História Garoto Mimado - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jikook, Namjin, Vhope, Yoonmin
Visualizações 232
Palavras 1.044
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Fluffy, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hellouissss!!
Volteiiii
Espero que gostem...

Capítulo 10 - Chapter 10



P.O.V Jungkook
(...)
Hoje o dia tinha sido um tanto diferente para mim... Depois que Jimin resolveu acabar com a nossa  briga e tentar ser uma pessoa melhor, ele resolveu se aproximar de mim e até chamou eu e Jin para lanchar com eles, foi um recreio divertido, a única coisa que ficava de desconcentrando era Jimin soltando aquela risada maravilhosa! 
E agora eu estou levando alguém que eu considerava "Odiar" até hoje de manhã, para minha casa!!
- Kook...- Escuto a voz doce de Jimin me chamar, olho para ele- Eu sou péssimo em exatas!! Podemos ir devagar?
- Tudo bem... Acho que com muita paciência você consegue entender- falo e sorrio para sua direção- Ah... Minha casa é ali! 
Aponto para minha casa e em um ato involuntário seguro a mão de Jimin e saio puxando ele até o portão.
Toco o interfone e aceno para câmera, logo vejo os dois portões se abrirem, entro em casa ainda segurando sua mão.
- Mãe!!- A chamo indo para cozinha consequentemente puxando Jimin junto.

P.O.V Jimin
Okay... O calor da mão de Jungkook junto com a minha estava sendo uma das melhores sensações, eu não sei se me seguraria por muito tempo perto dele... Por que eu sinto minha personalidade mudar drasticamente quando estamos sós!
Eu estava fazendo carinho nas costas de sua mão com o polegar, mas juro que pude sentir todo o sangue de meu corpo se concentrando nas minhas bochechas, assim que a mãe de Jungkook virou para nossa direção e alternou seu olhar para nossos rostos e depois para nossas mãos.
- Oh... Olá, querido- Ela exclama sorridente- Olá...
Para a frase me encarando, concluo que estava esperando dizer meu nome, solto a mão de Kook com muita relutância e estendo a mesma em sua direção.
- Park Jimin!- Falo sorrindo, ela aperta minha mão desfazendo o sorriso, eu fiz algo errado?
- Park Jimin? Kook...- Ela voltou olhar para o filho assim que repetiu meu nome, me fazendo ficar mais confuso, não sou lerdo... Eu sou devagar, é diferente!!
- Ah sim, Omma... Meio que agora somos amigos!- ele disse e sorrio em seguida.
- Oh... Desculpe se meu filho já te ofendeu alguma vez... Não sei... 
- Tudo bem...- Digo baixo.
- Omma, vamos estar no meu quarto!- Kook diz.
- Tudo bem... Se estiverem com fome é só descer!- Ela responde sorrindo.
Kook faz a reverência e sai da cozinha o imito e saio andando meio desajeitado atrás dele.
Entro no seu quarto e sorrio, sento na ponta da sua cama enquanto ele pegava os cadernos e os colocava no meu lado, logo se sentou ali.
- Venha aqui!- Bateu a mão fraquinho ao seu lado, tiro meus tênis e vou até ali me sentando em seguida.
- Bom... Sabe fazer Bhaskára? - Ele diz enquanto abre o caderno, sinto minhas bochechas esquentarem.
- Não- Falo baixo.
- Como chegou ate o terceiro ano sem saber fazer Bhaskára?- Escuto sua voz supresa e me sinto mais envergonhado.
- Eu tinha o Jin... Ele sempre sentou na minha frente... Mas as coisas mudaram a partir do momento que o professor percebeu minha prova e a de Jun com o mesmo raciocínio e as vezes até a mesma letra!- Digo baixo olhando para seu rosto.
- Hum... Para começar você tem que achar o delta! À fórmula dele é- Ele começou a escrever no papel- Entende? 
- Triânguluzin...
- Delta!- Ele diz me interrompendo, rio baixo.
- Okay... Delta é igual a B elevado ao quadrado e esse resultado você subtrai, 4-ac?- pergunto um pouco confuso.
- Isso, Jiminnie!!- Ele sorri.
- Agora me diz qual seria o valor de Delta com o A valendo 1, sendo assim X elevado ao quadrado, B valendo -13, o sinal é importante!! E C valendo 36!!- O olho como se ele tivesse falando em árabe logo o vejo escrever a conta na folha, pego o caderno de seu colo e começo a fazer a conta.
- O B elevado ao quadrado vai ficar -169?- pergunto incerto.
- Não! -13x-13, você multiplica o sinal! Preste atenção! Fica 169 positivo...- diz com um pouco de impaciência me fazendo rir, se aqui eu ja comecei cagando e ele se estressando, vou sair daqui hoje com a marca da sua mão no meu rosto.
- Okay... 169 - 4.AC, quatro vezes um dá quatro e quatro vezes 36 dá 144, e o delta é 25!!- Olho para Kook que me olhava orgulhoso- eu acertei?
- Acertou!!- ele ri baixinho- Agora a outra fórmula que seria o Bhaskára!! É  X= 13 +ou- 5 dividido por 2!
- Hã?- Eu juro que ele poderia ver a tela azul do Windowns bem na minha cara.
- X é igual a -b + ou - a raiz de delta, a raiz de 25 é cinco e menos com menos é mais!! Então o 13 fica positivo, entendeu? Quando o B for negativo na hora de fazer a conta ele fica positivo!- Afirmo com a cabeça- Esse mais ou menos é... Na equação de primeiro grau temos apenas um resultado...
Eu juro que depois disso eu simplesmente apaguei, sim eu havia dormido e em seguida sendo acordado por um tapa na cabeça, abro meus olhos lentamente vendo um Jungkook com uma expressão brava me encarando.
- Desculpa...- Digo baixo.
- A porra do resultado é X1= 9 e X2=4!!- Sinto o caderno ir de encontro ao meu peito- Se vira ora descobri como eu cheguei aí! Eu não sou palhaço para ficar aqui explicando que nem um trouxa para um aluno de terceiro médio que não não sabe nem a porra de um Bhaskára, e você dormir!!!
Fico olhando para seu rosto que ja continha suas bochechas vermelhas pela pequena "Raiva" que ele havia passado, mas ele não desistia e continuava falando, pego em sua mão o puxando para cima de mim o fazendo se calar, encaro seus lábios e sem pensar nas consequências o beijo, e o melhor foi que ele retribuiu!!
E naquele dia eu sai de sua casa sabendo a merda de uma fórmula de matemática e com uma bela marca de seu dedos em meu rosto, porém com um sorriso no rosto!
Eu tinha beijado Jeon Jungkook!
 


Notas Finais


Hello hello
Eu tive que ser forte para escreer esse capítulo!! Po... Matemática, odiozinho!
All The Love, S.M
XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...