História Garoto difícil - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Casal, Cute, Dark Lemon, Lemon, Shipp, Yaoi
Exibições 22
Palavras 1.868
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Self Inserction, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


AVISÃO PRA TODO MUNDO!
EU ME CONFUNDI NA ALTURA DO POVO!
EU COLOQUEI A DE 2016!
Eu corrigi lá na ficha:
O Guilherme temsó 1.49,1.55 é agora em 2016...Eu sou burra
O Lucas tem ainda 1.83
A Stefany 1.62

Capítulo 25 - Chama liga que eu sou tua amiga!


-Finalmente!-Anna suspirou pesado puxando a mochila assim que a professora os liberou

-Aleluia...Eu vou pra casa!-Stefany falou cansada

-Chaves?-Chamou o menino que estava de cabeça baixa-Pela amor...Diz que tu não dormiu de novo...

-Não...-Levantou a cabeça emburrado-Minha cabeça tá doendo...-Levantou puxando a mochila para somente um ombro.

-O que foi dedeio?-perguntou Anna se abaixando-Tu dormiu direito?...

-Dormi...

-Olha pelo lado bom,tu vai pra casa e descansa.-Stefany deu um sorriso doce colocando a mão no ombro livre.

-Vocês não vem?-Gabriel apareceu na porta

-Tamo indo!Bô!-os três saíram da sala em fila indiana.-Puppy...Quando tu chegar em casa,toma um remédio,come alguma coisa,que pode ser fome né,e descansa.

-Tá...-falou com a voz fraca

Chegaram na entrada do colégio e voltaram a se sentar nos bancos de madeira.

-Gente eu tô indo,meu irmão chegou!-Stefany pegou seu capacete e saiu dando tchau

-Tchau!

-Tchau...

-Sua animação é contagiante...-Anna debochou-Meu cupcake tá dodói...-Abraçou o menor,que aproveitou o carinho-Ei,tua avó chegou.-sussurrou para ele com calma

-Hum?-murmurou desnorteado-Ah...Então eu já vou indo...Tchau...

-Se cuida!

-Gui!-A garota não muito maior que guilherme-de cabelos negros na altura do ombro,pele clara e óculos de armação vinho e um batom vermelho exagerado-Katarina,abraçou o garoto-Tu já vai né?Tchau lindo!

Anna observou a cena com ódio,queria arrancar aquela cara rebocada!

-Anna...Se tu sair agora vai esganar o primeiro que esbarrar em tu...-Gabriel sentou ao seu lado-Que foi?

-Nada...Só me lembrei que vaca é sempre vaca...

-...Eita...O que a pobre garota te fez?

-Por enquanto....Nada sério...Por enquanto...

-Coitada dessa aí...

Gabriel se levanta e vai até o lado de fora,ficando na calçada conversando com outros colegas.

Lucas estava concentrada,ou menos tentou estar,a conversa com Anna não saia de sua cabeça.

Sorte que a prova estava fácil,mesmo assim os cálculos estavam complicados(N/A:sqn,cálculo de química é mais fácil que de física)

Terminou sua avaliação e entregou para a simpática professora Larissa.

-Pode sair já.-Disse sorridente

-Brigado.-Sorrriu fraco saindo da sala.

Ao passar pela(porcaria da)catraca viu a garota de cabelos azuis se levantar.

-Anna!-chamou apressado

-Eu?!Ah,Lucas!-Sorriu maliciosa

-E-eu...Quero falar com você sobre...Lá no bebedouro...

-...Pode ser rápido?

-Sabe...E-eu não entendi realmente o que ocê quis dizer...-falou nervoso-E-eu n-não gosto do Guilhereme...Não do jeito que você tá pensando...-se amaldiçoou por ter gaguejado,óbvio que era mentira.

-Olha...Vou fala mais uma vez...De forma bem clara...E divertida!-Respirou fundo deixando o maior confuso-Chama liga que eu sou tua amiga!-Saiu correndo como a maluca que era.-TCHAU!

-M-mas...-Lucas ficou parado no portão com cara de tacho

-Quem era aquela doida?...-perguntou Cecília,uma menina não muito alta,loira artificial e pálida de maquiagem.

