História Garoto Mimado - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Etc, Jikook, Namjin, Vhope, Yoonmin
Exibições 203
Palavras 2.265
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Fluffy, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


So uma coisa para dizer:
Sinto o cheiro de lubrificante!

Capítulo 17 - Chapter 17


P.O.V JungKook

Eu havia acabado de chegar em Londres, Sim... Já havia se passado um semana, Com certeza a semana mais longa de toda minha vida! Eu estava muito ansioso para poder falar com Jimin, eu estava no aeroporto esperando meu táxi chegar, teria que ir até a escola para conversar com Jimin...
Escuto alguém falar meu nome e me viro encontrando um garoto baixinho e de olhos azuis me encarando, Louis...

- Oi Lou...- Falo e aceno para ele e Harry.

- O que está fazendo aqui?- Harry disse puxando o menor para seus braços.

- Eu vim atrás do Jimin...- Digo suspirando baixo.

- Sério? Onde ele está- O menor disse me olhando e sorrio de lado.

- Ele foi quis vir para o colégio interno, Mounth alguma coisa...- Digo tentando me lembrar o nome.

- Oh... Sério? Eu e o Hazzy estudamos lá, estamos voltando hoje! Quer ir com a gente? A mãe de nosso amigo está nos esperando...- Louis disse um pouco animado fazendo Harry rir baixinho.

- Pode ser...

P.O.V Jimin

(...)

- NIALL!! DEVOLVE MEU CELULAR AGORA!!- Grito enquanto corro atrás do loiro pelo jardim da frente do colégio.

- QUEM É SEU DADDY??- Ele gritava e ria ao mesmo tempo enquanto lia minhas conversas com Jungkook.

- PORRA HORAN... EU VO...

- Jimin?- Escuto uma voz rouca atrás de mim me interrompendo, eu reconheceria aquela voz a quilômetros de distância, me viro rapidamente, encontrando Jeon Jungkook parado ali na minha frente, naquele momento eu esqueci tudo que havia acontecido com nós dois e corro até ele me jogando em seus braços logo em seguida.

- Meu Deus, Minnie... Eu senti muito sua falta!- Escuto e dizer com a voz embargada ameaçando chorar, enquanto ele só ameaçava eu já estava chorando e soluçando baixo agarrado em sua blusa e com o rosto em seu pescoço sentindo seu cheiro tão maravilhoso, eu queria que aquele momento durasse para sempre, mas eu tive que o soltar para poder encarar seu rosto enquanto deixava as lágrimas escorrerem pelas minhas bochechas.

- Kookie... Por que você fez aquilo? Você gosta mesmo de mim? - Pergunto o que eu queria perguntar desde que eu fui embora.

- Podemos entrar? Eu te explico tudo e pretendo te levar de volta!- Ele diz e eu rio baixo, você precisa dizer apenas três palavras para que eu volte, apenas três palavras!

- Sim... Podemos! NIALL!!- Grito e corro até pegando o celular de sua mão, olho para frente e vejo Louis e Harry, UkE?

- Mas ué...- Digo baixo olhando para os dois.

- O Kook te explica... Mas vai atrás dele!- Harry diz e eu assinto sorrindo, volto para onde o Jungkook estava.

- Voltei!- Sorrio fofo e seguro sua mão o puxando para dentro do colégio, estava tudo ótimo até Nick esbarrar em mim de propósito bufo alto e paro de andar- Filho da Puta!

- Que foi Jimin? Vai me bater? De novo? A criança tá estressadinha?- Ele diz em um tom de deboche, solto a mão do Kook e me aproximo dele, olho para cima para poder encarar o meu rosto.

- Idiota, Imbecil, Cara de cavalo,- A cada palavra eu socava mais seu peito, mas ele apenas ria, sinto alguém me puxar, Kook!- Me solta Jungkook, eu vou acabar com cara desse retardado!

Tentava me soltar, mas era em vão o Kook era maior e mais forte do que eu.

- Minnie... Para, vamos logo, amor...- Paro de me debater assim que a palavra "amor" foi proferida de seus lábios, é isso mesmo produção?

- Tudo bem...- Digo baixo e me viro continuando a andar em direção ao meu quarto ignorando o que Nick dizia- Esse é meu quarto!!

Digo abrindo a porta e revelando Liam e Zayn se pegando, sinto minhas bochechas esquentarem, indicando que eu estava corado.

- Desculpa...- Falo baixo olhando para os dois, eles se separam rapidamente, e me olham um pouco envergonhados.

- Oi Jimin...- Zayn diz baixo e sai puxando Liam para fora do quarto- Tchau Jimin...

Rio baixo e puxo Kook para dentro, fecho a porta e me jogo na minha cama.

- Vem aqui- Digo baixo e aponto para o meu lado, indicando aonde ele deveria se sentar.
O observo tirando os tênis e logo se senta ao meu lado.

