História Garoto errado - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Barbara Palvin, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Drama, Revelaçoes, Romances, Violencia
Exibições 37
Palavras 2.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem amoras

Capítulo 9 - Apenas bons amigos


Fanfic / Fanfiction Garoto errado - Capítulo 9 - Apenas bons amigos

P.O.V. Justin Bieber

Depois de sairmos da casa de Grace fomos para a festa. Estávamos a caminho da festa que é no salão de Ryan, ficamos em silêncio a té chegarmos. Saímos do carro e fomos direto para porta, passei a mão dentro do meu bolso para pegar meu celular e não o encontrava, pedi a Emi as chaves de seu carro para ver se o meu celular estava lá mais não tive tanta sorte.

- Meu Deus cade meu celular!!  —  falei botando a mão em minha testa lembrando onde deixe meu celular, na casa de Grace  —  aííí meu Deus.

Entrei na casa procurando Emi, Aviste ela e fui correndo em sua direção, entregando sua chave.

- Aonde você vai Justin?

- É... é eu   —   cosei a cabeça   —   eu... vou... sair daqui apouco estou aqui, tchau  —  saí dando uma beijo em sua bochecha.

- Tchau

Passava por toda aquela multidão que estava em minha frente, até que finalmente cheguei até a porta me livrando daquele aperto. Fui em direção do meu Mustang preto, Eu amo esse carro. Abri a porta e entrei no carro, quero saber como vou conseguir entrar naquela casa, talvez os pais de Grace estejam em casa, não demorou muito eu já estava lá vi que as luzes estavam acesas, saí do carro e fui.

 

P.O.V.Grace Collins 

Acordei, pois não conseguia dormi, minha cabeça doía, me levantei da cama saí do meu quarto e desci as escadas, acendi a luz da sala indo procurar algum remédio de dor de cabeça, fusei as gavetas e não achei, fui até a cozinha acendi a luz, fui procurar o remédio e achei peguei um copo e enchi de água, bebi junto com o remédio. Saí da cozinha vi na mesinha um celular, cheguei mais perto e vi que aquele celular era de Justin, na mesma hora a campainha tocou, fui até a porta e  á abri. Me surpreendi ao ver o Justin.

- O que você está fazendo aqui?  —  perguntei.

- É eu vim buscar meu celular.

- Atá, entra   —   falei dando espaço para ele passar.

- Não, não eu só vim aqui buscar meu celular.

- Entra logo.

- Ok  —   falou entrando. Fechei a porta e do nada senti uma tontura, não consegui me segurar e acabei caindo no chão, logo vi Justin  —  Grace você está bem, Grace, responde??   —   falou me sacudindo.

- E... eu estou bem Justin, só essa dor de cabeça que está me prejudicando  —  falei tentando me levantar, mais não consegui por quanta da tontura, Justin me ajudou a levantar.

- Você não está bem, vou ficar aqui pra sua segurança.

- Não Justin não precisa, eu estou bem pode ir.

- Não você não esta bem, vou ficar aqui até seus pais chegarem.

- Mais eles não voltam hoje.

- Então vou ter que dormi aqui hoje, tem um quarto de hóspedes aqui?

-  O que? Você dormi aqui?  —  afirmou.

- Só vou sair daqui quando você estiver bem, ok?

- Ta bom.

- Que tal assistirmos um filme?  —  perguntou animado.

- Tá  —  disse  dando um sorrisinho e ele retribuiu o sorriso. Sério esse sorriso me mata!!

Justin foi até a cozinha fazer alguma coisa para comermos enquanto assistimos ao filme. Justin estava vindo com dois potes de pipoca e com duas xícara de chocolate quente, dava pra ver aquela fumacinha da xícara saindo.

- Pronto!!  — Disse botando tudo aquilo na mesinha com um pouco de dificuldade  —  nossa esqueci a coberta, vou peg...  —  o interrompi.

- Deixa que eu vou, já estou um pouco boa.

- Ta bom, mais toma cuidado.

Ele falava como se fosse meu pai ou até mesmo meu namorado. O Austin fazia o mesmo se preocupava muito comigo eu gostava dele de verdade, eu o amava, mais esse amor foi por água a baixo. Meu amor por ele está lá no fundo do poço tá em um lugar bem lá em baixo, ele realmente destruiu meus sentimentos. Não sei se estou pronta para gostar de alguém de novo,  não agora!!  Abri a porta do meu quarto peguei duas cobertas  e já peguei meu celular, olhei para ver se tinha alguma mensagem, e tinha de Emi Perguntando se eu estava bem e eu disse que estava, mais não, não estava bem. Olhei a hora e já eram 4:00 da madrugada, desci as escadas quando ouvi Justin conversando com alguém então parei no meio da escada.