-Anna...Amiga minha...-Falou com o ar derrotado-Eu já vou indo viu...

-Tá...

-Felipe vamo?-perguntou para o amigo de cabelos castanho e óculos pretos,que deveria ter um pouco menos de altura que Anna.

-Bora!-O garoto se despediu do outro.

Moravam a duas(ou seria uma?...Passando a esquina da escola tem outra,é essa)esquinas do colégio.

Lucas depois de almoçar se jogou na cama e pegou seu celular.

-Alô?Chaves?

-Fala Lucas!

-...É...T-tu tem o endereço da casa da Anna?

-Quase...Eu sei onde é...Tenho o enderenço,só não o nome do bairro...Pra quê tu quer?-perguntou desconfiado

-A gente tinha combinado que ela ia me emprestar um livro que ela gosta muito,e em troca eu ia emprestar algumas coisa...-mentiu-Mas não sei onde é a casa dela...

-Liga e combina de se encontrar em algum lugar,ou pede o endereço.-sugeriu

-Cê me passa o contato?

-Claro!Pega papel e caneta.

-Tá na mão.

-99xx xxxx-falou calmo.-Anatou

-Sim,valeu cara!Tchau!

-Tchau!-desligou

 

"Eu preciso falar com ela..."-ligou  para a garota com pressa

-Alô?Anna?

-Eu?Lucas!Conseguiu meu número?

-É...O Chaves me deu...

-A bunda?!-perguntou já animada

-N-não sua doida!-Lucas corou muito!-O seu número!

-Ah que pena...Mas...A que devo a honra de sua ligação?

-É sobre mais cedo...

-Opa!Vai me pedir ajuda?

-V-vou...-admitiu nervoso-Podemos falar em algum lugar,não é bom na minha casa...

-A minha tá interditada...Bora no Subway então!Quatro horas!

-Combinado!...

-Bye!

-Tchau-a garota finalizou a chamada

-O que eu tô fazendo?...Merda...

 

Anna pegou seu notbook acionando suas companheiras.

"-Mari!

-Oi!

-Preciso de ajuda!

-O que é?

-Quero que você fique de olho no Puppy,no caso o olho é o da coruja...

-O que a Alisa(Lê-se alicha)tem que fazer exatamente?-perguntou pegando a pequena ave de rapina entre as mãos

-Observar o Guilherme direitinho com a câmera espiã.

-Tá...Por que?

-Porque eu quero ter certeza de que ele vá ficar bem,e preciso ver o comportamento dele.

-O.k missão aceita!Alisa partindo!Tchau que eu também estou partindo!Tenho de ir na casa da minha tia...

-Vai lá chimchim!

 

Anna estava ansiosa,queria logo poder acertar tudo com Lucas,colocou uma bermuda meio rasgada e uma blusa cinzenta com frases em branco:Rules are boring,i'm not a good girl."um sapatenis,pegou seu celular.

-Mano!Me leva ali?!-perguntou gritando para seu irmão que estava no quintal da grande casa

-Ali onde sua maluca?...-o maior perguntou se aproximando.

-Subway!

-Já vai comer de novo?Tá...Pega as chaves e os capacetes.

-A chave tá aqui!-mostrou a chave para ele com um sorriso ansioso-Os capacetes já tão na entrada!

-Agora eu sei...Vai aprontar...

-Quietinho e não me ferra pra mamãe!

-Tá,só porque eu to te devendo...

 

Lucas já estava no estabelecimento.

-Pode ir pai,meus amigos já tão ali!-falou para o homem dentro do carro,que acenou e foi embora.

Lucas entrou nervoso e sentou-se em uma das mesas da parede(aquelas que são coladas.)

Apertou as mãos olhando para o menu de opções,

Anna abriu a porta apressada e correu até onde Lucas estava.

-Tomou chá de coragem!-Exclamou sentando.

-O-oi...

-Então...Eu vou ali montar um sanduba pra mim,porque eu percebo que você tá meio nervoso,aí eu te dou um tempinho pra se acalmar.-foi até o balcão.