- Posso começar?- Ele diz me encarando.

- Uhum...

- Então... Eu meio que sempre tive uma pequena queda por você, eu não te odiava! Eu odiava como você agia ou como sempre tinha tudo que queria... Depois do beijo eu meio que pirei e fiquei dando ataques fan girl pela casa- Ele ri baixo e eu acabo fazendo o mesmo- Falei com o Jin e ele me passou o seu contato... Só que eu já tinha o seu contato, como BabyBoy, eu meio que surtei de novo quando descobri que o cara que eu tenho um pequeno penhasco me amava! Ah... Eu sou o Snow!- Arregalo os olhos- Queria entrar no jogo! Depois que aquela foto apareceu nos anúncios logo de manhã, eu achei que tinha sido você, tentando me "Conquistar" então eu fiquei com raiva, porque eu sabia que todos iam me odiar, Minnie... Mas eu não pensei em você eu fui um babaca covarde que pensei só em mim! E quando você foi embora eu percebi que eu preferia ter saído machucado do que ter perdido você, e eu percebi que eu te amo e que não posso deixar você ir!- Ele terminou deixando que algumas lágrimas escapassem, me aproximo de sorrindo de lado, sento no seu colo deixando minhas pernas uma de cada lado de sua cintura, passo minhas mãos delicadamente na sua bochecha afastando suas lágrimas.

- Não chora, Daddy...- Falo baixo e lhe dou um selinho foi apenas um simples selar de lábios, sinto suas mãos agarrando minha cintura me puxando para mais perto, nos separo deixando nossas testas coladas enquanto o encarava.

- É sério isso?- Perguntou baixo- Você me perdoou tão fácil...

- Sabe Kook... Eu acredito em você e sei que está sendo sincero!- Sorrio fofo e o abraço apertado- Vou ligar para o meu pai...

- Por que?- diz ainda me abraçando, já percebi que não desgrudaríamos tão cedo.

- Ele disse que quando eu quisesse voltar era só ligar para ele...- Digo baixo e dou um beijo na sua bochecha.

- Não precisa... Eu comprei sua passagem de volta- Me afasto rapidamente para olhar em seus olhos.

- O que?- pergunto um pouco confuso.

- Eu vim para te levar embora, Jimin! Eu pelo menos corri o risco, eu te quero perto de mim! Eu te amo e preciso de você...

- O que aconteceu com você??- Rio baixo.

- Cai na real...- Ele responde rindo.

Me aproximo mais colando nossos corpos, choco meus lábios contra os seus pedindo passagem com a língua, logo aquele beijo calmo e apaixonado ja havia se tornado um beijo desesperado e que transmitia desejo, rebolo um pouco em seu colo e o escuto gemer baixinho durante o beijo, sorrio e me afasto logo levando meus lábios para o seu pescoço deixando um chupão no local.

-J-Jimin... Eu nunca fiz isso!- Escuto ele dizer com um pouco de dificuldade, para o que estava fazendo e o encaro.

- Não tem problema, Daddy... Eu sei que você sabe o que tem que fazer- Digo e levo minhas mãos até a barra de sua blusa, a puxando para cima revelando se abdômen, mordo os lábios e apoio minhas mãos em suas cochas ficando de quatro, começou a distribuir alguns chupões e mordida pelo local, até chegar em sua calça, levanto meu corpo ficando sentado sobre minhas pernas, abro o botão de sua calça logo desço o zíper, me inclino para frente selando nossos lábios, passo minha língua por seu maxilar, e sorrio, levanto da cama ficando de joelhos em frente a cama, bato levemente na beirada dela.

- Senta aqui, Daddy!- Digo com um ar inocente enquanto mordo meu lábio inferior.
O observo vindo sentar aonde eu indiquei, sorrio e me levanto sentando em seu colo, começo a mexer meus quadris com destreza enquanto encaro seu olhos tentando transmitir um olhar inocente.

- Oh J-jimin...- Escuto ele gemer baixinho fazendo com que aumente os movimentos dos meus quadris.

P.O.V Jungkook

Eu me sentia um rei, Jimin rebolando ali no meu colo, Oh... Ele sabia tão bem, coloco minhas mãos em sua cintura o pressionando para baixo, fazendo com que seus movimentos fizessem mais atrito com meu membro ainda coberto por duas camadas de tecido.
Fecho meus olhos mordendo meu lábio inferior, mas logo sinto ele parar com seus movimentos e se levantar do meu colo, solto um gemido de desaprovação e abro os olhos para encara lo.

- Eu ja volto, Daddy...- Sussurrou como se fosse um segredo, Talvez fosse, assinto e o vejo ir em direção a sua mala, pegando uma pequena bolsa e indo para o banheiro com ela.
Os 5 minutos que ele ficou la dentro pareceu uma eternidade... Escuto a porta ser aberta e quando vou me virar sinto suas mãos tampando meus olhos.

