História Garotos Malvados (Lemon) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Aomine Daiki, Kagami Taiga, Kise Ryouta
Exibições 191
Palavras 1.299
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Iai pessoal obg pelos comentarios e coris ♡
Ta ai mais um ep para voces!
Ta tardinho mas espero que nao se importem.
Nao esquece de comentar ai o que estao achando e de recomendar para o pessoal!

Boa leituraa 😍

Capítulo 10 - Apaixonado?


Fanfic / Fanfiction Garotos Malvados (Lemon) - Capítulo 10 - Apaixonado?

Nao sei como me sentir nesse momento, havia transado com meu melhor amigo e agora estava sendo chupado por meu novo acolega. 

Sentia sua lingua por todo o meu membro, ele fazia pressao e chupava com vontade me fazendo ir ao delirio. Kise tira a camisa e a joga de lado me beija e puxa minha camisa tambem, me dispindo voltando, depois de um sorriso pervertido, a me chupar fazendo-me gemer alto pelo prazer.

 _Kise-sam... aaaah. Como faz isso? - pergunto me retorcendo e sentindo os espasmos em meus musculos.

 _Você ainda nao viu nada Baby, so relaxe e tente nao gozar ainda. Tenho muito o que brincar ainda. - Passando a lingua novamente em movimentos circulares e apertando minhas coxas continua. - Seu gosto é tao bom... Poderia senti-lo todos os dias em minha boca. 

 Sua voz se soava sexy e penetrava fundo em meus ouvidos, fazendo-me arrepiar a cada palavra. Sentia que nao me seguraria por muito tempo, estava segurando para nao gozar. Ele se levanta e me beija. 

_Fique quietinho ai Baby, seu Senpai ja volta para faze-lo gemer mais. - Ele se levanta. - Nao vale terminar sem mim.

 Fecho as pernas ao ve-lo entrar em uma porta, coro ao ver minha situaçao, queria gozar e sentir a onda de calor tomar conta de meu corpo. Queria que Kise continuasse, estava tao bom. 

O vejo voltar com algo entre as maos que nao consigo ver o que é. Ele abre minhas pernas as beijando do joelho até meu membro ainda rigido. Sua lingua corre de baixo a sima me fazdndo gemer ao ve-lo fazer aquilos. Colocando meu membro todo para dentro, chupa ate o final, colocando todo dentro de sua garganta. 

Escuto um zumbido baixo, e procuro de onde vem o som, sinto uma tremulaçao em meu membro me fazendo sentir um prazer que nunca havia sentido antes. Ele colocara um objeto pequeno na base de meu mambro que agora vibrava intensamente enquanto ele me chupava. 

_Aaah. Ki.... Ki-san... aaaaaassh -Gemo com toda a força nao conseguindo mais segurar. - Eu... Vou goz... aaaah.

 Mal consego terminar a fraze e chego ao meu limite me derramando na boca de Kise. 

Ele se levanda passando a lingua entre os labios e desligando o pequeno objeto. Eu estava completamente zonzo e ofegantes, precisava de oxigenio que estava me faltando. 

_O que achou Baby?

 Eu nem mesmo conseguia responder de tanto que eu buscava o ar, parecia que ele estava fugindo de mim.

 _Relaxe... issoo... respira... - Fala ao me abraçar tentando me tirar do pós-orgasmo que havia me colocado. - Da proxima vez serei mais bonzinho. 

_Ki-Se ... Me... Beije. - falo completamente ofegante e sentindo o corpo molecer e relaxar. 

 Ele sorri e me beija, com um beijo breve e gostoso, pois estava sem ar. Ele sobe meu jeans me vestindo novamente e assim que fecha o botao e me coloca com as pernas abertas em seu colo. 

 _Esta melhor meu Aom? - fala segurando meu rosto. Aceno com a cabeça em um sim. - Que bom... Esta com fome? 

Ouvimos um barulho vindo de meu estomago, que o responde sem querer. Me deita no sofá e se levanta e vai até a cozinha. Alguns intandes depois volta trazendo em maos uma bandeija cheia de petiscos e a coloca sobre a mesinha de centro da sala. Contorna o sofa e abrindo um frigobar atras do mesmo, pega duas latinhas de refrigerante e ainda atras do sofá entrega uma para mim, enquanto ja tomava os primeiros goles da outra. 

_Obrigado. - falo ainda um pouco corado, mas com a respiraçao de volta no lugar. Senta-se ao meu lado, jogando os braços sobre o encosto do sofa. Me sentia estranho, animado e... nao sei bem o outro sentimento. 

_No que esta pensando, Baby? - Me pergunta ao olhar para mim.

 _Nao sei bem... -tomo um gole do refresco corando. - só que... Foi muito bom. 