"Se acalma...Se acalma...Ela vai te ajudar...Como ela vai me ajudar?Ela que precisa de ajuda!...Por que meu Deus,por que logo o Guilherme?"

Anna sentou com dois sanduíches e duas latas de coca.

-Trouxe pra você!

-N-não precisava...Eu te pago o meu.

-Pó pará bem aí!Não vem com esse papinho!Sua dívida será quitada assim que admitir que ama o meu cupcake.

-...A-Anna...Eu...Não s-sei...Se realmente é amor...

-Pergunta básica:O que você sente perto dele?

-Ah...M-me sinto meio nervoso...Feliz,quero proteger ele...Fazê-lo rir...Eu acho uma graça ele com raiva...-falou com os olhos brilhando

-Lucas...Seus olhos brilharam!Você acha que o ama?

-P-pode ser...Talvez...Eu não sei...E-eu admito...Cheguei a sentir ciúmes quando você estava muito próxima dele...-Anna riu

-Querido é que não tem como parar de abraçar aquela coisinha minúscula né!-continuou rindo-Mas isso é bom,demonstra que você se importa.E eu sei o quanto você se preocupa,ele falou do episódio que você queria protege-lo e ele fez pouco caso.

-Eu já esqueci sobre isso,ele é teimoso.

-Teimoso e orgulhoso,mas isso é só marra,você sabe que ele é um doce.Lá no fundo,bem no fundinho mesmo,encontrando petróleo...Mas é doce!-Lucas riu

-Isso é!-concordou ainda rindo

-Então admite?

-S-sim...-falou envergonhado-Eu me apaixonei por essa coisinha teimosa...

-Não se esqueça que ele tem outros defeitos,mas vou aceitar só teimoso por que ele não tá aqui pra se defender.

-C-como você pretende ajudar?O que quer fazer?

-Simples:Juntar vocês!OTP SUPREMO!-gritou chamando a atenção dos demais clientes.

-Quer ser expulsa?

-Não.-riu-Foi mal...Mas eu vou juntar o meu shipp!

-E o que vai fazer?-perguntou descrente

-Arranjar novas aliadas,e se tu não parar com essa cara de que vai desistir antes de tentar eu vou te bater.

-...Tá.

-Eu já sei quem são minhas aliadas,lembra de ex do Guilherme?

-Lembro.

-Ela,vai nos ajudar!Já namorou,deve saber mais ou menos como é.

-Mas isso faz dois anos...

-Ele não mudou tanto,vai por mim.-terminaram de comer

-Eu não sei...Acho que ele não é disso...Na verdade nem eu...N-nunca gostei de outro garoto...

-Fi...Aquilo dali não tem jeito pra pegar mulher não...Ele é pequeno,é magro,é fofo!Ele fica por baixo...Por baixo de um outro garoto,tipo você.-Lucas quase engasgou-Eu vou começara agora!Temos um acordo?-estendeu a mão direita com um sorriso diabólico.

Parecia que estava assinando um contrato com Bill Cipher,seria no caso Bell Cipher?

-S-sim...Eu estou desesperado...O suficiente pra pedir ajudar para uma maluca...

-Você tá é morrendo de amores!-riu-E sobre o maluca...Você não viu nem metade!Na verdade nem um quinto!Fui,qualquer coisa me liga!-saiu andando com o capacete na mão.

 

SEGUNDA PARTE DO CAPÍTULO

Anna ficou durante todo o recreio observando Arthur e o seu amigo "gigante"

"Quantos anos tem essa criatura?!"

Vinicius correu até Arthur com um pastel na mão.

"Tão próximos..."

Viu que Vinicius se abaixou para falar algo ao menor.(Vocês vão ver a pu** diferenças entre eles dois.)

Arthur riu e sussurrou algo para seu amigo.

"Tão perfeitos!!!"

Vinicius acabou de comer e puxou o menor pelo pulso até a cantina.

"Foge não cacete!"

-Volto já!-falou para os colegas,e com sua curiosidade os seguiu a uma distância segura.

-Tu vai comer de novo?

-Vou.-O maior respondeu simples

-Tá,eu vou comprar um sorvete.-Arthur se direcionou até o caixa e comprou um sorvete de flocos com cobertura de morango.

