História Gasoline - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kankuro, Kushina Uzumaki, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Exibições 7
Palavras 1.115
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Shades of cool


_Heavy Metal meu amor.

 Ela sussurrou no ouvido dele, Gaara não poderia deixar de se arrepiar. Ela era uma menina má ele sabia, mas era a menina má dele. Ino usava uma das suas coroas de flores na cabeça, um vestido dos anos 60, meias 7/8. Ela parecia uma pequena boneca, era a boneca dele. 

 Ele deveria ter aprendido a deixar ela ficar, Mas Gaara não a queria o tempo todo. Mas a loira  valeu a pena, ela era muito melhor que todas as outras. Ele adorava Guns and Roses, Então ela sempre cantava uma musica deles para ele. Com sua bela voz melodiosa e sedosa. 

 _Cante para mim amor._A voz dele rouca fez o corpo todo da menina se arrepiar.  

Ino começou a cantar uma musica que ela amava. Cantar para ela era algo liberdador. Cantar para ele, isso a deixava feliz. Ela sabia que ele mantia um jogo com ela, mas Ino nunca reclamava. 

_olá pombinhos._A rosada chegou sorrindo. 

 A loira se soltou dos braços de Gaara e abraçou a amiga. amava a cor dos cabelos de Sakura.

 _Olá rosada._Diferente do sorriso que Carmen distribuía por ai, ela deu um mais doce para a amiga. 

 Sakura sorriu, ela sempre achou legal o fato da amiga andar por ai com uma cora de flores na cabeça. Aquilo deixava a amiga excêntrica.

 _tô saindo._Gaara deu um de seus beijos violentos em Ino e foi embora.

Ao ver o olhar de paixão nos olhos de Ino, Sakura suspirou. Todos sabiam que Ino amava Gaara mais do que a si mesma. Ela o amava até a morte. 

_Porque você continua com ele?_Sakura enfim perguntou. ino a olhou confusa._mesmo sabendo que ele trai você.

 A yamanaka suspirou, mordeu seus lábios pintados de vermelho. Ele amava vermelho. olhou para a amiga, E enfim resolveu falar algo. 

 _Bem, não posso consertá-lo, não posso fazê-lo melhor. Não posso impedir Gaara de sair com outras garotas, ele gosta das suas drogas e da sua liberdade._Ela parou um pouco e mordeu os lábios._ele é inconsertável, Não posso entrar no mundo dele. O coração de Gaara é inquebravel. Porém  amo ele com todo meu coração. 

Sakura olhou no fundo dos olhos da amiga, sabia que a garota falava a verdade. Todos sabiam que ela o amava mais que tudo, Ino era uma menina má. Porem quando o assunto é Gaara, ela não conseguia ser má. 

 _Vamos, temos que encontrar os outros._Ela voltou com seu famoso sorriso cruel.

 A rosada apenas deu um breve sorriso para a amiga. Ino era inconstante, ela era ocilante como o mar. Era livre e selvagem, ninguém conseguia colocar juizo na cabeça da garota.

 Andando em sua pose de menina má ela foi até o refeitório da escola, encontrando todos os seus amigos sentados em uma mesa. A loira se sentia feliz, feliz apenas até o momento em que viu Gaara e Karin sentados juntos. Ela recolocou seu sorriso maldoso no rosto e se sentou ao lado de Kankuro.

 _Ola yamanaka._Seu nome saia em un tom de desprezo da boca da ruiva. 

 _Ola Karin._Carmen lançou a menina seu olhar superior.

 _Como se sente sabendo que é apenas mais uma para o Gaara?_A menina não se deixou abater, respondendo a ruiva.

 _Gaara vive para sua luxúria, e para as mulheres também. E quando ele chama por mim querida e não por você. Ele geme a noite toda._Seu sorriso maldoso apenas aumentou ao ver a ruiva sair da mesa irritada.

 Gaara vivia em tons frios, seu coração e mãos eram frios. E Ino sempre soube que era apenas uma das muitas na tristeza dele. Porem ela era a melhor, Aquela que Gaara mais gostava. A única pra quem ele sempre voltava. 

_Vai ter uma festa hoje lá no parque, você vai?_Kankuro perguntou para Ino. Ela abriu um sorriso lascivo, mordeu os lábios e passou a língua por eles. 

Ela sabia que Kankuro seguia cada movimento dela, ele amava ela. Amava Ino demais, ela era linda, inteligente e geniosa. Só não entendia porque ela amava tanto seu irmão. 

 _claro que vou gatinho. Não perderia isso por nada._Ela falou com seu tom rouco e sexy, Gaara sabia o que Ino estava fazendo. Estava jogando. 

_Vai ser muito legal. Tô certo._Naruto disse fazendo a menina rir.

 Depois do intervalo, carmen andava pelos corredores sem presa nenhuma. Ela praticamente deslizava pelo chão, fazendo muitos garotos e garotas suspirarem. Foi surpreendida por lábios macios se chocando com os seus. Ela não precisava nem abrir os olhos para saber quem era, apenas um pessoa a beijava de forma tão rude e violenta. 

 "Eu encontrei um homem mamãe." ela pensou."Encontrei-o em um amante E seus lábios como tangerinas Em sua colorida fala codificada" Ela tinha um amor E ela era imperdoável, uma tola por pagar um alto preço por ele.

 _Vai lá para casa?_O ruivo perguntou em tom baixo.

 _Nah, hoje prometi que almoçaria com meu pai. Ele esta na cidade._Ino morava com seus tios, já que o pai vivia viajando a negocios.

 _Mais vai na festa certo?_Ino sorriu e concordou.

 _Tenho que ir, Naruto esta me esperando. Ela lhe deu um beijo rápido e saiu correndo. 

Até correndo a loira  ficava linda, seus pés pequenos tocava o chão com delicadeza demais para uma pessoa que corria. Já no estacionamento avistou os cabelos loiros do primo. 

_Podemos ir._Disse entrando no carro._ vai almoçar com a gente? 

 _Eu posso?_Ele perguntou sem tirar os olhos da estrada. 

 _Claro que sim bobinho._Ino riu e bagunçou os cabelos do menino._Quer um cigarro? 

 _Passa.

 Ino acendeu dois cigarros, colocando um nos lábios do primo e outro nos seus propios lábios pintados de vermelho. Naruto pensava que Ino era realmente linda, e ficava mais ainda com aquele cigarro entre seus lábios. Ela ligou a rádio e começou a cantar. 

_Are you insane like me? Been in pain like me? Bought a hundred dollar bottle of champagne like me? Just to pour that motherfucker down the drain like me?_"Você é insano como eu? Esteve em dor como eu? Comprou uma garrafa de champanhe de cem dólares como eu? Apenas para derramar essa porra pelo ralo como eu?" 

 Não era apenas Gaara que gostava da voz da menina, Naruto pensava que nunca havia ouvido algo tão lindo. Ela tinha a voz rouca e sexy, Ino era uma mistura de varias coisas colocadas dentro de uma caixinha. Isso era verdeda.

 _Hey, Garota das flores chegamos._Ela o olhou e sorriu.

 Ao adentrar o restaurante a yamanaka pode ver o pai sentado em uma das mesas. Fazia tanto tempo que não o via, ele parecia mudado, seus cabelos loiros estavam menos rebeldes, tinha uma barba por fazer. Os olhos azuis pareciam sem brilho, ele parecia cansado. Aquele seria um longo dia.  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...