História Garotos Malvados (Lemon) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Aomine Daiki, Kagami Taiga, Kise Ryouta
Exibições 272
Palavras 1.566
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Um capitulo mais cedo para comemorar os 30 coris ♡ obg pessoal amo voces.
Continua com a mesma duvida, 1 ep grande ou 2 médios?

Boa leituraa 😘😘😘

Capítulo 9 - Onii-san?


Fanfic / Fanfiction Garotos Malvados (Lemon) - Capítulo 9 - Onii-san?

_Onde estamos indo? - pergunto recuperando o folego assim que ele para de correr. 

_Chegamos. Era uma cafeteria, muito bonita alias, era toda branca e cores bebês como rosa, azul e verde.

 Entramos e nao tinha quase ninguem. Ele me puxa até uma das mesas com estofado e nos sentamos um de frente para o outro. Uma moça super fofa se aproxima com um bloquinho em maos.

 _Posso anortar seus pedidos Senpai? - parecia ser nova mas os peitos avantajados me fazia duvidar se era mais nova que eu.

 A garota tinha um decote em V, o volume se fazia presente e avantajado. Fiquei olhando por alguns segundos aquela cena bonita de se ver, mas volto a realidade ao levar um chute na canela.

 _Ai... 

_Ah você esta bem Senpai? - pergunta a moça a as maos tampando a boca.

 _Traga o de sempre Line, pode trazer para ele tambem. 

_Hai! Volto logo.

 _Por que fez isso? - pergunto assim que a mocinha sai. 

_Nao fiz nada... - fala ele ao esconder o rosto atras de uma plaquinha que estava sobre a mesa a alguns instantes atras, fingindo ler. 

_Aham... O que você pediu? -Falo levantando uma das sombrancelhas desconfiado. 

_Um lanche muito gostodo de salmao e mais algumas coisas, queria que você provasse. Caso nao goste pode pedir outra coisa. Em falar nisso, o que vai querer beber? 

_Ah, acho que nada, nao estou com muito dinheiro hoje... - falo meio sem graça. 

_Quem disse que você vai pagar? - Ele faz um movimento com as maos olhando atras de mim, chamando a mocinha com decote

. _O que vai beber? 

Olho o papel que estava sobre a mesa que era o cardapio, escolho um dos sucos. 

_Um suco de laranja, por favor.

 _Dois, por favor. - Fala ele sorrindo para a mocinha. 

 _ Hai Onii-san. Ela anota no pequeno caderno e sai correndo para entregar o pedido no balcao.

 _Onii-san? - pergunto a ele.

 _Sim ela gosta de mim desde quando eramos criança, entao me chama de onii-san como uma forma carinhosa. 

_Ah sim. - Nao sei por que mas senti aquilo me encomodar um pouco, 

Kise realmente era muito lindo, nao tem como negar isso, com certeza muitas garotas eram afim do moreno. Nossos lanches chegam e eu simplesmente amo o sabor do lanche, ja na primeira mordida sinto como se unicornios felizes estivessem saltitando em minha boca.

 ~Sim isso foi muito boiola de se dizer mas realmente foi o que senti na hora.

 _Isso esta muito bom!! - falo com a boca cheia e ao engolir continuo. - Você tem bom gosto para lanches. 

_Nao e so para isso que tenho bom gosto - Ele me olha e sorri. Nao entendo direito o que ele fala. 

_O que disse? 

_Nada nao... - Ele ri. - terminando quer ir para minha casa? 

_Eu nao... Sei... - gaguejo. 

_Vamos. Prometo que nada de alcool hoje. 

_he, tudo bem entao. - falo rindo. 

Realmente era esse meu medo, se eu passasse mais uma noite fora sem avisar minha mae ela provavelmente me mataria. 

=====Quebra de Tempo=====

 No caminho para casa de Kise, me contara que tinha uma moto, mas preferia ir a pé ao colegio ja que morava a duas quadras da mesma. Fiquei super animado quando ele disse que me mostraria e que se eu quisesse me levaria dar uma volta. 

Chegando la, vamos até atras da casa e me deslumbro ao ver a moto novinha era uma GSX-S1000F azul escura. Linda demais. 

_Nao tem como eu negar uma volta nela. - rio ao falar para Kise.

 _Você pode ir comigo na festa do ultimo ano neste sabado, ai vamos com ela ja que vai ser em uma chacara.

 _Nossa que legal, vou adorar, nao sabia que iria ter uma festa do ultimo ano, Kaio nao comentou nada. - fico um pouco para baixo ao saber daquilo.

 _Nao se preocupe com isso, ele deve ter esquecido. - Sua voz era doce e gentil mesmo sendo robusta. - Vamos la para dentro. 

O sigo até dentro da casa e me sento no sofá da sala. Era muito confortavel aquele lugar, ele se senta ao meu lado e coloca um dos braços sobre meu ombro. 

_E entao. O que quer fazer? - pergunta ele me olhando nos olhos.

 _N-Nao sei, você e o chefe da casa... - gaguejo e coro ao perceber que aquilo soou meio com duplo sentido.

 _Você fica tao fofo vermelhinho assim. - Ele segura meu queixo delicadamente, quando tento desviar o olhar, me fazendo voltar a olha-lo. Estavamos muito perto, meu coraçao acelera por algum motivo que desconheço. 

_Aom, deixe-me beija-lo.