Anna viu que Arthur sempre ficava muito perto do outro,o que para ela era algo estranho,já que meninos nessa idade preferem ficar afastados para evitar comentários maldosos

-Oi Anna!-falou com a maior.

-Oie!-bagunçou os cabelos lisinhos do menor-Tua franja não tá atrapalhando tua vista não?

-Não.-respondeu simples-Eu gosto dela assim!

-Eu também!

-Arthur...-o maior chamou baixo,tanto que Anna não havia conseguido entender.

-Ah,vamo?

-Ele falou?-perguntou incrédula

-É,ele fala baixo.-disse rindo

-Arthur!-exclamou ainda baixo-Desculpa esqueci teu nome...-Falou para a mais velha

-Relaxa,meu nome é Anna!

-Com dois enes...-Arthur completou

-Para com sá porcaria!-reclamou apertando as bochechas pálidas.

-AiAiAi!Larga!-Anna riu e largou o pequeno

-Pra aprender!Até mais então!Muito legal te conhecer,espero que a gente possa conversar mais!-saiu andando

 

-Onde tu foi?-Beatriz perguntou quando a garota chegou.

-Caçar o que comer...Mas perdi a vontade.-Mentiu

-Tá mentindo...Tu nunca perde a vontade de  comer.-Guilherme retrucou bebendo seu refrigerante

-Fica na tua  anão.Não tinha o que eu queria.-respondeu dando de ombros.

-Ah...E anão é o cacete!

 

Anna sentou de qualquer jeito no chão,encostada na barreira da quadra,continuou seguindo o amigo mais novo com os olhos.

"Lucas não tá aqui...Então nem tem chances deu observar o shipp,então o jeito é observar o outro!"-sorria maliciosa com os pensamento

-Que sorrisinho é esse aí?-perguntou Stefany desconfiada,sentando ao lado da maior

-Só observando algo que eu gosto muito.-respondeu sem desviar sua atenção dos meninos que corriam pela quadra.

-Os menininho correndo?-perguntou confusa

-Você ainda não entende...Mas vai entender assim que eu falar contigo amanhã de tarde.

-Por que amanhã de tarde?

-Porque hoje não dá.

-Tu é muito estranha...

-Eu sou um unicórnio!-Se virou para a amiga sorrindo

Voltou a olhar para a quadra,arregalou os olhos ao ver que Arthur cairia.

O que veio a seguir foi Arthur sendo segurado por Vinicius com rapidez.

Suspirou aliviada

-Ufa...

-eita...O Arthur quase se estabacou no chão...-Stefany falou com um ar preocupado e aliviado.

-Ninguém mandou essa criatura ser hiperativa!-andou até lá pra ter certeza de que o outro estava bem

-Cê tá bem?...-Vinicius perguntou preocupado e o ajudou a ficar de pé.

-T-tô...Relaxa!Foi só um susto!-Riu

-Susto em mim né porra!-Anna o abraçou com força-Se tu caísse e não morresse da queda,eu te matava por ser distraído!-Brigou

-Tá...Calma...O Vinicius foi rápido!-bateu no peito do amigo,que corou de leve.

"O Vincius que é o tímido do casal?...Se bem que essa peste aqui não tem vergonha com nada...Quase nada!"

O sinal do recreio bate

-Eu vou indo,e tu toma cuidado vampirinho!-Vinicius riu do apelido.

-Gay...Piro...-falou rindo

-Oi?!-Arthur se exaltou

-Nada!- o maior saiu correndo

-Eiii!-Arthur foi atrás

"Gostei do apelido novo!Combina!"

 

 

 

 


Notas Finais


AVISOS PRA QUEM NÃO VIU O DO CAPÍTULO ANTERIOR:
1-Estamos agora na segunda fase de(provavelmente)4.
2-Cada fase tem 20 capítulos + 1 especial.
3-Fichas são inclusas como capítulos normais
4-Cada fase é uma nova capa,mas mantendo as três fotos principais:Os meninos e a foto em anime dos dois deitados.
5-Teremos capítulos postados até no mínimo 13 desse mês,mas pelo meu tempo curto não sei se serão todos os dias como eu pretendo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...