- Não abra os olhos...- Escuto ele dizer e logo sinto algo passando por meus olhos, uma venda...- Apenas aproveite...

Não poder ver nada do que ele estava fazendo me deixada agoniado eu queria poder toca lo assim que ele abaixou minha calça junto a boxer, mas eu estava com minhas mãos atrás das minhas costas presas por uma algema, porém de alguma forma isso tornava tudo mais excitante...

P.O.V Jimin

Me inclino um pouco para frente segurando seu membro pela base, me aproximo e coloco o que eu consigo na boca e o resto masturbo rapidamente, Eu chupava seu membro, subia e descia, alternando a velocidade dos movimentos, apenas me deliciava com seus gemidos altos, tiro seu membro da minha boca e chupo somente sua glande, para depois lamber toda sua extensão como se fosse meu pirulito favorito, e talvez fosse mesmo, sinto seu membro expelir um pouco a mais de pré-gozo e paro rapidamente o que eu estava fazendo, sento no seu colo e tiro sua venda delicadamente, o deixando me ver completamente.

P.O.V Jungkook

Okay... Aquele com certeza foi o melhor boquete em anos, tudo bem que eu nunca havia recebido de ninguém mas vindo de Park Jimin... Eu sei que foi o
Melhor...
Depois de ele ter tirado minha venda eu pude então finalmente o ver usando uma blusa colada escrito "Yes, Daddy?" Em rosa choque, uma calcinha rendada branca e uma gargantilha com um pingente escrito "Daddy's BabyBoy Love" aquilo definitivamente me fez sentir no céu, ou no inferno...
Seguro firmemente sua cintura após ele ter tirado as algemas de minhas mãos, e inverto nossas posições na cama o fazendo ficar por baixo, começo a distribuir chupões e algumas mordidas pelo seu pescoço, todos saberiam que agora ele tem dono!
Tiro sua blusa a jogando em algum lugar pelo quarto, levo minhas mãos até a barra de sua calcinha a tiro de seus corpo, a deixando fazer companhia para blusa no chão, seguro seu membro e espalho o líquido que saia do mesmo pela sua glande o ouvindo gemer baixinho e manho enquanto fechava seus olhos.
Levo meus dedos até sua boca e o esfrego em seus lábios, logo ele entende o recado e começa a chupar os mesmos com destreza, quando julgo já estar bom os tiro de sua boca levando até sua entrada aperta, começo a passar eles ali apenas observando o garoto se contorcer em baixo de mim enquanto soltava alguns gemido baixos.
Introduzo o primeiro dedo e observo a expressão de incomodo dele, logo ja coloco mais um e começo a fazer movimentos de tesoura, escuto seus gemidos baixos ficarem mais altos e ele começar a rebolar em meus dedos, os tiro de seu interior e me arrumo, roçando meu membro em sua entrada.

- Posso ir?- Falo baixo olhando para o mesmo.

- Menos papo e mais ação, Jungkook- Começo a entrar nele e quando ja estava completamente dentro, desfiro u tapa em sua bunda.

-me chama de Daddy...- Olho em seu rosto e o espero se acostumar com a invasão, para eu poder me movimentar...
Logo começo aumentar o ritmo das estocadas e pude presenciar a expressão de dor do ruivo se transformar em puro prazer, me fazendo aumentar a velocidade e a força que estocava em seu interior.

- Ah... I-isso é tão bom, Daddy...- Ele gemia alto e um pouco fino, eu poderia ouvir seus gemidos o dia inteiro e nunca me cansaria.
Inverto as posições o fazendo ficar sentado em meu colo.

- Rebola pro Daddy, Baby- Sussurro em seu ouvido e logo sinto ele começar os movimentos lentos e com um pouco de vergonha, gemendo baixinho, me fazendo gemer junto, mas com o passar do tempo seus movimentos ja haviam se tornado frenéticos e ele jogava a cabeça para trás enquanto gemia alto em puro deleite, seguro sua cintura com um pouco mais de força o ajudando a quicar no meu colo.
Ergo meu quadril estocando rapidamente, um gemido alto, manhoso e arrastado se fez presente no quarto assim que atingi sua próstata, comecei a estocar várias vezes naquele mesmo ponto e algum tempo depois me libero em seu interior e ele em nossos abdômen.

- Isso foi...

- Incrível...- Completo colando nossa testas, logo ele sai de cima de mim e deita na cama, deito do seu lado o puxando para cima de mim.

- Eu te amo, Kook ookie...

- Eu também te amo, Minnie...


Notas Finais


NÃO SEI SE O SMUT FICOU BOM...
Se quiserem fazer alguma crítica contrutiva falando no que eu possa melhorar... Estão livre...
Love you vocês
All The Love, Titia Sooh
XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...