- Não cara, agora não eu estou muito ocupado... eu estou na casa da minha amiga porra, caralho meu não vou hoje não dá. Ah tchau   —   falou desligando o celular e sentando no sofá  e passando suas mãos sobre o seu cabelo e os puxando de raiva.

Desci as ultimas escadas, e cheguei lá como se nada tivesse acontecido.

- Cheguei.

- Nossa que susto, faz mais isso por favor.

- Que foi Justin?  —  perguntei, sentando ao seu lado.

- Nada demais, não precisa se preocupar.

- Lógico que sim Justin!! Você é meu amigo, me diz o que está acontecendo?

- É uns problemas de família, só isso agora vamos assistir o filme.

Colocamos um filme que nós simplesmente gostávamos  muito ''INATIVIDADE PARANORMAL''. O filme já avia começado e eu já tinha comido metade da pipoca que estava no meu pote, eu sentia um olhar queimar sobre mim olhei para o lado e Justin estava me olhando, mais logo desvio o olhar, olhando para a televisão. Estava passando uma parte no filme que eu dei tanta risada que eu fiquei sem ar, Justin me olhava rindo da minha situação. Sério isso. 

 

P.O.V.Justin Bieber

Finalmente o filme avia acabado olhei para o lado e vi que Grace já tinha dormido.  Ela parece um anjinho dormindo, ela é linda. Desliguei a televisão chamei Grace mais ela não acordava então á peguei no colo e a levei para seu quarto, botei ela na cama mais ela me puxou pra mais perto dela e disse em um sussurro:

- Não fica aqui, não quero dormir aqui sozinha   —   falou com a voz de sono e com seus os olhos ainda fechados   —   por favor.

- Ta bom   —   eu tentei não aceitar mais não resisti.

 

Fechei a porta de seu quarto e me deitei ao seu lado da cama mais um pouco afastado dela. Achei meio estranho ela me chamar pra dormir comigo, sei lá essa garota mexeu comigo em tão pouco tempo. Linda,linda, fofa,fofa. As palavras que eu penso dela, ela á tão diferente de todas que já fiquei, nenhuma delas queriam saber de mim só queriam saber de andar no meu carro. Odeio garotas assim, mais Grace é diferente, ela não liga se pessoa tem carro ou não, ela só quer saber do nosso bem estar. O que mais me admira nela é aquele seu rostinho delicado, ela não usa maquiagem muito forte, ela apenas passa um batom que já fica linda, ela é linda demais....

 

*

 

- GRAAACEE!  —  gritei para que ela parasse de correr atrás de mim com aquele cogumelo   —   PARA GRACE, É SÉRIO PARAAA.

- NÃO  —  gritou junto com uma risadinha linda. Ela parou de corre atrás de mim, tinha parado pois estava cansada, então fui até ela.

- Solta esse cogumelo por favor   —   ela soltou   —   por que parou?

- To cansada  —  disse dando risada  —  me diz por que tem medo de cogumelos Justin? Cogumelos? meu Deus Justin só voc~e pra me fazer rir   — risos.

- Ta já chega  —  olhei para ela sério, que não parava de dar risada e ela parou de dar risada da minha cara.

- Você não é normal JB.

- Ninguém é normal Grace!!

- Woou.

- Vamos passar lá em casa, preciso pegar algumas coisas lá aí a gente vai pra casa do Ryan, tudo bem para você?

- Tá, mais eu preciso tomar uma banho primeiro, ahh e se você quiser tomar banho no quarto de hóspedes tem um, você quer alguma roupa pra se trocar ou vai ficar com essa daí  mesmo?

- Não eu só vou tomar banho quando chegar em casa, nem to cheirando mal assim   —   disse vendo se eu estava fedendo, mais não estava.

- Então tá.

Entramos dentro de casa e Grace subiu correndo, enquanto ela tomava banho eu fui até a cozinha vi uma maça ali e peguei lavei ela e saí  pela casa comendo a maça, subi as escadas e fui ver se Grace avia terminado seu banho. Quando ia bater na porta ela já estava aberta dei uma olhadinha pra ver se ela estava se trocando, mais não estava. Entrei no quarto e vi o meu celular na mesinha perto da cama dela fui até lá pra pegar o celular. Assim que sai do quarto de Grace ela saiu do banheiro desci rápido.

Depois de alguns minutos vejo Grace descendo ela está tão linda  ela usava apenas uma roupa simples, mais ficou boa. Ela usava um vestido curto florido azul clara com uma sapatilhas azul um pouco escuro, com uma maquiagem simples.

