História Garoto difícil - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Casal, Cute, Dark Lemon, Lemon, Shipp, Yaoi
Exibições 83
Palavras 604
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Self Inserction, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 23 - Agora que a bagaça vai começar!


-SEXTA!-Guilherme comemorou

-Amanhã tem aula!-Stefany falou ironicamente animada,só para quebrar a expectativa do menor

-Oi?!-Anna levantou da cadeira abismada-Aula de quê que eu não tô sabendo?...

-A professora de matemática me disse ontem,ela vai precisar dar aula amanhã pra não atrasar o conteúdo.

-Que merda...

-Que droga!-Guilherme bufou sentando na cadeira.-Não suporto mais vir pra escola

-Eu mal chego e já sou obrigada a estudar no fim de semana...-Anna largou o rosto na carteira de plástico(N/A:aquelas que é a cadeira e o apoiador de braço ou prancheta junto.)

-Marcos!-guilherme chamou-Cadê meu livro?

O maior se aproximou abobado,olhou para o teto e então se lembrou

-Ah!Vou pegar.-Correu até sua mochila e entregou o livro-É legal...Mas...

-Não é do tipo que tu gosta.

-Tipo.

-Magnus Chase!-Anna arrancou o livro das mãos pequenas-EU AMO SÁ PORRA!

-Grita não...-Stefany falou rindo

-Mas isso é maravilhoso demais!

Todos se calaram quando a professor de inglês,que inclusive era estrangeiro,entrou de volta.

-Minha gente,vamos diminuir o tom...Deu de ouvir lá de cima.-reclamou ainda calmo.-Peguei a nota de vocês,vou falar que é mais rápido.-ele falava enrolado,com um sotaque divertido.

-NÃO!-os alunos ficaram inquietos.

-Tá.tá.Se acalmem...-falou fazendo gestos com as mãos.-Anna.

-Pode falar!

-Dez.

-Sabia!

-Sabichona!-reclamou Guilherme dando de língua

-Katarina?

-F-fala...

-Sete.

-Aff...

"nojentinha..."-pensou Anna 

-Guilherme?-  o nome dele era falado num tom diferente,sendo o gui mais demorado.

-Eu!

-Dez.

-Ufa!

-Stefany.

-Eu?

-Nove e meio.

-Aleluia!-Se esparramou na cadeira aliviada.

O professor continuou distribuindo as notas até o momento em que a campa bateu.

Nem é preciso dizer que os alunos saíram em disparada.

Anna não,ela ficou sentade,retirou de sua bolsa(preta,roxa,branca e azul petróleo)um sanduíche enrolado em alumínio.

Sentou na barreira da quadra e observou o movimento.

-Paçoquita!-chamou a menina que estava agarrada na jaqueta de uma amiga maior,tipo bem maior.-Torre!-abraçou a maior.

-Num creio nisso...Sá peste veio mesmo...-Denise,a maior falou olhando pro alto.

-Dá um abraço!-abriu os braços mas Denise desviou

-Sai!Não encosta macumba!

-Que cruel!-Anna riu e abraçou a menor-Mari!!!

-Larga ela,é minha.-puxou a pequena para si.-Hum.

-Eita...Que foi que eu te fiz?

-Nasceu.

-Toma no cu.-reclamou 

-Vai tu.-falou zoada-Eu vou comprar o lanche,Sarah cacete!-chamou

-Já vai,calma aí  "kirida"!-Sarah aparece correndo

-A gente vai comprar o lanche,falamos depois.

-Até!-mariana falou sorrindo

-Rapidão!

-Que?-perguntaram juntas

-Aquele toco de gente ali...É o Arthur?

-É.-Sarah respondeu ao ver o garoto pequeno magro de cabelos lisos um pouco acima dos ombros.

-AHHHHH!-gritou estérica-Eu não tinha visto ele!-Correu até o menino-ARTHUR!

-SOCORRO!-O menino disparou-DOIDA!

Guilherme e Stefany pararam no meio da quadra observando aquela perseguição boquiabertos.

-Que porra é essa?...-perguntou baixinho

-E eu sei...-Stefany repondeu sem tirar os olhos da amiga

-É a Anna,sendo a Anna-Denise respondeu os dois revirando os olhos-É completamente normal pra ela...

-E pra gente.-Mariana falou rindo-Como a gente para ela?

-A gente quem?Eu vou é comer.-Denise saiu andando

-Deixa ela.-Sarah falou-Vem-Pegou a mão da menina e caminharam juntas até a cantina.

-Ela veio pra bagunçar tudo!-comentou rindo

 

-Peguei!-Anna agarrou o menino no colo,ela parou bem ao lado dos dois colegas.-Já comeram/Que bom!

Apertou o menino mais ainda

-Aiai!Porra tá apertando muito!-reclamou o menino tentando se libertar

-Meu vampirinho!

-Me larga peste!

-Olha o respeito com os mais velhos.-Advertiu o pondo no chão-Tu não cresce não infeliz?

-Tu não para não disgraça?

-Eu só não te capo porque te amo!

-Arthur...-um menino alto,muito alto,chamou baixo.

-Ah,Anna esse aqui é o Vinicius,a gente se vê,vou com ele ali.

-Tá!

"Opa!Um seme para um uke!"-pensou observando os dois irem embora muito próximos

 

Guilherme sentou na carteira e olhou para a amiga

-Só digo uma coisa...Contigo aqui...A bagaça vai começar!-falou rindo e foi abraçado pela maior

-Tu não viu nada!Eu tô só começando



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...