 _I-Isso e meio errad... - Digo mas minha voz vacila.

 O que poderia ser mais errado do que transar com meu melhor amigo e ainda gostar? Coro ainda mais, nao me movo, um frio toma conta de minha barriga.

Ele se aproxima ainda mais quase encostando nossos labios, fecho os olhos com força, meu coraçao parecia que iria saltar pela minha boca. Ele passa a mao por meu peitoral e em seguida me beija, em instantes sua lingua roça meus labios pedindo espaço e nao sei por que dei o espaço necessario em seguida. Coloca um pouco de peso sobre meu peito, me fazendo deitar no sofá, aquele beijo entrelaçando nossas linguas; quando se afasta um fil de saliva se forma ligando nosso lábios.

Sua boca era quente e os labios um pouco mais carnudos do que os de Kaio, descubro ao morde-la levemente em uma açao involuntaria, além de sua lingua querer explorar cada canto que me pertencia. 

Ele desce em meu pescoço, fazendo-me deixar escapar um gemido timido. Kise estava sobre mim, entre minhas pernas, beijando e lambendo cada pedaço de meu pescoço. 

Por que estava me excitando com aquilo? Kise era homem e meu novo amigo aquilo era muito errado e extremamente excitante.

Se levanta um pouco e retira a blusa deixando a amostra um corpo forte e definido, a cor da sua pele contrastava com a minha. Coloco minhas mãos em sua sintura e o aperto.

_Aom... - Fala ele ofegante. - Você é tao gostoso. Fiquei com saudades disso...

Fico confuso, nao tinhamos feito nada, alem daquele beijo quando cai sobre ele há alguns sias.

_Saudades de que?

_Você nao lembra o que fizemos? - um gelo percorre todo o meu corpo. O que haviamos feito? Ele tinha me comido e eu nao lembro? Caralho, por que eu fui beber?

_O-O que fizemos? - pergunto assustado com a resposta que poderia vir.

Ele me olha confuso. Se deita novamente sobre mim mordiacando meu pescoço. Sinto sua mao descendo, passando pela minha cintura até minha perna e logo a virilha, por fim apalpa meu mebro sob o jeans me fazendo gemer. Me lembro como em um flesh: A bebida, o filme assustador, Kise me chupando... KISE ME CHUPANDO? e eu gozando em sua boca. Me lembro até de sentir aquele volume sobre sua cueca que me assustara um pouco.

_K-Kise? - Grito em espanto o assustando.

_Aconteceu algo? - me olha confuso.

_Acabei de l-lembrar... - gaguejo. - O que fizemos...

Kise sorri maliciosamente levantando minhas pernas e se colocando um pouco mais pracima, arquejando as costas e sussurra em meu ouvido:

_Entao lembra que senti seu gostinho maravilhoso - ele mordisca minha orelha me fazendo gemer. - Você estava tao lindo gemendo meu nome...

Coro e viro o rosto, nao acreditando no que havia acontecido. Eu definitivamente nao podia beber!

Kise me agarra me beijando intençamente, precionando minha cintura contra ele. Uma excitaçao tomou conta de meu corpo. Queria possui-lo mas certamente ele queria o mesmo. 

O afastei com as maos em seu peito.

_Kise... -coro ao adimirar aquele corpo perfeito. - Nao podemos...

_Que isso Baby, nao me quer aqui em baixo denovo? - fala ao passar uma das maos em meu membro coberto e abrir um botao. 

Coro ainda mais, sentindo a onda quente se tesao passar por meu corpo.

_Por favor Kise, eu nao... - nem mesmo sabia o que falar. So sabia que nao poderia cometer o mesmo erro denovo. - Vamos mais de vagar...

_Deixe-me faze-lo gozar mais uma vez? Estava ansioso para te-lo denovo perto de mim. - coloca dois de meus dedos na boca e brinca com a lingua, me enxendo de tesao. 

Queria que ele abocanhace meu membro o quanto antes, estava no meu limite de exitaçao. Balanço a cabeça confirmando seu pedido fazendo-o sorrir com a malicia estampada em seus labios.

_Então relaxe Baby, pois nao vai conseguir esquecer de minha boca tao cedo. - Ele deita novamente meu tronco com um selo em meus labios descendo até minhas calsas. 

Aquela onda de calor dominava meu corpo me fazendo tentar conter os gemidos que entalavam minha garganta, antes mesmo dele me tocar. Abre o ziper de meu jeans com os dentes enquanto me olhava, revelando o volume por baixo do tecido vermelho de minha cueca.

Beija lentamente meu membro ainda coberto me fazendo arrepiar. Era hipnotisante e tentador. Com uma mao em cada lado do jeans em meu corpo o puxa fazendo-o descer juntamente a cueca até meus tornozelos, revelando meu membro ereto e errigecido.

_isso tudo e para mim Aom? - Fala com a voz sexy e sedutora antes de encostar os labios em minha glande e passar a lingua levemente em circulos.

_Ahhh nao faz isso... - Gemo um pouco alto.

_Com você gemendo gostoso assim... Nao vou parar nao!

A minha vontade era de segura-lo e faze-lo me chupar por inteiro.



[Continua...]


Notas Finais


Kkkkkk Kise safadenho 😈
Curtiram o ep? Deixem um comentario ai e indiquem para os amigos. A cada 10 coris ♡ eu posto um ep extra no dia.

Obg pelos 30 coris ♡ amo vocês :3 ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...