- Vamos Justin.

- Vamos Grace.

Saímos de sua casa e entramos no me carro e logo dei a partida. Eramos apenas bons amigos, nos conhecemos a pouco tempo, Grace desperta um grande sentimento dentro de mim todas as vezes que olho naqueles seus olhos azuis eu me derretia por dentro, eu me perdia dentro daqueles mares azuis. Ela é perfeita por dentro e por fora. Depois de alguns minutos já aviamos chegado, abri a porta para ela entrar e ela agradeceu pelo meu gesto de cavalheiro, só sou assim com quem merece. Assim que entrei vi duas coisas pequenas correndo em minha direção.

- Justin!!    —   gritaram Jaxon e Jazzy pulando em mim.

- Oii meus pequeninos.

- Justin por que voxe não apresenta sua namolada ?    —    disse o Jaxon com aquela voz de bebe fofinho.

- É...éé ela não é minha namorada, ela é minha amiga Grace vem aqui.

- Oii seus fofinhos, eu amiga do seu irmão Justin, samos apenas bons amigos    —   os dois foram correndo abraçar ela.

- Você é muito linda   —   disse Jazzy.

- Você também é muito linda coisa fofa    —    falou apertando sua bochecha, depois Jazzy e Jaxon  foram brincar no quintal   —   nossa meu Deus eles são tão fofos.

- É, você vai subir ou vai ficar ai.

- É e...    —  foi interrompida pela Jazzy que a chamava para brincar    —    vai tomar banho logo Justin te espero aqui embaixo.

Subi as escadas e fui para meu quarto, tirei minhas roupas e fui para o banheiro entrei no box e liguei o chuveiro no quente, enquanto aquela água quente descia sobre meu corpo eu cantava uma música do Chris Brown: 

I need you boo
I gotta see you boo
And the heart's all over the world tonight
Said the heart's all over the world tonight

I need you boo (Oh)
I gotta see you boo (Hey)
And the heart's all over the world tonight
Said the heart's all over the world tonight

Hey, little mama
Oh, you're a stunner
Hot little figure
Yes, you're a winner
And I'm so glad to be yours
You're a class all your own and

 

 

Só avia cantado a música porque o resto tinha esquecido. Saí do Box e indo ao meu quarto, abri o meu closet e peguei minha cueca, um blusa regata branca e um bermuda cinza e coloquei meus supras, penteei meu cabelo. Peguei meu celular e desci, encontrei Grace brincando com Jazzy e Jaxon e achei isso tão lindo. 

- Vamos Grace.

- Ah, que pena eu prometo que outra vez eu venho aqui e passo mais tempo com vocês, tchau meus amores   —   falou dando um beijo na bochecha de cada um. 

Saímos de casa e entramos no carro dei a partida e fomos para casa de Ryan.

- É parece que eles realmente gostaram bastante de você.

- É eles são umas doçuras assim que nem o irmão mais velho. 

- Eu sei que sou uma doçura gatinha  —  risos.

- Ai,ai convencido.

Não demorou e já estávamos na casa de Ryan estacionei o carro e saímos, tocamos a campainha e foi Emi que atendeu.

- Olha o mais novo casal   —   disse com um sorriso no rosto, mais logo se desfez ao receber o meu olhar reprovador.

- Chega né Emi   —   ouvi Grace falar.


Notas Finais


Oii minhas leitoras! Bem vindas as leitoras novas.
Essa fic ta ficando cada vez mais animada, bom pelo menos para mim kkkk.

Ahh, vou deixar um Spoiler aqui:

'' - A meu fala sério eu não vou fazer essa porra não — disse na maior raiva.
- Olha você vai ter que fazer isso e agora esta ouvindo — disse um pouco mais auto e seu dedo indicador na minha cara.
- TIRA A PORRA DESSE DEDO DA MINHA CARA QUE EU FAÇO O QUE VOCÊ QUER — disse gritando de raiva.
- Pois eu acho bom, agora vai lá e faça o que eu mando pois eu sou seu chefe nunca se esqueça disso.
- Você é meu chefe mais por enquanto, ouviu? — felei pegando meu celular que estava em cima da mesa dele''

Eai quem vcs acham que é??
não esqueçam de comentar aí em baixo, lembrando que essa fic só move através de comentários.
E vcs que tem amigos que é viciado e fanfics do Justin não esqueçam de indicar a minha, ok!

Vou deixar meu Twitter aqui pra vcs = https://twitter.com/StherCamila1
Bjs, bjs no coração de todas vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...