Ele sorri gentilmente, seus olhos me olhavam amaciadamente, como se eu fosse uma criança fofinha. Escondo meu rosto em seu ombro sentindo o calor das palavras queimarem em minhas bochechas. 

 _Não precisa ficar envergonhado. - ele me da um beijo na testa. - Coma, deve estar faminto. 

Roubo alguns petiscos da bandeija e os engulo. Kise liga a TV e me aconchega em seus braços. Me sentia como uma menininha indefessa e assustada, oque estava acontecendo comigo? 

Seu jeito fofo tocava meu coraçao, aqueles olhos castanhos me olhando me davam arrepios a cada piscada. Nao sei o que estava me dando. 

_Nossa olha a hora. - Fala ao olhar o relogio na parede que marcavam 19hrs da noite. 

_Minha mae vai me matar... - falo pensando alto. 

_Quer que eu o leve para casa? Chegaremos la rapidinho de moto.

 _Vai me levar de moto? - meus olhos brilham ou ouvi-lo pronunciar aquelas palavras. 

_Claro, venha. Mas antes de deixa-lo vamos pegar uma pizza, comemos na sua casa e aproveito para conhever sua mãe. 

_Esta bem! - Falo animado balançando a cabeça positivamente. 

Assim fizemos o que ele falara, passamos para pegar uma pizza de peperone e queijo, minha favotita, e fomos direto para minha casa. Abro a prota. 

_Tadaima! - falo para minha mae escutar. 

_Okairi, Aomi... - Fala ela ao aparecer saindo da porta da cozinha sorridente. - Quem é seu amigo? 

_Esse é Kiserato, esta na mesma classe que o Kaio. 

_Por favor me chame de Kise. - Fala Kise ao comprimentar minha mãe com um abraço. 

_Muito prazer Kise. 

_O prazer é todo meu. Troucemos uma Pizza, espero que nao se importe.

 _Peperone com queijo. - Falo sabendo que tambem é o preferido dela. 

_Que maravilha. Venham se sentar entao. - Chama para a cozinha onde ja vai pegando os pratos no armario. - Fiquem a vontade. 

_Obrigado. - Fala Kise educadamentr ao se sentar. Minha mae coloca um prato na frente de cada um, garfos e facas tambem. 

Kise abre a pizza e o cheiro quentinho atravessa nossas narinas. Durante o jantar começamos a conversar. 

_Entao Kise, como conheceu Aomi? - Pergunta ela quase me fazendo engasgar. 

Faço um leve sinal para ele nao contar a verdade pois se ela soubesse iria querer tirar satisfaçoes com os pais dos garotos.

 _Nos conhecenos na escola mesmo. - Responde ele sem conseguir bolar algo mais completo.

 _Mae, sabado vai ter uma festa do pessoal do ultimo ano e Kise me convidou para ir com ele, tudo bem? - Pergunto tentando mudar de assunto. 

_Claro, mas e o Kaio? Mas como é do terceiro ano ele tambem estará la?

_Provavelmente - falo ao colocar um pedaço de pizza na boca para desfarçar.

_Provavelmente? Ele nao te falou nada? - Ela era muito esperta, sacava as coisas muito rapido. 

_Nao... na verdade nao... deve ter esquecido. -Dou de ombros tentando fingir nao me emportar, mas me emportava sim, Kaio nunca me esconderia algo assim. Como eu iria com Kise seria uma boa chance para provoca-lo por nao ter me falado.

~ SIM, TO MAGOADO U.U 

_Provavelmente chagaremos tarde, Aomi pode dormir na minha casa? 

_Voces nao vao beber nao e? - pergunta preocupada. 

_Nao, irá ser da nossa sala entao nao vai ter bebidas alem de refrigerante. - ele ri e eu sabia que estava mentindo, sempre nesses lugares rolava bebidas, sabia tambem que minha mae jamais deixaria eu ir se soubesse entao nao falei nada.

 O restante da noite foi muito agradavel, Kisse e minha Okka-san se intenderam muito bem, compartilhavam o interece por motos, mesmo ela tendo muito medo de andar.

 Nao sei por que mas quanso Kise se despediu, vendo minha Okka-san longe, me celou um beijo e foi em bora, aquilo me deu um nó no estomago. Senti um forte friu na barriga.


 Nao poderia estar apaixonado por um homem.... 

Poderia? 


 [Continua...]  


Notas Finais


Vish Kaio ta perdendo espaço no cori do fofinho do Aomi, o que sera que vai dar em kkkkk eu sei :3 😂

Beijinhos. Amo vocês
Obg pelos coris e comentarios. Comentem aqui se gostaram do ep bjssss 😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...