da história, e não se esqueça de deixar seu comentário!

Comente sugestões e ideias para a história!

Obg por lerem, bjão
Amo vcs! 😘😍💙🙌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...